Você está na página 1de 1

NENHUM MAPA FAR JAMAIS A UNANIMIDADE

O dilogo se completou, alegou o Ministro do Interior Bernard


Cazeneuve, defendendo claramente as escolhas de recorte [territorial] em
nome da necessidade de dar s regies o tamanho crtico necessrio em face
s outras regies europeias.
O tamanho no faz o poder, rebateram os deputados de direita e
tambm de esquerda, invocando o caso das regies alems e espanholas.
Observando que nenhum mapa far jamais a unanimidade e
afirmando que o governo no pretende nem abater nem apagar as identidades
locais, o secretrio de Estado para a Reforma Territorial Andr Vallini chamou
a fazer enfim este novo mapa das regies e esta Reforma Territorial que os
franceses esperam.
Mas uma dezena de partidrios alscios da UMP fez bloqueio at o fim
para tentar manter a Alscia como regio independente, algumas horas aps
terem aberto uma grande bandeira No matem a Alscia na sala das QuatroColnias.
Em qual sociedade podemos casar as pessoas contra sua harmonia?,
exclamou-se Jean-Luc Reitzer, onde tambm Laurent Furst sublinhou que A
Histria nos ensinou a viver momentos difceis, mas tambm a nunca afrouxar.
Como uma demonstrao do absurdo, Eric Strauman defendeu duas
alteraes para fundir todas as regies ou criar duas regies: Lle de France e
La Province.

Traduo livre do francs realizada por: Thiago Silvestre.


Texto original: "Aucune carte ne fera jamais l'unanimit", disponvel em :
http://tempsreel.nouvelobs.com/nouvelles-regions/20141120.OBS5515/lassemblee-nationale-vote-enfin-la-carte-a-13-regions.html