Você está na página 1de 1

GREGORA

Maxwell, James Clerk (1831-1879), fsico britnico explicou as propriedades do eletr


omagnetismo. Publicou um conjunto de quatro equaes diferenciais nas quais descreve
a natureza dos campos eletromagnticos em termos de espao e tempo. A enorme largur
a do espectro eletromagntico um dos fatos mais notveis da natureza. Os relmpagos de
uma tempestade, por exemplo, geram energia eletro
magntica cujo comprimento de onda vrias vezes superior ao dimetro da Terra enquanto
os raios gama, emitidos por ncleos atmicos, tm um comprimento de onda de frao de Ang
strom (1 Angstrom equivale 0,1nm ou 0,1.10-9 metro ou 0,0000000001metro). A imen
sa relao entre esses comprimentos da ordem de 1022. Apesar disso, as energias emit
idas constituem, essencialmente, o mesmo fenmeno - denominado Onda Eletromagntica
- propagando-se com a mesma velocidade e sujeitando-se, igualmente, a difrao, refr
ao, reflexo, etc. A luz, tambm uma onda eletromagntica, ocupa apenas um diminuto espao
no espectro eletromagntico, mas sua relevncia transcende amplamente esses limites
. Sua grande importncia est ligada ao fato de os eltrons de valncia dos tomos emitire
m a absorverem energia nos comprimentos de onda de luz.Para dar somente um exemp
lo, a reao bioqumica mais importante do nosso Planeta, a fotossntese, envolve absoro d
e energia luminosa. No entanto, apesar das inmeras vantagens potenciais, s recente
mente a luz foi incorporada s Aplicaes em Telecomunicaes, por vrias dificuldades tecno
lgicas em sua implantao.
Estes conhecimentos formam a base dos conhecimentos das microondas nas telecomun
icaes, e explicam as ondas que interligam os sinais entre as antenas e entre os ap
arelhos celulares. So energias que percebemos aos us-las, mas no as vemos, e soment
e os engenheiros as entendem.
Aqui propomos uma outra abordagem para a percepo da energia que chamamos de EGRGORA