Você está na página 1de 9

Graduao em Sade Coletiva: formao, carreira e profisso

Karina Cordeiro

Porto Alegre, 2012.

CONESC COORDENAO NACIONAL DOS ESTUDANTES DE SADE COLETIVA

GRADUAO EM SADE COLETIVA


Ousamos pensar que em um futuro no muito distante poder-se- propor um curso de graduao em Sade Coletiva, sem prejuzo dos cursos profissionalizantes em outras reas da prtica de Sade, que tambm contemplam em seus currculos o ensino da Sade Coletiva (ISC/UFBA, 1994).

Importncia da formao de recursos humanos


capazes de formular polticas pblicas que promovam sade, e fortaleam o Sistema nico de Sade.

Oposio construo do curso - Sade Coletiva


enquanto parte de formaes em sade em vigor (BOSI & PAIM, 2010).

Possibilidades de disputas corporativas (BOSI & PAIM,


2010).

FORMAO DE PROFISSIONAIS
A reconceitualizao do objeto das prticas de sade coletiva e a reflexo epistemolgica sobre o conceito de sade impem a redefinio dos processos de trabalho, a reconfigurao do agente-sujeito e demandam transformaes na formao dos profissionais que atuam neste campo. (Trad,L., Medronho, R. Coord., Oficina. VII Congresso Abrasco 2003. Braslia)

SANITARISTAS
Profissional em Sade Coletiva com formao generalista, humanista, crtica e reflexiva, qualificado para o exerccio de atividades do campo da Sade Coletiva em todos os nveis de gesto e de ateno sade, atuando em promoo da sade e na melhoria da qualidade da vida humana, pautado em princpios ticos, legais e na compreenso da realidade social, cultural, poltica e econmica do seu meio, com base no rigor cientfico e intelectual, dirigindo sua atuao para a transformao da realidade em benefcio da sociedade.

REAS DE ATUAO

CARREIRA J EXISTENTE? SANISTARISTA REVISO DA CARREIRA

ATRIBUIES BSICAS

SER CRIADA UMA NOVA CARREIRA?

ABRASCO 2012 Reunio entre graduand@s e Psgraduand@s em Sade Coletiva


Tenda Paulo Freire Sbado, 17/11/2012, 17h