Você está na página 1de 16

OBJETIVOS: Realização, interpretação, e entendimento dos exercícios de vestibulares diversos das disciplinas a cima

recorrentes aos conteúdos abordados da primeira série do ensino médio ao primeiro trimestre da terceira série do ensino
médio.

POLÍGRAFO DE EXERCÍCIOS DE VESTIBULAR

FÍSICA- Prof. Rosiméri


• MOVIMENTO UNIFORME 6. (Ufrj 2007) Numa competição, Fernanda
nadou 6,0 km e, em seguida, correu outros 6,0
km. Na etapa de natação, conseguiu uma
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO velocidade escalar média de 4,0 km/h; na
(Ufpe 2007) corrida, sua velocidade escalar média foi de 12
1. Um barco de comprimento L = 80 m, km/h.
navegando no sentido da correnteza de um rio, a) Calcule o tempo gasto por Fernanda para
passa sob uma ponte de largura D = 25 m, nadar os 6,0 km.
como indicado na figura. b) Calcule a velocidade escalar média de
Sabendo-se que a velocidade do barco em Fernanda no percurso total da prova.
relação ao rio é vB = 14 km/h, e a velocidade
do rio em relação às margens é vR = 4 km/h, 7. (Ufrj 2007) Em uma recente partida de
determine em quanto tempo o barco passa futebol entre Brasil e Argentina, o jogador Kaká
completamente por baixo da ponte, em marcou o terceiro gol ao final de uma arrancada
segundos. de 60 metros.
Supondo que ele tenha gastado 8,0 segundos
para percorrer essa distância, determine a
velocidade escalar média do jogador nessa
arrancada.
8. (Unesp 2007) Mapas topográficos da Terra
são de grande importância para as mais
diferentes atividades, tais como navegação,
desenvolvimento de pesquisas ou uso
adequado do solo. Recentemente, a
preocupação com o aquecimento global fez dos
mapas topográficos das geleiras o foco de
atenção de ambientalistas e pesquisadores. O
2. (Uerj 2007) Não é possível observar a levantamento topográfico pode ser feito com
estrutura da matéria e as propriedades grande precisão utilizando os dados coletados
fundamentais de seus constituintes de maneira por altímetros em satélites. O princípio é
simples, como sugere a tirinha da figura 1. Para simples e consiste em registrar o tempo
estudar essas características, são utilizados decorrido entre o instante em que um pulso de
potentes equipamentos que aceleram partículas laser é emitido em direção à superfície da Terra
subatômicas e provocam sua colisão (veja a e o instante em que ele retorna ao satélite,
figura 2). depois de refletido pela superfície na Terra.
Considere que o tempo decorrido entre a
Considere o experimento representado na emissão e a recepção do pulso de laser, quando
figura 3. emitido sobre uma região ao nível do mar, seja
de 18 × 10¥ s. Se a velocidade do laser for
igual a 3 × 10© m/s, calcule a altura, em
relação ao nível do mar, de uma montanha de
gelo sobre a qual um pulso de laser incide e
retorna ao satélite após 17,8 × 10¥ segundos.
9. (Unifesp 2005)

Na etapa de testes do experimento, a partícula


x desloca-se, com velocidade constante V³=3,0
× 10¨ m/s, frontalmente ao encontro da
partícula y, que está em repouso, de modo que
ambas só interajam durante a colisão.
Admita que, em um instante t³, a distância
entre as partículas x e y seja de 0,3m.
Determine após quanto tempo, a partir desse
instante, ocorrerá a colisão entre elas. A foto, tirada da Terra, mostra uma seqüência
de 12 instantâneos do trânsito de Vênus em
3. (Ufpe 2006) Um automóvel faz o percurso frente ao Sol, ocorrido no dia 8 de junho de
Recife-Gravatá a uma velocidade média de 50 2004. O intervalo entre esses instantâneos foi,
km/h. O retorno, pela mesma estrada, é aproximadamente, de 34 min.
realizado a uma velocidade média de 80 km/h. a) Qual a distância percorrida por Vênus, em
Quanto, em percentual, o tempo gasto na ida é sua órbita, durante todo o transcorrer desse
superior ao tempo gasto no retorno? fenômeno?
Dados: velocidade orbital média de Vênus: 35
4. (Ufrj 2006) Um estudante a caminho da UFRJ km/s; distância de Vênus à Terra durante o
trafega 8,0 km na Linha Vermelha a 80 km/h fenômeno: 4,2 × 10¢¡ m; distância média do
(10 km/h a menos que o limite permitido nessa Sol à Terra: 1,5 × 10¢¢ m.
via). b) Sabe-se que o diâmetro do Sol é cerca de
Se ele fosse insensato e trafegasse a 100 km/h, 110 vezes maior do que o diâmetro de Vênus.
calcule quantos minutos economizaria nesse No entanto, em fotos como essa, que mostram
mesmo percurso. a silhueta de Vênus diante do Sol, o diâmetro
do Sol parece ser aproximadamente 30 vezes
maior. Justifique, baseado em princípios e
5. (Ufrj 2006) Um atleta dá 150 passos por conceitos da óptica geométrica, o porquê dessa
minuto, cada passo com um metro de extensão. discrepância.
Calcule quanto tempo ele gasta, nessa marcha, TEXTO PARA AS PRÓXIMAS QUESTÕES
para percorrer 6,0 km.
(Ufsm 2006) A história da maioria dos
municípios gaúchos coincide com a chegada 13. (Fgv 2007) Em uma passagem de nível, a
dos primeiros portugueses, alemães, italianos e cancela é fechada automaticamente quando o
de outros povos. No entanto, através dos trem está a 100 m do início do cruzamento. O
vestígios materiais encontrados nas pesquisas trem, de comprimento 200 m, move-se com
arqueológicas, sabemos que outros povos, velocidade constante de 36 km/h. Assim que o
anteriores aos citados, protagonizaram a nossa último vagão passa pelo final do cruzamento, a
história. cancela se abre liberando o tráfego de veículos.
Diante da relevância do contexto e da
vontade de valorizar o nosso povo nativo, "o
índio", foi selecionada a área temática CULTURA
e as questões foram construídas com base na
obra "Os Primeiros Habitantes do Rio Grande do
Sul" (Custódio, L. A. B., organizador. Santa Cruz
do Sul: EDUNISC; IPHAN, 2004).
"O povo indígena cultuava a natureza como
ninguém, navegava, divinizava os fenômenos
naturais, como raios, trovões, tempestades."
"Os habitantes dos campos cobertos por
gramíneas construíam abrigos, utilizavam
rochas e cavernas, trabalhavam a pedra e
caçavam através de flechas."
10. Ao se aproximar uma tempestade, um índio
vê o clarão do raio e, 15s após, ouve o trovão.
Sabendo que no ar, a velocidade da luz é muito
maior que a do som (340 m/s), a distância, em
km, de onde ocorreu o evento é
a) 1,7. b) 3,4. c) 4,8. d) 5,1. e) 6,5.
11. No instante em que um índio dispara uma
flecha contra a sua presa, que se encontra a
14m de distância, ela corre, tentando fugir. Se a
flecha e a presa se deslocam na mesma direção
e no mesmo sentido, com velocidades de Considerando que a rua tem largura de 20 m, o
módulos 24m/s e 10 m/s, respectivamente, o tempo que o trânsito fica contido desde o início
intervalo de tempo levado pela flecha para do fechamento da cancela até o início de sua
atingir a caça, em segundos, é abertura, é, em s,
a) 0,5. b) 1. c) 1,5. d) 2. e) 2,5. a) 32. b) 36. c) 44. d) 54. e) 60.
12. (Fatec 2006) O motorista de um automóvel 14. (Fuvest 2006) Um automóvel e um ônibus
deseja percorrer 40km com velocidade média trafegam em uma estrada plana, mantendo
de 80km/h. Nos primeiros 15 minutos, ele velocidades constantes em torno de 100km/h e
manteve a velocidade média de 40km/h. 75km/h, respectivamente. Os dois veículos
Para cumprir seu objetivo, ele deve fazer o passam lado a lado em um posto de pedágio.
restante do percurso com velocidade média, em Quarenta minutos (2/3 de hora) depois, nessa
km/h, de: mesma estrada, o motorista do ônibus vê o
a) 160. b) 150. c) 120.d) 100. automóvel ultrapassá-lo. Ele supõe, então, que
e) 90. o automóvel deve ter realizado, nesse período,
uma parada com duração aproximada de
a) 4 minutos b) 7 minutos c) 10 minutos
d) 15 minutos e) 25 minutos
15. (Fuvest 2007) Um passageiro, viajando de
metrô, fez o registro de tempo entre duas
estações e obteve os valores indicados na
tabela.
Supondo que a velocidade média entre duas
estações consecutivas seja sempre a mesma e
que o trem pare o mesmo tempo em qualquer
estação da linha, de 15 km de extensão, é
possível estimar que um trem, desde a partida
da Estação Bosque até a chegada à Estação
Terminal, leva aproximadamente

a) 20 min. b) 25 min. c) 30 min.


d) 35 min. e) 40 min.
16. (Ita 2007) Considere que num tiro de
revólver, a bala percorre trajetória retilínea com
velocidade V constante, desde o ponto inicial P
até o alvo Q. Mostrados na figura, o aparelho
M チ registra simultaneamente o sinal sonoro do
disparo e o do impacto da bala no alvo, o
mesmo ocorrendo com o aparelho M‚. Sendo Vs
a velocidade do som no ar, então a razão entre
as respectivas distâncias dos aparelhos M チ e M‚
em relação ao alvo Q é
conseqüência da evaporação controlada do
nitrogênio líquido.

O pesquisador responsável pela experiência


concluiu que a indicação L da balança (com
escala em gramas), em função do tempo, em
segundos, poderia ser representada pela função
L = 318 - 3t/7.
a) Vs (V - Vs) / (V£ - Vs£). Considerando que no instante t = 0 a bexiga
b) Vs (Vs - V) / (V£ - Vs£). está completamente murcha, pode-se dizer que
c) V (V - Vs) / (Vs£ - V£). a massa de ar deslocada em um intervalo de
tempo de 28 s foi de
d) Vs (V + Vs) / (V£ - Vs£). a) 10 g. b) 12 g. c) 16
e) Vs (V - Vs) / (V£ + Vs£). g.
d) 20 g. e) 24 g.
17. (Puc-rio 2007) Um atleta de nível médio
corre 10 km em 1h. Sabendo-se que sua 22. (Unesp 2006) Duas carretas, A e B, cada
velocidade média nos primeiros 5 km foi de 15 uma com 25 m de comprimento, transitam em
km/h, determine, em minutos, o tempo que o uma rodovia, no mesmo sentido e com
atleta levou para percorrer os 5 km finais de velocidades constantes. Estando a carreta A
sua corrida. atrás de B, porém movendo-se com velocidade
a) 10 b) 20 c) 30 d) 40 e) 50 maior que a de B, A inicia uma ultrapassagem
sobre B. O gráfico mostra o deslocamento de
ambas as carretas em função do tempo.
18. (Pucmg 2006) Durante uma tempestade,
uma pessoa viu um relâmpago e, após 3
segundos, escutou o barulho do trovão. Sendo a
velocidade do som igual a 340,0 m/s, a que
distância a pessoa estava do local onde caiu o
relâmpago?
a) 113,0 m b) 1130 m c) 1020 m
d) 102 m
19. (Uel 2005) Sentado em um banco, de frente
para a praia, um estudante observa um
pequeno barco de pesca que se move
lentamente no mar. Entre o seu banco e a
praia, existe uma fileira de palmeiras que,
aparentemente, foram plantadas na mesma
época e, portanto, possuem aproximadamente
o mesmo diâmetro. O estudante percebe que,
quando a vista do barco é encoberta pelo
tronco de uma palmeira, seu comprimento
aparente corresponde exatamente ao diâmetro
da árvore. Ele resolve então medir, para cada
árvore, o tempo transcorrido entre o instante
em que o barco começa a ser encoberto até o
instante em que ele fica completamente
encoberto, e verifica que para todas as
palmeiras ele é praticamente o mesmo, 4 s. A
seguir, olhando ao seu redor, o estudante
verifica que, ancorados num porto próximo à
praia, estão outros barcos iguais ao que ele
observa no mar e resolve medir seu Considere que a ultrapassagem começa em t =
comprimento, obtendo 10 m. Finalmente, 0, quando a frente da carreta A esteja alinhada
medindo a distância entre o ponto de com a traseira de B, e termina quando a
observação e as palmeiras, bem como o traseira da carreta A esteja alinhada com a
diâmetro das árvores, ele obtém, frente de B. O instante em que A completa a
respectivamente, 16 m e 25 cm. A partir destes ultrapassagem sobre B é
dados, ele pôde calcular a distância entre o a) 2,0 s. b) 4,0 s. c) 6,0 s.
barco e a sua posição de observação, bem d) 8,0 s. e) 10,0 s.
como a velocidade com que o barco se
deslocava no mar. Assinale a alternativa que
apresenta, respectivamente, os resultados 23. (Unifesp 2006) Para testar o seu
encontrados pelo estudante. equipamento de som, um artista dá um toque
a) 450 m e 2,1 m/s. b) 640 m e 2,5 m/s. no microfone ligado a uma caixa de som
c) 640 m e 8,0 m/s. d) 1100 m e 2,5 m/s. localizada a 330 m de distância, em um local
e) 1100 m e 7,0 m/s. em que a velocidade do som é 330 m/s. Pode-se
afirmar que o intervalo de tempo entre o toque
do artista no microfone e o instante em que o
20. (Uel 2005) Um cão persegue uma lebre de artista ouve o barulho do toque reproduzido
forma que enquanto ele dá 3 saltos ela dá 7 pela caixa é, aproximadamente, de
saltos. Dois saltos do cão equivalem a cinco a) 1,0 s, independentemente de o microfone ter
saltos da lebre. A perseguição inicia-se em um ou não fio.
instante em que a lebre está a 25 saltos à b) 1,5 s, independentemente de o microfone ter
frente do cão. ou não fio.
Considerando-se que ambos deslocam-se em c) 2,0 s, independentemente de o microfone ter
linha reta, é correto afirmar que o cão alcança a ou não fio.
lebre após ele ter: d) 2,0 s com microfone sem fio e 1,0 s com
a) Percorrido 30m e a lebre 70m. microfone com fio.
b) Percorrido 60m e a lebre 140m. e) 2,0 s com microfone sem fio e um valor entre
c) Dado 70 saltos. 1,0 s e 2,0 s com microfone com fio.
d) Percorrido 50m.
e) Dado 150 saltos.
21. (Unesp 2006) Uma bexiga, confeccionada
com látex altamente flexível, é utilizada para
vedar o bocal de um recipiente contendo
nitrogênio líquido. Este conjunto é colocado
sobre o prato de uma balança de precisão,
conforme ilustrado na figura. A indicação da
balança é registrada durante o período de
tempo em que a bexiga se expande como
2. (Puc-rio 2007) Um bloco de massa m = 1 kg
cai, a partir do repouso, dentro de um
recipiente cheio de gelatina. Sabendo-se que a
altura do bloco em relação à superfície da
gelatina é de h = 0,2 m e que o bloco pára
completamente após atingir uma profundidade
de y = 0,4 m dentro da gelatina, determine o
módulo da aceleração total sofrida pelo bloco
durante a frenagem em m/s£, tomando como
aceleração da gravidade g = 10 m/s£.
a) 1,0 b) 2,0 c) 3,0 d) 4,0 e) 5,0
3. (Puc-rio 2007) Um corredor velocista corre a
prova dos 100 m rasos em, aproximadamente,
10 s. Considerando-se que o corredor parte do
repouso, tendo aceleração constante, e atinge
sua velocidade máxima no final dos 100 m, a
aceleração do corredor durante a prova em
m/s£ é:
a) 1,0 b) 2,0 c) 3,0 d) 4,0 e) 5,0
4. (Fatec 2006) Uma revista especializada em
automóveis anuncia que, no teste de um
determinado modelo de carro, a velocidade
deste foi de 0 a 100 km/h em 5 segundos.
Se esse resultado estiver correto, o valor
aproximado de sua aceleração média nesse
intervalo de tempo de 5 segundos foi, em m/s£,
a) 1 b) 3 c) 6 d) 9 e) 10
5. (Puc-rio 2006) Um atleta corre a uma certa
velocidade constante em linha reta e ultrapassa
um carro que está sendo acelerado (a = 2,0
m/s£) do repouso na mesma direção e sentido.
O instante de tempo t = 0 é o tempo inicial de
aceleração do carro e também o instante de
tempo em que o atleta passa pelo carro. O
atleta consegue se manter à frente do carro por
3,0 s. Qual é a velocidade do atleta?
a) 1,0 m/s b) 3,0 m/s c) 7,0 m/s
d) 9,0 m/s e) 11,0 m/s
6. (Pucmg 2006) Um pequeno objeto move-se
em linha reta e sua equação de posição em
metros é dada por: X(t) = 10+ 10t - 5t£. "t"
representa o tempo medido em segundos. A
velocidade desse objeto no instante t = 4,0s
vale:
a) - 30 m/s b) 72 km/h c) - 20 m/s
d) 50 km/h
7. (Puc-rio 2006) Um carro viajando em uma
estrada retilínea e plana com uma velocidade
constante V チ=72km/h passa por outro que está
em repouso no instante t = 0 s. O segundo
carro acelera para alcançar o primeiro com
aceleração a‚=2,0m/s£. O tempo que o segundo
carro leva para atingir a mesma velocidade do
primeiro é:
a) 1,0 s. b) 2,0 s. c) 5,0 s.
d) 10,0 s. e) 20,0 s.
8. (Unesp 2006) Uma composição de metrô
deslocava-se com a velocidade máxima
permitida de 72 km/h, para que fosse cumprido
o horário estabelecido para a chegada à
estação A. Por questão de conforto e segurança
dos passageiros, a aceleração (e desaceleração)
máxima permitida, em módulo, é 0,8 m/s£.
Experiente, o condutor começou a
desaceleração constante no momento exato e
conseguiu parar a composição corretamente na
estação A, no horário esperado. Depois de
esperar o desembarque e o embarque dos
passageiros, partiu em direção à estação B, a
próxima parada, distante 800 m da estação A.
Para percorrer esse trecho em tempo mínimo,
impôs à composição a aceleração e
desaceleração máximas permitidas, mas
obedeceu a velocidade máxima permitida.
Utilizando as informações apresentadas, e
considerando que a aceleração e a
desaceleração em todos os casos foram
constantes, calcule
a) a distância que separava o trem da estação
A, no momento em que o condutor começou a
• MOVIMENTO UNIFORMEMENTE desacelerar a composição.
VARIADO b) o tempo gasto para ir da estação A até a B.
1. (Puc-rio 2007) Dois objetos saem no mesmo
instante de dois pontos A e B situados a 100 m 9. (Ufpr 2006) Em uma prova de atletismo, um
de distância um do outro. Os objetos vão se corredor de 100m rasos parte do repouso, corre
encontrar em algum ponto entre A e B. O com aceleração constante nos primeiros 50 m e
primeiro objeto sai de A em direção a B, a partir depois mantém a velocidade constante até o
do repouso, com uma aceleração constante final da prova. Sabendo que a prova foi
igual a 2,0 m/s£. O segundo objeto sai de B em completada em 10 s, o valor da aceleração é:
direção a A com uma velocidade constante de v
= 15 m/s. a) 2,25 m/s£. b) 1,00 m/s£. c) 1,50 m/s£.
Determine: d) 3,20 m/s£. e) 2,50 m/s£.
a) o tempo que levam os objetos para se
encontrar;
b) a posição onde ocorre o encontro dos dois
objetos, medido a partir do ponto A.
c) Esboce o gráfico da posição versus tempo
para cada um dos objetos.
10. (Ufc 2006) Assinale a alternativa que 13. (Unesp 2005) Um corpo parte do repouso
contém a afirmação correta. em movimento uniformemente acelerado. Sua
a) As unidades newton, quilograma-força, dina posição em função do tempo é registrada em
e erg medem a mesma grandeza física. uma fita a cada segundo, a partir do primeiro
b) Se uma partícula se desloca sobre uma reta, ponto à esquerda, que corresponde ao instante
os seus vetores posição e velocidade são do início do movimento. A fita que melhor
paralelos. representa esse movimento é:
c) A velocidade instantânea é definida como a
velocidade média calculada sobre um intervalo
de tempo que tende a zero.
d) Uma partícula cuja equação de movimento é
dada por x=ct£ (onde c é uma constante) se
move com velocidade constante.
e) Se a velocidade média de uma partícula,
durante um certo intervalo de tempo, é zero, a
partícula permanece em repouso durante o
referido intervalo de tempo.
11. (Ufscar 2005) Em algumas rodovias, em
trechos retilíneos que antecedem cruzamentos
ou curvas perigosas, a fim de induzir o
motorista à diminuição de sua velocidade até
um valor mais seguro, é aplicada em relevo
sobre o asfalto uma seqüência de estreitas
faixas perpendiculares ao traçado da pista,
conhecidas por sonorizadores. Ao serem
transpostos, os sonorizadores produzem o
peculiar som "TRUNTRUM". Quando o motorista
está consciente de que deve diminuir sua
velocidade e o faz com a devida desaceleração,
o intervalo de tempo entre um "TRUNTRUM" e o
próximo é igual, quaisquer que sejam as duas
faixas consecutivas transpostas. Se, contudo, o
motorista não diminui a velocidade, os
intervalos de tempo entre um som e o próximo
começam a ficar progressivamente menores,
comunicando sonoramente a iminência do 14. (Unifesp 2005) A velocidade em função do
perigo. tempo de um ponto material em movimento
Uma seqüência de sete sonorizadores foi retilíneo uniformemente variado, expressa em
aplicada sobre uma rodovia, em um trecho no unidades do SI, é v = 50 - 10t. Pode-se afirmar
qual a velocidade deveria ser reduzida de 34 que, no instante t = 5,0 s, esse ponto material
m/s para 22 m/s (aproximadamente, 120 km/h tem
para 80 km/h). No projeto, a expectativa de a) velocidade e aceleração nulas.
tempo e velocidade em todo o trecho foi b) velocidade nula e daí em diante não se
tabelada relativamente ao primeiro sonorizador. movimenta mais.
c) velocidade nula e aceleração a = - 10 m/s£.
d) velocidade nula e a sua aceleração muda de
sentido.
e) aceleração nula e a sua velocidade muda de
sentido.
15. (Ufsc 2005) No momento em que acende a
luz verde de um semáforo, uma moto e um
carro iniciam seus movimentos, com
acelerações constantes e de mesma direção e
sentido. A variação de velocidade da moto é de
0,5 m/s e a do carro é de 1,0 m/s, em cada
segundo, até atingirem as velocidades de 30
m/s e 20 m/s, respectivamente, quando, então,
seguem o percurso em movimento retilíneo
uniforme.
Considerando a situação descrita, assinale a(s)
proposição(ões) CORRETA(S).
(01) A velocidade média da moto, nos primeiros
80s, é de 20,5 m/s.
(02) O movimento da moto é acelerado e o do
carro é retilíneo uniforme, 50s após iniciarem
seus movimentos.
(04) Após 60s em movimento, o carro está
200m à frente da moto.
Uma vez que foram distribuídas sete faixas (08) A ultrapassagem do carro pela moto ocorre
sonorizadoras, de forma que a cada segundo, 75s após ambos arrancarem no semáforo.
para um motorista que esteja obedecendo à (16) A moto ultrapassa o carro a 1 200m do
sinalização, o veículo passa sobre uma delas, semáforo.
responda. (32) 40s após o início de seus movimentos, o
a) Em termos das expressões usadas para carro e a moto têm a mesma velocidade.
classificar a velocidade e a aceleração em
movimentos retilíneos uniformemente variados, 16. (Ita 2005) Um avião de vigilância aérea está
escreva as duas possíveis classificações para o voando a uma altura de 5,0 km, com velocidade
movimento de um veículo que inicia a de 50Ë10 m/s no rumo norte, e capta no
passagem dessa seqüência de sonorizadores. radiogoniômetro um sinal de socorro vindo da
b) Deixando expresso seu raciocínio, calcule a direção noroeste, de um ponto fixo no solo. O
distância em metros, do primeiro ao sétimo piloto então liga o sistema de pós-combustão
sonorizador. da turbina, imprimindo uma aceleração
constante de 6,0 m/s£. Após 40Ë10/3s,
12. (Ufscar 2005) Em um piso horizontal um mantendo a mesma direção, ele agora constata
menino dá um empurrão em seu caminhãozinho que o sinal está chegando da direção oeste.
de plástico. Assim que o contato entre o Neste instante, em relação ao avião, o
caminhãozinho e a mão do menino é desfeito, transmissor do sinal se encontra a uma
observa-se que em um tempo de 6 s o distância de
brinquedo foi capaz de percorrer uma distância a) 5,2 km b) 6,7 km c) 12 km
de 9 m até cessar o movimento. Se a d) 13 km e) 28 km
resistência oferecida ao movimento do
caminhãozinho se manteve constante, a
velocidade inicial obtida após o empurrão, em
m/s, foi de
a) 1,5. b) 3,0. c) 4,5. d) 6,0. e) 9,0.
De acordo com o gráfico, determine:
• GRÁFICOS a) A altura máxima atingida pelo centro de
gravidade de Daiane.
17. (Fuvest 2005) Procedimento de segurança, b) A velocidade média horizontal do salto,
em auto-estradas, recomenda que o motorista sabendo-se que a distância percorrida nessa
mantenha uma "distância" de 2 segundos do direção é de 1,3m.
carro que está à sua frente, para que, se c) A velocidade vertical de saída do solo.
necessário, tenha espaço para frear ("Regra dos
dois segundos"). Por essa regra, a distância D
que o carro percorre, em 2s, com velocidade 20. (Fatec 2007) Dois móveis M e N partem de
constante V³, deve ser igual à distância um mesmo ponto e percorrem a mesma
necessária para que o carro pare trajetória. Suas velocidades variam com o
completamente após frear. Tal procedimento, tempo, como mostra o gráfico a seguir.
porém, depende da velocidade V³ em que o
carro trafega e da desaceleração máxima ‘
fornecida pelos freios.
a) Determine o intervalo de tempo T³, em
segundos, necessário para que o carro pare
completamente, percorrendo a distância D
referida.
b) Represente, no sistema de eixos a seguir, a
variação da desaceleração a em função da
velocidade V³, para situações em que o carro
pára completamente em um intervalo T³
(determinado no item anterior).
c) Considerando que a desaceleração a
depende principalmente do coeficiente de atrito
˜ entre os pneus e o asfalto, sendo 0,6 o valor Analise as seguintes afirmações a respeito
de ˜, determine, a partir do gráfico, o valor desses móveis.
máximo de velocidade VM, em m/s, para o qual
a Regra dos dois segundos permanece válida. I. Os dois descrevem movimento uniforme.
II. Os dois se encontram no instante t = 10 s.
III. No instante do encontro, a velocidade de M
será 32 m/s.
Deve-se afirmar que apenas
a) I é correta. b) II é correta. c) III é
correta.
d) I e II são corretas. e) II e III são corretas.
21. (Unesp 2007) O motorista de um veículo A é
obrigado a frear bruscamente quando avista um
veículo B à sua frente, locomovendo-se no
mesmo sentido, com uma velocidade constante
menor que a do veículo A. Ao final da
desaceleração, o veículo A atinge a mesma
velocidade que B, e passa também a se
locomover com velocidade constante. O
movimento, a partir do início da frenagem, é
descrito pelo gráfico da figura.
18. (Fuvest 2005) A velocidade máxima
permitida em uma auto-estrada é de 110 km/h
(aproximadamente 30 m/s) e um carro, nessa
velocidade, leva 6s para parar completamente.
Diante de um posto rodoviário, os veículos
devem trafegar no máximo a 36 km/h (10 m/s).
Assim, para que carros em velocidade máxima
consigam obedecer o limite permitido, ao
passar em frente do posto, a placa referente à
redução de velocidade deverá ser colocada
antes do posto, a uma distância, pelo menos,
de
a) 40 m b) 60 m c) 80
m
d) 90 m e) 100 m
iderando que a distância que separava ambos
19. (Unicamp 2005) O famoso salto duplo os veículos no início da frenagem era de 32 m,
twistcarpado de Daiane dos Santos foi analisado ao final dela a distância entre ambos é de
durante um dia de treinamento no Centro a) 1,0 m. b) 2,0 m. c) 3,0 m.
Olímpico em Curitiba, através de sensores e d) 4,0 m. e) 5,0 m.
filmagens que permitiram reproduzir a trajetória
do centro de gravidade de Daiane na direção Cons
vertical (em metros), assim como o tempo de 22. (Ufrs 2005) O gráfico a seguir representa as
duração do salto. velocidades (v), em função do tempo (t), de
dois carrinhos, X e Y, que se deslocam em linha
reta sobre o solo, e cujas massas guardam
entre si a seguinte relação: mÖ= 4 mÙ.
24. (Ufc 2007) No instante t = 0 , o motorista de
um carro que percorre uma estrada retilínea,
com velocidade constante de 20 m/s, avista um
obstáculo 100 m a sua frente. O motorista tem
um tempo de reação t = 1 s, após o qual aciona
os freios do veículo, parando junto ao obstáculo.
Supondo-se que o automóvel tenha uma
desaceleração constante, determine qual dos
gráficos abaixo melhor representa a velocidade
do automóvel desde o instante em que o
motorista avista o obstáculo até o instante em
que o automóvel pára.

A respeito desse gráfico, considere as seguintes


afirmações.
I. No instante t = 4 s, X e Y têm a mesma
energia cinética.
II. A quantidade de movimento linear que Y
apresenta no instante t = 4 s é igual, em
módulo, à quantidade de movimento linear que
X apresenta no instante t = 0.
III. No instante t = 0, as acelerações de X e Y
são iguais em módulo.
Quais estão corretas?
a) Apenas I. b) Apenas III. c) Apenas I e II.
d) Apenas II e III. e) I, II e III.
23. (Ufpe 2007) Em t = 0, um objeto parte do
repouso a partir da posição x = 1,0 m,
executando um movimento retilíneo, com
aceleração em função do tempo mostrada no
gráfico abaixo. Dos gráficos apresentados em
seguida, indique qual representa corretamente
a dependência da velocidade com o tempo.

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES.


(Uerj 2007) Um professor e seus alunos fizeram
uma viagem de metrô para estudar alguns
conceitos de cinemática escalar. Durante o
percurso verificaram que, sempre que partia de
uma estação, a composição deslocava-se com
aceleração praticamente constante durante 15
segundos e, a partir de então, durante um
intervalo de tempo igual a T segundos, com
velocidade constante.
25. (Uerj 2007) A variação temporal do
deslocamento s da composição, observada a
partir de cada estação, está corretamente
representada no seguinte gráfico:
variação com o tempo é mostrada no gráfico.
Sabendo-se que no instante t = 0 a partícula
está em repouso, na posição x = 100 m, calcule
a sua posição no instante t = 8,0 s, em metros.

29. (Ufpe 2006) Uma partícula, que se move em


linha reta, está sujeita à aceleração a(t), cuja
variação com o tempo é mostrada no gráfico a
seguir. Sabendo-se que no instante t = 0 a
partícula está em repouso, calcule a sua
velocidade no instante t = 8,0 s, em m/s.

26. O gráfico que melhor descreve a variação


temporal da velocidade v da composição,
observada a partir de cada estação, é:

27. De dois corredores de uma maratona foram


registrados os tempos t チ e t‚ que cada um
levou para percorrer a distância entre a largada
(d=0) e diversos pontos ao longo do percurso.
O gráfico mostra a diferença de tempo (t‚ - t チ)
durante os 8 primeiros quilômetros.

Com base em seus conhecimentos e no gráfico,


é correto afirmar que
a) o corredor 2 é ultrapassado pelo corredor 1
uma única vez, e entre o segundo e o quarto
quilômetro, a velocidade do corredor 1 é maior
que a do corredor 2.
b) o corredor 2 liderou a corrida entre o quarto
e o sexto quilômetro, com uma velocidade
maior que a do corredor 1.
c) o corredor 2 liderou a corrida durante os 2
primeiros quilômetros, com o dobro da
velocidade do corredor 1.
d) o corredor 1 liderou a corrida durante os 2
primeiros quilômetros, com o triplo da
velocidade do corredor 2.
e) o corredor 1 liderou a corrida durante 20s
nos 8 primeiros quilômetros.
28. (Ufpe 2006) Uma partícula, que se move em
linha reta, está sujeita à aceleração a(t), cuja
30. (Ufg 2006) O Visconde de Sabugosa vê uma 33. (Unesp 2005) Um veículo A passa por um
jaca cair da árvore na cabeça da Emília e posto policial a uma velocidade constante
filosofa: "Este movimento poderia ser acima do permitido no local. Pouco tempo
representado, qualitativamente, pelos gráficos depois, um policial em um veículo B parte em
de posição e velocidade, em função do perseguição do veículo A. Os movimentos dos
tempo..." veículos são descritos nos gráficos da figura.

31. (Pucsp 2005) O gráfico representa a


velocidade em função do tempo de uma
pequena esfera em movimento retilíneo. Em t = Tomando o posto policial como referência para
0, a esfera se encontra na origem da trajetória. estabelecer as posições dos veículos e
Qual das alternativas seguintes apresenta utilizando as informações do gráfico, calcule:
corretamente os gráficos da aceleração (a) em a) a distância que separa o veículo B de A no
função do tempo e do espaço (s) em função do instante t = 15,0 s.
tempo (t)? b) o instante em que o veículo B alcança A.
34. (Unifesp 2004)

32. (Unesp 2005) O gráfico na figura descreve o


movimento de um caminhão de coleta de lixo
em uma rua reta e plana, durante 15s de
trabalho. Em um teste, um automóvel é colocado em
movimento retilíneo uniformemente acelerado a
partir do repouso até atingir a velocidade
máxima. Um técnico constrói o gráfico onde se
registra a posição x do veículo em função de
sua velocidade v. Através desse gráfico, pode-
se afirmar que a aceleração do veículo é
a) 1,5 m/s£.
b) 2,0 m/s£.
c) 2,5 m/s£.
d) 3,0 m/s£.
e) 3,5 m/s£.

a) Calcule a distância total percorrida neste


intervalo de tempo.
b) Calcule a velocidade média do veículo.
‘/’ = R(S)/R(V) . d(V)/d(T)
‘/’ = 110 . (4,2 × 10¢¡)/1,5 × 10¢¢
‘/’ ¸ 30,8

GABARITO 10. [D]


[A]
11. [B] 12. [C] 13.
MOVIMENTO UNIFORME 14. [C]
Após uma parada de x horas o automóvel
obedece a função horária S = 100.t e o ônibus
1. 21 s obedece a função S = 75.x + 75.t. No encontro
100.t = 75.x + 75.t, de onde vem 25.t = 75.x
==> t = 3.x. Assim x = t/3, onde t é o instante
2. t = 10© s = 10 ns de encontro, que é 2/3 hora. Finalmente, x =
(2/3)/3 = 2/9 hora = (2/9).60min = 120/9 min ¸
3. 60% 12min

4. Para o movimento uniforme pode-se 15. [D] 16. [A] 17. [D] 18.
empregar S = v.t, onde S é a distância [C]
percorrida; v a velocidade constante do móvel e
t é o tempo usado para percorrer a distância S, 19. [B] 20. [E] 21. [B] 22.
com a velocidade v. Na primeira situação 8 = [D]
80.t ==> t = 1/10h = 6 min. De forma análaga
para a segunda situação t' = 8/100 h = 4,8 min. 23. [A]
O que implica numa economia de tempo de 6 -
4,8 = 1,2 minuto, ou 1 min 12 s.
5. Se cada passo possui 1 m de extensão e o
atleta realiza 150 passos por minuto, então a
velocidade do atleta é de 150 m/min. Dado que
a distância percorrida é de 6,0 km = 6000 m, GABARITO
tem-se: MOVIMENTO UNIFORMEMENTE
v = d/t ==> 150 = 6000/t ==> t = 6000/150
t = 40 min
VARIADO E GRÁFICOS
6. a) O tempo gasto foi Ðt チ = Ðs チ/<v> チ = 6,0 1. a) o tempo que os objetos levam para se
km/(4,0 km/h). Portanto, Ðt チ = 1,5 h. encontrar é dado pela equação 2 T£/2 + 15 T =
100 cuja solução é T = 5,0 s.
b) Na segunda etapa, o tempo gasto foi Ðt‚ =
Ðs‚/<v>‚ = 6,0 km/(12 km/h), ou seja, Ðt‚ = 0,5
h. A velocidade escalar média no percurso total b) a posição em que ocorre o encontro é dada
da prova foi <v> = (Ðs チ + Ðs‚)/(Ðt チ + Ђ) = por: 2 5£/2 = 5£ = 25 m.
(6,0 km + 6,0 km)/(1,5 h + 0,5 h). Portanto,
<v> = 6,0 km/h.
c) o gráfico da posição versus tempo do
7. v = 7, 5 m/s movimento dos dois objetos é dado por:
8. v = ÐS/Ðt
3.10© = ÐS/18.10¥
3.10©.18.10¥ = ÐS ë ÐS = 54.10¥ m
v = ÐS/Ðt
3.10© = ÐS/17,8.10¥
3.10©.17,8.10¥ = ÐS ë ÐS = 53,4.10¥ m
A diferença é de 54.10¥ - 53,4.10¥ = 0,6.10¥ m
= 6.10¤ m = 6000 m
Como esta diferença compreende duas vezes a
altura da montanha em relação ao nível do mar,
esta é de 6000/2 = 3000 m
9. a) ÐS = 7,9 × 10¦ km.
b) Isto ocorre em virtude das diferentes 2. [E] 3. [B] 4. [C]
distâncias entre o Sol e a Terra e entre Vênus e
a Terra. A proporção entre os diâmetros
aparentes é a razão entre os ângulos visuais, do
ponto de vista da Terra. Assim chamando de 5. [B] 6. [A] 7. [D]
alfa e beta estes ângulos, vide figura, temos:
8. a) 250m b) 65s
9. [A]
A velocidade atingida nos primeiros 50m é:
v£=2.a.50 ==> v = Ë(100.a) = 10.Ëa
O tempo usado nos primeiros 50m é:
v = a.t ==> 10Ëa = a.t ==> t = (10.Ëa)/a
Nos últimos 50m:
v = S/t ==> 10.Ëa = 50/[10 - (10Ëa)/a]
10Ëa = 5/[1 - (Ëa)/a]
10Ëa = 5/[(a-Ëa)/a]
10Ëa = 5a/(a-Ëa)
(10Ëa).(a-Ëa) = 5a
10aËa - 10a = 5a
10aËa = 15a
2Ëa = 3
4.a = 9 ==> a = 9/4 = 2,25 m/s£
10. [C]
11. a) 1) Considerando que a velocidade é
Aproximando-se sen‘ e sen’ pela medida dos positiva o movimento é progressivo.
ângulos em radianos, temos: 2) Na medida em que o módulo ou
intensidade da velocidade está diminuindo o
movimento é retardado.
b) Visto que o movimento é uniformemente
variado, a velocidade média é a média das
velocidades. Desta forma:
(34 + 22)/2 = x/6,0
x = 168 m
12. [B] 13. [C] 14. [C]
15. 02 + 16 + 32 = 50
16. [D]
17. a) T³ = 4s
b) Observe o gráfico a seguir

c) 24m/s
18. [C]
19. a) 1,52m b) 1,2m/s c) 5,5m/s
MRU, MRUV e Gráficos 1.
20. [C] 21. [B] 22. [C] 23. (PUCCamp-SP) Grandezas físicas importantes na
[E]
24. [D] 25. [C] 26. [A] 27. descrição dos movimentos são o espaço (ou posição)
[A] e o tempo. Numa estrada, as posições são definidas
pelos marcos quilométricos. Às 9h50min, um carro
28. 20 m 29. v = 8 m/s.
passa pelo marco 50 km e, às 10h05 min, passa pelo
30. [B] 31. [D] 32. a) 60m b marco quilométrico 72. A velocidade escalar média
4m/s do carro nesse percurso vale, em km/h:
a) 44 d) 80
33. a) 250m b) 40,0s 34. [B] b) 64 e) 88
c) 72
2. (Vunesp) Ao passar pelo marco km 200 de uma
rodovia, um motorista vê um anúncio com a
inscrição “abastecimento e restaurante a 30
minutos”. Considerando que esse posto de serviços
se encontra no marco km 245 dessa rodovia, pode-
se concluir que o anunciante prevê, para os carros
que trafegam nesse trecho, uma velocidade média,
em km/h, de:
a) 80 d) 110
b) 90 e) 120
c) 100
3. (FGV-SP) Numa corrida de Fórmula 1, a volta
mais rápida foi feita em 1 min e 20 s, a uma
velocidade escalar média de 180 km/h. Pode-se
afirmar que o comprimento da pista, em metros, é
de:
a) 180 d) 14.400 11. (Fuvest-SP) Uma composição ferroviária com
b) 4.000 e) 2.160 19 vagões e uma locomotiva desloca-se a 20 m/s.
c) 1.800 Sendo o comprimento de cada elemento da
4. (PUCCamp-SP) Numa corrida de F1, a composição 10 m, qual é o intervalo de tempo que o
velocidade média de uma Ferrari é de 240 km/h. No trem gasta para ultrapassar completamente:
mesmo circuito, um fusquinha conseguiria velocidade a) um sinaleiro ?
média de 100 km/h. Se a corrida de F1 durasse 1 h e b) uma ponte de 100 m de comprimento ?
50 min, uma hipotética corrida de fusquinhas 12. (UEL-PR) Um trem de 200 m de comprimento,
duraria: com velocidade escalar constante de 60 km/h, gasta
a) 2,4 h d) 5,2 h 36 s para atravessar completamente uma ponte. A
b) 3,4 h e) 6,0 h extensão da ponte, em metros, é de:
c) 4,4 h a) 200
5. Dois móveis, A e B, percorrem uma mesma b) 400
trajetória retilínea, conforme as funções horárias: c) 500
SA = 50 + 20 t e SB = 90 – 10 t, sendo a posição d) 600
s em metros e o tempo t em segundos. No instante t e) 800
= 0, a distância entre os móveis era de: 13. (PUC-MG) Uma martelada é dada na
a) 30 m d) 90 m extremidade de um trilho. Na outra extremidade
b) 40 m e) 140 m encontra-se uma pessoa que ouve dois sons,
c) 50 m separados por um intervalo de tempo de 0,18 s. O
6. (ITA-SP) Dois automóveis, que correm em primeiro som se propaga através do trilho, com
estradas retas e paralelas, têm posições a partir de velocidade de 3.400 m/s, e o segundo através do ar,
uma origem comum, dadas no Sistema Internacional com velocidade de 340 m/s. O comprimento do trilho
de unidades por: x1 = 30t e x2 = 1,0 · 103 + 0,2t². vale:
Calcule os instantes t e t’ em que os dois automóveis a) 18 m d) 56 m
devem estar lado a lado. Na resposta você deverá b) 34 m e) 68 m
fazer um esboço dos gráficos x1(t) e x2(t). c) 36 m
7. (UERJ) Um carro de bombeiros, para atender a 14. (Fuvest-SP) Um automóvel que se desloca com
uma velocidade escalar constante de 72 km/h
um chamado, sai do quartel às 14h32min, ultrapassa outro, que se desloca com uma velocidade
percorrendo 10,0 km até o local do sinistro. Tendo escalar constante de 54 km/h numa mesma estrada
chegado a esse local às 14h40min, e gasto 2,5 d de reta. O primeiro encontra-se 200 m atrás do segundo
combustível, calcule, para o trajeto de ida: no instante t = 0. O primeiro estará ao lado do
a) a velocidade média da viatura, em km/h; segundo no instante:
b) o consumo médio de combustível, em km/d. a) t = 10 s b) t = 20 s c) t = 30 s d) t = 40 s
8. (Fuvest-SP) Em um prédio de 20 andares (além e) t = 50 s
do térreo) o elevador leva 36 s para ir do térreo ao
20° andar. Uma pessoa no andar x chama o 15. (Unimep-SP) Uma lancha de salvamento,
elevador, que está inicialmente no térreo, e 39,6 s patrulhando a costa marítima com velocidade de 20
após a chamada a pessoa atinge o andar térreo. Se km/h, recebe um chamado de socorro. Verifica-se
não houve paradas intermediárias e o tempo de que, em 10 s, a lancha atinge a velocidade de 128
abertura e fechamento da porta do elevador e de km/h. A acelerção média utilizada pela lancha foi:
entrada e saída do passageiro é desprezível, a) 3,0 m/s2 d) 12,8 m/s2
podemos dizer que o andar x é o: b) 3,6 m/s2 e) 30 m/s2
a) 9º c) 10,8 m/s2
b) 11º
c) 16º 16. (UFPE) Um caminhão com velocidade escalar
d) 18º inicial de 36 km/h é freado e pára em 10 s. A
e) 19º aceleração escalar média do caminhão, durante a
9. (ITA-SP) Um automóvel faz a metade de seu freada, tem módulo igual a:
percurso com velocidade escalar média igual a 40 a) 0,5 m/s2 d) 3,6 m/s2
km/h e a outra metade com velocidade escalar b) 1,0 m/s2 e) 7,2 m/s2
média de 60 km/h. Determine a velocidade escalar c) 1,5 m/s2
média do carro no percurso total.
10. (AFA-SP) Um terço de percurso retilíneo é 17. (Vunesp) Ao executar um salto de abertura
percorrido por um móvel com velocidade escalar retardada, um pára-quedista abre seu pára-quedas
média de 60 km/h e o restante do percurso, com depois de ter atingido a velocidade, com direção
velocidade escalar média da 80 km/h. vertical, de 55 m/s. Após 2 s, sua velocidade cai para
Então, a velocidade escalar média do móvel, em 5 m/s. Calcule a aceleração escalar média do pára-
km/h, em todo percurso, é quedista nesses 2 s.
a) 70 c) 73 18.(UFS-SE) Um veículo, partindo do repouso,
b) 72 d) 75 move-se em linha reta com aceleração constante a =
2 m/s2. A distância percorrida pelo veículo após 10 s
é de:
a) 200 m d) 20 m
b) 100 m e) 10 m
c) 50 m
19. (FEI-SP) Uma motocicleta, com velocidade Gabarito
escalar de 72 km/h, tem seus freios acionados
1. E 2. B 3. B 4. C 5. B
bruscamente e pára após 20 s. Admita que, durante
6. t = 50 s e t’ = 100 s 7. a) vm=75km/h
a freada, a aceleração escalar se manteve constante.
b) Consumo médio = 4 km/l 8. B 9. 48 km/h
a) Qual o módulo da aceleração escalar que os freios
10. B 11. a) Dt = 10 s b) Dt = 15 s 12. B
proporcionaram à motocicleta?
13. E 14. D 15. A 16. B 17. – 25 m/s2
b) Qual a distância percorrida pela motocicleta desde
18. B 19. a) |a| = 1,0 m/s2 b) Ds = 200 m
o instante em que foram acionados os freios até a
20. C 21. C
parada total da mesma
20. (Fuvest-SP) A velocidade máxima permitida em
uma auto-estrada é de 110 km/h (aproximadamente
30 m/s) e um carro, nessa velocidade, leva 6 s para
parar completamente. Diante de um posto
rodoviário, os veículos devem trafegar no máximo a
36 km/h (10 m/s). Assim, para que carros em
velocidade máxima consigam obedecer o limite
permitido, ao passar em frente do posto, a placa
referente à redução de velocidade deverá ser
colocada antes do posto, a uma distância, pelo Óptica, Movimento Uniforme e
menos, de Uniformemente Variado
a) 40 m d) 90 m
b) 60 m e) 100 m
c) 80 m
21. (PUC-MG) O gráfico abaixo representa as 1) Uma substância possui índice de refração
posições de um corpo, em função do tempo, numa
trajetória retilínea. Em relação ao movimento do
corpo, é correto afirmar que: absoluto igual a 1,25. Sendo a velocidade
de propagação da luz no vácuo igual a
3,0. 10-8 m/s, qual a velocidade de
propagação da luz na referida
substância?

2) Um raio de luz incide sobre uma


superfície de um bloco de madeira
transparente sob ângulo de 60°. Dados
nar = 1e índice de refração do material de
a) no trecho AB, o móvel se desloca com movimento que é feito o bloco 3 , qual o ângulo
retardado. formado entre o raio refletido e o raio
b) de B até C, o móvel se desloca em velocidade refratado?
escalar constante.
c) de C até D, o móvel se afasta da origem com 3) Um raio de luz incide sob um ângulo de
velo-cidade escalar constante.
30° numa interface sólido-ar, nesta
d) de D até E, o móvel se desloca com aceleração
escalar constante. ordem, emergindo rasante a ela. Sendo
e) a área sob a reta no trecho AB representa a velo- nar = 1, qual o índice de refração do
cidade escalar do corpo.
sólido?

4) A velocidade da luz num meio A é de


200000km/s e num meio B, 250.000
km/s. Calcule:
a) O índice de refração absoluto do meio
A.
b) O índice de refração absoluto do meio
B.
c) O índice de refração do meio A em 11) Um carro movimenta-se segundo a
relação ao meio B. função horária s = 50 + 8t (no SI).
a) Qual a posição inicial e a velocidade
5) Um raio de luz, propagando-se no ar, do carro?
incide sobre a superfície plana de b) Qual a posição do carro no instante 20
separação entre o ar e o vidro. Sabendo s?
que o ângulo de incidência é d 45° e o c) Em que instante o carro passa pela
índice de refração absoluto do vidro é posição 650 m?
2 , calcule: d) Que distância o carro percorre durante
a) O ângulo de refração. o 10º segundo?
b) O desvio angular sofrido pelo raio
incidente. 12) Em uma estrada observam-se um
caminhão e um jipe, ambos correndo no
6) Em cada caso, construa a imagem do mesmo sentido. Suas velocidades são,
objeto AB: respectivamente, 54 km/h e 72 km/h. Na
data zero, o jipe está atrasado 100
metros em relação ao caminhão.
Determine:
a) O instante em que o jipe alcança o
caminhão.
b) O caminho percorrido pelo jipe até
alcançar o caminhão.

13) Dois corredores partem, em sentidos


opostos e no mesmo instante, dos
extremos de uma pista retilínea de 600 m
7) Uma lente convergente tem distância de comprimento. Sabendo que suas
focal de 6 cm. Um objeto luminoso, de 4 velocidades são iguais a 8,5 m e 6,5 m,
cm de altura, é colocado calcule depois de quanto tempo a
perpendicularmente ao eixo óptico a 9 distância entre eles é de 450 m.
cm da lente. Calcule a posição e a altura
da imagem. 14) Qual é o tempo gasto para que uma
composição de metrô de 200 m a uma
8) Um objeto luminoso de 8 cm de altura velocidade de 180 km/h atravesse um
está colocado a 20 cm de ma lente túnel de 150 m? Dê sua resposta em
divergente de distância focal 30 cm. segundos.
Determine as características (posição,
tamanho, natureza) da imagem. 15) Um móvel realiza um movimento retilíneo
e uniforme obedecendo a função horária
9) Uma câmara fotográfica, com lente de 5 s = 40 – 10t ( SI). Construa o gráfico
cm de distância focal, é usada para dessa função no intervalo de tempo de 0
fotografar um objeto de 8 m de altura. a 4s.
a) Qual a distância do objeto à lente para
que o tamanho da imagem no filme 16) A figura representa a posição de um
seja de 2 cm? corpo em movimento
b) Dê as características da imagem retilíneo, como função do
formada no filme. tempo.
10) Uma lente côncavo-convexa tem raios a) Determine a função
iguais, respectivamente, a 40 cm e 20 horária das posições
cm. O índice de refração da lente é igual desse móvel.
a 2. Sabendo que ela está imersa no ar, b) Em que instante o
calcule a sua convergência. corpo passa pela
posição 80 m?
a) Qual a velocidade inicial e a
aceleração do móvel?
b) Qual a velocidade do móvel no
instante 5s?
c) Em que instante a velocidade do
17) Dois mísseis em treinamento de móvel é igual a 100 m/s?
interceptação deslocam-se em
movimento retilíneo e uniforme numa 21) Um
mesma direção e sentido. O gráfico
representa o movimento desses mísseis.
a) Qual o instante em que o míssil B
intercepta o míssil A?
b) Qual a distância do ponto de
interceptação ao ponto de
lançamento?
móvel parte com velocidade de 4 ms de
um ponto de uma trajetória retilínea com
aceleração constante de 5 m/s2. Ache sua
velocidade no instante t = 16 s.
18) Um automóvel faz uma viagem em 4
horas e sua velocidade escalar varia em 22) Um automóvel correndo com velocidade
função do tempo aproximadamente como 90 km/h, é freado com uma aceleração
mostra o gráfico. Calcule a sua constante e pára em 5 s. Qual a
velocidade escalar média do automóvel aceleração introduzida pelos freios?
na viagem.
23) Um carro percorre uma
trajetória retilínea com
aceleração constante de 4
m/s2. No instante inicial o
movimento é retardado e
sua velocidade em módulo
é de 20 m/s. Determine a
19) A tabela abaixo velocidade do corpo no
fornece os dados de uma viagem feita instante 30s.
por um móvel em três intervalos
independentes e na seqüência 1,2 e 3. 24) Um corpo desloca-se sobre uma trajetória
retilínea obedecendo à função horária s =
intervalo duração do Velocidade(km/h) -40 – 2t + 2 t2 (no SI). Pede-se:
intervalo(h) a)a posição inicial, a velocidade inicial e a
1 0,10 20 aceleração do corpo.
2 0,40 60 b)a função horária da velocidade.
3 0,20 20 c)o instante em que o corpo passa pela
origem das posições.
a) Construa o gráfico v x t.
b) Calcule a distância total percorrida pe 25) Um móvel parte desloca-se sobre uma
móvel. trajetória retilínea obedecendo a função
c) Indique no gráfico o tempo que o horária s = 6 - 5t + t2 (no SI). Determine o
móvel gasta para percorrer os caminho percorrido pelo móvel entre os
primeiros 11 km instantes 4s e 6s.

20) A função da velocidade de um móvel em 26) Um carro viajando com velocidade


movimento retilíneo é dada por v = 50 + escalar de 72 km/h breca repentinamente
4t (no SI) e consegue parar em 4s. Considerando a
desaceleração uniforme, qual a distância
percorrida pelo carro durante esses 4 s?

27) Um ciclista A inicia uma corrida a partir


do repouso, acelerando 0,50 m/s2. Nesse
instante passa por ele um ciclista B, com
velocidade constante de 5,0 m/s e no
mesmo sentido que o ciclista A.
a)Depois de quanto tempo após a largada
o ciclista A alcança o ciclista B?
b)Qual a velocidade do ciclista A ao
alcançar o ciclista B?

28) Uma bicicleta tem velocidade inicial de


4,0 m/s e adquire uma aceleração
constante de 1,8 m/s2. Qual é sua
velocidade após percorrer 50m?

29) Um trem corre a uma velocidade de 90


km/h, quando o maquinista vê um
obstáculo 125m à sua frente. Calcule o
menor módulo da aceleração de
retardamento a ser imprimida ao trem
para que não haja choque.

30) Uma composição de metrô parte de uma


estação e percorre 100 metros com
aceleração constante, atingindo 20 m/s.
Determine a aceleração e a duração do
processo.