Você está na página 1de 14

ASSOCIAÇÃO VAHIYA ZAMBÉZIA

EXMO SENHOR SECRETÁRIO DO CONSELHO


PROVINCIAL DE COMBATE A SIDA – ZAMBÉZIA
-QUELIMANE-
N/Ref/013/019

Sera talvez ousadia escrever-vos esta esperando devervos tão grande favor pedimos perdão.

De acordo o pedido verbal de melhoramento identificação e encaminhamento da nossa proosta a um


possível parceiro financeiro, junto remetemos a proposta, o termo de referência e a carta de manifestacao
de interesse.

Salietar que enviamos a proposta no formato digital (CD). Cientes que após a vossa apreciação ira merecer
a vossa maior e melhor atenção ao devido procedimento.

Desde já Gratos pela Colaboração

Juntos na defesa de vidas pelo seu maior valor.

Quelimane, 31 de Dezembro de 2019

Presidente da associação

__________________________________

Benedita Herminio Saide

Contacto: Cell: 847614962 /844705030


Email: avahiya.za@gmail.com
ASSOCIAÇÃO VAHIYA ZAMBÉZIA
-QUELIMANE-

N/Ref/013/019
Assunto: Manifestação de Interesse

Associação Vahiya é uma organização comunitária de base constituída de pessoas vivendo com HIV/SIDA,
e simpatizantes, sem fins lucrativo dotada de personalidade jurídica e de autonomia administrativa
financeira e patrimonial.

A agremiação foi fundada em 2006 devidamente registada na Conservatória de Quelimane aos 20 de Agosto
de 2007 e publicada no BR III Serie n° 17 de 13 de Julho de 2009 e com Certidão definitiva de 25 de Maio
de 2009, com sede na Cidade de Quelimane bairro 1° de Maio rua da resistência n° 474 - 474, tendo
delegações nos distritos de: Nicoadala, Mocuba, Lugela. Ile e Molevala, podendo abrir ou criar outras no
quaisquer distrito da Província e do pais em particular.

Associação Vahiya possui uma larga experiência por mais 12 anos na implementação de acções assentes
em politicas de saúde pública e de desenvolvimento comunitário, politicas de género com foco os direitos
sexuais reprodutivos com maior atenção as raparigas de 12 a 24 de anos de idade e com mulheres
sexualmente activas assim como os grupos de minorias sociais, visitas de apoio e cuidados domiciliários
integrados, visitas consentidas para criação de demanda e retenção ao TARV, disseminação de informações
através de campanhas de sensibilização, mobilização conscimelização realização de formações
capacitações debates e apoio ao desenvolvimento humano as COVs (Crianças Órfão e Vulneráveis), através
de cinergias desenvolvidas com ONGs parceiros (Visão Mundial projecto RITA), e PSI, Conselho
Provincial de Combate a Sida Zambézia, Monaso PATIHIFENDER, FGH e ICAP.

É visão da Associação assegurar a saúde da população vivendo com HIV/SIDA, TB,


Malaria e outras doenças transmissíveis assim como a saúde sexual reprodutiva.

Tem como missão, contribuir no processo de restauração de esperanca de vida e melhoria de saúde de
qualidade das pessoas nas comunidades; E tem como objectivo de: Apoiar por todas as formas as

1
seropositivas e doentes de sida, bem como crianças órfã vulneráveis incentivando a solidariedade social e
educação inclusiva nas familias fortalecendo os sistemas comunitários de prevenção.

Torna objectivo de manifestacdo de interesse da presente agremiação em incrementar esforços através de


uma oportunidade de desenvolvimento de uma parceira com intuito de desenvolver capacidade de
intervenção de demandas dos servicos de saúde de qualidade assegurando de forma conjunta e continua do
alargamento das acções de educação em saúde na mobilização, sensibilização, consciencialização na
prevenção e mitigação das famllias, nos servicos de SSR, PTV, PF, CRN e uso de serviços de saúde
existente em todos os niveis.

Na expectativa da nossa manifestação de interesse merecera vossa maior e melhor atenção, aguardamos
próximos contactos.

Quelimane. aos 06 de Junho de 2019


Coordenador do Projecto
________________________________________
Domingos Jorge Sozinho

Contacto: Cell: 847614962 /844705030

Email: avahiya.za@gmail.com

2
Associação Vahiya – Zambézia

Proposta de Projecto de Promoção de Saúde Sexual Reprodutiva

Nome da Organização: Associação Vahiyia

Endereço Físico: Rua. Da Resistência 474-474 Bairro 1° de Maio.


Email: avahiya.za@gmail.com
Cidade de Quelimane, Província da Zambézia

Título do Projecto: Adolescente e Jovem, Promovendo a Saude


Sexual e Reprodutiva

Área programática: SSR para Adolescentes e Jovens

Duração: 01 ano

Previsão de início: Março de 2020

Total de Financiamento solicitado: 4.218.800,00Mts

Coordenadores do Projecto: A Nível Programático Provincial


Sr. Domingos Jorge Sozinho
Telef: 828697355/847614962/864252709
jsozinhodomingos@gmail.com

Supervisão Geral: A Nível Provincial


Sr. Benedita Hermínio Saíde
Telef: 844705030

3
a. Título do Projecto

Adolescente e Jovem, Promovendo a Saude Sexual e Reprodutiva

b. Duração do Projecto

O projecto terá a duração de doze meses (Março de 2020).

c. Justificação
Trabalhar com adolescentes e jovens é um constante desafio devido as particularidades desta população.
Caracteristicas como omnipotência, imediatismo, necessidade de transgredir, susceptibilidade as pressões
do grupo, crenças e invulnerabilidade compõem, muitas vezes, um quadro de dificuldades para atingir os
adolescentes e jovens.

O aumento de número de gravidezes precoces, a alta vulnerabilidade dos adolsecentes à SIDA, os


alarmantes índices de infecções de transmissão sexual (ITSs) e o crescente envolvimento da população
jovem com as drogas, são alguns dos problemas sociais relevantes no país que exigem a participação de
todos os sectores organizados, nacionais e privados.

Mocambique com uma populagao estimada em cerca de 19,9 milhões de habitantes (INE-2007), quase a
metade desta tem menos de 15 anos (CIA -2007), o que eleva a necessidade de concentrar os esforços de
saúde sexual e reprodutiva em adolescentes e jovens tornando-se sexualmente activos.

As raparigas e mulheres jovens são particularmente as mais vulneráveis. Em 2005, a prevalência do HIV
em mulheres entre 15 e 24 anos de idade era de 10,7% comparado com 3.6% entre os homens (INSIDA –
2009 - Relatório sobre a epidemia em Mocambique). Entre os múltiplos factores que aumentam a sua
vulnerabilidade constam: baixa escolaridade, baixo nivel de acesso a escola e baixa utilização de métodos
contraceptivos, especialmente preservativos (UNDP – 2005 - Relatório de desenvolvimento humano).
Configuram entre outros factores, a desigualdade de género e poder, incluindo violencia sexual e domestica,
casamentos precoces, pobreza e falta de oportunidades económicas (que contribuem para que as raparigas
e as mulheres jovens se tornem profissionais do sexo).

Claro que nao é pretensao da Associação Vahiya, dar uma atenção a todos esses jovens, mas é importante
e necessário dar-se a continuidade a realização de acções mais abrangentes, que ja vem sendo desenvolvidas
neste sentido, pela Vahiya.

4
A ruptura social e o agravamento das condições socioeconômicas da maioria da populacao, obriga aos
adolescentes e jovens a adoptarem estilos de vida inapropriados, incluindo a relacionada com a Saúde
Sexual e Reprodutiva, com todas as consequências resultantes, quer do início precoce das relações sexuais
com o risco de uma gravidez precoce das complicações das ITS's e da contaminação pelo HIV. Isso faz
com que os problemas dos adolescentes clamem duma abordagem, não apenas técnica mas tambem politica
com todos os componentes incluindo os aspectos legislativos.

A situação do adolescente é agravada pelo facto de que o acesso dos jovens a educação sexual e aos serviços
de Saúde Sexual e Reprodutiva é limitado não por normas ou politicas instituidas, mas por receio das
próprias raparigas dado que por rumores ou também por vergonha de frequentar as mesmas consultas e ao
mesmo tempo que os adultos, não se sentem motivadas porque o pessoal da saúde não está preparado para
atender e ainda outras vezes por desconhecimento de que estes servicos existem e estão disponíveis para
todos, incluindo os adolescentes e jovens.

A maioria dos problemas que ocorrem entre as raparigas merecem um estudo por serem de caracter psico-
social e afectam a Saúde Reprodutiva dos Adolescentes e jovens.

A difícil situação socio-econômica que o país enfrenta e agravada pelo analfabetismo, tabus sociais que
tornam os adolescentes e jovens mais vulneráveis a proliferarem certos problemas tais como as ITSs/HIV
e SIDA e nas raparigas a gravidez precoce e outras doenças.

A educação concomitante do jovem rapaz e também importante e deve necessariamente ser incentivada, de
modo a que este possa respeitar a determinação da sua parceira, e possa tomar responsabilidade juntamente
corn a jovem rapariga em matéria de Sexualidade e vida reprodutiva.

A gravidez precoce e não desejada é um dos problemas mais serios que uma jovem pode enfrentar. A
gravidez pode prejudicar a sua saúde, as suas oportunidades de instrução e pode levar a sociedade a repudia-
la, mas as consequências mais graves acontecem quando procuram o aborto e este é praticado em más
condições de higiene e por pessoas inábeis, ou mesmo durante o parto, por diversas patologias associadas
a idade, incompatibilidade feto pélvica, (com ruptura do útero) que pode levar a morte se não há uma
assistência hospitalar adequada. Muitas raparigas tem risco muito elevado de fistulas vesico-vaginais, e de
sofrerem de histerectomia. Os seus filhos tem também um risco maior de mortalidade e morbilidade devido
ao baixo peso e a prematuridade.

5
Na perspectiva de dar mais e melhor contribuição nesta area a Associação Vahiya - Zambézia escolheu a
Adolescente e Jovens como a sua população alvo primaria, tendo para o efeito, de acordo com as
necessidades desta população alvo e as prioridades identificadas pela Associação a quando da
implementação do Projecto de Saude Sexual Reprodutiva e Prevenção do HIV e SIDA dentro do sistema
de ensino e por parceiros da Associação Vahiya aquando da implementação do Programa Geração Biz, a
necessidade da extensao de programas de Saúde Sexual Reprodutiva, com vista a atender os adolescentes
e jovens que se encontram dentro e fora do sistema de ensino, nos distritos de Quelimane, Nicoadala,
Mocuba, Lugela, Ile e Mocubela.

Na Província da Zambézia, a Associação Vahiya iniciou as suas actividades em 2006, Programas de SSR
(prevenção das ITSs/HIV e SIDA, promoção do planeamento familiar e maternidade segura), visitas
domiciliarias para criação de demanda e retenção nas PVHIV, ao TARV e o uso consistente dos servicos
de saúde existentes a todos os niveis, para além destas a Vahiva conta com 1argas experiências de trabalho
com os coordenadores do programa, técnicos de contas, recursos Humanos qualificados através das
experiências adquiridas em vários projectos implementados com: Monaso, CNCS/CPCSZ, OXFAM GB,
Action-Aid, SHIKILLISHAR, FHI, JHU e FGH.

Actualmente, a Associação Vahiya esta a implementar o projecto de visitas domiciliares, buscas


consentidas para criação de demanda e da retenção ao TARV aos pacientes nas Unidades Sanitárias na
provincia da Zambezia cobrindo 6 distritos nomeadamente: Quelimane. Nicoadala, Mocuba, Lugela,
Mulevala e Ile, o projecto que está sendo implementado sem apoio de algum parceiro financeiro.

d. Objectivos
i) Objectivo Geral
Melhorar a saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes e jovens na Zambbzia, contribuindo assim para
a melhoria da situação da saúde na Provincia, atraves de acções de informação, educação e prestação
de serviços de qualidade em Saúde Sexual e Reprodutiva.

ii) Objectivos Especificos:


1. Aumentar, em 60%, o conhecimento sobre questões de Saúde Sexual e Reprodutiva na população
jovem de Quelimane, Nicoadala, Mocuba, Lugela, Mulevala e Ile, aumentando a procura de serviços
em 40%;
2. Aumentar, em 75%, o acesso da população jovem de Quelimane, Nicoadala, Mocuba, Lugela,
Mulevala e Ile a Serviços de Saúde Sexual e Reprodutiva;
6
3. Reduzir, em 45%, a incidência das ITS, HIV/SIDA na população jovem de Quelimane, Nicoadala,
Mocuba, Lugela, Mulevala e Ile;
4. Reduzir, em 45%, os casos de gravidez não desejadas na adolescência;

Grupo Alvo: Adolescentes e Jovens sexualmente activos, de ambos os sexos, com idade compreendida
entre os 12 – 24 anos de idade, dentro e fora do sistema de ensino, nos distritos de Quelimane, Nicoadala,
Mocuba, Lugela, Mulevala e Ile

Relação entre Objectivos e Actividades Propostas:

Aumentar, em 60%, o conhecimento sobre questões de Saúde Sexual e Reprodutiva na população


adolescente e jovem de Quelimane, Nicoadala, Mocuba, Lugela, Mulevala e Ile, aumentando a
procura de serviços em 45.5%;
-Campanhas de sensibilização, mobilização, educação em SSR, visitas domiciliárias e buscas
consentidas.
 Mass Media (programas semanais na Radio);
 Distribuição de materiais IEC;
 Boletim Informativo;
 Grupo de Teatro (Modelo);
 Capacitação de Educadores de Pares em saúde publicas, sendo (20 em Quelimane, 10 em Nicoadala,
15 Mocuba, 10 no Lugela, 10 no Ile e 10 em Mulevala);
 Outros serviços para os Adolescentes e jovens, num total de 150 educadores, vulgo conselheiro.

Aumentar, em 75%, o acesso da população jovem de Quelimane, Nicoadala, Mocuba, Lugela,


Mulevala e Ile /aos Serviços de Saúde Sexual e Reprodutiva;

Reduzir, em 45%, a incidência das ITS/VIH/SIDA na população jovem de Quelimane,


Nicoadala, Mocuba, Lugela, Mulevala e Ile;

Reduzir, em 35.5%, os casos de gravidez não desejadas na adolescência.

 Formação na educação em Saúde Sexual e Reprodutiva;

7
 Distribuição e promoção do uso de preservativos masculino e feminino e outros Anticonceptivos
orais.

Objectivos Operacionais:
1. Promover palestras e debates com adolescentes e Jovens nas Escolas e Bairros versando temas em torno
de Saúde Sexual e Reprodutiva;
2. Dar aconselhamento colectivo/individual sobre a Saúde Sexual e Reprodutiva à cerca de, 45.000
adolescentes em Escolas e Bairros periféricos de Quelimane, Nicoadala, Mocuba, Lugela, Mulevala e
Ile.
3. Abarcar/atingir cerca de 45.000 Adolescentes jovens através de teatro, canto e dança, palestras, materiais
de IEC, mensagens radiofónica nas radio comunitárias e televisões;
4. Oferecer serviços de aconselhamento em matéria de saúde reprodutiva (incluindo o contracepção,
prevenção e combate às ITS/HIV/SIDA, drogas entre outros assuntos);
5. Reduzir as desistências das alunas nas escolas abrangidas devido a gravidez em 50%, bem como a
recorrência de aborto como método de Planeamento Familiar em cada um dos três distritos, locais
abrangidos, através de criação de grupos de Meninas com Visão:
6. Efectuar a formação de 75 activistas em cada local sendo:(20 Quelimane, 10 Nicoadala, 15 Mocuba, 10
Lugela, 10 Mulevala e 10 Ile, intervenção escolar e comunidades), em estratégias de Mobilização
Comunitaria versando temas de saúde sexual e reprodutiva, incluindo contracepção, prevenção e
combate as ITS, HIV e SIDA;
7. Fortalecer a capacidade local no desenvolvimento e implementação de programas sustentáveis na área
da juventude no âmbito da visão mais ampla da Saúde Sexual e Reprodutiva;
8. Aumentar a consciencialização e a adopção de comportamentos sexuais e reprodutivos seguros,
responsáveis e sensíveis ao género, bem como a utilização de Serviços de Amigos do Adolescente e
Jovens existentes nos distritos abrangidos com o projecto.

8
e. Implementação:
i) Principais Actividades:
# Actívidades Periodicidade Responsável
1 Preparação das actividades:
4 à 30 de Março de 2020 Coordenador Provincial
 Preparação e submissão do projecto; da Associação e Oficial
 Organização da Equipe do Projecto para o 1ª semana Abril de 2020 do Projecto
arranque das actividades para 2020;
 Estabelecimento dos contactos oficiais com as 2ª semana Abril de 2020
Direcções das Escolas e comunidades Visadas no
Projecto.
2 Início e desenvolvimento das actividades Coordenador Provincial
3ª - 4ª Semana de Abril de da Associação e Oficial
 Arranque das actividades nas Escolas e nas 2020 a 1ª Semana de Maio do Projecto Vahiya e de
Comunidades; Parceiros Financeiros.
 Treinamento dos Educadores de Pares dentro e Mensalmente
fora das escolas;
 Encontros Mensais com os Educadores de Pares; Actividade de Rotina
 Participação dos activistas nos programas
Radiofónicos; Actividade de Rotina
 Disponibilização do material de IEC;
Mensalmente e
 Produção do boletim informativo; Trimestralmente
 Visita de troca de experiência;
 Visitas de Monitorização e Avaliação

3 Preparação e participação em eventos 1° de Última Semana de Coordenador Provincial


Dezembro Novembro a 1ª semana de da Associação e Oficial
Dezembro 2020 do Projecto da Vahiya e
de Parceiro Financeiro.
4 Elaboração dos Relatórios Mensalmente Coordenador Provincial
Trimestralmente e da Associação e Oficial
Anualmente do Projecto da Vahiya e
de Parceiro Financeiro.

A implementação do Projecto está a cargo do sector de Coordenação, através do seu coordenador com forte
envolvimento do Oficial de Programas, Conselho de direcção para a assistencia técnica na implementação
das actividades sobretudo no primeiro ano de extensão do programa.

A equipe deste projecto trabalhara em estreita coordenação com as direcções das escolas e direções da
educação e cultura juventude e desportos, a saúde e outras associações juvenis locais.

9
O Projecto junto aos SDSMAS ira revitalizar os SAAJs

Na primeira fase, os activistas afectos ao Projecto darão o seu apoio, em coordenação com a DPSZ, SDEJT,
SDSMAS dos distritos abrangidos.

As referencias feitas pelos Educadores de Pares ao SAAJs poderão ajudar aos adolescentes e Jovens a tomar
boas decisões e responsabilidades das suas acções muitas vezes prevenindo consequências negativas da
gravidez precoce e indesejada, aliado às ITS, HIV e SIDA entre outras;

Em relação aos SAAJs, o projecto identificara alguns activistas para darem o apoio as provedoras,
promovendo debates e palestras nas salas de espera como forma de atingir aqueles adolescentes e jovens
que afluem aos Servicos.

Serão estabelecidos mecanismos de coordenação das actividades nas Escolas abrangidas pelo projecto,
serviços amigos do adolescente e jovem ja existentes na provincia no âmbito do Projecto Geração Biz,
através de um Sistema de referência que vai permitir para alem do aumento do acesso dos jovens as clinicas,
o exercicio do controle do grau de desempenho dos activistas (sistema de monitoria e avaliação).

Outras actividades:
 Encontro com dirigentes de Educação, Juventude e Desportos.
 Animação comunitária dirigida aos homens, mulheres e jovens através de teatros juvenis sobre
Saúde Sexual e Reprodutiva e Direitos sexuais e reprodutivos;
 Apoio aos projectos sobre Saúde Reprodutiva de associações juvenis (clube amigos dos
Adolescentes e Jovens).

ii) Responsabilidades
 O projecto será Responsabilizado pelo Coordenador Provincial e o oficial de projectos da
Associação.
iii) Participação de Voluntários
O Voluntariado e o principio de base da mobilização e participação da Rede dos Activistas da Associação
Vahiya. Assim, terão um papel fundamental a desempenhar ao nivel das comunidades e escolas,
mobilizando os jovens de todos os quadrantes a participar activamente nas iniciativas do projecto, quer
individulamente como organizados.

10
f. Acompanhamento e Avalição
O acompanhamento das actividades será feito mediante os relatórios mensais dos Educadores de Pares para
o Ofcial de Programas e deste para o Coordenador Provincial da Associação Vahiya e do Coordenador para
o Parceiro.

As visitas de supervisão que serão levadas a cabo pelo Coordenador provincial permitirão inteirar-se do
nível de andamento das actividades do Projecto nas diversas actividades. A supervisão será permanente de
acordo com o estabelecido no Plano.

O Oficial de Programas será responsável pela garantia de implementação do Projecto nas respectivas
escolas e nas comunidades, sob a supervisão do Coordenador Provincial, o oficial de monitoria e avaliação
e o de projecto.
Plano de Monitorização/Acompanhamento

N° Resultados Esperados Indicadores Fonte de Periodicidade Responsabilidade


Dados
1.  Realização 4326 palestras nas  N° de palestras e debates
escolas 2163 nas comunidades, nas escolas e Relatórios Semanais e Educador e Oficial
num total de 6489, sendo 1630 comunidades mensais de Projecto
em Quelimane, 850 em  N° de participantes de
Nicoadala, 1516 Mocuba, 650 ambos os sexos
Lugela, 1093 Ile e 750 Mulevala
2.  Atingidos 45.000 Adolescentes e N° de participantes aos Relatórios Mensais Educador e Oficial
jovens através de material de IECprogramas Radiofónicos e de Projecto
Programas radiofónicos etelevisões
televisivo  N° de Material de IEC
distribuído
3.  Apoio aos Serviços Amigos dos  N° de clientes que Relatórios Mensais Educador e Oficial
Adolescentes e Jovens (SAAJs) procuram os serviços de de Projecto
aconselhamento
4. Formados 75 Educadores de Pares N° de Educadores em Relatórios e Uma só Vez Educador e Oficial
em SSR (40 dentro das Escolas e saúde sexual reprodutiva e Lista de de Projecto
35 fora da escola). saúde públicas e Formados participantes
(conselheiros)

11
Proposta Orçamental das Actividades do Projecto de Sensibilização de Consciencialização, Mobilização para
Educação em Saúde Publica Mitigação e Prevenção Sobre SSR (Saúde Sexual e Reprodutiva)

Actividades Especificas Recursos Necessarios Quant Cust Unit Custo Total

Estabelecimento de contactos com o Ajuda de custo, para 3 pessoas 6 Distritos 18 3.750,00 67.500,00
Governo dos Distritos e seleção dos
activistas ao nível de 6 Distritos onde
o Projecto vai-se implementar Aluguer de viaturas 6 Distritos x 2 dias 6 10.000,00 60.000,00
(Quelimane, Nicoadala, Mocuba,
Lugela, Ile e Mulevala Combustível 200 70,00 14.000,00
SUB TOTAL 141.500,00
Material didatico para formação Diverso 3.600,00
Aluguer de salas 5 3.500,00 17.500,00
Lanches 250 200,00 50.000,00
Almoços 250 450,00 112500,00
Transporte participantes 225 400,00 90.000,00
Alojamento participantes 224 2.000,00 448.000,00
Custos das actividades planificadas e Perdium participantes 224 800,00 179.200,00
(Formação dos activistas) Subsidio facilitadores 10 3.000,00 30.000,00
Material didático dos formadores Diverso 3.000,00 3.000,00
Perdium Facilitador 7 3.000,00 21.000,00
Coordenador da Associação 7 3.000,00 21.000,00
Motorista 7 2.000,00 14.000,00
Aluguer de viaturas 7 10.000,00 70.000,00
Combustíveis 200 70,00 14.000,00
SUB TOTAL 1.066.300,00
Compra de muchilas 45 800,00 36.000,00
Compra de camisetes 50 450,00 22.500,00
Custo das actividades do campo:
sensibilização, mobilização, Compra de Bonés 50 250,00 12.500,00
consciencialização, educação em Compra de Crachás 45 100,00 4.500,00
saúde para mitigação e prevenção do Subsidio de activistas 70 7.500,00 5.250.000,00
HIVSIDA, TB, PTV, PF, CPN,
Outras patologias como principal Subsidio do Of. De Campo 6 8.000,00 480.000,00
enfoque a SSR e PF Subsidio de Supervisor 6 8.500,00 510.000,00
585.000,00
Subsidio de Coordenador Distrital 6 9.750,00

SUB TOTAL 1.007.750,00


Custo das actividades alusivas a Compra de disticos 6 1.000,00 6.000,00
semana do 1 de Dezembro dia Compra de camisetes 125 450,00 56.250,00
mundial de luta contra SIDA e
Compra de Bonés 125 200,00 25.000,00

12
participação nas cerimonias e Compra de agua 125 20,00 2.500,00
comemoração do dia 1 de Dezembro
Compra de laços de solidariedade 125 30,00 3.750,00
Lancha de Confraternização 125 350,00 43.750,00
SUB TOTAL 137.250,00
Compra de computadores leptop 3 45.000,00 135.000,00
Compra de impressora 1 35.000,00 35.000,00
Compra de DATASHOW 1 25.000,00 25.000,00
Compra de Máquina digital fotográfica 3 8.000,00 24.000,00
Material consumíveis P/ Escritório Diverso 12.000,00
Aluguer do escritório 10 15.000,00 150.000,00
Guarda (Segurança) 10 3.000,00 30.000,00
Luz e agua 12 7.500,00 90.000,00
Actividades com custos directos
Subsidio Coordenador do Projecto 12 15.750,00 189.000,00
Coordenador da Associação 12 6.000,00 72.000,00
Subsidio do Contabilista 12 10.000,00 120.000,00
Subsidio Assistente Administrativo 12 8.500,00 102.000,00

Subsidio de Assistente da Secretaria 12 7.500,00 90.000,00

Subsidio do Assessor do Projecto 12 25.000,00 300.000,00


Custos Bancários 12 2.000,00 24.000,00

SUB TOTAL 1.866.000,00


SUB TOTAL GERAL 4.218.800,00

TOTAL GERAL 4.218.800,00

São: Quatro milhões duzentos e dezoito mil oitocentos meticais

13