Você está na página 1de 81

SAP PARA

INICIANTES

PARTE 1 PARTE 2

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

O QUE IREMOS ABORDAR

→ COMO SURGIU O SAP ?

→ SAP HOJE NO MERCADO

→ LAYOUT SAP

→ SAP MÓDULOS

→ O QUE É SAP FI?

→ INTEGRAÇÃO COM OUTROS MÓDULOS

→ COMO IDENTIFICAR AS TRANSAÇÕES

→ ENTENDA OS ÍCONES DO SAP

→ TRANSAÇÕES CHAVES E COMO USÁ-LAS

→ FBL1N

→ ME23N

→ XK03

→ EXCEL – SAP

→ CONFIGURAÇÕES DO SAP - ALTERAR IDIOMA, DATA E VALORES

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

COMO SURGIU O SAP ?

A SAP AG teve sua origem em 1972, na cidade de Walldorf, na Alemanha, e vem


mudando o mundo desde seu princípio. A sigla em alemão significa Systemanalyse
und Programmentwicklung (Análise de Sistemas e Desenvolvimento de Programas).

Plattner, Hopp, Hector, Tschira e Wellenreuther

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

COMO SURGIU O SAP ?

A genialidade se baseou na conversa, na análise do mercado e nas dificuldades de


cada área de atuação. Ao conversar com os clientes eles venderam a ideia de criar
uma solução para facilitar processos e solucionar os problemas de gestão
existentes.

PRODUÇÃO COMPRAS

VENDAS

FINANCEIRO

Uma aplicação integrada de negócios, que monitora e controla os recursos da


empresa como mão de obra, máquinas, materiais, métodos de venda e financeiro.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

SAP MÓDULOS

A SAP é lider quando se trata integração entre todos os departamentos da empresa.


Fornece soluções customizadas para diferentes tipos de industria e também
módulos básicos. Alguns módulos são:

→ SAP MM - Material Management (Gestão de Materiais)


→ SAP SD - Sales and Distribution (Vendas e Distribuição)
→ SAP FI - Financial Accounting (Contabilidade Financeira)
→ SAP PP - Production Planning and Control (Planejamento da Produção)
→ SAP PS - Project System (sistemas de Projeto)
→ SAP CO - Controlling (Controladoria)
→ SAP QM - Quality Management (Administração de Qualidade)
→ SAP PM - Plant Maintenance (Planejamento da Manutenção)
→ SAP IS - Industry Solutions (Soluções Industriais)
→ SAP BW - Business Warehousing (Armazenamento de negócios)
→ SAP RE - Real Estate (Imobiliária)

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

O QUE É SAP FI

Em um sistema ERP , existem vários módulos que apoiam os diversos processos


empresariais de cada departamento de uma empresa. No sistema SAP ERP, o
módulo SAP FI é responsável pela contabilidade financeira e apoia os processos de
FInanças econtabilidade.

É através do módulo de contabilidade financeira que uma empresa demonstra


todos os seus resultados aos governos e órgãos competentes. Em cada país, as
regras e órgãos que regulamentam a contabilidade mudam. Para atender estas
necessidades, a SAP desenvolveu diversas funcionalidades voltadas para cada país.

O módulo SAP FI tem relacionamento direto com diversos outros módulos do


sistema SAP ERP.

SAP CO É possível que outros lançamentos também sejam realizados na


contabilidade financeira automaticamente.
SAP MM No módulo SAP MM , podemos ver a integração acontecer quando as
movimentações de mercadorias geram os lançamentos nas contas do
razão, e, o faturamento dos pedidos de compras geram despesas.
SAP PP A execução da produção faz integração com o módulo SAP FI ao realizar
a entrada de produtos acabados no estoque.

SAP SD Vemos facilmente a integração com o SAP FI quando os faturamentos


das vendas geram as receitas, ou seja, os lançamentos nas contas a
receber.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

COMO IDENTIFICAR AS TRANSAÇÕES

Abaixo segue um modelo para identificar a criação/edição/visualização do SAP

1 – CRIAÇÃO

2 – EDIÇÃO

3 - VISUALIZAÇÃO

Ordem de Documento de Documento Cliente Fornecedor


Compra Faturamento
Criar VA01 VF01 FB01 XD01 XK01
Editar VA02 VF02 FB02 XD02 XK02
Visualizar VA03 VF03 FB03 XD03 XK03

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ENTENDA OS ÍCONES DO SAP

ÍCONE NOME SIGNIFICADO


SKIP Skipping an entry or subobject
COMPARE Comparing (sub)objects or values.
IMPORT Import data from a PC file
EXPORT Export data to a PC file
In a hierarchy: Display all of the hierarchy (or all
EXPAND_ALL
paths starting from the cursor position).
Display the top level of a tree only (or close all
COLLAPSE_ALL
nodes underneath the cursor position).
SET_A G: Operation on quantities
PRINT Print (from a dialog box)
CREATE Creating an object
CHANGE Changing an object
SYSTEM_UNDO Undo the last transaction
ACTIVATE Activating an object
Sorting one or more selected table columns
SORT_UP
upwards.
Sorting one or more selected table columns
SORT_DOWN
downwards (default for general sorting)
CONVERT Convert to another currency

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ENTENDA OS ÍCONES DO SAP

ÍCONE NOME SIGNIFICADO


DISPLAY Displaying an object
DELETE Deleting a (sub) object
TEST Testing an object (programs)
SEARCH System function: Searching
COPY_OBJECT Copying a (sub) object to another
Executing reports (F8) (with text, if the object is
EXECUTE_OBJECT
to be clarified).
Choosing a subobject from a list (double-click -
SELECT_DETAIL
F2 on the list item)
INSERT_ROW Inserting a row into a table
DELETE_ROW Deleting a selected row from a table
REPLACE Replacing one subobject with another
CHECK Checking an object
MOVE Moving a subobject to another position
RETRIEVE Retrieving a subobject
REFRESH Refreshing contents of a screen

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ENTENDA OS ÍCONES DO SAP

ÍCONE NOME SIGNIFICADO


In a hierarchy: expand one level, where the
EXPAND
cursor position is.
In a hierarchy: Compress one level, where the
COLLAPSE
cursor position is.
POSITION Move to a certain position in a table.
Display sum of all rows in a selected column in a
SUM
table.
TRANSPORT Transporting an object (logical)
System function: Continue the search (after the
SEARCH_NEXT
find function)
RENAME Renaming an (sub)object.
FILTER Hide data in a table according to filter condition.
INTENSIFY Highlight selected text
INTERMEDIATE_ Creating subtotals in a selected column in a
SUM table, for certain values.
SELECTION Choosing from a large selection
FENCING
SET_B G: Operation on quantities
SET_SUM G: Operation on quantities

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ENTENDA OS ÍCONES DO SAP

ÍCONE NOME SIGNIFICADO


SET_A_MINUS_B G: Operation on quantities
SET_B_MINUS_A G: Operation on quantities
SET_COPY_IN_A G: Operation on quantities
SET_COPY_IN_B G: Operation on quantities
DEACTIVATE Deactivating an object
SUBMIT Submitting for "mandatory" processing.
ALLOW G: For example, superior allows activity
REJECT G: For example, superior rejects activity
SIMULATE Simulating a calculation without saving
ARROW_LEFT
ARROW_RIGHT
G: Operation consisting of business transaction,
OPERATION
several operations form an order.
ACTIVITY G: Several activities make a.....
INTERCHANGE Swapping subobjects (position)
STORE
Defaulting values: Use for transfer rules and
LINK
meta data.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ENTENDA OS ÍCONES DO SAP

ÍCONE NOME SIGNIFICADO


General closing (such as, technical or
COMPLETE commercial closing, closing an order, closing a
message).
PARTNER For partners or business partners in general
PROTOCOL Calls up a log
Calls up the Excel List Viewer for data displayed
XXL
in the ALV.
Calls up a function that executes an ABC
ABC analysis for a selected key figure for the ALV
data.
ALV_VARIANT_ Dialog for selecting an ALV display variant (list
CHOOSE layout)
ALV_VARIANT_
Dialog for saving a display variant
SAVE
INCREASE_
Increases the number of decimal places
DECIMAL
DECREASE_
Decreases the number of decimal places
DECIMAL
DELETE_
Deletes an object (entry) from personal favorites.
FAVORITES

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ENTENDA OS ÍCONES DO SAP

ÍCONE NOME SIGNIFICADO


INSERT_
Inserts an object (entry) into favorites (selection).
FAVORITES
Using a given object as a default for the
CREATE_COPY
attributes (as a basis).
Defaulting values: Use for transfer rules and
SUGGEST_VALUE
meta data.
ATTACHMENT Displaying attachment
CLOSED_FOLDER 61C Displaying folder content
OPEN_FOLDER 61C Opening a folder
Opening object folder: Object folders are used
OBJECT_FOLDER as containers for other document types and can
be sent.
This folder contains documents that were sent,
or that are to be sent. It also contains workflows
OUTBOX
that were started, and work items that were
processed or forwarded.
RESUBMISSION Resubmitting
PRIVATE_FILES Private folders
PUBLIC_FILES Public folders
SUBSCRIPTION Subscribed folders / subscribing to folders

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ENTENDA OS ÍCONES DO SAP

ÍCONE NOME SIGNIFICADO


This calculates an average, such as for x number
AVERAGE
of appraisals
BOLD Bold
ITALIC Italics
UNDERLINE Underline
ALIGN_LEFT Align to the left
ALIGN_RIGHT Align to the right
ALIGN_CENTER Central alignment
JUSTIFIED Justify
COLOR Color
DELETE_ALL_
Delete all attributes
ATTRIBUTES
Displaying IDocs: IDocs are complex,
hierarchical data structures. They are used for
IDOC
transferring documents and can be linked to one
or more application documents.
SAP server connection toggle button connects
the selected SAP message store to the R/3
DISCONNECT
server or disconnects the SAP message store
from the server.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ENTENDA OS ÍCONES DO SAP

ÍCONE NOME SIGNIFICADO


FILTER_UNDO Undo filter
INTENSIFY_
Undo highlighting
UNDO
Calls up the transaction, or dialog box for mass
MASS_CHANGE
change; making mass changes.
INTENSIFY_ Highlighting due to a critical situation or for a
CRITICAL negative reason.
INTENSIFY_ Highlighting due to a critical situation or for a
UNCRITICAL negative reason.
CHOOSE_ Calls up a dialog to choose columns in a tax
COLUMNS table.
READ_FILE Read file
WRITE_FILE Write file
EDIT_FILE Edit file
Sometimes, you only wish to select the entries
SELECT_WITH_CONDITION
that fulfil certain requirements
ALV_VARIANTS
PARAGRAPH Show/Hide paragraph marks

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

LAYOUT SAP

Permite personalizar o SAP de acordo com as necessidades do cliente como em


alguns casos onde a data deve ser invertida como nos USA.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

CONFIGURANDO O SAP

Escolhendo o Layout já salvo

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FBL1N

A FBL1N é o relatório de partidas individuais do fornecedor.

Basicamente nesta transação você terá acesso a toda inclusão de faturas, seguros,
importos ou qualquer tipo de documento que é vinculado dentro do fornecedor.

Primeiramente vamos compreender o layout inicial da transação:

Na seleção fornecedores você deverá incluir o códio do vendor (numero de


registro no fornecedor no SAP) e a Empresa que é o código de registra de acordo
com a empresa que você trabalha para indicar um nicho específico ou país de
registro do mesmo.

Dica: caso não tenha acesso ao número de código do fornecedor basta clica na
seta ao lado e selecionar a opção >> Seleção Multípla >> Fornecedores de acordo
com as informações fiscais >> N° ID fiscal 1, e depois colocar o CNPJ ou RUID, CUIT
ou numero de registro de acordo com cada país, no caso no Brasil o CNPJ.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FBL1N - SELEÇÃO PARTIDAS

Partidas em Aberto: Todas as notas que estão em aberto esperando serem pagas ou
compensadas de acordo com o sistema de pagamento da empresa.

Partidas Compensadas: Todas as partidas que foram pagas ou anuladas dentro do


fornecedor e que não estão em aberto, como documentos compensados na F-52, F-
44 ou anulados na FB08 ou MR8M.

Todas as Partidas: Basicamente é a junção das duas opções anteriores tudo que esta
pago ou aberto, tudo que já aconteceu com este fornecedor.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FBL1N - SELEÇÃO DE TIPOS

Tipo: São os modelos de partidas que devem ser exibidos pelo sistema, de partidas
editadas e ainda não postadas, de débito ou razão especial como lançamentos
manuais, é sempre bom deixar todos selecionados.

Basicamente é onde você pode configurar


qual tipo de layout deve ser utilizado para
exibir as configurações necessárias para sua
visibilidade do report que será realizado
pelo sistema após o F8 (enter no sistema
SAP).

Lembrando que o layout é de sua escolha e


pode ser noemado e alterado sempre que
necessário com o nome de sua preferência;

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

DICA DE PESQUISA

Na área superior você tera o segundo ícone com o nome de >> Seleção Dinamicas,
ele irá auxiliar em um melhor filtro de busca para dados.

Nesta opção você poderá incluir qualquer filtro do lado esquerdo e depois
preenche-lo com esta informação no lado direito para pesquisar dentro do SAP.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ME23N

A ME23N é a transação utilizada para visualizar as informações da Ordem de


Compra criada, a mesma é dividida por três setores:

Header

Item Overview

Item Details

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ME23N

Na aba header temos acesso a informações de registro da ordem de compra como o


centro de entrega, as condições de pago, o texto que é o campo com detalhes a
serem inseridas pelo setor de compras, o campo de comunicação com dados de
contato, no partner iremos ter acesso ao codigo do fornecedor no SAP que essa OC
foi criada.

No addicional data contem informações de dados de entrada e saída de


mercadoria, já no Org Data, vamos identificar qual setor da empresa foi a
responsável por solicitar está OC, os últimos três campos, EDT/ETA, Status e Release
Strategy são campo que informam valores de material e unidade de compra para a
OC.

Na aba Item Overview disponibiliza um resumo do pedido que foi feito dentro da
OC como a descrição do material, quantidade, valor por unidade etc...

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ME23N

Na aba Item details teremos acesso a exatamente o que foi disponibilizado na OC


nesta aba que conseguimos ver se a MIGO foi feita ou nao, se a GR da OC esta
disponivel e com qual valor.

Conseguimos ver a GR dentro da aba Purchase Order History ( Historico de Ordem


de Compra), se essa aba não estiver aparecendo significa que a GR não foi feita pra
esta ordem de compra e não será possivel que poste a fatura ainda.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FK03

A FK03 é a transação que fornece a visualização de todas as informações de registro


de um fornecedor no sistema no SAP.

Basicamente nesta transação você terá acesso a toda inclusão de dados de e-mail,
endereço, termo de pago, banco, contato etc.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FK03

Primeiramente vamos compreender o layout inicial da transação que é dividida em


3 partes:

A primeira onde devemos preencher o número


de codigo do fornecedor no SAP e seu indicador
que varia de empresa para empresa.

A segunda onde devemos selecionar as


informações que queremos ver na area geral
como endereço, dados de transação.

A terceira onde devemos selecionar as


informações que queremos ver na area de
dados da compania como termos de pago,
banco, se o fornecedor esta ou nao bloqueado.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

EXCEL - SAP

1º Gere o relatório que deseja exportar, clique com o botão direito do mouse e
clique em "Exibir código fonte".

2º Será aberto um arquivo do bloco de notas com os códigos fonte do sistema,


acesse o menu "Arquivo" e clique em "Salvar como".

3º No nome do arquivo, inclua a extensão .xls e coloque entre aspas dupla ( " ),
exemplo: “Relatório.xls”. Salve como tipo "Todos os arquivos".

Será criado um arquivo do Excel com todos os dados constantes no relatório. Esta
rotina é para você poder gerar qualquer relatório para o Excel.

Lembrando que nem todos os relatórios do ERP tem estrutura para exportação de
Excel. Para os relatório que não tem a possibilidade pode ser aplicada esta dica, no
entanto se a exportação não ocorrer da maneira esperada o indicado é solicitar
customização para um exportador.

Temos disponíveis alguns relatórios dentro SAP na própria opção de exportação


apenas clicando no ícone do mesmo, nestes casos a exportação no formato
desejado é garantida.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

CONFIGURAÇÕES DO SAP - ALTERAR


IDIOMA, DATA E VALORES
Para isso podemos realizar a mudança manual dessas configurações dentro do SAP
através do caminho abaixo:

INGLÊS: System > User Profile > Own Data > DEFAULTS

PORTUGUÊS: Sistema > Especificações do Usuário > Dados Próprios > VALORES
FIXOS

Ou voce pode digitar a transação SU3 direto no t-code!

Nesta aba você consegue alterar:

MENU
IDIOMA
LAYOUT DE VALORES , E .
LAYOUT DE DATA
FORMADO DO HORÁRIO

/ALMEIDAFELIPE88
PARTE 2

O QUE IREMOS ABORDAR

→ ME21N → MIGO

→ MR8M → MIRO

→ FB60 → F110

→ FBRA → F-53

→ VA01 → J1BTAX

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

SIGNIFICADO DA MIGO

MIGO é a sigla de Movement In Goods Out. É o código usado no sistema SAP para
informar que uma remessa de fato chegou (ou saiu) do estoque da empresa. Lançar
a MIGO é essencial, porque ela funciona como uma confirmação desse tipo de
movimento e é o que embasa o pagamento dos fornecedores.

Além disso, gerar a MIGO é, na prática, atualizar do estoque, formalizando o fluxo de


entrada e saída de mercadorias.

MIGO

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

PASSO A PASSO NA MIGO NO SAP

Como criar entrada de mercadorias no SAP - MIGO


→ Execute a transação MIGO .
→ Escolha A1 - Processo de entrada de mercadorias .
→ Escolha R01 - Pedido .
→ Digite o número do seu pedido aqui.
→ Clique no botão executar.

5
2 3 4

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

Nosso material é transferido para a seção de síntese do item.

Escolha a data de postagem e documento (recomendado para permanecer como


hoje, como padrão).

→ Você pode escolher no nível do cabeçalho - guia Fornecedor para visualizar as


informações do fornecedor.

→ Se você clicar no número do item de linha, verá várias guias na parte inferior da
tela e poderá escolher qualquer uma dessas para exibir algumas informações
específicas sobre o item.

→ Se você selecionar a guia Material, verá os dados gerais do material.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

Verifique as informações de quantidade nesta guia. Você pode fazer a entrada de


mercadorias por menos do que o valor inicial, se o modificar. Você ainda verá a
quantidade solicitada na parte inferior da tela.

A próxima guia contém informações sobre o destino das mercadorias.

→ Você pode ver o tipo de movimento usado para o processo de recebimento;


→ Istalação de destino e local de armazenamento;
→ Bem como o tipo de estoque após o recebimento. Podemos ver que este material
será lançado na inspeção de qualidade (esse indicador é definido no mestre de
materiais e foi mencionado em tópicos anteriores), portanto, não estará disponível
para uso até que seja confirmado que seja de qualidade satisfatória;
→ Há também informações sobre destinatário e ponto de descarga de mercadorias.

Se você precisar modificar o local de armazenamento ou substituir o tipo de


lançamento em estoque, faça-o aqui.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

Você pode encontrar dados relacionados ao pedido nesta guia.

→ Você pode alterar o tipo de atualização para o indicador de entrega concluída (no
pedido). Ele está configurado para ser atualizado automaticamente após a postagem,
mas você pode alterá-lo se o seu processo exigir uma abordagem diferente.

Após a revisão de todas as guias e depois de garantir que seus dados estão corretos,
você pode sinalizar os itens como OK. Agora você pode postar o documento.

Após o lançamento, você verá que o documento do material foi gerado.

XXXXXXXXX

Menu SAP -> Logística-> Gerenciamento de equipamentos e ferramentas-> Dados de


transação-> Ambiente-> Processamento PM-> Confirmação de conclusão->
Movimento de mercadorias-> Movimento de mercadorias (MIGO)

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

MIRO

MIRO é como o lançamento Movement In Receipts Out é abreviado dentro do SAP.

Esse código confirma a fatura recebida, essencialmente dizendo que as informações


estão certas e que o fornecedor pode ser pago, além de gerar a base para o
recolhimento dos impostos.

Dessa forma, é uma etapa que vem depois da MIGO, já que acontece só depois da
chegada dos itens e da verificação das informações. Ou seja, se a MIGO é a
confirmação física, a MIRO é o “OK” financeiro e fiscal.

Esse código pode parecer mais simples,


mas é extremamente importante para
que a empresa tenha total visibilidade
dos processos financeiros, fiscais e até
de produção!

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

MIRO

Como criar entrada de FATURA no SAP - MIRO


→ Digite o código de transação MIRO.
→ Escolha fatura como um tipo de transação.
→ Digite a data da fatura.
→ Digite o número do pedido.
→ Pressione ENTER .

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

MIRO

Na guia Pagamento, selecione R - verificação da fatura. Isso pode variar de acordo


com o fluxo da sua empresa, em alguns casos já vem preenchido e em outros nao se
aplica.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

MIRO

Você sempre pode verificar se o documento tem algum problema.

Clique no botão Mensagens .

Revise as mensagens e corrija os problemas, se houver algum.

Como é mostrado na tela abaixo, recebo uma mensagem de aviso de que meu preço
está muito baixo, abaixo do limite de tolerância. É apenas uma mensagem de aviso e
não me impede de continuar o processamento.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

MIRO

Para fazer a MIRO é necessário;

Ao fazer a validação dos impostos no sistema (MIRO), deve-se observar todos os


campos conforme o documento fiscal:

→ Divisão (centro de custo);


→ Fornecedor;
→ Tipo de documento;
→ Valor;
→ Data de Emissão;
→ Número da NF;
→ Grupo de Mercadoria;
→ Prazo para pagamento;
→ Dados bancários;
→ Formas de pagamento.

Em caso do Brasil mão se deve fazer a MIRO de notas fiscais de empresas optantes
pelo simples nacional, mas somente nos casos que for necessário alguma ajuste no
imposto, caso contrario a miro deve ser feita normalmente pela origem.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F110

A F110 é responsável pelo Pagamento Automático dentro do SAP.

Objetivo
Use este procedimento para efetuar pagamento automático de fornecedores.

Disparador
Execute este procedimento quando necessite efetuar pagamento automático de
fornecedores ou recebimento de clientes.

Pré-requisitos
Existência de partidas em aberto em fornecedores e clientes.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F110

Verificar no cadastro do fornecedor ou do cliente se o a condição de pagamento,


forma de pagamento e banco empresa estão corretos FK03 (nesse caso utilizaremos
cadastro de fornecedor como modelo.

No campo do vendor será incluso o código do fornecedor e no campo de company


code será incluso a codificação de qual país/parametro que é feito o registro do
fornecedor

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F110

Acessar a FBL1N se estivermos tratando de fornecedor e FBL5N se estivermos


tratando de cliente.

Na FBL1N podemos entrar na aba de itens abertos e identificar todas as notas que
estão em aberto para serem pagas para o fornecedor/cliente, desta maneira teremos
a visibilidade do que será incluso dentro da F110.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F110

1 – Inicie a tarefa clicando em MENU


2 – Clique duas vezes em contabilidade
3 – Clique duas vezes em contabilidade financeira
4 – Clique em fornecedores
5 – Clique duas vezes em fornecedores
6 – Clique duas vezes em trabalho periódicos
7 – Clique duas vezes em pagar

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F110

Clique em parâmetros
Pagamento automáticos: Parâmetros
Preencher os campos empresas, forma de pagamento, próx. Data lan. E fornecedor

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F110

Clique em Seleção Livre


Nessa tela é possível fazer uma seleção específica para os documentos que deverão
ser processados na proposta.
Nesse caso utilizares o número do documento, conforme abaixo.

Aqui podemos filtrar o que queremos ou não ver na proposta como moeda, tipo de
documento etc...

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F110

Clique em Log Adicional


Selecionar as opções conforme abaixo. Essas seleções são padrão para todas as
propostas executadas, tanto para fornecedor como para cliente.

Em caso de variantes criadas para realizar a exportação do documento devemos


clicar em imprimir e IDS

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F110

Depois é só clicar em status de novo e salvar para que os parâmetros da proposta


estejam salvos para que a mesma seja rodada:

Clicar na opção proposta

Flegar “executar imediatamente” e depois em CHECK

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F110

Para que tenha dado certo é necessário aparecer a mensagem abaixo:

Clique em Proposta com o oclinhos (exibir proposta) para verificar se a proposta foi
processada corretamente.

Uma Vez que a conferência estiver de acordo com o que esta disponível lá na fbl1n,
basta clicar em Ciclo de pagamento e depois em Exec.Imediatamente

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F-53

A Contabilidade Financeira (FI) possui milhares de transações dentre elas temos a F-


53 que tem o nome de Compensação de Fornecedor, basicamente é uma transação
para realizar compensação de pagamentos de forma manual quando não estamos
utilizando a F110 que faz o mesmo mas de forma automática.

Utilizamos a transação para realizar a compensação de agum documento aberto no


sistema que já foi pago de forma manual pelo cliente.

Ocorre quando temos um lançamento de uma nota no sistema feita pela MIRO ou
FB60, o mesmo se encontra em aberto ( a ser pago ) e realizamos um lançamento de
uma contra partida de acordo com a conta do banco que o pagamento manual foi
feito para realizar a compensação do mesmo no sistema.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F-53

Acessar a transação F-53 e preencher os dados em vermelho

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F-53

DOCUMENT DATE: Data que o documento foi faturado


TYPE: Qual o tipo do documento
COMPANY CODE: Qual o código da compania
POSTING DATE: Qual a data que o pagamento manual foi feito
PERIOD: Qual o mês
CURRENCY: Qual a moeda

ACCOUNT (BANK DATA): Em qual conta transitória foi feito o pagamento


AMOUNT: O valor pago

ACCOUNT (OPEN ITEM): Qual o numero do fornecedor no SAP que deve ser
compensado
ACCOUNT TYPE: Qual tipo de conta do fornecedor

Depois de tudo preenchido você deve apertar Enter (F8) que a tela irá mudar para a
abaixo:

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

F-53

Na tela acima todas as notas em aberto irão aparecer e você tem que selecionar
exatamente aquela que deseja compensar.

Em caso de saldo residual se o pagamento for feito apenas uma parte basta
completar o valor restante dentro da linha que será responsável pelo saldo dentro da
aba RES ITEM:

Após todos os dados estarem preenchidos e zerados ai sim você pode salvar e
realizar o clearing

LEMBRANDO QUE O DOCUMENTO SÓ PODE SER COMPENSADO SE O NOT ASSIGNED


FICAR COMO 0.00

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

J1BTAX

A J1BTAX, como é mais conhecida, é o código da transação que concentra as


atividades do Customizing relacionadas ao cálculo de impostos no Brasil.

Você pode executá-la inserindo diretamente no campo comando ou pelo seguinte


caminho do SPRO.

Usando a J1BTAX, você poderá definir, entre outras coisas:

- Regiões fiscais

- Códigos NCM

- Códigos CEST

- Códigos NBS

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

J1BTAX

No Brasil, toda movimentação de mercadoria que ultrapassa as fronteiras da


empresa deve ser acompanhada de uma nota fiscal. Além disso, ainda existem casos
em que a legislação requer emissão de nota fiscal mesmo sem haver movimentação
de mercadoria.

Em outros países, existe uma separação entre o documento de faturamento e o


documento de movimentação física de mercadorias. Por exempli, nos casos em que
existe somente uma transfência física, não existe fatura. No Brasil, a nota fiscal
assume os dois papés e, nesse caso, tendo ou não a cobrança de valor na
transferência da posse de uma mercadoria ou bem, é necessária a emissão de uma
nota fiscal.

O SAP ERP possui configurações específicas a fim de suportar a geração de notas


fiscais eletrônicas, de conhecimentos de frete e de notas fiscais de serviço
eletrônicas. Você vai encontrar as configurações no seguinte caminho do
Customizing:

→ Componentes válidos para várias aplicações > funções gerias de aplicação > nota
fiscal.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

J1BTAX

O sistema utiliza a ampliação para controlar que texto será impresso na nota fiscal.
Ao definir diferentesampliações, é possível indicar diferentes textos para o mesmo
código CFOP. Normalmente, é necessáriasomente uma ampliação por código e a
ampliação não será impressa.Quando um código é entrado, é necessário indicar no
mínimo uma ampliação genérica de dois dígitos -mesmo se a ampliação não for
necessária no estado do usuário. Isto é importante no caso de várioscódigos CFOP
por nota fiscal (ver ID do texto CFOP).

O sistema seleciona a lei em uma dessas fontes: categoria de item de vendas,


registro mestre de cliente ou exceções de impostos. Para definir a seqüência na qual
o sistema deve acessar essas fontes no Customizing da Contabilidade financeira e
selecionar Configurações globais de contabilidade financeira IVA ® Cálculo ®
Configurações globais ® Brasil ® Definir a seqüência para a determinação do código
de impostos SD.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

J1BTAX

Também é possível entrar manualmente um texto para a lei tributária na ordem do


cliente.

É possível atualizar as leis tributárias de IPI e ICMS no Customizing de FI,


selecionando Configurações globais de contabilidade financeira IVA ® Configurações
globais ® Brasil ® Definir leis tributárias de IPI ou ICMS.

Aqui são definidas as indicações na tabela de determinação CFOP para os


movimentos de saída (saídasde mercadorias) e seus respectivos retornos. O sistema
utiliza estas indicações em Vendas e Distribuição(SD) e na Administração de Materias
- Administração de Estoques (MM-MI).

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

J1BTAX

Ao utilizar o cálculo de imposto baseado em condições para o Brasil, é necessário


ajustar, para cadagrupo de impostos criados ou modificados, as seqüências de acesso
pertencentes às condições quegravam as taxas de imposto (conferir as respectivas
atividades para seqüências de acesso para SD e MM). É necessário inserir uma etapa
nova em todas as seqüências de acesso utilizadas por condiçõespara o cálculo do
imposto para os tipos de imposto marcados como ativos.

Ter em conta que a SAP disponibiliza um programa (J_1B_EXT_ACC_SEQ) que integra


essa etapa de forma automática. Esseprograma pode ser chamado do Tax
Administration Tool, selecionando-se Configurações de condição > Migração >
Grupos de impostos em seqüências de acesso. (Informações detalhadas encontram-
se nadocumentação do programa.

Ter em conta que a execução deste report leva as modificações de dadosválidas para
vários mandantes). No exemplo seguinte encontram-se as modificações necessárias
paramodificar as seqüências de acesso de forma manual.

Os diferentes grupos de impostos são utilizados para definir exceções dinâmicas para
diferentes taxas deimposto na Contabilidade financeira, em Configurações globais da
Contabilidade financeira > IVA > Cálculo > Taxas de imposto.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

J1BTAX

Ao atualizar as exceções dinâmicas nessas atividades, será exibida uma caixa de


diálogo solicitando aentrada do grupo de impostos. Como opções estão disponíveis
para esse campo todos os grupos deimpostos criados na atividade atual. Ao
selecionar F4 será, além disso, exibido para que tipos de imposto ogrupo de
impostos em questão foi ativado.

O local de trabalho do gerente de impostos (TMW) é uma ferramenta de


customização que permite fazer todas as configurações relevantes para o cálculo de
impostos no Brasil, a partir de um único ponto de acesso. A maioria das opções do
TMW também pode ser encontrada como atividades separadas no IMG; estes estão
listados abaixo com seus caminhos de menu IMG.

Duas opções só podem ser acessadas a partir do TMW - opção para mudar para um
país diferente no TMW e migração de taxas de imposto para registros de condição - e
estas estão documentadas abaixo. A outra função de migração para transferir
alterações de grupo de impostos para acessar seqüências é um programa separado
com sua própria documentação.

Você pode acessar a documentação das atividades individuais da maneira padrão


(clicando no ícone do documento à esquerda da atividade no IMG) ou escolhendo o
ícone azul i em cada atividade.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

J1BTAX

A tela inicial do TMW lista todas as tabelas de taxas de imposto que você pode
atualizar. Você acessa as tabelas individualmente em Contabilidade financeira -
> Configurações globais da contabilidade financeira -> Imposto sobre vendas /
compras -> Cálculo -> Configurações para cálculo de imposto no Brasil -> Taxas de
imposto ->

• Atualizar valores padrão da taxa de imposto


• Atualizar valores IPI
• Atualizar exceções dependentes de material IPI
• Manter exceções dinâmicas de IPI
• Atualizar valores de ICMS
• Atualizar exceções dependentes de material do ICMS
• Manter exceções dinâmicas de ICMS
• Atualizar exceções de complemento de ICMS
• Atualizar valores de sub tributação
• Atualizar exceções dependentes de material SubTrib
• Atualizar exceções dinâmicas do SubTrib
• Manter valores ISS
• Atualizar valores de PIS
• Atualizar valores COFINS
• Atualizar taxas de imposto retido na fonte e atribuir códigos oficiais de cobrança

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ME21N

Um pedido de compra é utilizado para suprir a necessidade de materiais ou serviços


que são pedidos segm regularidade(não habitual). Para se fazer um pedido de
compras pode-se tornar como base uma requisição de compra , uma cotação ou uma
cópia de outro pedido existente no sistema.Ao criar um novo pedido , as condições
atuais do fornecedor são obtidas a partir do registro de informações para compras.

O departamento de compra de uma empresa que utiliza o componente MM tem


como responsabilidades: criação, visualização de requisições de compras, cotações,
contratos , pedidos de compras e processos de liberação assim como geração de
relatórios que auxiliam no controle dos processos existentes.

O componente de compras faz parte do compenente Administração de


Materiais(MM) e está totalmente integrado com outros componentes e suportam
todas s fases da administração de materiais tais como: Planejamento e controle de
materiais, compras, recebimento de mercadorias, administração de estoque e
verificação de faturas.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ME21N

Um pedido de compra, também conhecido como SAP PO, é usado em vários


processos de suprimento no SAP, como suprimento interno, de uma planta da
empresa para outro centro da empresa, suprimento externo, para consumo direto de
estoques durante os processos de fabricação. e a aquisição de serviços.

Existem várias maneiras de criar um pedido, por exemplo, referenciando uma


requisição de compra, usando uma solicitação de cotação, também chamada de RFQ,
de uma cotação, copiando outro pedido de comprador existente, de um contrato
existente ou, finalmente, de um contrato de vendas.

Acessar a transação ME21N ou através do Menu SAP Logística > Administração de


materiais > Compras > Pedido > Criar > ME21N – Fornecedor/centro fornecedor
conhecidos:

Ativar a síntese de documentos (F8) para que se possa escolher a RC base:

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ME21N

No menu VARIANTE DE SELEÇÃO, é possível filtrar por diversos tipos de registros:

Todos os demais campos da busca estão em branco. É possível fazer buscar mais
abertas que podem retornar mais de um registro:

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ME21N

A RC que filtrada irá aparecer na lista à esquerda da tela e basta selecionar ela e
clicar em transferir para que o Pedido de compra assuma os dados de requisição.

Após adotado os detalhes da RC, basta fazer os ajustes adicionais nos dados (se
necessário, caso haja alguma alteração) e salvar para que se crie o Pedido.

Entrega / fatura, que contém condições de pagamento e detalhes de negociação. Lá,


os termos de pagamento podem ser escolhidos, como 60 dias após a entrega, ou
qualquer termo de pagamento que você gostaria de usar para esta aquisição.

Condições, com preços e condições de nível de cabeçalho,

Textos, com manutenção de texto no nível do cabeçalho,

Endereço, com dados de endereço do fornecedor provenientes diretamente dos


dados mestre do fornecedor,

Comunicação, com dados de contato do fornecedor, como nome responsável,


número de telefone e referência do fornecedor interno,

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

ME21N

Parceiros, com detalhes do parceiro da tabela SAP EKPA,

Dados adicionais, com número coletivo e número de registro de IVA do fornecedor,

Importação, com dados de comércio exterior, se os países que fazem pedidos e


fornecedores estiverem na União Européia, por exemplo,

Dados da organização, preenchidos automaticamente com organização de compras,


grupo de compras e empresa, mas que podem ser atualizados,

Status, contendo o status atual do pedido e que pode ser usado para ver o
andamento do pedido. Por exemplo, você pode ver lá se o pedido está ativo ou não,
se a confirmação do pedido já foi enviada, o status de entrega ou o status da fatura.
Informações sobre quantidades e valores de pedidos, quantidades e valores
fornecidos, ainda para entregar quantidades e valores, quantidades e valores
faturados e adiantamentos serão atualizados de acordo até que o pedido seja
concluído.

Dados do material, com informações do item, como grupo de materiais dos dados
mestre do registro info da compra, número do material do fornecedor, códigos de
barras EAN ou número UPC, subgrupo do fornecedor, número do lote, número do
lote do fornecedor e código da mercadoria.

Quantidades / Pesos, em que a quantidade e a unidade de medida do item podem


ser ajustadas, se necessário.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

MR8M

Auxiliar o usuário a utilizar as datas corretas nos estornos de documento de


faturamento (feitos pela MIRO) e evitar os estornos com data errada ou qualquer
outro erro que tenha sido feito através da postagem junto a MIRO inicialmente.

O usuário informa:

O Documento de Faturamento;
O exercício (ano)

Motivo do estorno
Data de lançamento do estorno

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

MR8M

No momento que o usuário pressionar enter, o sistema vai coletar o número de


documento de faturamento informado, vai coletar a data de lançamento deste
documento e irá comparar com a data informada na MR8M e se for diferente, será
emetida uma mensagem de alerta para o usuário.

O usuário deverá responder SIM na pergunta de continuidade da transação se


“DESEJA CONTINUAR/CORRIGIR” e informar a daa correta que já será sugerida na
mensagem exibida pelo sistema:

Dando coontinuidade ao tema acima irá aparecer a janela abaixo para tentarmos
com a data já pré disponibilizada pelo SAP

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

MR8M

Como informado a mensagem abaixo irá aparecer questionando se deseja prosseguir


e corrigir:

Depois de clicar em SIM o sistema irá reverter o documento e lançar o documento


postado em aberto com o clearing de compensação anulando este lançamento.

Desta forma você terá excluído este lançamento para pago e anulado ele no SAP,
estará sempre disponível para consulta mas não irá afetar os lançamentos das contas
mais.

Dessa forma você estornou o lançamento e disponibiliza que possa fazer de novo
liberando a linha da OC com o valor novamente para ser utilizado de forma correta.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FB60

A FB60 é a transação utilizada para realizar a inclusão de faturas de forma manual


através de uma GL acoplada as vezes de centro de custo ou ordem interna de
lançamento.

A SAP adere ao princípio do documento, que significa que cada contabilização é


armazenada no formato de documento. Cada documento é composto de cabeçalho e
itens (partidas).

Cada lançamento, ou documento, deve ter pelo menos as seguintes informações:


datas de documento e lançamento, tipo de documento, empresa, moeda, chave de
lançamento, número de contas, e valores. Para contabilizar um documento, este
deve estar balanceado, ou seja o total dos valores a débito deve ser igual ao total
dos valores a crédito.

Os campos obrigatórios são validados durante a entrada de dados.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FB60

1- Mesmo que a fatura é lançada em uma moeda diferente da moeda local, quando
as partidas em aberto são compensadas, os valores em moeda estrangeira serão
convertidos para a moeda local usando a taxa de conversão corrente. Esta opção é
predefinida no sistema standard.

2- Se existir um adiantamento para um fornecedor selecionado, após a entrada das


informações obrigatórias da tela inicial da “pasta” Dados Básicos, uma janela
informará que “Existem $ .$$$,$$ BRL Adiantamento…“.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FB60

Acessar a transação FB60

Na tela inicial da transação irá aparecer a primeira aba de data/dados básicos, entrar
as informações nos campos da forma especificada na tabela ao lado:

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FB60

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FB60

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FB60

Na tela “Crédito fornecedor criar” na ‘pasta’ Pagamentos , entrar as informações nos


campos da forma especificada na tabela abaixo:

Na tela “Crédito fornecedor criar” na ‘pasta’ Pagamentos , entrar as informações nos


campos da forma especificada na tabela abaixo:

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FB60

Pressione o botão “Simular” na barra de funções ou selecione no menu: Documento


> Simular, ou tecle PF9 e você obterá a tela de “Síntese do documento”, onde serão
exibidas as partidas que compõem o documento, bem como algumas informações de
cabeçalho.

Se você deseja revisar ou alterar qualquer dado de uma partida , Clicar duas vezes na
linha do ítem e faça as suas correções.

Você poderá alterar somente as informações dos campos que estão em destaque
(em highlight).

Para alterar informações de campos como indicador de Débito/Crédito, ou valor,


retorne à tela anterior (tela inicial) pressionando o botão e altere o valor/indicador
de débito/crédito na linha do ítem desejado.

A conta é um tipo de informação que não poderá ser alterada, para tanto retorne
tela inicial e delete a linha/partida que contém a conta incorreta e entre em uma
nova linha a informação corretas.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FBRA

FBRA é a transação que utilizamos para descompensar um documento que tenha


sido compensado anteriormente sendo em forma de pagamento, anulação ou até
mesmo através de estorno pela FB08 ou MR8M.

A FBRA é utilizada quando identificamos a necessidade de reverter algum


documento que consta anulado ou pago no sistema do SAP, geralmente realizamos a
consulta através da FB03 ou da FBL1N para identificarmos se o documento possui ou
não clearing number, todo documento compensado ou anulado terá o campo de
clearing number preenchido.

→ FBL1N

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FBRA

FB03 ( A diferença entre a FB03 e a FBL1N é que na FB03 você precisa ter o numero
de documento para identificar a postagem e depois pra verificar se foi compensado o
mesmo precisa ter uma entrada e saída registrado

Entrar no sistema de T-CODE é digitar FBRA:

Irá aparecer a tela ao lado que irá lhe pedir apenas 3 informações:

Clearing Doc: Numero de compensação bancária

Company Code: Indicador da empresa

Fiscal Year: Ano em que o documento foi compensado e nao o ano que você está

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

FBRA

Se você quiser ver quais são os documentos que estão alocados dentro do clearing
antes de realizar qualquer reversão, basta clicar em ITEMS que irá abrir uma janela
informando tudo que está compensado neste Clearing Doc.

Depois de ter todos os campos preenchidos basta clicar em SALVAR no ícone com
formato de disquete.

O sistema irá abrir uma janela questionando o motivo da anulação que são apenas
dois tipos:

01: dentro do periodo tual

02: em um periodo diferente ( que é o mais comum)

Depois é só salvar que a compensação foi desfeita.

OBS: SEMPRE CONFIRME NA FBL1N SE O DOCUMENTO VAI CONSTAR ABERTO.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

VA01

A VA01 é uma transação do SAP que realiza a criação de um pedido de vendas

Um 'Pedido de Vendas' é um contrato entre um Cliente e uma organização de Vendas


para o fornecimento de bens e / serviços especificados durante um período
especificado.

Todas as informações relevantes do registro mestre do cliente e do registro mestre


do material são copiadas para a ordem do cliente. A ordem do cliente pode ser
criada com referência a um 'documento anterior', como uma consulta / cotação.
Nesse caso, todos os dados iniciais do documento anterior são copiados para a
ordem do cliente. Código T-VA01.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

VA01

1 - Digite o código T VA01 no campo de comando.

2 - Digite o tipo de pedido OU para Pedido padrão.

3 - Insira Organização de vendas / Canal de distribuição / Divisão no bloco Dados


organizacionais.

4 - Clique no botão criar com referência para criar um pedido de vendas a partir de
Consulta / Cotação.

/ALMEIDAFELIPE88
INTRODUÇÃO AO SAP

VA01

1 - Digite o número da cotação na guia


Cotação.

2 - Selecione o botão de cópia

1 - Digite o número da remessa / pedido


/ data do pedido.

2 - Digite Req. data de entrega.

3 - Podemos alterar a quantidade do


pedido.

4 - Clique em Salvar

/ALMEIDAFELIPE88
SAP PARA
INICIANTES

FIM
Contato: felipeanjosalmeida@hotmail.com

/ALMEIDAFELIPE88