Você está na página 1de 3

AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA » Descrição

A avaliação psicológica destina-se a prever o grau de adaptação de cada candidato às exigências psicológicas do posto de trabalho a que concorre

Incide nas seguintes dimensões:

» Aptidões intelectuais

» Características da personalidade

» Competências comportamentais (capacidades pessoais traduzidas em condutas ajustadas ao posto de trabalho em referência)

Escolha de instrumentos e técnicas

Técnicos especializados procedem à escolha dos instrumentos e das técnicas a utilizar no processo de avaliação psicológica baseando-se no perfil de competências, previamente estabelecido, para o posto de trabalho sujeito a procedimento concursal.

Instrumentos de Avaliação Psicológica

Os instrumentos de avaliação utilizados na DGAEP são:

» Testes de aptidão intelectual - nomeadamente de raciocínio lógico, aptidão e compreensão verbal, raciocínio numérico

» Testes de personalidade - (na forma de questionários, inventários ou outros), para

avaliar características pessoais como a estabilidade emocional, resistência ao stress, extroversão, introversão, dinamismo

» Testes de aptidão psicomotora - para avaliar capacidades: exactidão e velocidade de reacção, coordenação bimanual, precisão de gestos

Técnicas de Avaliação Psicológica

As técnicas de avaliação psicológica utilizadas na DGAEP são:

» Prova de dinâmica de grupo - permite avaliar comportamentos dos candidatos numa situação de trabalho de grupo

» Entrevista individual - tem uma função integradora dos vários momentos da

avaliação psicológica e permite um contacto personalizado com cada candidato para obter informações sobre o seu percurso académico e profissional e motivações da sua candidatura

» Âmbito de aplicação

Quem aplica

As entidades competentes para aplicar este método são, obrigatoriamente, instituições ou serviços públicos especializados

Quando tal for comprovadamente inviável, poderão aplicá-lo entidades especializadas do sector privado, conhecedoras da realidade específica da Administração Pública

A quem se aplica

Este método de selecção é utilizado nos recrutamentos para postos de trabalho para celebração de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado

Como se aplica

O processo de aplicação deste método é constituído pelos seguintes momentos:

» Testes de aptidões, de aplicação colectiva

» Testes de aptidão psicomotora, sempre que o posto de trabalho preveja especiais exigências de natureza psicomotora com recurso a equipamento mecânico e informático específico

» Provas de dinâmica de grupo, com recurso a um trabalho realizado em grupo, precedido de reflexão individual

» Entrevistas individuais, com psicólogo responsável pela avaliação do candidato

» Sistema de classificação

Menções classificativas

» Aos candidatos avaliados numa das fases intermédias é atribuída a menção classificativa, respectivamente, de “Apto” ou “Não apto”

» Aos candidatos que completem a avaliação psicológica é atribuído um de cinco níveis de classificação, a que correspondem menções quantitativas:

» Elevado (20 valores)

» Bom (16 valores)

» Suficiente (12 valores)

» Reduzido (8 valores)

» Insuficiente (4 valores)

Causas de exclusão

Os candidatos classificados com as menções de ”Não Apto”, “Reduzido” e “Insuficiente”

são excluídos do procedimento

Valoração final do método

Índice ponderador: igual ou superior a 25%

Ficha individual da avaliação

O conteúdo deste documento deve garantir a privacidade da avaliação efectuada,

perante terceiros. Assim, é legalmente proibida a revelação ou transmissão de elementos relativos à Avaliação Psicológica, para além dos que estão contidos na referida Ficha

» Conselhos úteis

Antes da avaliação psicológica:

» Procure conhecer as características do posto de trabalho e as responsabilidades inerentes ao seu exercício

» Reflicta sobre as suas características pessoais e os requisitos da função

» Relembre as suas experiências profissionais anteriores e compare-as com o posto de trabalho a que concorre

» Na véspera, procure descansar para que, no dia das provas, possa dar o seu melhor

» Certifique-se, antecipadamente, da hora e local de realização das provas bem como

da melhor opção de transporte a utilizar, por forma a chegar pontualmente e sem stress

» Se tiver alguma necessidade especial considerada pertinente (por exemplo,

deficiência física), contacte, com antecedência, a entidade que realiza a Avaliação

Psicológica

Durante a avaliação:

Antes do início dos vários momentos de avaliação psicológica são dadas informações sucintas sobre o objectivo de cada instrumento e técnica de avaliação e respectiva

duração. Neste período de instruções o candidato terá oportunidade de esclarecer todas

as dúvidas que lhe possam surgir, para que a sua adaptação às provas seja eficaz e

atinja os objectivos que se propõe

» Legislação:

» Artigo 53.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro

» Artigos 6.º, 8.º, 10.º,18.º e 33.º da Portaria n.º 83-A/2009, de 22 de Janeiro