Você está na página 1de 15

I SEMINARIO DE METODOLOGIA APLICADA A ENFERMAGEM

Banho no leito

Equipe        Ademilton Adair Fabio de Oliveira Francy Kelly Gessica Brito José Ricarlos Nayara Silva Paula Rocha .

. impossibilitados de saírem do leito.Banho no leito É a higienização total ou parcial do corpo executada em pacientes acamados.

proporciona um exercício leve e promove conforto.Finalidades Um banho completo no leito limpa a pele. a mobilidade articular e a . estimula a circulação. Possibilita também ao enfermeiro avaliar a condição da pele.

(explicar como lava) Reunir material e colocar sobre a mesa de cabeceira do cliente.Preparação para procedimento:      Orientar o cliente e/ ou o acompanhante sobre o que será feito. Lavar as mãos. utilizando biombo. Fechar porta e janelas para evitar corrente de ar. . Favorecer privacidade ao cliente.

Material para higiene oral Algodão. gaze ou compressas. Sabonete ou sabão líquido Desodorante (opcional) Roupa de cama limpa Toalha de banho e rosto .Material necessário:                 Luvas de procedimento Avental Biombo Hamper 2 Sacos plástico para lixo (contaminado e comum) Jarro com água (morna) Bacia Comadre Balde Cuba rim ou copo descartável.

de dentro para fora (sem sabonete). Cobrir o corpo do cliente com seu próprio lençol. Em seguida. enxaguando e secando. Retirar roupa do cliente. orelha e pescoço.Cabeça: Higiene oral. Fazer a higiene oral Iniciar o banho com a lavagem dos cabelos e o couro cabeludo Fazer a limpeza da região ocular. Colocar o cliente em decúbito dorsal. . lavar o rosto.         Calçar luvas de procedimento. ensaboando. expondo somente a face. couro cabeludo e rosto.

Secar e cobrir região do tórax. orientá-la para que ela própria lave a região dos seios. axilas e mãos. Molhar a compressa de banho para retirar o sabonete do cliente.MMSS e Tórax      Passar para os membros superiores atentando para a região dos braços. Expor a região do tórax e lavá-la. No caso de clientes do sexo feminino: se a condição clínica permitir. .

.

Secar e cobrir os membros inferiores. Molhar compressa para retirar o sabonete do cliente. Secar e cobrir a região do abdome.Abdome e MMII       Expor a região do abdome e lavar. Expor os membros inferiores e lavar as pernas do cliente. . Molhar a compressa de banho e retirar sabonete do cliente.

orientar o cliente a fazê-lo. elevar as grades da cama para evitar quedas) e colocar a comadre.Região dorsal e genital        Elevar decúbito do cliente em 45o. Colocar o cliente novamente em decúbito dorsal. Pedir para o cliente inclinar a região dorsal e lavá-la. com as pernas em abdução. Lateralizar o cliente (quando estiver realizando o procedimento sozinho. se não houver contra indicação. Expor região genital e lavar região ou. Secar e retornar o cliente à posição horizontal. caso a condição clínica permita. Molhar compressa de banho para retirar sabonete do cliente. .

Trocar os curativos que tiverem sido molhados e/ou sujos. se necessário. Desprezar conteúdo das bacias no vaso sanitário do banheiro do cliente. . Vestir. pentear os cabelos do cliente e auxiliar no uso de cosméticos. Recompor a unidade.Cuidados Finais         Desprezar compressa de banho. a toalha e a roupa suja no hamper. no prontuário do cliente. Lavar as mãos. Retirar luvas de procedimento e desprezá-las. Anotar o procedimento em impresso próprio.

.

html> Acessado em: 04/06/2013 .blogspot.com.Referencias: A enfermagem Disponível em: < http://aenfermagem.br /2010/11/banho-no-leito. Enfermagem continuada Disponível em: <http://enfermagemcontinuada.com.br/noticia/enfermeirainventa-maca-para-banho/ > Acessado em: 04/06/2013.

estão em situações extremamente desconfortáveis e presas a um leito de hospital por tempo indeterminado. por isso ame o que faz” Obrigada a todos pela atenção! .“O exercício da enfermagem requer muito mais do que o domínio das técnicas específicas no trato a quem está doente ou debilitado. muitas vezes. numa profissão que lida diariamente com os cuidados essenciais a pessoas que. É necessário também muita dedicação e sensibilidade.