Você está na página 1de 1

08 Folha da Fumaça Geral 03 de dezembro de 2010

1º de Dezembro, Dia Internacional


de Combate a AIDS
“ Profissional de Saúde: Diagnóstico Precoce do HIV Depende de Você”
Segundo a Secretaria de Saúde de Morro da Fumaça, a Assembléia Mundial de Saúde, com o apoio da Organização
das Nações Unidas – ONU em outubro de 1987 instituiu a data de 1º de dezembro como o dia Mundial de Luta Contra a
AIDS. Este ano a Campanha tem como tema: “Ampliar o diagnóstico Precoce do HIV na rede publica de saúde”, e Slogan:
“Profissional de Saúde: Diagnóstico Precoce do HIV depende de você!”. Com o intuito de relembrar o combate a doença,
despertar nas pessoas a consciência da necessidade da prevenção, promoção e tratamento da Síndrome da Imunodefi-
ciência Adquirida – AIDS, a Secretaria de Saúde – Vigilância Epidemiológica, teve esta data marcada com uma ação no
centro da cidade em passeata com os profissionais de Saúde, com o tema: “A Maior Prova de Amor é a Proteção. Use Cami-
sinha”, nesta ação, foram distribuídos informativos sobre a importância da prevenção precoce do vírus da Aids – HIV no
comércio da cidade, entrega de preservativos, colocado na população os laços vermelhos que simboliza a solidariedade.
“Todas as Unidades Básicas de Saúde foram decoradas com o laço da solidariedade e mensagens alusivas ao slogan
da campanha, bem como o trabalho de prevenção e promoção na luta contra a Aids em toda comunidade, comércio e
empresas. Nossa meta para 2011 será diminuir os casos tardios e tornar o teste anti- HIV mais conhecido pela população
por meio da descentralização do serviço, ou seja, posto de coleta nas Unidades de Saúde mais distantes do laboratório
municipal, garantindo a acessibilidade do serviço de prevenção a toda população”, disse Sonia Rocha Silveira, secretária.
A Administração Municipal, o Prefeito Baltazar Pellegrin e o Vice-Prefeito Agenir Donatto Zacaron que também
aderiram a solidariedade aos portadores da síndrome permitindo a colocação do Laço Solidário no prédio da Prefeitura, a
fim de sensibilizar a população Fumaçense ao diagnóstico precoce. Gostaríamos de parabenizar, além da administração
municipal, toda equipe interdisciplinar de Saúde do nosso município, Coordenação da E.S.F, Coordenação da Vigilância
Epidemiológica e Sanitaria, Enfermeiras, Médicos, Dentistas, Farmacêuticas, Psicóloga, Assistente Social, Técnicos de
Enfermagem , Agentes Comunitárias de Saúde e todos os funcionários da Secretaria de saúde que comprometeram-se
na Luta contra a AIDS. A doença atinge todos os segmentos da população, assim conhecer a sorologia e ter acesso ao
tratamento gratuito é um direito de todos. O desafio está lançado, vamos todos aderir ao diagnóstico precoce do HIV.

Você sabia?
Que a faixa etária mais atingida de casos da síndrome é adultos entre 30 a 49 anos? E que de acordo com dados
epidemiológicos os números de casos notificados em Santa Catarina no período de 1984 a 2010 é de 23.603 em
adultos e 918 crianças neste mesmo período? Sendo que os números de notificações masculina é quase 50% maior
que as notificações femininas? (*Fonte: GEDST/AIDS/SINAN/SES/SC.) Após o contágio, a doença pode de-
morar até 10 anos para se manifestar. Por isso, a pessoa pode ter o vírus HIV em seu corpo, mas ainda não ter
Aids. Ao desenvolver a Aids, o HIV começa um processo de destruição dos glóbulos brancos do organismo da pes-
soa doente. Como esses glóbulos brancos fazem parte do sistema imunológico ( de defesa ) dos seres humanos,
sem eles, o doente fica desprotegido e várias doenças oportunistas podem aparecer e complicar a saúde da pessoa.
A pessoa portadora do vírus HIV, mesmo não tendo desenvolvido a doença, pode transmiti-la. (* www.aids.gov.br)

Temos que garantir a nossa saúde! E a maior


forma de amor é uso do preservativo!!!

Secretaria de Saúde - Município de Morro da Fumaça