Você está na página 1de 8

Português

Classes Gramaticais

Professor Arthur Scandelari

www.acasadoconcurseiro.com.br
Português

CLASSES GRAMATICAIS

1. (FIOCRUZ – FIOCRUZ – 2016)


Das frases abaixo, aquela em que a palavra “mal” está empregada como conjunção é:
a) Os leigos costumam falar mal dos cientistas.
b) O mal com o mal se paga.
c) O cientista respondeu mal à pergunta que lhe fizeram.
d) Mal apareceram os primeiros sinais da doença, o paciente foi internado.
e) O misticismo faz mal à ciência.

Classes gramaticais

•• Adjetivo •• Interjeição
•• Advérbio •• Preposição
•• Artigo •• Pronome
•• Conjunção •• Substantivo
•• Numeral •• Verbo

Invariáveis

•• Adjetivo •• Interjeição
•• Advérbio •• Preposição
•• Artigo •• Pronome
•• Conjunção •• Substantivo
•• Numeral •• Verbo

www.acasadoconcurseiro.com.br 3
Sem função sintática

•• Adjetivo •• Interjeição
•• Advérbio •• Preposição
•• Artigo •• Pronome
•• Conjunção •• Substantivo
•• Numeral •• Verbo

1. Adjetivo

•• Qualifica os substantivos.
•• Refere-se aos substantivos.
•• Concorda com eles.
Exemplos: casa bonita, céu azul, pessoas jovens.

2. Advérbio

•• Expressa circunstância.
•• Refere-se a adjetivos, verbos ou advérbios.
•• Invariável.
•• Palavras terminadas em “mente”.
Exemplos: muito feliz, entendeu bem, bastante perto, certamente.

3. Artigo

•• Determina os substantivos.
•• Concorda com eles.
•• Transforma as palavras em substantivos.
Exemplos: os animais, a calçada, um não, uma ideia.

4 www.acasadoconcurseiro.com.br
Português – Classes Gramaticais – Prof. Arthur Scandelari

4. Conjunção

•• Liga orações ou termos semelhantes da mesma oração.


•• Invariável.
•• Não exerce função sintática.
Exemplos: e, mas, ou, portanto, porque, como, embora, se, conforme, quando.

Voltando à questão 1
Frase em que a palavra “mal” atua como conjunção:
a) Os leigos costumam falar mal dos cientistas.
b) O mal com o mal se paga.
c) O cientista respondeu mal à pergunta que lhe fizeram.
d) Mal apareceram os primeiros sinais da doença, o paciente foi internado.
e) O misticismo faz mal à ciência.

2. (Consulplan – Pref. de Cascavel – 2016)


De acordo com a classe de palavras, assinale a relação INCORRETA.
a) “O jovem quer explorar tudo a sua volta.” — Pronome.
b) “Observa-se, também, que muitas jovens...” — Advérbio.
c) “Existem algumas características que...” — Conjunção.
d) “Outro fator importante a ser considerado...” — Adjetivo.
e) “Um período que se manifesta por transformações físicas...” — Preposição.

5. Numeral

•• Indica quantidade.
•• Os números (1, 2, 3...) são algarismos, não numerais.
Exemplos: zero, um, dois; primeiro, segundo; metade, terço; dobro, triplo; dezena, dúzia,
centena.

6. Interjeição

•• Expressa emoções.
•• Invariável.
•• Não exerce função sintática.
Exemplos: ah! alô! bis! bravo! chi! oba! oh! oxalá! puxa! viva!

www.acasadoconcurseiro.com.br 5
7. Preposição

•• Conecta os termos da frase.


•• Invariável.
•• Não exerce função sintática.
Exemplo: Mudou-se de Cuiabá para Campo Grande.

8. Pronome

•• Substitui ou acompanha o substantivo.


•• Variáveis e invariáveis.
Exemplos: Aquela pedra, nosso carro, ela nasceu, muita gente, quem sabe...

Voltando à questão 2
Assinale a relação INCORRETA.
a) “O jovem quer explorar tudo a sua volta.” — Pronome.
b) “Observa-se, também, que muitas jovens...” — Advérbio.
c) “Existem algumas características que...” — Conjunção.
d) “Outro fator importante a ser considerado...” — Adjetivo.
e) “... que se manifesta por transformações...” — Preposição.

9. Substantivo

•• É o nome dos seres.


•• Os determinantes (artigo, pronome, numeral) transformam qualquer palavra em
substantivo.
Exemplos: mesa, cachorro, justiça, Brasil, Maria, felicidade, cardume, duende, fada.

10. Verbo

•• Expressa ação ou qualidade.


•• É a classe que mais varia.
Exemplos: ser, ter, estar, poder, fazer, ir, haver, dizer.

6 www.acasadoconcurseiro.com.br
Português – Classes Gramaticais – Prof. Arthur Scandelari

Análise morfológica

O homem de setenta e seis anos que escalou a


montanha mais alta do mundo exclamou:
“Você também consegue. Coragem!”

3. (FGV – Compesa – 2016 – adaptada)


A frase em que a palavra mais tem sentido diferente do das outras frases é:
a) “A mais estranha coisa sobre o futuro é...”.
b) “O futuro ainda lhes reserva mais aventuras”.
c) “... a maioria se prepara para viver mais tarde”.
d) “Devemos procurar mais sermos pais de nosso futuro do que...”.
e) “Há ladrões que nos roubam o que é mais precioso: o tempo”.

Contexto

O clube tem muitos troféus.


Ele fala muito.
O muito é pouco.

Voltando à questão 3
A frase em que a palavra mais tem sentido diferente do das outras frases é:
a) “A mais estranha coisa sobre o futuro é...”.
b) “O futuro ainda lhes reserva mais aventuras”.
c) “... a maioria se prepara para viver mais tarde”.
d) “Devemos procurar mais sermos pais de nosso futuro do que...”.
e) “Há ladrões que nos roubam o que é mais precioso: o tempo”.

Gabarito: 1. D 2. C 3. B

www.acasadoconcurseiro.com.br 7