Você está na página 1de 14

3

Alvo da lição

Saber Entender a questão da responsabilidade


pessoal apresentada em Ezequiel.
Sentir
Submeter-se à soberania divina.

Agir Abandonar práticas que não o levem à


santificação.
Introdução

A curiosidade a respeito do futuro sempre


esteve presente no ser humano. Observe
quantos mecanismos de previsão e adivinhação
encontramos no dia a dia.
Introdução

Israel foi privilegiado nesse sentido, pois Deus


usou profetas para confortar o povo a respeito
do livramento que haveria no futuro. Dentre
eles, encontramos Ezequiel, cuja mensagem nos
anuncia a esperança do futuro e a necessidade
de nos prepararmos para ele.
1. Visão panorâmica do livro

1.1 Informações básicas


a. Data: 592-570 a.C.
b. Autor: Ezequiel
c. Local: Babilônia
d. Alvo: Povo de Israel exilado na Babilônia
e. Versículos-chave: Ez 3.17-19
f. Palavra-chave: Filho do homem
1.2 Esboço do livro
Antes Depois

Queda de Jerusalém
Vida e chamado de A salvação de
Ezequiel (Ez 1-3) Israel (Ez 33-34)
Profecias contra
Jerusalém (Ez 4-24) O futuro de Israel
Profecias contra as (Ez 40-48)
nações (Ez 25-32)
1. Visão panorâmica do livro

1.3 Ezequiel em uma sentença


O profeta mostra, por meio de símbolos, na
pregação e na experiência pessoal, que Deus
deseja santidade e humildade do Seu povo.
2. Quem foi Ezequiel?

2.1 O marido
2.2 O profeta
3. Profecia ilustrada

Certamente Ezequiel pode ser considerado um


Spielberg de sua época, tal a vivacidade e
peculiaridade de suas visões. Veja a lista...
3. Profecia ilustrada

...os quatro seres viventes (Ez 1.1-14); as quatro


rodas (Ez 1.15-21); o rolo comestível (Ez 2.9-
3.3); raspagem e ritual com os cabelos (Ez 5.1-
17); a mala e a viagem (Ez 12.3-7); provérbio
popular (Ez 18.2-3); panela fervente (Ez 24.1-
14); o vale de ossos secos (Ez 37.1-14); o rio do
templo (Ez 47.1-12).
4. Doutrinas

4.1 Santidade
4.2 Soberania
5. Ezequiel e o Novo Testamento

5.1 Ezequiel foi chamado de filho do homem


5.2 Ezequiel anunciou o Rei Pastor
5.3 Ezequiel viu a restauração de Jerusalém
Conclusão

Ezequiel nos ensina que a soberania de Deus nos


encoraja nos momentos de tribulação. Portanto,
sabendo que um dia o Senhor virá com Sua glória
sobre a terra, cabe a nós permanecermos firmes e
buscarmos nos apresentar santificados a Deus.