Você está na página 1de 2

A Mais Nobre e Antiga Família dos Black

§ A Nobre e Mais Antiga Familia Black §

§ Toujours Pur §

No mundo dos bruxos as famílias são divididas, na opinião de alguns, entre os considerados
nobres e "sangue-puros" - aqueles que por tradição não se misturam com os nascidos trouxas - e
a ralé : os "traidores da raça", aqueles que nao tem preconceito algum com os nascidos trouxa, ou
os "sangue-ruins" - aqueles nascidos trouxas.. A família Black se encaixa direitinho na primeira
descrição, os membros da família prezavam manter o nome e o sangue da familia puros, e
consideravam-se superiores aos demais. Parte da família eram até mesmo bruxos das trevas, e a
maioria deles, por mais que temessem ao que Voldemort poderia fazer, apoiavam a caça aos
"sangue-ruins" (termo pejorativo para se referir aos meio ou nascidos trouxas). Claro haviam as
poucas exceções, como Sirius Black, que abominava a atitude de sua família e fugiu de casa aos
dezesseis anos, e se refugiu na casa dos Potter, onde morava Tiago, amigo quem ele já tinha como
irmão, e os pais de Tiago trataram Sirius como um segundo filhoAndromeda Black, que se casou
com Ted Tonks (nascido trouxa) e teve uma filha, Nymphadora (uma moça bastante atrapalhada,
mas dotada so poder de mudar sua aparência quando quisessem, sendo uma metamorphmagus,
que também era membro da Ordem de Fênix), Tio Alphard que deixou bastante dinheiro para
Sirius, e seu primo distante Arthur Weasley, que tinha verdadeira adoração por trouxas. Claro,
esses eram deserdados e riscados da Árvore Geneológica da Família Black. Mas o fato era que
Sirius era o último membro da família Black, que levava seu sobrenome.

§ Parentes §

Sirius sentia tanta vergonha de ter certas pessoas como parentes que não os considerava uma
família de verdade.
Para comecar sua mãe, uma verdadeira megera, fez questão de apagar seu nome e jurar que não
teve nenhum filho com o nome de Sirius no momento em que ele deixou a casa dos pais, e como
todo Black cultuava a conservação do sangue-puro, a Sra. Black morreu entre cinco ou quatro
anos depois que Sirius foi preso (motivo desconhecido mesmo para aqueles que leram o livro).
Seu pai não devia ser muito melhor do que sua mãe, ele era obcecado por medidas de segurança,
o que ajudou bastante no momento que a casa em Grimmauld Place virou quartel-general da
Ordem de Fênix (casa que é herança do avô materno de Sirius). Seus pais tinham uma certa
preferência por Regulus, seu irmão mais novo, o filho perfeito aos olhos deles, que agia do modo
que eles apreciavam. Regulus acabou se tornando um Comensal de Morte e foi morto a mando de
Voldemort.
Sirius tinha primas, três delas citadas nos livros, Andromeda era a favorita dele, mas ela tinha
duas irmãs, que orgulharam a família por se casarem com bruxos de famílias nobres e "puras",
Narcisa, que se tornou Malfoy ao se casar com Lúcio Malfoy, e Bellatrix, que ganhou o sobrenome
Lestrange por ter se casado com Rodolfo Lestrange. Lucio, Bellatrix e Rodolfo também eram
Comensais de Morte, Sirius os desprezava tanto que quando os citou pela primeira vez não fez a
minima questao de lembrar que havia um parentesco entre eles. Bellatrix e Rodolfo passaram
bastante tempo em Azkaban, assim como Sirius, mas ao contrário dele eram culpados pelos
crimes qual foram acusados, como torturar os Longbottom com a Maldição Cruciatus até que o
casal ficasse louco, e juravam fidelidade eterna ao Lorde Voldemort.

O tataravô de Sirius, Phineas Nigellus foi diretor de Hogwarts, nada querido e um tanto rabugento,
seu quadro, assim como o dos outros antigos diretores, fica na atual sala de Dumbledore e ele
pode ir de um quadro para o outro (o outro fica na casa dos Black, no quadro que fica na maior
parte do tempo em branco no quarto que Harry e Rony ficaram hospedados) quando necessário,
ele levava recados para Sirius por ordem de Dumbledore, claro, sempre que possível ele relutava.
Apesar disso ficou um tanto abatido quando soube da morte de Sirius.
Araminta Mehflua, prima de sua mãe, era a favor da caça aos Trouxas, chegando a recorrer ao
Ministério para fazê-la oficial, Tia Elladora começou com a tradição de decaptar os elfos
domésticos quando eles já eram velhos demais, e as cabeças dos pobres permaneciam
penduradas nas paredes.

§ Numero 12 em Grimmauld Place §

A antiga casa dos Black era a casa número 12, em Grimmauld Place, na cidade de Londres,
representava todo o ódio de Sirius por sua família, era ultra-protegida não sendo visível aos olhos
alheios, so se mostrando entre as casas 11 e 13 se alguém que soubesse da sua existência se
dirigisse à ela. Tinha aparência de uma casa, velha, suja e sombria (por isso o nome Grimmauld,
Grim=sujo old=velho).
Repleta de objetos dignos de um dono que fosse um bruxo das trevas, como aldravas, maçanetas
e candelabros em formato de serpente (como que em alusão à casa da Sonserina em Hogwarts,
qual o símbolo é uma serpente, e as pessoas selecionadas para essa casa são sempre bruxos de
sangue-puro, ambiciosos e que geralmente acabam em pessoas ruins), cabeças de elfos-
domésticos empalhados, relógio de pêndulo que jogava raios em quem passavam; e as evidencias
de que não tinha recebido uma boa faxina nos últimos dez anos, desde que a Sra. Black morreu,
se mostravam em carpetes gastos, papéis de parede descascando, quadros dos membros da
família empoeirados...
Aliás quadros dos membros da família Black eram mais do que comuns, muitas dos objetos
cultuavam a familia com seu brazão impresso neles. O mais óbvio era a tapeçaria com a Árvore
Geneológica da família Black que começava nos tempos da Idade Média, o título ficava no topo,
com o lema da família "A Nobre e Mais Antiga Familia Black Toujours Pur (Sempre Puros)".

Havia também o quadro, de tamanho natural, da Sra. Black, de qual ela jorrava ofensas a todos
em voz alta e que ficava sempre fechado atrás de uma cortina comida pelas traças para que ela
ficasse quieta. Então, qualquer pessoa sensata que entrasse na casa faria o possível para não
fazer nenhum barulho para não acordá-la.
E claro que Sirius fez o possível para se livrar da maioria desses objetos, alguns foram resgatados
pelo elfo-doméstico Kreacher, bastante fiel á Sra. Black mesmo depois de sua morte, outros
lutavam para não serem jogados fora, outros eram impossíveis de serem retirados por causa do
Feitiço de Colagem Perpétua (como o quadro da Sra. Black e a Tapeçaria da Família). Assim e com
a faxina feita com a enorme ajuda da Sra. Weasley e as crianças, a casa se tornava mais
habitável.