Você está na página 1de 2

a Lista de Exercı́cios de SMA-332 - Cálculo II

Turma 4 - 2009 - Profa. Sueli M. Tanaka Aki

Exercı́cio 1. Represente geometricamente o campo vetorial dado.



− →
− → −
− →
(a) −

v (x, y) = x2 j (b) F (x, y) = i + j

− →
− →
− x →
− y →

(c) F (x, y) = −y i + x j (d) −

v (x, y) = p i +p j , x, y 6= 0
2
x +y 2 2
x +y 2

−y →
− x →

(e) −

v (x, y) = p i +p j x, y 6= 0
2
x +y 2 2
x +y 2


− →

Exercı́cio 2. Seja F = ∇f , onde f (x, y) = x + 2y. Desenhe F (x, y), com (x, y) na reta x + 2y = 1
Exercı́cio 3. Calcule o rotacional e divergente do campo dado.

− →
− →
− →
− −
→ →
− →
− →
− →

(a) F (x, y, z) = −y 2 i + x j + z k (b) F (x, y, z) = x i + y j + xz k (c) − →v (x, y) = (x2 + y 2 ) i
R − → →
Exercı́cio 4. Calcule γ F · d− r sendo dados:

− →
− →
− →

(a) F (x, y, z) = x i + y j + z k e γ(t) = (cos t, sin t, t2 ), 0 ≤ t ≤ 2π

− →

(b) F (x, y, z) = (x + y + z) k e γ(t) = (t, t, 1 − t2 ), 0 ≤ t ≤ 1

− →

(c) F (x, y) = x2 j e γ(t) = (t2 , 3), −1 ≤ t ≤ 1

− →
− →

(d) F (x, y) = x2 i + (x − y) j e γ(t) = (t, sin t), 0 ≤ t ≤ π

− →

Exercı́cio 5. Seja F : IR2 →IR2 um campo vetorial contı́nuo tal que, para todo (x, y), F (x, y) é

− →
− R −→ →
paralelo ao vetor x i + y j . Calcule γ F · d− r , onde γ : [a, b] → IR2 é uma curva de classe C 1 , cuja
imagem está contida na circunferência de centro na origem e raio r > 0. Interprete geometricamente.

− → −
− → − →
Exercı́cio 6. Uma partı́cula desloca-se em um campo de forças dado por F (x, y, z) = −y i +x j +z k .


Calcule o trabalho realizado por F no deslocamento da partı́cula de γ(a) até γ(b), sendo dados:
(a) γ(t) = (cos t, sin t, t), a = 0 e b = 2π. (b) γ(t) = (2t + 1, sin t, t − 1, t), a = 1 e b = 2.
(c) γ(t) = (cos t, 0, sin t), a = 0 e b = 2π.
Exercı́cio 7. Calcule a massa do fio γ(t) = (cos t, sin t, t), 0 ≤ t ≤ π, com densidade linear ρ(x, y, z) =
x2 + y 2 + z 2 .
Exercı́cio 8. Calcule γ xdx + ydy, sendo γ dada por x = t2 e y = sin t, 0 ≤ t ≤ π2
R
R
Exercı́cio 9. Calcule γ xdx + ydy + zdz, onde γ é o segmento de extremidades (0, 0, 0) e (1, 2, 1)
percorridos no sentido de (1, 2, 1) para (0, 0, 0).
Exercı́cio 10. Calcule γ 2dx − dy, onde γ tem por imagem x2 + y 2 = 4, x ≥ 0, y ≥ 0; o sentido do
R

percurso é de (2, 0) para (0, 2).


−y x
dy, onde γ tem por imagem a elipse 4x2 + y 2 = 9, e
R
Exercı́cio 11. Calcule γ 2 dx + 2
4x + y 2 4x + y 2
o sentido do percurso é o anti-horário.
Exercı́cio 12. Seja γ a intersecção do parabolóide z = x2 + y 2 com o plano z = 2x + 2y − 1. Assuma
que o sentido
R de percurso de γ é tal que sua projeção no plano xy caminha no sentido anti-horario.
Calcule: γ xdx + dy + 2dz.
Exercı́cio 13. Seja γ a intersecção do primeiro octante da esfera 2 2 2
√ 2 = x + y + z com o plano
Ry = x. Assuma que o sentido de percurso de γ é do ponto (0, 0, 2) para o ponto (1, 1, 0). Calcule:
γ dx + xydy + zdz.

Exercı́cio 14. Seja γ a intersecção do plano y = x com a superfı́cie z = Rx2 + y 2 . Assuma que o
sentido de percurso de γ é do ponto (-1,-1,2) para o ponto (1,1,2). Calcule: γ dx + ydy + dz.
Exercı́cio 15. Seja γ a intersecção entre as superfı́cies y = x2 e z = 2 − x2 − y 2 com x ≥ 0 y ≥ 0
zR ≥ 0. Assuma que o sentido de percurso de γ é do ponto (1, 1, 0) para o ponto (0,0,2). Calcule:
γ dx + dy + dz.
1
2

Exercı́cio 16. O campo vetorial dado é conservativo? Justifique.


a)F~ (x, y, z, w) = (x, y, z, w) b)F~ (x, y) = y~i + x~j c)F~ (x, y, z) = (x − y)~i + (x + y + z)~j + z 2~k
Exercı́cio 17. Mostre que γ F~ · dr independe do caminho determinando uma função potencial f para
R

F~ :
(a) F~ (x, y) = (3x2 y + 2)~i + (x3 + 4y 3 )~j (b) F~ (x, y) = (2xsen y + 4ez )~i + (x2 cos y + 2)~j
(c) F~ (x, y) = (−2y sen x)~i + (6y cos x + 5)~j
3 2

Exercı́cio 18. Seja γ : [0, 1] →I R2 uma curva C 1 por partes com imagem contida no semi-plano
R −y x
y > 0 e tal que γ(0) = (1, 1) e γ(1) = (−2, 3). Calcule γ 2 2
dx + 2 dy.
x +y x + y2
Exercı́cio 19. Seja γ : [0, 1] →I R2 \{(0, 0)} uma curva a tal que γ(0) = (−1, 0) e γ(1) = (1, 0).
R x y
Calcule γ 2 2
dx + 2 dy.
x +y x + y2
Exercı́cio 20. Utilizando o teorema de equivalência sobre campos conservativos, mostre que os
seguintes campos vetoriais não são conservativos.

− →
− →
− →
− →
− →

(a) F (x, y) = y i − x j (b) F (x, y) = x(y − 1) i + x j
Exercı́cio 21. Mostre que a integral é independente do caminho e utilize qualquer método para
calculá-la.
Z (1,5) Z (4,5)
(a) 2ydx + 2xdy (b) y 2 ex dx + 2yex dy
(−2,−1) (0,0)