Você está na página 1de 26
UnIA Universidade Independente de Angola PRATICAS DE ENGENHARIA DE SOFTWARE 4 ºANO ENGENHARIA INFORMÁTICA 2016

UnIA Universidade Independente de Angola

PRATICAS DE ENGENHARIA DE SOFTWARE

4ºANO

ENGENHARIA INFORMÁTICA

2016

INTEGRANTES DO GRUPO
INTEGRANTES DO GRUPO

INTEGRANTES DO GRUPO

INTEGRANTES DO GRUPO
INTEGRANTES DO GRUPO
INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Pratica Pratica de de comunicação comunicação Pratica Pratica de de comunicação comunicação Pratica Pratica
INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Pratica Pratica de de comunicação comunicação Pratica Pratica de de comunicação comunicação Pratica Pratica
INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO
Pratica Pratica de de comunicação comunicação
Pratica Pratica de de comunicação comunicação
Pratica Pratica de de planeamento planeamento
Principio Principio de de planeamento planeamento
Modela Modelagem em
Modelo Modelo de de analise analise
Principio Principio de de analise analise
Modelo Modelo de de projecto projecto
Principio Principio de de projecto projecto
Pratica Pratica de de construção construção (implementação) (implementação)
Principio Principio de de codificação codificação
Principio Principio de de teste teste
Praticas Praticas e e principios principios implementação implementação
Principio Principio de de implementação implementação
Conclusão Conclusão
INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO

introdução

introdução

• • Neste Neste seminário seminário vamos vamos apresentar apresentar modelos modelos de de

 

processo processo de de software software genérico genérico composto composto por por um um

conjunto conjunto de de actividades actividades de de praticas praticas e e princípios princípios que que

estabelecem estabelecem uma uma metodologia metodologia para para a a boa boa pratica pratica de de

engenharia engenharia de de software, software, que que são: são:

 

• • Na Na comunicação comunicação entenda entenda o o problema problema e e analise analise

 

• • No No projecto projecto do do software software planeja planeja uma uma solução solução

de de

modelagem modelagem

 

• • Execute Execute o o plano plano de de geração geração de de códigos códigos

 

• • Na Na

construção construção

do do

software software

examine examine

os os

testes testes

de de

qualidade. qualidade.

 

COMUNICAÇÃO

PRATICAS DEDE COMUNICAÇÃO

PRATICAS

COMUNICAÇÃO PRATICAS DEDE COMUNICAÇÃO PRATICAS • A comunicação é considerada uma das actividades mais desafiadoras que

A

comunicação

é

considerada

uma

das

actividades mais desafiadoras que

um

engenheiro de software pode encontrar

PRATICAS

DE

• Antes de tudo, os requisitos são colectados por meio de uma actividade de comunicação chamada
• Antes de tudo, os requisitos são colectados por
meio de uma actividade de comunicação
chamada levantamento de requisitos

COMUNICAÇÃO

PRINCIPIO DA COMUNICAÇÃO

• ESCUTE • 1- Concentre-se nas respostas do interlucutor ANTES DE SE COMUNICAR • 2- peça
• ESCUTE
1- Concentre-se nas respostas do
interlucutor
ANTES DE SE
COMUNICAR
• 2- peça esclarecimento quando
algo estiver obscuro
3-faça notações e documente as
decisões.
PREPARECE-SE
3- evite enterrupções constantes
• 4- evite sacudir a cabeça a resposta
do interlocutor
1- Gaste tempo para
entender o problema
4- Ao explicar os assuntos do
projecto e não tiver claro faça um
desenho
2- Se necessário pesquise
para entender o plano de
negocio
PRINCIPIO DA COMUNICAÇÃO (continuação)

PRINCIPIO DA COMUNICAÇÃO

(continuação)

PRINCIPIO DA COMUNICAÇÃO (continuação)
Quando concordar com Quando concordar com algo , prossiga, quando algo , prossiga, quando Procure fazer
Quando concordar com
Quando concordar com
algo , prossiga, quando
algo , prossiga, quando
Procure fazer com
Procure fazer com
não concordar com algo,
não concordar com algo,
que os membros da
que os membros da
se algo não esta claro e
se algo não esta claro e
Na Na negociação negociação não não é é um um
muitas muitas as as vezes, vezes,
equipe façam
equipe façam
não pode ser esclarecido
não pode ser esclarecido
concurso concurso ou ou um um jogo, jogo,
engenheiros engenheiros de de software software e e
no momento, também
no momento, também
colaborações, pois
funciona funciona melhor melhor quando quando
clientes clientes precisam precisam negociar negociar
colaborações, pois
prossiga ouvindo
prossiga ouvindo
as as ambas ambas as as partes partes
e e a a negociação negociação exige exige
elas aumentam a
elas aumentam a
atentamente porque é a
atentamente porque é a
ganham ganham
compromisso compromisso de de todos todos . .
confiança entre os
confiança entre os
melhor forma de
melhor forma de
conseguir agilidade na
conseguir agilidade na
membros.
membros.
comunicação
comunicação
PRATICAS DE PLANEJAMENTO
PRATICAS DE
PLANEJAMENTO

PRATICAS DE PLANEJAMENTO

Todos os membros da equipe de software devem participar do A Falta de planeamento planeamento é
Todos os membros
da equipe de
software devem
participar do
A Falta de
planeamento
planeamento é algo
que pode levar um
projecto ao caos
Permite á equipa de
software definir um
roteiro durante a
execução da meta
estratégica e dos
objectivos tácticos

4. Ambiente de trabalho que se desenvolve:

PRNCIPIOS DE

PRNCIPIOS DE

PLANEJAMENTO

PLANEJAMENTO

PRINCIPIOS PRINCIPIOS DE DE PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO

• • 1- 1- Entenda Entenda o o Escopo Escopo do do Projecto. Projecto. • •
• • 1- 1- Entenda Entenda o o Escopo Escopo do do Projecto. Projecto.
• • O O escopo escopo fornece fornece á á equipe equipe de de software software um um roteiro roteiro a a
seguir. seguir.
• 2- 2- Envolva Envolva o o cliente cliente na na Actividade Actividade de de planejamento planejamento
• • O O engenheiro engenheiro de de software software precisa precisa negociar negociar com com o o
cliente cliente ordem ordem de de entrega, entrega, prazos prazos e e outros outros itens itens do do
projecto. projecto.
• • 3- 3- Reconheça Reconheça que que o o planejamento planejamento é é interactivo interactivo
• • Quando Quando o o trabalho trabalho se se inicia, inicia, provavelmente, provavelmente, haverá haverá
modificações; modificações;
• • Modelos Modelos
de de
processamentos processamentos
iterativos iterativos
e e
incrementais incrementais determinam determinam replaneamento, replaneamento, baseado baseado
em em feedback feedback

CONTINUAÇÃO CONTINUAÇÃO

• 4- Estime com base no que se sabe • Estimar fornece uma base para se
• 4- Estime com base no que se sabe
• Estimar
fornece
uma
base
para
se
calcular
o
esforço, o custo e a duração das tarefas.
• 5- Considere riscos a medida que se define o plano
• O
plano
do
projecto
deve
ser
ajustado
para
acomodar a probabilidade de um risco vir a ocorrer.
• 6- Acompanhe
o
plano com frequência e faça
ajustes quando necessário
• Acompanhe o progresso do projecto diariamente
Identifique pontos em que o trabalho programado
não esta de acordo com o trabalho real conduzido.

MODELAGEM

PRATICAS DEDE MODELAGEM

PRATICAS

PRATICAS DE MODELAGEM

PRATICAS DE MODELAGEM

Os Os modelos modelos precisam precisam representar representar os os requisitos requisitos em em diferentes diferentes
Os Os modelos modelos precisam precisam representar representar os os requisitos requisitos em em diferentes diferentes níveis níveis de de abstracção abstracção (do (do usuário usuário e e do do
técnico técnico ). ). Na Na engenharia engenharia de de software, software, existem existem duas duas classes classes de de modelos modelos : :
MODELO DE ANALISE
MODELO DE ANALISE
MODELO DE PROJECTOS
MODELO DE PROJECTOS

Modelo dede Analise

Modelo

Analise ee Projectos

Projectos

Modelo dede Análise

Modelo

Análise

informação, domínio

• • Representa os

Representa os

requisitos do cliente

domínio da

sob três domínios:

comportamental.

funcional, e domínio

informação, domínio

domínio da

sob três domínios:

requisitos do cliente

comportamental.

funcional, e domínio

Projectos

Modelo dede Projectos

Modelo

componentes.

interface do usuário e

construir: arquitectura,

os profissionais a

software que ajudam

características do

Representa

ANALISE

PRINCÍPIOS

PRINCÍPIOS DEDE ANALISE

1- O domínio da informação abrange os dados de Entrada/Saida 1- O domínio da informação abrange
1- O domínio da informação abrange os dados de Entrada/Saida
1- O domínio da informação abrange os dados de Entrada/Saida
do sistema e os depósitos de dados .
do sistema e os depósitos de dados .
2- A descrições das funções pode ser de formas genéricas ou
2- A descrições das funções pode ser de formas genéricas ou
detalhadas.
detalhadas.
3- O comportamento se da por meio das suas interacções com o
3- O comportamento se da por meio das suas interacções com o
ambiente externo.
ambiente externo.
4- Os modelos que mostram informação, função e comportamento
4- Os modelos que mostram informação, função e comportamento
devem ser particionados de modo que revele detalhes em forma de
devem ser particionados de modo que revele detalhes em forma de
camadas para melhor compreensão dos problemas.
camadas para melhor compreensão dos problemas.
5- A tarefa de analise deve ir informação essencial ate os detalhes
5- A tarefa de analise deve ir informação essencial ate os detalhes
de implementação
de implementação
porque os detalhes de implementação indicam como a solução sera
porque os detalhes de implementação indicam como a solução sera
implementada.
implementada.

PRINCÍPIOS DEDE PROJECTOS

PRINCÍPIOS

PROJECTOS

1- O projecto deve estar relacionado ao modelo de analise 1- O projecto deve estar relacionado
1- O projecto deve estar relacionado ao modelo de analise
1- O projecto deve estar relacionado ao modelo de analise
2- sempre considere a arquitectura do sistema a ser construído a
2- sempre considere a arquitectura do sistema a ser construído a
arquitectura é o esqueleto que será construído e afecta, os
arquitectura é o esqueleto que será construído e afecta, os
seguintes componentes :
seguintes componentes :
Interfaces
Interfaces
Estruturas de dados
Estruturas de dados
Fluxo de controle formas como o software poderá ser testado.
Fluxo de controle formas como o software poderá ser testado.
3- O projecto de interface do usuário deve estar sintonizado com
3- O projecto de interface do usuário deve estar sintonizado com
as necessidades do usuário final. Mas, em cada caso, deve
as necessidades do usuário final. Mas, em cada caso, deve
enfatizar a facilidade de uso
enfatizar a facilidade de uso
4- Representações de projectos devem ser facilmente
4- Representações de projectos devem ser facilmente
compreensíveis, o projecto deve ser desenvolvido iterativamente. A
compreensíveis, o projecto deve ser desenvolvido iterativamente. A
cada iteração o projectista deve focar sempre a simplicidade.
cada iteração o projectista deve focar sempre a simplicidade.

PRATICAS DEDE CONSTRUÇÃO

PRATICAS

CONSTRUÇÃO EE IMPLEMENTAÇÃO

IMPLEMENTAÇÃO

IMPLEMENTAÇÃO

IMPLEMENTAÇÃO

• • Contempla um conjunto de tarefas de Contempla um conjunto de tarefas de codificação que
• • Contempla um conjunto de tarefas de
Contempla um conjunto de tarefas de
codificação que será entreguei ao usuário.
codificação que será entreguei ao usuário.
TESTES
TESTES
Os testes de integração devem ser realizado
Os testes de integração devem ser realizado
enquanto o sistema esta sendo construído.
enquanto o sistema esta sendo construído.
Os testes de Validação devem avaliar se o
Os testes de Validação devem avaliar se o
sistema completo atende os requisitos do
sistema completo atende os requisitos do
cliente.
cliente.
Teste de Aceitação é realizado pelo cliente a
Teste de Aceitação é realizado pelo cliente a
fim de utilizar todas as funções
fim de utilizar todas as funções
necessárias.
necessárias.
PRINCIPIOS DEDE CODIFICAÇÃO PRINCIPIOS CODIFICAÇÃO
PRINCIPIOS DEDE CODIFICAÇÃO
PRINCIPIOS
CODIFICAÇÃO

CODIFICAÇÃO

PRINCIPIOS DEDE CODIFICAÇÃO

PRINCIPIOS

CODIFICAÇÃO PRINCIPIOS DEDE CODIFICAÇÃO PRINCIPIOS Antes de escrever uma linha de código certifique-se de: entender o

Antes de escrever uma linha de

código certifique-se de:

entender o problema que esta

tentando resolver

CODIFICAÇÃO PRINCIPIOS DEDE CODIFICAÇÃO PRINCIPIOS Antes de escrever uma linha de código certifique-se de: entender o

Deve escolher uma linguagem que

satisfaçam as necessidades do

software a ser construído e do

ambiente em que ele vai operar

Depois de completar o primeiro passo

de codificação, certifique-se de

inspeccionar o código e corrigir os

erros descobertos

Seleccionar um ambiente de

programação que forneça ferramentas

para facilitar o trabalho e criar um

conjunto de testes unitários que serão

aplicados.

Ao começar a escrever o código,

certifica-se de usar programação

estruturada nos algoritmos.

Definir nomes significativos para as

variáveis.

CODIFICAÇÃO PRINCIPIOS DEDE CODIFICAÇÃO PRINCIPIOS Antes de escrever uma linha de código certifique-se de: entender o
PRINCIPIO DE TESTE

PRINCIPIO DE TESTE

PRINCIPO DE TESTE

TESTE: é o principio de execução de um programa com a finalidade de

encontrar erros;

um bom caso de teste é aquele que tem alta probabilidade de encontrar um

erro ainda não descoberto.

ponto de vista do cliente, um erro severo é aquele no qual o programa não 1-
ponto de vista do cliente, um erro severo é aquele no qual o programa não 1-

ponto de vista do cliente, um erro severo é aquele no qual o programa não

1- Todos os testes devem estar relacionados aos requisitos do cliente e do

ponto de vista do cliente, um erro severo é aquele no qual o programa não

1- Todos os testes devem estar relacionados aos requisitos do cliente e do

planeamento de testes pode começar assim que o modelo de analise for

planeamento de testes pode começar assim que o modelo de analise for

2- os testes devem ser planejados muito antes de serem iniciados o

2- os testes devem ser planejados muito antes de serem iniciados o

atende aos seus requisitos.

atende aos seus requisitos.

concluído.

concluído

ponto de vista do cliente, um erro severo é aquele no qual o programa não 1-
ponto de vista do cliente, um erro severo é aquele no qual o programa não 1-
ponto de vista do cliente, um erro severo é aquele no qual o programa não 1-
ponto de vista do cliente, um erro severo é aquele no qual o programa não 1-
ponto de vista do cliente, um erro severo é aquele no qual o programa não 1-
planejar os testes de modo a atender todos os componentes realizar todas as combinações de testes.
planejar os testes de modo a atender todos os componentes realizar todas as combinações de testes.
planejar os testes de modo a atender todos os componentes realizar todas as combinações de testes.
planejar os testes de modo a atender todos os componentes realizar todas as combinações de testes.
planejar os testes de modo a atender todos os componentes
realizar todas as combinações de testes. Mas, é possível,
tudo depende da complexidade do software, é impossível
3- Testes exaustivos não são possíveis
planejar os testes de modo a atender todos os componentes
realizar todas as combinações de testes. Mas, é possível,
tudo depende da complexidade do software, é impossível
3- Testes exaustivos não são possíveis

PRATICAS E PRINCIPIO DE IMPLEMENTAÇÃO

PRATICAS EE PRICIPIOS

PRATICAS

PRICIPIOS DEDE IMPLEMENTAÇÃO

IMPLEMENTAÇÃO

Os modelos modernos de processos são evolutivos e, assim, a implementação ocorre mais de uma vez
Os modelos modernos de processos são evolutivos e, assim, a implementação ocorre mais
de uma vez cada ciclo de feedback, depois que o software é entregue, fornece a equipe
directrizes importantes que resultam em modificações no software;
Quanto ao principio de implementação vale lembrar:
1- as expectativas do cliente quanto ao software devem ser geridas
2- um pacote completo de entrega deve ser montado e testado, um CD,DVD o outra Mídia
deve ser entreguei ao cliente e rigorosamente testado
3- um regime de suporte deve ser estabelecido antes de o software ser entregue

Conclusão

Conclusão

MUITO OBRIGADO