Você está na página 1de 80

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Análise Vetorial

Introdução para Eletromagnetismo

Sérgio Antenor de Carvalho 1

1 Departamento de Engenharia de Teleinformática Centro de Tecnologia Universidade Federal do Ceará

2010

de Engenharia de Teleinformática Centro de Tecnologia Universidade Federal do Ceará 2010 Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Tópicos

1 Introdução

2 Escalares e Vetores

3 Campos Escalares e Campos Vetoriais

4 Leis da Álgebra

5 Sumário

2 Escalares e Vetores 3 Campos Escalares e Campos Vetoriais 4 Leis da Álgebra 5 Sumário

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Tópicos

1

2

3

4

5

Introdução

Escalares e Vetores

Campos Escalares e Campos Vetoriais

Leis da Álgebra

Sumário

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário Carvalho Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Tópicos

1

2

3

4

5

Introdução

Escalares e Vetores

Campos Escalares e Campos Vetoriais

Leis da Álgebra

Sumário

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário Carvalho Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Tópicos

1 Introdução

2 Escalares e Vetores

3 Campos Escalares e Campos Vetoriais

4 Leis da Álgebra

5 Sumário

2 Escalares e Vetores 3 Campos Escalares e Campos Vetoriais 4 Leis da Álgebra 5 Sumário

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Tópicos

1 Introdução

2 Escalares e Vetores

3 Campos Escalares e Campos Vetoriais

4 Leis da Álgebra

5 Sumário

2 Escalares e Vetores 3 Campos Escalares e Campos Vetoriais 4 Leis da Álgebra 5 Sumário

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Objetivos

Objetivos O porque do uso da Análise Vetorial

apresentação dos elementos da análise vetorial interpretação física dos elementos domínio e uso dos elementos apresentados

vetorial interpretação física dos elementos domínio e uso dos elementos apresentados Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Objetivos

Objetivos O porque do uso da Análise Vetorial

apresentação dos elementos da análise vetorial interpretação física dos elementos domínio e uso dos elementos apresentados

vetorial interpretação física dos elementos domínio e uso dos elementos apresentados Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Objetivos

Objetivos O porque do uso da Análise Vetorial

apresentação dos elementos da análise vetorial interpretação física dos elementos domínio e uso dos elementos apresentados

vetorial interpretação física dos elementos domínio e uso dos elementos apresentados Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Objetivos O porque do uso da Análise Vetorial

O porque do uso da Análise Vetorial

simplifica a análise e expressão da teoria eletromagnética

é uma taquigrafia matemática adequada a teoria eletromagnética

reduz o número de equações para representar uma lei facilita a manipulação matemática das equações

é importante familiarizar-se com os símbolos e seus significados

ex. E , E , V ,∇ · D , ∇ × H , a x , | E |

Carvalho

Análise Vetorial

ex. E , E , ∇ V , ∇ · D , ∇ × H ,

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Objetivos O porque do uso da Análise Vetorial

O porque do uso da Análise Vetorial

simplifica a análise e expressão da teoria eletromagnética é uma taquigrafia matemática adequada a teoria eletromagnética

reduz o número de equações para representar uma lei facilita a manipulação matemática das equações

é importante familiarizar-se com os símbolos e seus significados

ex. E , E , V ,∇ · D , ∇ × H , a x , | E |

Carvalho

Análise Vetorial

ex. E , E , ∇ V , ∇ · D , ∇ × H ,

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Objetivos O porque do uso da Análise Vetorial

O porque do uso da Análise Vetorial

simplifica a análise e expressão da teoria eletromagnética é uma taquigrafia matemática adequada a teoria eletromagnética

reduz o número de equações para representar uma lei facilita a manipulação matemática das equações

é importante familiarizar-se com os símbolos e seus significados

ex. E , E , V ,∇ · D , ∇ × H , a x , | E |

Carvalho

Análise Vetorial

ex. E , E , ∇ V , ∇ · D , ∇ × H ,

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Objetivos O porque do uso da Análise Vetorial

O porque do uso da Análise Vetorial

simplifica a análise e expressão da teoria eletromagnética é uma taquigrafia matemática adequada a teoria eletromagnética

reduz o número de equações para representar uma lei facilita a manipulação matemática das equações

é importante familiarizar-se com os símbolos e seus significados

ex. E , E , V ,∇ · D , ∇ × H , a x , | E |

Carvalho

Análise Vetorial

ex. E , E , ∇ V , ∇ · D , ∇ × H ,

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Objetivos O porque do uso da Análise Vetorial

O porque do uso da Análise Vetorial

simplifica a análise e expressão da teoria eletromagnética

é uma taquigrafia matemática adequada a teoria eletromagnética

reduz o número de equações para representar uma lei facilita a manipulação matemática das equações

é importante familiarizar-se com os símbolos e seus significados

ex. E , E , V ,∇ · D , ∇ × H , a x , | E |

Carvalho

Análise Vetorial

ex. E , E , ∇ V , ∇ · D , ∇ × H ,

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Objetivos O porque do uso da Análise Vetorial

O porque do uso da Análise Vetorial

simplifica a análise e expressão da teoria eletromagnética

é uma taquigrafia matemática adequada a teoria eletromagnética

reduz o número de equações para representar uma lei facilita a manipulação matemática das equações

é importante familiarizar-se com os símbolos e seus significados

ex. E , E , V ,∇ · D , ∇ × H , a x , | E |

Carvalho

Análise Vetorial

ex. E , E , ∇ V , ∇ · D , ∇ × H ,

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Escalares

Vetores

Escalares e Vetores

Escalar é uma quantidade possuindo somente magnitude

ex. temperatura (T), energia (W), tensão (V), carga elétrica (q), distância

temperatura (T), energia (W), tensão (V), carga elétrica (q), distância Figura: Escalares Carvalho Análise Vetorial

Figura: Escalares

temperatura (T), energia (W), tensão (V), carga elétrica (q), distância Figura: Escalares Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Escalares

Vetores

Escalares e Vetores

Escalar é uma quantidade possuindo somente magnitude

ex. temperatura (T), energia (W), tensão (V), carga elétrica (q), distância

temperatura (T), energia (W), tensão (V), carga elétrica (q), distância Figura: Escalares Carvalho Análise Vetorial

Figura: Escalares

temperatura (T), energia (W), tensão (V), carga elétrica (q), distância Figura: Escalares Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Escalares

Vetores

Escalares e Vetores

Vetor é uma quantidade possuindo magnitude e direção

ex. força ( f ), aceleração ( a ), velocidade ( v )

e direção ex. força ( f ), aceleração ( a ), velocidade ( v ) Figura:

Figura: Vetores

e direção ex. força ( f ), aceleração ( a ), velocidade ( v ) Figura:

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Escalares

Vetores

Escalares e Vetores

Vetor é uma quantidade possuindo magnitude e direção

ex. força ( f ), aceleração ( a ), velocidade ( v )

e direção ex. força ( f ), aceleração ( a ), velocidade ( v ) Figura:

Figura: Vetores

e direção ex. força ( f ), aceleração ( a ), velocidade ( v ) Figura:

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Região e Campo

Região e Campo Campos Escalares Campos Vetoriais

Região parte do espaço interna (externa) a uma superfície fechada (fronteira)

ex. região tridimensional, região bidimensional, região undimensional

ex. região tridimensional, região bidimensional, região undimensional Figura: Regiões Carvalho Análise Vetorial

Figura: Regiões

ex. região tridimensional, região bidimensional, região undimensional Figura: Regiões Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Região e Campo

Região e Campo Campos Escalares Campos Vetoriais

Região parte do espaço interna (externa) a uma superfície fechada (fronteira)

ex. região tridimensional, região bidimensional, região undimensional

ex. região tridimensional, região bidimensional, região undimensional Figura: Regiões Carvalho Análise Vetorial

Figura: Regiões

ex. região tridimensional, região bidimensional, região undimensional Figura: Regiões Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Região e Campo

Região e Campo Campos Escalares Campos Vetoriais

Campo é uma função matemática do espaço e tempo influência de algum agente sobre uma região

matemática do espaço e tempo influência de algum agente sobre uma região Figura: Campo Carvalho Análise

Figura: Campo

matemática do espaço e tempo influência de algum agente sobre uma região Figura: Campo Carvalho Análise

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Região e Campo

Região e Campo Campos Escalares Campos Vetoriais

Campo é uma função matemática do espaço e tempo influência de algum agente sobre uma região

matemática do espaço e tempo influência de algum agente sobre uma região Figura: Campo Carvalho Análise

Figura: Campo

matemática do espaço e tempo influência de algum agente sobre uma região Figura: Campo Carvalho Análise

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Região e Campo

Região e Campo Campos Escalares Campos Vetoriais

Campo é uma função matemática do espaço e tempo influência de algum agente sobre uma região

matemática do espaço e tempo influência de algum agente sobre uma região Figura: Campo Carvalho Análise

Figura: Campo

matemática do espaço e tempo influência de algum agente sobre uma região Figura: Campo Carvalho Análise

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Campos Escalares

Região e Campo Campos Escalares Campos Vetoriais

Campo Escalar a grandeza definida em toda região é um escalar

ex. campo de temperatura da sala, temperatura de uma barra aquecida, potencial gravitacional, potencial eletrostático (V)

barra aquecida, potencial gravitacional, potencial eletrostático (V) Figura: Campo Escalar Carvalho Análise Vetorial

Figura: Campo Escalar

Carvalho

Análise Vetorial

barra aquecida, potencial gravitacional, potencial eletrostático (V) Figura: Campo Escalar Carvalho Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Campos Escalares

Região e Campo Campos Escalares Campos Vetoriais

Campo Escalar a grandeza definida em toda região é um escalar

ex. campo de temperatura da sala, temperatura de uma barra aquecida, potencial gravitacional, potencial eletrostático (V)

barra aquecida, potencial gravitacional, potencial eletrostático (V) Figura: Campo Escalar Carvalho Análise Vetorial

Figura: Campo Escalar

Carvalho

Análise Vetorial

barra aquecida, potencial gravitacional, potencial eletrostático (V) Figura: Campo Escalar Carvalho Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Campos Vetoriais

Região e Campo Campos Escalares Campos Vetoriais

Campo Vetorial a grandeza definida em toda a região é um vetor

ex. campo elétrico, velocidade de um fluido dentro de um tubo de seção transversa variável, campo magnético

dentro de um tubo de seção transversa variável, campo magnético Figura: Campo Vetorial Carvalho Análise Vetorial

Figura: Campo Vetorial

dentro de um tubo de seção transversa variável, campo magnético Figura: Campo Vetorial Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Campos Vetoriais

Região e Campo Campos Escalares Campos Vetoriais

Campo Vetorial a grandeza definida em toda a região é um vetor

ex. campo elétrico, velocidade de um fluido dentro de um tubo de seção transversa variável, campo magnético

dentro de um tubo de seção transversa variável, campo magnético Figura: Campo Vetorial Carvalho Análise Vetorial

Figura: Campo Vetorial

dentro de um tubo de seção transversa variável, campo magnético Figura: Campo Vetorial Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Interação entre escalares e vetores

a interação de vetores com escalares e outros vetores obedece a certas leis considerando u e v escalares e A e B vetores temos as seguintes leis

u

A = A u lei comutativa

u

(v A) = ( u v ) A lei associativa

(u + v ) A = u A + v A lei distributiva

u ( A + B ) = u A + u B lei distributiva

+ v A → lei distributiva u ( A + B ) = u A +

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Interação entre escalares e vetores

a interação de vetores com escalares e outros vetores obedece a certas leis considerando u e v escalares e A e B vetores temos as seguintes leis

u

A = A u lei comutativa

u

(v A) = ( u v ) A lei associativa

(u + v ) A = u A + v A lei distributiva

u ( A + B ) = u A + u B lei distributiva

+ v A → lei distributiva u ( A + B ) = u A +

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Interação entre escalares e vetores

a interação de vetores com escalares e outros vetores obedece a certas leis considerando u e v escalares e A e B vetores temos as seguintes leis

u A = A u lei comutativa u (v A) = ( u v ) A lei associativa (u + v ) A = u A + v A lei distributiva u ( A + B ) = u A + u B lei distributiva

+ v A → lei distributiva u ( A + B ) = u A +

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Interação entre escalares e vetores

a interação de vetores com escalares e outros vetores obedece a certas leis considerando u e v escalares e A e B vetores temos as seguintes leis

u A = A u lei comutativa u (v A) = ( u v ) A lei associativa (u + v ) A = u A + v A lei distributiva u ( A + B ) = u A + u B lei distributiva

+ v A → lei distributiva u ( A + B ) = u A +

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Interação entre escalares e vetores

a interação de vetores com escalares e outros vetores obedece a certas leis considerando u e v escalares e A e B vetores temos as seguintes leis

u A = A u lei comutativa u (v A) = ( u v ) A lei associativa (u + v ) A = u A + v A lei distributiva u ( A + B ) = u A + u B lei distributiva

+ v A → lei distributiva u ( A + B ) = u A +

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Interação entre escalares e vetores

a interação de vetores com escalares e outros vetores obedece a certas leis considerando u e v escalares e A e B vetores temos as seguintes leis

u

A = A u lei comutativa

u

(v A) = ( u v ) A lei associativa

(u + v ) A = u A + v A lei distributiva

u ( A + B ) = u A + u B lei distributiva

+ v A → lei distributiva u ( A + B ) = u A +

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Operações Básicas sobre vetores

soma e subtração de vetores multiplicação por um escalar produtor escalar e produto vetorial interpretação gráfica de cada operação

um escalar produtor escalar e produto vetorial interpretação gráfica de cada operação Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Operações Básicas sobre vetores

soma e subtração de vetores multiplicação por um escalar produtor escalar e produto vetorial interpretação gráfica de cada operação

um escalar produtor escalar e produto vetorial interpretação gráfica de cada operação Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Operações Básicas sobre vetores

soma e subtração de vetores multiplicação por um escalar produtor escalar e produto vetorial interpretação gráfica de cada operação

um escalar produtor escalar e produto vetorial interpretação gráfica de cada operação Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

Operações Básicas sobre vetores

soma e subtração de vetores multiplicação por um escalar produtor escalar e produto vetorial interpretação gráfica de cada operação

um escalar produtor escalar e produto vetorial interpretação gráfica de cada operação Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Soma e Subtração

Soma Vetorial

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores Figura: Soma vetorial de dois vetores Carvalho Análise

Figura: Soma vetorial de dois vetores

escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores Figura: Soma vetorial de dois vetores Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Soma e Subtração

Subtração Vetorial

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores Figura: Subtração vetorial de dois vetores Carvalho

Figura: Subtração vetorial de dois vetores

e vetores Operações Básicas sobre vetores Figura: Subtração vetorial de dois vetores Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Soma e Subtração

Multiplicação por escalar

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores Figura: Multiplicação por escalar Carvalho Análise

Figura: Multiplicação por escalar

escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores Figura: Multiplicação por escalar Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

1 o tipo de multiplicação entre dois vetores, é definida por

A · B = A B cos β , onde β é o menor ângulo entre os vetores

Figura: Produto escalar
Figura: Produto escalar

projeção de um vetor vezes a magnitude do outro

entre os vetores Figura: Produto escalar projeção de um vetor vezes a magnitude do outro Carvalho

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

1 o tipo de multiplicação entre dois vetores, é definida por

A · B = A B cos β , onde β é o menor ângulo entre os vetores

Figura: Produto escalar
Figura: Produto escalar

projeção de um vetor vezes a magnitude do outro

entre os vetores Figura: Produto escalar projeção de um vetor vezes a magnitude do outro Carvalho

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

1 o tipo de multiplicação entre dois vetores, é definida por

A · B = A B cos β , onde β é o menor ângulo entre os vetores

Figura: Produto escalar
Figura: Produto escalar

projeção de um vetor vezes a magnitude do outro

entre os vetores Figura: Produto escalar projeção de um vetor vezes a magnitude do outro Carvalho

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

A · B = (A cos β) B = (B cos β) A = B · A lei comutativa

Figura: Produto escalar
Figura: Produto escalar

módulo de um vetor - é o comprimento do vetor

| A| = A · A

Produto escalar módulo de um vetor - é o comprimento do vetor | A | =

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

A · B = (A cos β) B = (B cos β) A = B · A lei comutativa

Figura: Produto escalar
Figura: Produto escalar

módulo de um vetor - é o comprimento do vetor

| A| = A · A

Produto escalar módulo de um vetor - é o comprimento do vetor | A | =

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

ângulo entre dois vetores - β = cos 1

| A|| B |

A· B

Figura: Produto escalar
Figura: Produto escalar
entre dois vetores - β = cos − 1 | A || B | A ·

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

exemplo de aplicação n o 1

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

trabalho (J) realizado por uma força constante F (N) ao deslocar um corpo por uma distância l (m)

Trabalho = | F | | l | cos β = F · l

Trabalho = | F | | l | cos β = F · l Figura: Trabalho

Figura: Trabalho realizado por uma força constante

F | | l | cos β = F · l Figura: Trabalho realizado por uma

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

exemplo de aplicação n o 1

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

trabalho (J) realizado por uma força constante F (N) ao deslocar um corpo por uma distância l (m)

Trabalho = | F | | l | cos β = F · l

Trabalho = | F | | l | cos β = F · l Figura: Trabalho

Figura: Trabalho realizado por uma força constante

F | | l | cos β = F · l Figura: Trabalho realizado por uma

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

exemplo de aplicação n o 2

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

trabalho (J) realizado por uma força F (N) ao deslocar um corpo por um percurso (m)

Trabalho = F · dL

um corpo por um percurso (m) Trabalho = F · dL Figura: Trabalho realizado por uma

Figura: Trabalho realizado por uma força

corpo por um percurso (m) Trabalho = F · dL Figura: Trabalho realizado por uma força

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

exemplo de aplicação n o 2

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

trabalho (J) realizado por uma força F (N) ao deslocar um corpo por um percurso (m)

Trabalho = F · dL

um corpo por um percurso (m) Trabalho = F · dL Figura: Trabalho realizado por uma

Figura: Trabalho realizado por uma força

corpo por um percurso (m) Trabalho = F · dL Figura: Trabalho realizado por uma força

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

exemplo de aplicação n o 3

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

definir a componente normal e tangencial do campo numa fronteira

E n = ( E ·

n ) n e E t = E ( E ·

n ) n

= ( E · n ) n e E t = E − ( E ·

Figura: componente normal e tangencial do campo numa fronteira

= E − ( E · n ) n Figura: componente normal e tangencial do campo

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Escalar

exemplo de aplicação n o 3

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

definir a componente normal e tangencial do campo numa fronteira

E n = ( E ·

n ) n e E t = E ( E ·

n ) n

= ( E · n ) n e E t = E − ( E ·

Figura: componente normal e tangencial do campo numa fronteira

= E − ( E · n ) n Figura: componente normal e tangencial do campo

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Vetorial

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

2 o tipo de multiplicação entre dois vetores, é definida por A × B = A B sen β a n , onde β é o menor ângulo entre os vetores e a n é o vetor unitário normal ao plano formado por A e B cuja direção é definida pela regra da mão direita

Figura: Produto vetorial
Figura: Produto vetorial
por A e B cuja direção é definida pela regra da mão direita Figura: Produto vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Vetorial

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

2 o tipo de multiplicação entre dois vetores, é definida por A × B = A B sen β a n , onde β é o menor ângulo entre os vetores e a n é o vetor unitário normal ao plano formado por A e B cuja direção é definida pela regra da mão direita

Figura: Produto vetorial
Figura: Produto vetorial
por A e B cuja direção é definida pela regra da mão direita Figura: Produto vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Vetorial

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

2 o tipo de multiplicação entre dois vetores, é definida por A × B = A B sen β a n , onde β é o menor ângulo entre os vetores e a n é o vetor unitário normal ao plano formado por A e B cuja direção é definida pela regra da mão direita

Figura: Produto vetorial
Figura: Produto vetorial
por A e B cuja direção é definida pela regra da mão direita Figura: Produto vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Vetorial

exemplo de aplicação n o 1

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

expressar o momento de uma força F ao redor de um ponto P no espaço, o vetor R conecta o ponto P com o ponto de aplicação Q

M = R × F

o ponto P com o ponto de aplicação Q M = R × F Figura: momento

Figura: momento de uma força

o ponto P com o ponto de aplicação Q M = R × F Figura: momento

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Vetorial

exemplo de aplicação n o 1

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

expressar o momento de uma força F ao redor de um ponto P no espaço, o vetor R conecta o ponto P com o ponto de aplicação Q

M = R × F

o ponto P com o ponto de aplicação Q M = R × F Figura: momento

Figura: momento de uma força

o ponto P com o ponto de aplicação Q M = R × F Figura: momento

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Vetorial

exemplo de aplicação n o 2

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

uma carga elétrica q é lançada com velocidade v, numa região onde há um campo magnético B , a força que B exerce sobre q é dada por

F m = q v × B

B exerce sobre q é dada por F m = q v × B Figura: Força

Figura: Força magnética sobre uma carga elétrica em movimento

F m = q v × B Figura: Força magnética sobre uma carga elétrica em movimento

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Produto Vetorial

exemplo de aplicação n o 2

Interação entre escalares e vetores Operações Básicas sobre vetores

uma carga elétrica q é lançada com velocidade v, numa região onde há um campo magnético B , a força que B exerce sobre q é dada por

F m = q v × B

B exerce sobre q é dada por F m = q v × B Figura: Força

Figura: Força magnética sobre uma carga elétrica em movimento

F m = q v × B Figura: Força magnética sobre uma carga elétrica em movimento

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

ferramenta matemática usada na teoria eletromagnética

simplifica as expressões - notação compacta temos que conhecer os seus símbolos e significados

elementos

escalares - um nível de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção

de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

ferramenta matemática usada na teoria eletromagnética

simplifica as expressões - notação compacta temos que conhecer os seus símbolos e significados

elementos

escalares - um nível de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção

de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

ferramenta matemática usada na teoria eletromagnética

simplifica as expressões - notação compacta temos que conhecer os seus símbolos e significados

elementos

escalares - um nível de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção

de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

ferramenta matemática usada na teoria eletromagnética

simplifica as expressões - notação compacta temos que conhecer os seus símbolos e significados

elementos

escalares - um nível de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção

de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

ferramenta matemática usada na teoria eletromagnética

simplifica as expressões - notação compacta temos que conhecer os seus símbolos e significados

elementos

escalares - um nível de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção

de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

ferramenta matemática usada na teoria eletromagnética

simplifica as expressões - notação compacta temos que conhecer os seus símbolos e significados

elementos

escalares - um nível de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção

de informação: magnitude vetores - dois níveis de informações: magnitude e direção Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Campo Escalar

grandeza definida em toda região é um escalar

Campo Vetorial

grandeza definida em toda região é um vetor

Leis da Algebra

propriedades comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações

comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Campo Escalar

grandeza definida em toda região é um escalar

Campo Vetorial

grandeza definida em toda região é um vetor

Leis da Algebra

propriedades comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações

comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Campo Escalar

grandeza definida em toda região é um escalar

Campo Vetorial

grandeza definida em toda região é um vetor

Leis da Algebra

propriedades comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações

comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Campo Escalar

grandeza definida em toda região é um escalar

Campo Vetorial

grandeza definida em toda região é um vetor

Leis da Algebra

propriedades comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações

comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Campo Escalar

grandeza definida em toda região é um escalar

Campo Vetorial

grandeza definida em toda região é um vetor

Leis da Algebra

propriedades comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações

comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Campo Escalar

grandeza definida em toda região é um escalar

Campo Vetorial

grandeza definida em toda região é um vetor

Leis da Algebra

propriedades comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações

comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Campo Escalar

grandeza definida em toda região é um escalar

Campo Vetorial

grandeza definida em toda região é um vetor

Leis da Algebra

propriedades comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações

comutativa, associativa e distributiva operações básicas e suas interpretações Carvalho Análise Vetorial

Carvalho

Análise Vetorial

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Produtos entre Vetores

produto escalar - resultado é um escalar

calcular a componente normal e tangencial a uma superfície calcular o módulo de um vetor

produtor vetorial - resultado é um vetor

cálculo do momento cálculo da força magnética

Carvalho

Análise Vetorial

produtor vetorial - resultado é um vetor cálculo do momento cálculo da força magnética Carvalho Análise

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Produtos entre Vetores

produto escalar - resultado é um escalar

calcular a componente normal e tangencial a uma superfície calcular o módulo de um vetor

produtor vetorial - resultado é um vetor

cálculo do momento cálculo da força magnética

Carvalho

Análise Vetorial

produtor vetorial - resultado é um vetor cálculo do momento cálculo da força magnética Carvalho Análise

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Produtos entre Vetores

produto escalar - resultado é um escalar

calcular a componente normal e tangencial a uma superfície calcular o módulo de um vetor

produtor vetorial - resultado é um vetor

cálculo do momento cálculo da força magnética

Carvalho

Análise Vetorial

produtor vetorial - resultado é um vetor cálculo do momento cálculo da força magnética Carvalho Análise

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Produtos entre Vetores

produto escalar - resultado é um escalar

calcular a componente normal e tangencial a uma superfície calcular o módulo de um vetor

produtor vetorial - resultado é um vetor

cálculo do momento cálculo da força magnética

Carvalho

Análise Vetorial

produtor vetorial - resultado é um vetor cálculo do momento cálculo da força magnética Carvalho Análise

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Produtos entre Vetores

produto escalar - resultado é um escalar

calcular a componente normal e tangencial a uma superfície calcular o módulo de um vetor

produtor vetorial - resultado é um vetor

cálculo do momento cálculo da força magnética

Carvalho

Análise Vetorial

produtor vetorial - resultado é um vetor cálculo do momento cálculo da força magnética Carvalho Análise

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Produtos entre Vetores

produto escalar - resultado é um escalar

calcular a componente normal e tangencial a uma superfície calcular o módulo de um vetor

produtor vetorial - resultado é um vetor

cálculo do momento cálculo da força magnética

Carvalho

Análise Vetorial

produtor vetorial - resultado é um vetor cálculo do momento cálculo da força magnética Carvalho Análise

Introdução Escalares e Vetores Campos Escalares e Campos Vetoriais Leis da Álgebra Sumário

Sumário

Análise Vetorial

Produtos entre Vetores

produto escalar - resultado é um escalar

calcular a componente normal e tangencial a uma superfície calcular o módulo de um vetor

produtor vetorial - resultado é um vetor

cálculo do momento cálculo da força magnética

Carvalho

Análise Vetorial

produtor vetorial - resultado é um vetor cálculo do momento cálculo da força magnética Carvalho Análise