Você está na página 1de 80
Observações Astronômicas Missões Espaciais Silvia Lorenz Martins GEMAC – Observatório do Valongo/UFRJ
Observações Astronômicas Missões Espaciais Silvia Lorenz Martins GEMAC – Observatório do Valongo/UFRJ

Observações Astronômicas Missões Espaciais

Observações Astronômicas Missões Espaciais Silvia Lorenz Martins GEMAC – Observatório do Valongo/UFRJ
Observações Astronômicas Missões Espaciais Silvia Lorenz Martins GEMAC – Observatório do Valongo/UFRJ
Observações Astronômicas Missões Espaciais Silvia Lorenz Martins GEMAC – Observatório do Valongo/UFRJ

Silvia Lorenz Martins GEMAC – Observatório do Valongo/UFRJ

Observações Astronômicas Missões Espaciais Silvia Lorenz Martins GEMAC – Observatório do Valongo/UFRJ
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade
Introdução Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade

Introdução

Ao contrário de outros ramos da ciência, a Astronomia não conta com a possibilidade de estudar in loco a maioria dos objetos de seu interesse. Sem poder medir diretamente, dependemos da informação contida em quaisquer emissões de energia ou partículas que venham a cruzar a distância entre o astro e o observador. Grande parte dessa informação encontra-se codificada na radiação eletromagnética proveniente do astro. Sua decodificação e interpretação constitui a base da astrofísica moderna

eletromagnética proveniente do astro. Sua decodificação e interpretação constitui a base da astrofísica moderna
Ordens de grandeza A astronomia lida com es calas espaço-temporais e dimensões que ocupam uma
Ordens de grandeza A astronomia lida com es calas espaço-temporais e dimensões que ocupam uma
Ordens de grandeza A astronomia lida com es calas espaço-temporais e dimensões que ocupam uma
Ordens de grandeza A astronomia lida com es calas espaço-temporais e dimensões que ocupam uma
Ordens de grandeza A astronomia lida com es calas espaço-temporais e dimensões que ocupam uma
Ordens de grandeza A astronomia lida com es calas espaço-temporais e dimensões que ocupam uma

Ordens de grandeza

Ordens de grandeza A astronomia lida com es calas espaço-temporais e dimensões que ocupam uma ampla

A astronomia lida com escalas espaço-temporais e dimensões que ocupam uma ampla faixa de ordens de grandeza.

tamanho

massa

idade ou tempo

átomo de H 10 -10 m

grãos

10 -8 m

meteorito

10 -1 m

asteróide

10 3 m

Júpiter

10 8 m

Sol

10 9 m

ano-luz

10 13 m

Via-Láctea

10 18 m

Virgo

> 10 19 m

Elétron

meteorito

asteróide

Júpiter

Sol

Via-Láctea

Grupo Local

Universo

10 -31 kg

10 0 kg 10 16 kg 10 27 kg 10 30 kg 10 42 kg 10 44 kg 10 52 kg

10 -43 s

< 10 0 s 10 4 s 10 7 s 10 9 s 10 15 s 10 17 s idade do Universo > 10 17 s

Era de Planck transições e - período RR Lyrae revolução terrestre período do Halley idade das Plêiades idade do Sol

transições e - período RR Lyrae revolução terrestre período do Halley idade das Plêiades idade do
Física e a Química => leis e hipóteses de dados experimentais Astronomia => dados observacionais,
Física e a Química => leis e hipóteses de dados experimentais Astronomia => dados observacionais,

Física e a Química => leis e hipóteses de dados experimentais Astronomia => dados observacionais, fenomenológicos e simulados. Dado que não podemos medir, pesar, tocar ou controlar os objetos e fenômenos de estudo astrofísico => fontes de informação que deles emane Fontes de informação => radiações eletromagnética, corpuscular e gravitacional.

que deles emane Fontes de informação => radiações eletromagnética , corpuscular e gravitacional.
que deles emane Fontes de informação => radiações eletromagnética , corpuscular e gravitacional.
que deles emane Fontes de informação => radiações eletromagnética , corpuscular e gravitacional.
Radiação eletromagnética Chama-se radiação a energia transportada sob a forma de ondas ou partículas. A
Radiação eletromagnética Chama-se radiação a energia transportada sob a forma de ondas ou partículas. A
Radiação eletromagnética Chama-se radiação a energia transportada sob a forma de ondas ou partículas. A
Radiação eletromagnética Chama-se radiação a energia transportada sob a forma de ondas ou partículas. A
Radiação eletromagnética Chama-se radiação a energia transportada sob a forma de ondas ou partículas. A
Radiação eletromagnética Chama-se radiação a energia transportada sob a forma de ondas ou partículas. A
Radiação eletromagnética Chama-se radiação a energia transportada sob a forma de ondas ou partículas. A
Radiação eletromagnética Chama-se radiação a energia transportada sob a forma de ondas ou partículas. A

Radiação eletromagnética

Chama-se radiação a energia transportada sob a forma de ondas ou partículas. A radiação eletromagnética é a mais comumente conhecida e utilizada em Astrofísica. É através da radiação eletromagnética que podemos:

É através da radiação eletromagnética que podemos: constatar a existência de um astro avaliar sua

constatar a existência de um astro

avaliar sua temperatura e tamanho

inferir sua composição química

estimar sua velocidade

etc.

um astro avaliar sua temperatura e tamanho inferir sua composição química estimar sua velocidade etc.
Ondas Eletromagnéticas James Maxwell (1831-1879) demonstrou que as equações do Eletromagnetismo previam a existência
Ondas Eletromagnéticas James Maxwell (1831-1879) demonstrou que as equações do Eletromagnetismo previam a existência
Ondas Eletromagnéticas James Maxwell (1831-1879) demonstrou que as equações do Eletromagnetismo previam a existência
Ondas Eletromagnéticas James Maxwell (1831-1879) demonstrou que as equações do Eletromagnetismo previam a existência
Ondas Eletromagnéticas James Maxwell (1831-1879) demonstrou que as equações do Eletromagnetismo previam a existência
Ondas Eletromagnéticas James Maxwell (1831-1879) demonstrou que as equações do Eletromagnetismo previam a existência
Ondas Eletromagnéticas James Maxwell (1831-1879) demonstrou que as equações do Eletromagnetismo previam a existência
Ondas Eletromagnéticas James Maxwell (1831-1879) demonstrou que as equações do Eletromagnetismo previam a existência

Ondas Eletromagnéticas

James Maxwell (1831-1879) demonstrou que as equações do Eletromagnetismo previam a existência de ondas eletromagnéticas no vácuo, que se movimentariam com velocidade igual à da luz. Esse fato indicou que a própria luz era uma onda eletromagnética. Ondas eletromagnéticas são compostas por um campo elétrico e um campo magnético, ambos perpendiculares à direção de propagação e entre si.

compostas por um campo elétrico e um campo magnético, ambos perpendiculares à direção de propagação e
Ondas Eletromagnéticas São São caracterizadas caracterizadas pelos pelos seguintes seguintes parâmetros:
Ondas Eletromagnéticas São São caracterizadas caracterizadas pelos pelos seguintes seguintes parâmetros:
Ondas Eletromagnéticas São São caracterizadas caracterizadas pelos pelos seguintes seguintes parâmetros:
Ondas Eletromagnéticas São São caracterizadas caracterizadas pelos pelos seguintes seguintes parâmetros:
Ondas Eletromagnéticas São São caracterizadas caracterizadas pelos pelos seguintes seguintes parâmetros:
Ondas Eletromagnéticas São São caracterizadas caracterizadas pelos pelos seguintes seguintes parâmetros:
Ondas Eletromagnéticas São São caracterizadas caracterizadas pelos pelos seguintes seguintes parâmetros:
Ondas Eletromagnéticas São São caracterizadas caracterizadas pelos pelos seguintes seguintes parâmetros:

Ondas Eletromagnéticas

Ondas Eletromagnéticas São São caracterizadas caracterizadas pelos pelos seguintes seguintes parâmetros:

SãoSão caracterizadascaracterizadas pelospelos seguintesseguintes parâmetros:parâmetros:

velocidadevelocidade dede propagaçãopropagação direçãodireção dede propagaçãopropagação comprimentocomprimento dede ondaonda ouou freqüênciafreqüência direçãodireção dede polarizaçãopolarização

direção direção de de polarização polarização © 1998-2005 by Michael W. Davidson, Mortimer Abramowitz,

© 1998-2005 by Michael W. Davidson, Mortimer Abramowitz, Olympus America Inc., and The Florida State University.

Olympus America Inc., and The Florida State University. Entre Entre comprimento comprimento de de onda onda

EntreEntre comprimentocomprimento dede ondaonda ((λλ)) ee freqüênciafreqüência ((νν)) valevale aa seguinteseguinte equação:equação:

λν = c

λ ) ) e e freqüência freqüência ( ( ν ν ) ) vale vale a
A Radiação eletromagnética costuma ser dividida em diferentes intervalos por comprimento de onda ou frequencia
A Radiação eletromagnética costuma ser dividida em diferentes intervalos por comprimento de onda ou frequencia

A Radiação eletromagnética costuma ser dividida em diferentes intervalos por comprimento de onda ou frequencia

A Radiação eletromagnética costuma ser dividida em diferentes intervalos por comprimento de onda ou frequencia
A Radiação eletromagnética costuma ser dividida em diferentes intervalos por comprimento de onda ou frequencia
A Radiação eletromagnética costuma ser dividida em diferentes intervalos por comprimento de onda ou frequencia
A Radiação eletromagnética costuma ser dividida em diferentes intervalos por comprimento de onda ou frequencia
A Radiação eletromagnética costuma ser dividida em diferentes intervalos por comprimento de onda ou frequencia
A Radiação eletromagnética costuma ser dividida em diferentes intervalos por comprimento de onda ou frequencia
Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes
Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes
Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes
Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes
Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes
Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes
Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes
Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes
Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes

Damos o nome de luz à radiação eletromagnética que nossos olhos captam. Percebemos as diferentes freqüências dessa radiação como cores. Embora a luz seja comumente representada como uma onda, ela possui características tanto ondulatórias quanto corpusculares. A isso chamamos de dualidade onda-partícula.

ela possui características tanto ondulatórias quanto corpusculares. A isso chamamos de dualidade onda-partícula .
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>
Técnicas de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento =>

Técnicas de observação

Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento => “filtros”

de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento => “filtros”
de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento => “filtros”
de observação Espectroscopia => rede de difração Fotometria => filtros Imageamento => “filtros”

O Sol policromático

O Sol policromático rádio infravermelho visível ultravioleta ultravioleta extremo raios X Vênus ultravioleta rádio

rádio

infravermelho

visível

ultravioleta

ultravioleta

extremo

raios X

visível ultravioleta ultravioleta extremo raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível
visível ultravioleta ultravioleta extremo raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível
visível ultravioleta ultravioleta extremo raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível
visível ultravioleta ultravioleta extremo raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível

Vênus

visível ultravioleta ultravioleta extremo raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível infravermelho

ultravioleta

ultravioleta extremo raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível infravermelho ultravioleta

rádio

Saturno

extremo raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível infravermelho ultravioleta Órion visível

rádio

extremo raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível infravermelho ultravioleta Órion visível

visível

raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível infravermelho ultravioleta Órion visível infravermelho

infravermelho

raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível infravermelho ultravioleta Órion visível infravermelho

ultravioleta

Órion

raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível infravermelho ultravioleta Órion visível infravermelho

visível

raios X Vênus ultravioleta rádio Saturno rádio visível infravermelho ultravioleta Órion visível infravermelho

infravermelho

Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias

Missões Espacias

Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Missões Espacias
Corrida Espacial – Guerra Fria Rússia : 1961, vários projetos a Lua, Marte USA :
Corrida Espacial – Guerra Fria Rússia : 1961, vários projetos a Lua, Marte USA :
Corrida Espacial – Guerra Fria Rússia : 1961, vários projetos a Lua, Marte USA :
Corrida Espacial – Guerra Fria Rússia : 1961, vários projetos a Lua, Marte USA :
Corrida Espacial – Guerra Fria Rússia : 1961, vários projetos a Lua, Marte USA :
Corrida Espacial – Guerra Fria Rússia : 1961, vários projetos a Lua, Marte USA :

Corrida Espacial – Guerra Fria

Rússia : 1961, vários projetos a Lua, Marte USA : 60’s : Apollos Objetivos: Guerra fria - desenvolvimento tecnológico, combustíveis, armas

a Lua, Marte USA : 60’s : Apollos Objetivos: Guerra fria - desenvolvimento tecnológico, combustíveis, armas
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,
MIR Space Station www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita,

MIR Space Station

www.russianspaceweb.com/mir.html Janeiro de 1986 – módulo I lançado 15 anos em órbita, 10 anos para construir 167 km de altitude Sergey Krikalev : 749 dias em órbita (várias missões)! Objetivos: tecnologia “extra-Terra”

km de altitude Sergey Krikalev : 749 dias em órbita (várias missões)! Objetivos: tecnologia “extra-Terra”
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional

International Space Station

International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional
International Space Station A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional

A Estação Espacial Internacional é o maior e mais complexo projeto internacional científico da história. 16 nações participam oferecendo recursos tecnológicos:

Canadá, Japão, Rússia, 11 nações da ESA (European Space Agency) e Brasil.

oferecendo recursos tecnológicos: Canadá, Japão, Rússia, 11 nações da ESA ( European Space Agency ) e

ISS:http://www.nasa.gov/mission_

ISS: http://www.nasa.gov/mission_ pages/station/main/index.html 4 vezes maior que a MIR 1a. Fase : 1995 –
ISS: http://www.nasa.gov/mission_ pages/station/main/index.html 4 vezes maior que a MIR 1a. Fase : 1995 –
ISS: http://www.nasa.gov/mission_ pages/station/main/index.html 4 vezes maior que a MIR 1a. Fase : 1995 –
ISS: http://www.nasa.gov/mission_ pages/station/main/index.html 4 vezes maior que a MIR 1a. Fase : 1995 –
ISS: http://www.nasa.gov/mission_ pages/station/main/index.html 4 vezes maior que a MIR 1a. Fase : 1995 –

pages/station/main/index.html

http://www.nasa.gov/mission_ pages/station/main/index.html 4 vezes maior que a MIR 1a. Fase : 1995 – Shuttle-Mir

4 vezes maior que a MIR 1a. Fase : 1995 – Shuttle-Mir program 18 viagens 2 civis já foram Objetivos: tecnologia “extra- Terra”

1a. Fase : 1995 – Shuttle-Mir program 18 viagens 2 civis já foram Objetivos: tecnologia “extra-
1a. Fase : 1995 – Shuttle-Mir program 18 viagens 2 civis já foram Objetivos: tecnologia “extra-
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço

18 missão

18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço espaço

0303 dede AgostoAgosto reparosreparos nono espaçoespaço

18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço espaço
18 missão 03 03 de de Agosto Agosto – – reparos reparos no no espaço espaço
Missões Espaciais, atualmente • Como a Terra e nosso Sistema Solar evoluem? • Onde estamos
Missões Espaciais, atualmente • Como a Terra e nosso Sistema Solar evoluem? • Onde estamos
Missões Espaciais, atualmente • Como a Terra e nosso Sistema Solar evoluem? • Onde estamos
Missões Espaciais, atualmente • Como a Terra e nosso Sistema Solar evoluem? • Onde estamos

Missões Espaciais, atualmente

Missões Espaciais, atualmente • Como a Terra e nosso Sistema Solar evoluem? • Onde estamos no

Como a Terra e nosso Sistema Solar evoluem?

Onde estamos no Universo?

nosso Sistema Solar evoluem? • Onde estamos no Universo? • Onde vamos? • De onde veio
nosso Sistema Solar evoluem? • Onde estamos no Universo? • Onde vamos? • De onde veio
nosso Sistema Solar evoluem? • Onde estamos no Universo? • Onde vamos? • De onde veio
nosso Sistema Solar evoluem? • Onde estamos no Universo? • Onde vamos? • De onde veio

Onde vamos?

De onde veio a vida?

Estamos sozinhos?

Sistema Solar evoluem? • Onde estamos no Universo? • Onde vamos? • De onde veio a
Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space
Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space
Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space
Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space
Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space

AgênciasAgências EspaciaisEspaciais

Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space Space
Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space Space
Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space Space
Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space Space
Agências Agências Espaciais Espaciais NASA NASA ( ( National National Aeronautics Aeronautics and and Space Space

NASANASA ((NationalNational AeronauticsAeronautics andand SpaceSpace AdministrationAdministration)) FederalFederal SpaceSpace AgencyAgency -- RussiaRussia ESAESA ((EuropeanEuropean SpatialSpatial AgencyAgency)) AEBAEB ((AgênciaAgência EspacialEspacial BrasileiraBrasileira)) MCTMCT

Agency Agency ) ) AEB AEB ( ( Agência Agência Espacial Espacial Brasileira Brasileira ) )
AEB AEB – – MCT MCT : : objetivos objetivos planejamento planejamento das das atividades
AEB AEB – – MCT MCT : : objetivos objetivos planejamento planejamento das das atividades
AEB AEB – – MCT MCT : : objetivos objetivos planejamento planejamento das das atividades
AEB AEB – – MCT MCT : : objetivos objetivos planejamento planejamento das das atividades
AEB AEB – – MCT MCT : : objetivos objetivos planejamento planejamento das das atividades
AEB AEB – – MCT MCT : : objetivos objetivos planejamento planejamento das das atividades
AEB AEB – – MCT MCT : : objetivos objetivos planejamento planejamento das das atividades
AEB AEB – – MCT MCT : : objetivos objetivos planejamento planejamento das das atividades

AEBAEB MCTMCT :: objetivosobjetivos

planejamentoplanejamento dasdas atividadesatividades espaciaisespaciais brasileirasbrasileiras deverádeverá contemplarcontemplar asas aplicaçõesaplicações dada tecnologiatecnologia espacialespacial nana soluçãosolução dede problemasproblemas comocomo comunicaçõescomunicações emem regiõesregiões remotas,remotas, monitoramentomonitoramento ambiental,ambiental, vigilânciavigilância dada Amazônia,Amazônia, patrulhamentopatrulhamento dede fronteirasfronteiras ee dada zonazona costeira,costeira, inventárioinventário ee monitoramentomonitoramento dede recursosrecursos naturais,naturais, planejamentoplanejamento ee fiscalizaçãofiscalização dodo usouso dodo solo,solo, previsãoprevisão dede safrassafras agrícolas,agrícolas, coletacoleta dede dadosdados ambientais,ambientais, previsãoprevisão dodo tempotempo ee dodo clima,clima, alémalém dada defesadefesa ee segurançasegurança dodo territórioterritório nacional.nacional.

AEB AEB – – Missões Missões Científicas Científicas : : INPE/MCT INPE/MCT EQUARS EQUARS :
AEB AEB – – Missões Missões Científicas Científicas : : INPE/MCT INPE/MCT EQUARS EQUARS :
AEB AEB – – Missões Missões Científicas Científicas : : INPE/MCT INPE/MCT EQUARS EQUARS :
AEB AEB – – Missões Missões Científicas Científicas : : INPE/MCT INPE/MCT EQUARS EQUARS :
AEB AEB – – Missões Missões Científicas Científicas : : INPE/MCT INPE/MCT EQUARS EQUARS :
AEB AEB – – Missões Missões Científicas Científicas : : INPE/MCT INPE/MCT EQUARS EQUARS :

AEBAEB MissõesMissões CientíficasCientíficas::

INPE/MCTINPE/MCT

EQUARSEQUARS:: fenômenosfenômenos atmosféricosatmosféricos nana regiãoregião equatorialequatorial dada TerraTerra MCEMCE:: alertaalerta antecipadoantecipado dasdas tempestadestempestades solaressolares,, monitoramentomonitoramento dodo ""climaclima espacialespacial"" aoao redorredor dada Terra.Terra. MIRAXMIRAX:: observaçãoobservação dede fontesfontes dede raiosraios--XX advindosadvindos dodo centrocentro dede nossanossa galáxiagaláxia

fontes fontes de de raios raios - - X X advindos advindos do do centro centro
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite
EQUARS EQUARS EQUARS EQUARS – – Equatorial Equatorial Atmosphere Atmosphere Research Research Satellite Satellite

EQUARSEQUARS

EQUARSEQUARS EquatorialEquatorial AtmosphereAtmosphere ResearchResearch SatelliteSatellite MonitoramentoMonitoramento globalglobal dada atmosferaatmosfera nana regiãoregião equatorial,equatorial, enfatizandoenfatizando processosprocessos dinâmicosdinâmicos,, fotoqufotoquíímicosmicos,, ee mecanismosmecanismos dede transportetransporte dede energiaenergia entreentre aa baixabaixa,, mméédiadia ee altaalta atmosferaatmosfera ee ionosferaionosfera EstudosEstudos climclimááticosticos

é dia dia e e alta alta atmosfera atmosfera e e ionosfera ionosfera Estudos Estudos clim
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação
MCE MCE MCE MCE – – Monitor Monitor de de Clima Clima Espacial Espacial Cooperação

MCEMCE

MCEMCE MonitorMonitor dede ClimaClima EspacialEspacial CooperaçãoCooperação comcom oo InstitutoInstituto dede PesquisasPesquisas EspaciaisEspaciais dada RussiaRussia (1994)(1994) InteraçãoInteração entreentre SolSol ee TerraTerra TempestadesTempestades geomagnéticasgeomagnéticas afetamafetam asas comunicaçõescomunicações

Terra Terra Tempestades Tempestades geomagnéticas geomagnéticas afetam afetam as as comunicações comunicações
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do
O O Projeto Projeto MCE MCE Satélite Satélite russo russo : : Monitoramento Monitoramento do

OO ProjetoProjeto MCEMCE

SatéliteSatélite russorusso:: MonitoramentoMonitoramento dodo MeioMeio InterplanetáriInterplanetárioo -- ÓrbitaÓrbita :: 4400.00000.000 KmKm SatélitesSatélites ucranianosucranianos:: MonitoramentoMonitoramento dada regiãoregião auroralauroral -- ÓrbitaÓrbita :: 600600 KmKm SatéliteSatélite BrasileiroBrasileiro (MCE)(MCE):: MonitoramentoMonitoramento dada MagnetosferaMagnetosfera -- ÓrbitaÓrbita quasequase polarpolar comcom 150.000150.000 KmKm

da da Magnetosfera Magnetosfera - - Órbita Órbita quase quase polar polar com com 150.000 150.000
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador

OO projetoprojeto MIRAXMIRAX

O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador Imageador
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador Imageador
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador Imageador
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador Imageador
O O projeto projeto MIRAX MIRAX MIRAX MIRAX – – Monitor Monitor e e Imageador Imageador

MIRAXMIRAX MonitorMonitor ee ImageadorImageador dede RaiosRaios--XX SatéliteSatélite raioraio--XX desenvolvidodesenvolvido pelopelo grupogrupo dede astrofísicaastrofísica dede altasaltas energiasenergias (DAS(DAS--INPE)INPE) ColetarColetar dadosdados nana direçãodireção dodo centrocentro galáticogalático PrevisãoPrevisão:: 20092009

dados dados na na direção direção do do centro centro galático galático Previsão Previsão : :
NASA NA SA http:// http:// www.jpl.nasa.gov www.jpl.nasa.gov /mission /mission s s V o y a
NASA NA SA http:// http:// www.jpl.nasa.gov www.jpl.nasa.gov /mission /mission s s V o y a

NASANASA

http://http://www.jpl.nasa.govwww.jpl.nasa.gov/mission/mission

ss

VoyagerVoyager:: 20/20/AgAgostoosto ee 5/5/SeptemberSeptember dede 19771977 TheThe twintwin spacecraftspacecraft VoyagerVoyager 11 andand 22 flewflew byby andand observedobserved Jupiter,Jupiter, Saturn,Saturn, UranusUranus andand Neptune.Neptune. BothBoth craftcraft areare nownow headingheading outout ofof thethe solarsolar system.system. InIn 1998,1998, VoyagerVoyager 11 becamebecame thethe mostmost distantdistant humanhuman--mademade objectobject inin space.space. 55 anosanos == 1212 anosanos JaneiroJaneiro dede 2005:2005: 10.00010.000 diasdias VoyagerVoyager InterstellarInterstellar MissionMission

Janeiro de de 2005: 2005: 10.000 10.000 dias dias Voyager Voyager Interstellar Interstellar Mission Mission
Janeiro de de 2005: 2005: 10.000 10.000 dias dias Voyager Voyager Interstellar Interstellar Mission Mission
Janeiro de de 2005: 2005: 10.000 10.000 dias dias Voyager Voyager Interstellar Interstellar Mission Mission
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager

VoyagerVoyager

Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take
Voyager Voyager The The Voyager Voyager mission mission was was designed designed to to take

VoyagerVoyager

TheThe VoyagerVoyager missionmission waswas designeddesigned toto taketake advantageadvantage ofof aa rarerare geometricgeometric arrangementarrangement ofof thethe outerouter planetsplanets inin thethe latelate 1970s1970s andand thethe 1980s1980s whichwhich allowedallowed forfor aa fourfour--planetplanet tourtour forfor aa minimumminimum ofof triptrip time.time. ThisThis layoutlayout ofof Jupiter,Jupiter, Saturn,Saturn, UranusUranus andand Neptune,Neptune, whichwhich occursoccurs aboutabout everyevery 175175 years,years, allowsallows aa spacecraftspacecraft onon aa particularparticular flightflight pathpath toto swingswing fromfrom oneone planetplanet toto thethe nextnext withoutwithout thethe needneed forfor largelarge onboardonboard propulsionpropulsion systems.systems.

next without without the the need need for for large large onboard onboard propulsion propulsion systems.
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager

VoyagerVoyager

Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Voyager Voyager
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo
Placa Placa - - Voyager Voyager Comunicar Comunicar a a história história do do mundo

PlacaPlaca -- VoyagerVoyager

ComunicarComunicar aa históriahistória dodo mundomundo SonsSons ee imagensimagens foramforam selecionadosselecionados dede diferentesdiferentes culturasculturas dada TerraTerra 115115 imageimagennss dede sonssons naturaisnaturais,, surf,surf, ventovento,, pássarospássaros,, baleiasbaleias SeleçãoSeleção musicalmusical dede diferentesdiferentes culturasculturas ee eras.eras. MensagemMensagem dodo presidentepresidente Carter.Carter.

diferentes culturas culturas e e eras. eras. Mensagem Mensagem do do presidente presidente Carter. Carter.
NASA NASA - - ESA ESA - - ISA ISA + + 17 17 nações
NASA NASA - - ESA ESA - - ISA ISA + + 17 17 nações
NASA NASA - - ESA ESA - - ISA ISA + + 17 17 nações

NASANASA--ESAESA--ISAISA ++ 1717 naçõesnações

CassiniCassini--HuygensHuygens

17 17 nações nações Cassini Cassini - - Huygens Huygens La La nçado nçado : :
17 17 nações nações Cassini Cassini - - Huygens Huygens La La nçado nçado : :

LaLançadonçado:: 1515 dede OOutubroutubro dede 19971997 WhileWhile makingmaking itsits wayway towardtoward Saturn,Saturn, thethe CassiniCassini spacecraftspacecraft imagedimaged thethe MasurskyMasursky asteroid.asteroid. CurrentCurrent MissionsMissions -- CassiniCassini

imaged imaged the the Masursky Masursky asteroid. asteroid. Current Current Missions Missions - - Cassini Cassini
A A atmosfera atmosfera de de Tita Tita n n frustrou frustrou os os cientistas
A A atmosfera atmosfera de de Tita Tita n n frustrou frustrou os os cientistas
A A atmosfera atmosfera de de Tita Tita n n frustrou frustrou os os cientistas
A A atmosfera atmosfera de de Tita Tita n n frustrou frustrou os os cientistas
A A atmosfera atmosfera de de Tita Tita n n frustrou frustrou os os cientistas
A A atmosfera atmosfera de de Tita Tita n n frustrou frustrou os os cientistas
A A atmosfera atmosfera de de Tita Tita n n frustrou frustrou os os cientistas
A A atmosfera atmosfera de de Tita Tita n n frustrou frustrou os os cientistas

AA atmosferaatmosfera dede TitaTitann frustroufrustrou osos cientistascientistas dada VoyagerVoyager --NASA,NASA, 2525 anosanos atratráás,s, masmas susuaa superfsuperfííciecie estestáá sendosendo reveladarevelada pelapela CassiniCassini comcom maismais clarezaclareza

í cie cie est est á á sendo sendo revelada revelada pela pela Cassini Cassini com
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument
Huygens Huygens Instruments Instruments Huygens Huygens Atmospheric Atmospheric Structure Structure Instrument

HuygensHuygens InstrumentsInstruments

HuygensHuygens AtmosphericAtmospheric StructureStructure InstrumentInstrument (HASI)(HASI):: TitanTitan GasGas ChromatographChromatograph MassMass SpectrometerSpectrometer (GCMS)(GCMS) AerosolAerosol CollectorCollector andand PyrolyserPyrolyser (ACP)(ACP)

Spectrometer (GCMS) (GCMS) Aerosol Aerosol Collector Collector and and Pyrolyser Pyrolyser (ACP) (ACP)
Spectrometer (GCMS) (GCMS) Aerosol Aerosol Collector Collector and and Pyrolyser Pyrolyser (ACP) (ACP)
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos
Titan Titan - - Lagos Lagos

TitanTitan -- LagosLagos

Titan Titan - - Lagos Lagos

SaturnoSaturno

Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Saturno Saturno
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.

Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.

Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Cassini descobriu novos pequenos anéis, novas pequenas luas próximas aos anéis.
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”

NovasNovas

LuinhasLuinhas

Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
Novas Novas “ “ Luinhas Luinhas ” ”
DEEP DEEP IMPACT IMPACT Launch: Launch: Jan. Jan. 12, 12, 2005 2005 Deep Deep Impact
DEEP DEEP IMPACT IMPACT Launch: Launch: Jan. Jan. 12, 12, 2005 2005 Deep Deep Impact
DEEP DEEP IMPACT IMPACT Launch: Launch: Jan. Jan. 12, 12, 2005 2005 Deep Deep Impact
DEEP DEEP IMPACT IMPACT Launch: Launch: Jan. Jan. 12, 12, 2005 2005 Deep Deep Impact
DEEP DEEP IMPACT IMPACT Launch: Launch: Jan. Jan. 12, 12, 2005 2005 Deep Deep Impact
DEEP DEEP IMPACT IMPACT Launch: Launch: Jan. Jan. 12, 12, 2005 2005 Deep Deep Impact

DEEPDEEP IMPACTIMPACT

Launch:Launch: Jan.Jan. 12,12, 20052005 DeepDeep ImpactImpact isis aa spacecraftspacecraft thatthat wouldwould traveltravel toto cometcomet TempelTempel 11 andand releaserelease aa smallsmall impactorimpactor,, creatingcreating aa holehole inin thethe sideside ofof thethe comet.comet. CurrentCurrent MissionsMissions -- DeepDeep ImpactImpact

in the the side side of of the the comet. comet. Current Current Missions Missions -
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no
Deep Deep Impact Impact Verificar Verificar a a composição composição química química presente presente no

DeepDeep ImpactImpact

VerificarVerificar aa composiçãocomposição químicaquímica presentepresente nono cometacometa TempelTempel 1.1. MatériaMatéria presentepresente nosnos cometascometas éé prépré--solarsolar VerificarVerificar cálculoscálculos dede mecânicamecânica celesteceleste ProvarProvar queque sãosão capazescapazes dede interceptarinterceptar umum cometacometa emem suasua trajetóriatrajetória,, causandocausando umum impactoimpacto

interceptar um um cometa cometa em em sua sua trajetória trajetória , , causando causando um
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1

DeepDeep ImpactImpact :: TempelTempel 11

Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact : : Tempel Tempel 1 1
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact

DeepDeep ImpactImpact

Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
Deep Deep Impact Impact
One One of of the the major major objectives objectives of of the the mission
One One of of the the major major objectives objectives of of the the mission

OneOne ofof thethe majormajor objectivesobjectives ofof thethe missionmission waswas toto determinedetermine whetherwhether cometcomet nucleinuclei areare uniformuniform inin compositioncomposition TheThe answeranswer isis nono DetailedDetailed studystudy ofof thesethese comacoma asymmetriesasymmetries givesgives insightinsight toto thethe relativerelative abundancesabundances ofof thethe dominantdominant molecularmolecular componentscomponents ofof thethe innerinner coma,coma, sourcesource regionsregions ofof thethe nativenative volatilesvolatiles,, anisotropicanisotropic outgassingoutgassing ofof thethe nucleusnucleus,, andand thethe formationformation andand evolutionevolution ofof thethe nucleusnucleus

nucleus nucleus , , and and the the formation formation and and evolution evolution of of
nucleus nucleus , , and and the the formation formation and and evolution evolution of of
nucleus nucleus , , and and the the formation formation and and evolution evolution of of
STARDUST STARDUST - - NASA NASA : : La La nçado nçado : : Fevereiro

STARDUSTSTARDUST -- NASANASA::

LaLançadonçado:: FevereiroFevereiro dede 19991999 ,, voltouvoltou emem JaneiroJaneiro dede 20062006 TheThe StardustStardust spacecraftspacecraft willwill flyfly throughthrough thethe cloudcloud ofof dustdust thatthat surroundssurrounds thethe nucleusnucleus ofof cometcomet WildWild--22 and,and, forfor thethe firstfirst timetime ever,ever, bringbring cometarycometary materialmaterial backback toto Earth.Earth.

first first time time ever, ever, bring bring cometary cometary material material back back to to
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2

StardustStardust WildWild 22

Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
Stardust Stardust – – Wild Wild 2 2
ESA ESA (European (European Spatial Spatial Agency) Agency) GIOTTO: GIOTTO: first first deep deep -
ESA ESA (European (European Spatial Spatial Agency) Agency) GIOTTO: GIOTTO: first first deep deep -

ESAESA (European(European SpatialSpatial Agency)Agency)

ESA (European (European Spatial Spatial Agency) Agency) GIOTTO: GIOTTO: first first deep deep - - space
ESA (European (European Spatial Spatial Agency) Agency) GIOTTO: GIOTTO: first first deep deep - - space
ESA (European (European Spatial Spatial Agency) Agency) GIOTTO: GIOTTO: first first deep deep - - space

GIOTTO:GIOTTO: firstfirst deepdeep--spacespace mission.mission. 19861986 -- Halley.Halley. firstfirst timetime thethe shapeshape ofof aa cometcomet nucleusnucleus andand foundfound thethe firstfirst evidenceevidence ofof organicorganic materialmaterial inin aa comet.comet. InIn 1992,1992, afterafter aa longlong cruisecruise throughthrough space,space, GiottoGiotto waswas directeddirected toto CometComet GriggGrigg--SkjellerupSkjellerup

space, space, Giotto Giotto was was directed directed to to Comet Comet Grigg Grigg - -
GiottoGiotto -- HalleyHalley
GiottoGiotto -- HalleyHalley
GiottoGiotto -- HalleyHalley
GiottoGiotto -- HalleyHalley
GiottoGiotto -- HalleyHalley
GiottoGiotto -- HalleyHalley
GiottoGiotto -- HalleyHalley
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :
Giotto Giotto 1 1 2 2 Mar Mar ço ço de de 1986 1986 :

GiottoGiotto

1122 MarMarçoço dede 19861986:: primeiraprimeira vezvez detectadodetectado íonsíons dede HH

EntrouEntrou nana parteparte maismais densadensa dada comacoma dede

poeirapoeira dodo Halley.Halley. NesteNeste pontoponto

aa

poeira do do Halley. Halley. Neste Neste ponto ponto a a camera camera foi foi ajustada

cameracamera foifoi ajustadaajustada parapara seguirseguir oo objetoobjeto

maismais brilhantebrilhante oo núcleonúcleo dodo cometacometa

seguir seguir o o objeto objeto mais mais brilhante brilhante – – o o núcleo núcleo
IUE IUE International International Ultraviolet Ultraviolet Explorer: Explorer: ESA, ESA, NASA, NASA, UK UK Making
IUE IUE International International Ultraviolet Ultraviolet Explorer: Explorer: ESA, ESA, NASA, NASA, UK UK Making
IUE IUE International International Ultraviolet Ultraviolet Explorer: Explorer: ESA, ESA, NASA, NASA, UK UK Making
IUE IUE International International Ultraviolet Ultraviolet Explorer: Explorer: ESA, ESA, NASA, NASA, UK UK Making

IUEIUE InternationalInternational UltravioletUltraviolet Explorer:Explorer: ESA,ESA, NASA,NASA, UKUK

Explorer: Explorer: ESA, ESA, NASA, NASA, UK UK Making Making ultraviolet ultraviolet observations,

MakingMaking ultravioletultraviolet observations,observations, rangingranging fromfrom cometscomets toto quasars,quasars, thethe IUEIUE waswas thethe world’sworld’s longestlongest--livedlived andand oneone ofof thethe mostmost productiveproductive satellitessatellites everever built.built. ItIt workedworked nonnon--stopstop (1978)(1978) untiluntil itit waswas switchedswitched offoff inin SeptemberSeptember 1996,1996, 1414 yearsyears laterlater thanthan originallyoriginally planned.planned.

in September September 1996, 1996, 14 14 years years later later than than originally originally planned.
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon

IUEIUE -- ProcyonProcyon

IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
IUE IUE - - Procyon Procyon
ISO ISO (Infrared (Infrared Satellite Satellite Observatory): Observatory): ESA,NASA,UK ESA,NASA,UK Probing Probing
ISO ISO (Infrared (Infrared Satellite Satellite Observatory): Observatory): ESA,NASA,UK ESA,NASA,UK Probing Probing
ISO ISO (Infrared (Infrared Satellite Satellite Observatory): Observatory): ESA,NASA,UK ESA,NASA,UK Probing Probing
ISO ISO (Infrared (Infrared Satellite Satellite Observatory): Observatory): ESA,NASA,UK ESA,NASA,UK Probing Probing
ISO ISO (Infrared (Infrared Satellite Satellite Observatory): Observatory): ESA,NASA,UK ESA,NASA,UK Probing Probing

ISOISO (Infrared(Infrared SatelliteSatellite Observatory):Observatory): ESA,NASA,UKESA,NASA,UK

ProbingProbing thethe coolcool andand hiddenhidden Universe,Universe, thethe InfraredInfrared SpaceSpace ObservatoryObservatory (ISO)(ISO) waswas thethe mostmost sensitivesensitive infraredinfrared satellitesatellite everever launched.launched. ItIt mademade importantimportant discoveriesdiscoveries aboutabout interstellarinterstellar dust,dust, andand itsits datadata stillstill produceproduce resultsresults today.today.

19951995 -- 19981998

dust, and and its its data data still still produce produce results results today. today. 1995
SOHO SOHO - - ESA, ESA, NASA NASA Solar Solar and and Heliospheric Heliospheric Observatory
SOHO SOHO - - ESA, ESA, NASA NASA Solar Solar and and Heliospheric Heliospheric Observatory
SOHO SOHO - - ESA, ESA, NASA NASA Solar Solar and and Heliospheric Heliospheric Observatory
SOHO SOHO - - ESA, ESA, NASA NASA Solar Solar and and Heliospheric Heliospheric Observatory
SOHO SOHO - - ESA, ESA, NASA NASA Solar Solar and and Heliospheric Heliospheric Observatory
SOHO SOHO - - ESA, ESA, NASA NASA Solar Solar and and Heliospheric Heliospheric Observatory
SOHO SOHO - - ESA, ESA, NASA NASA Solar Solar and and Heliospheric Heliospheric Observatory
SOHO SOHO - - ESA, ESA, NASA NASA Solar Solar and and Heliospheric Heliospheric Observatory
SOHO SOHO - - ESA, ESA, NASA NASA Solar Solar and and Heliospheric Heliospheric Observatory

SOHOSOHO -- ESA,ESA, NASANASA

SolarSolar andand HeliosphericHeliospheric ObservatoryOb