INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Rio de Janeiro - 2010

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Lista de Abreviaturas e Siglas FOB

Significa “livre a bordo” (free on board) – “o vendedor encerra suas obrigações quando a mercadoria transpõe a amurada do navio (ship's rail) no porto de embarque indicado e, a partir daquele momento, o comprador

assume todas as responsabilidades quanto a perdas e danos; a entrega se consuma a bordo do navio designado pelo comprador, quando todas as despesas passam a correr por conta do comprador; o vendedor transporte aquaviário (marítimo, fluvial ou lacustre)”. é o responsável pelo desembaraço da mercadoria para exportação; este termo pode ser utilizado no

Incoterms (International Commercial Terms / Termos Internacionais de Comércio) - site do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - Aprendendo a Exportar.
Hab./km²

Habitante por quilômetro quadrado

Metro quadrado
MGE

Média e Grande Empresa
MPE

Micro e Pequena Empresa
%

Porcentagem
US$

Cifra do dólar

SEBRAE/RJ 2

...................... 20 2........Número de Domicílios Urbanos / Classes Econômicas do Estado do Rio de Janeiro ....Participação das empresas.. segundo as Regiões do Estado do Rio de Janeiro – 2008...3 – Estabelecimentos e Empregos .......................................... do Brasil e do Rio de Janeiro – 2005/2008...................................................... em valores correntes e Participação (%) em relação ao PIB Total do Estado....... 21 2.................................. 24 2......5............................................................................................. do Estado do Rio de Janeiro..........................3............................. 21 2.......................................2 – Demografia ............. Regiões e Municípios..............Total de Estabelecimentos........................... 7 1...............2.... no turismo............................... 24 2........................ das Regiões e dos Municípios do Rio de Janeiro................................2008 ................................4......................... segundo o porte...................Número de Empregos........... por atividade econômica..2008 .. Domicílio e Faixa Etária ......................................................................................................5 ........................ 18 2...Número de empregados...................Índice de Desenvolvimento Humano – IDH 2000.........Consumo Per Capita do Estado do Rio de Janeiro (R$) ......................................................3 .... por atividade econômica..........3 ....................... 16 2......................1 – Divisão Político – Administrativa do Estado do Rio de Janeiro ....................... 17 2.................................................. por porte.................... . 2 Apresentação ...................................Número de Empresas e Valor Exportado.......5.......................................................... 24 2.................1.....................................1 – Produto Interno Bruto ..................................Movimentação de Empresas no Estado do Rio de Janeiro – 2009/2010 ...............3.............. 5 1.......4 .... 5 1................................ no Turismo.1 ........................... 9 1...6 ...2 ..........................................................3..... na economia no Estado do Rio de Janeiro – 2008 (%)........... Brasil / Estado do Rio de Janeiro – 2005/2008........Variação percentual do número de Empregos – Brasil e Rio de Janeiro – 2005/2008 .......................................................2............................2.........................1 – Território ................................... 4 1 – Perfil Sociopolítico do Estado do Rio de Janeiro.................................1 – População por Região e Municípios do Estado do Rio de Janeiro .................. 11 1......................................... por setor econômico e porte..............................1.................................. 22 2......... 25 SEBRAE/RJ 3 .................................................................5 ......... 13 2.....................................................................1 ....................................................... ...4 – Exportação e Importação no Estado do Rio de Janeiro – 2009/2010 ....... por porte................................2 ...............3............. segundo categorias de consumo ............................Taxa Média Geométrica de Crescimento Demográfico e Densidade Demográfica do Estado do Rio de Janeiro....................... ...................................... 12 2 .2 ..................................7 ...Variação percentual do número de estabelecimentos – Brasil e Rio de Janeiro – 2005/2008 ..............................Distâncias dos Municípios à Capital do Estado do Rio de Janeiro ... 26 Referências ................................................................................Turismo ..............................................2............. 19 2..1 ....Municípios mais populosos do Estado do Rio de Janeiro .................................................................................2................PIB – 2007...2......4 ........................ em 31 dez.......................................2......................3... 5 1....................... .....................................................Infraestrutura do Estado do Rio de Janeiro .......................................................................................................2 ..... no Estado do Rio de Janeiro – 2008.........2 ..............................................................Consumo familiar do Estado....................... 13 2......................... ..... 19 2............................................ 20 2.................................................Equipamentos.População por Situação de Sexo......... ............................................ por classe econômica.............1 ............................ 8 1.........INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Sumário Lista de Abreviaturas e Siglas ...3 ........2 ... 5 1.........em R$/ano ..............Número de Estabelecimentos por porte................. 6 1............................. 22 2................................................. Regiões e Municípios ............... 16 2................................3 .. 13 2.........................................6 ............... .....3......Perfil Econômico do Estado do Rio de Janeiro ......................2................. no Estado do Rio de Janeiro – 2008/2009...........................1....................................................... segundo as Regiões do Estado do Rio de Glossário ...........3... 7 1....5.......2........Área Territorial do Estado do Rio de Janeiro e suas Regiões .. 18 2..5 ......................... 29 Janeiro ........................... prestadores de serviços e profissionais da Área de Turismo cadastrados no Ministério do Turismo ............................1..............Número de estabelecimentos..... 8 1...................3 ..

Baixada Litorânea. CentroO Estado do Rio de Janeiro é composto por 92 municípios distribuídos em oito regiões de governo: turísticas. Agulhas Negras. Metropolitana. Baixadas Litorâneas. espera-se que este documento consolidado seja uma referência de destaque para os dados sobre micro e pequenas empresas que ratificam sua importante participação no SEBRAE/RJ 4 . Serra Tropical. Costa Doce e do nosso Estado. Serra Verde Imperial. políticas e econômicas Janeiro. Fundamentado em fontes oficiais. Norte Fluminense. Serrana. Vale do Ciclo do Café. Baixada Noroeste das Águas. Sua grande diversidade cultural e geográfica ainda permite identificar regiões Fluminense. com o intuito de democratizar o acesso às informações sociais. criou este documento. Costa do Sol. O Sebrae/RJ. Sul Fluminense e Costa Verde.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Apresentação Metropolitana. para que estudantes. Médio Paraíba. Serra Norte. Vale do Paraíba. pesquisas e reflexões. pesquisadores. empresários e empreendedores o utilizem em seus consulta para aqueles que pesquisam informações sobre o perfil sociopolítico e econômico do Estado. com cenário do Estado do Rio de Janeiro. como Costa Verde. intitulado como Informações Socioeconômicas do Estado do Rio de planejamentos. Noroeste Fluminense.

1 – Divisão Político – Adminis o strativa do E Estado do Rio de Janeir R ro TABE ELA 1 .2 .ÁREA T TERRITORIAL D ESTADO DO RIO DE JANE DO O EIRO E SUAS RE EGIÕES LOCALIDA ADE Estado Região Norte e Fluminense Região Serran na Região das orâneas Baixadas Lito Região Noroe este Fluminense Região Médio o Paraíba Região Metropolitana Região Centr ro-Sul Fluminense Verde Região da Co osta ÁREA TOTAL EM A KM² 43.7 9 6.84 12.185.028.397. a Região da Costa Ver o rde aparece co omo a menos numerosa nest critério (3).68 6. extensão. Anuário Estatístico 2009 E 9 O Estado do Rio de Janeiro possui uma e extensão territ torial de 43.68 6.39 12.27 15. correspondendo a 20% do Estado e. e a Região da C % Costa Verde a menor.2 27 20 15.7 6 4. 1.47 15 25 22.1.1.27 14. send a Região No do orte Fluminens a maior em se m upando 22.INFORMAÇÕ SOCIOECON ÕES NÔMICAS DO E ESTADO DO RI DE JANEIRO IO O 1 – Perfil S Sociopolíti do Esta ico ado do Rio de Janeiro o 1.426.2 10.13 27 12.92 6 5.6 2 PERCENTUAL N P NO ESTADO (%) 22.Áre Territoria do Estado do Rio de Janeiro e suas Regiões ea al o s TABE ELA 2 .674.3 5 5.6 km². ocu SEBRAE/RJ 5 .47% do total do território.39 12.13 10. % em contrapos sição.9 6 5.8 3 2.747.3 5 6. ocupando 5.47 10 5 0 Norte Fluminense Baixadas Litorâneas Noroeste Fluminense Centro-Su Fluminense ul Serrana Médio Paraíb ba Metropolitan na Costa Verde Figura 2 Fundação CE EPERJ.84 . Anuário Estatístico 200 09 Médio Pa araíba 13% % Centro-Sul 11% 1 Norte 10% minense Flum Fluminense F ta Cost Verde 3% Metropolitana a ense Flumine 14% % Serrana 15% Noroeste 20% Litorâ âneas 14 4% Baix xadas Observa-se q a Região M que Metropolitana a apresenta o maior número de municípios ( d (18).27% do Estado. com um perce n te entual de 3% no total do te erritório estadu ual. 14.76 66.935.DIVISÃ POLÍTICO-A ÃO ADMINISTRATIVA DO ESTADO DO RIO DE J O JANEIRO Regiões de Governo Estado Região Metro opolitana Região Serra ana Região das B Baixadas Litorâneas Região Noroeste Fluminense Região do Médio Paraíba Região Centr ro-Sul Fluminense Região Norte Fluminense e Região da Co osta Verde Núm mero de Município por Região os 92 18 14 13 13 12 10 9 3 Figura 1 Fundação C CEPERJ.370.3 4 3.92 5.1 – Territ tório 1.766.6 9.

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1.Distâncias dos Municípios à Capital do Estado do Rio de Janeiro TABELA 3 .3 .DISTÂNCIAS DOS MUNICÍPIOS À CAPITAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO LOCALIDADE Distância (km) 25 17 47 40 58 54 33 28 24 11 30 61 41 18 20 54 54 Barra do Piraí Barra Mansa Itatiaia Pinheiral 116 134 124 130 118 141 98 44 162 88 152 109 60 150 89 137 121 122 75 113 101 40 64 136 114 72 88 Carapebus Cardoso Moreira Conceição de Macabu Macaé Quissamã São Fidélis São Francisco de Itabapoana São João da Barra 114 86 158 Areal Comendador Levy Gasparian Engenheiro Paulo de Frontin Mendes Miguel Pereira Paraíba do Sul Paty do Alferes Sapucaia Três Rios Vassouras Piraí Porto Real Quatis Resende Rio Claro Rio das Flores Valença Volta Redonda Aperibé Bom Jesus do Itabapoana Cambuci Italva Itaocara Itaperuna Laje do Muriaé Miracema Natividade Porciúncula Santo Antônio de Pádua São José de Ubá Varre-Sai LOCALIDADE Distância (km) 182 252 199 227 178 232 219 195 242 246 185 215 258 Região Metropolitana Belford Roxo Duque de Caxias Guapimirim Itaboraí Itaguaí1 Japeri Magé Mesquita Nilópolis Niterói Nova Iguaçu Paracambi Queimados São Gonçalo São João de Meriti Seropédica Tanguá Região Noroeste Fluminense Região Médio Paraíba 80 107 146 92 77 123 121 136 97 90 89 101 Região Serrana Bom Jardim Cantagalo Carmo Cordeiro Duas Barras Macuco Nova Friburgo Petrópolis Santa Maria Madalena São José do Vale do Rio Preto São Sebastião do Alto Sumidouro Teresópolis Trajano de Morais Região Centro-Sul Fluminense 75 97 62 68 56 83 57 105 87 72 Região das Baixadas Litorâneas Araruama Armação dos Búzios Arraial do Cabo Cabo Frio Cachoeiras de Macacu Casimiro de Abreu Iguaba Grande Maricá Rio Bonito Rio das Ostras São Pedro da Aldeia Saquarema Silva Jardim Região Norte Fluminense Campos dos Goytacazes 232 178 227 165 158 199 205 292 263 Região da Costa Verde Angra dos Reis Mangaratiba arati Obs.: Os dados da tabela referem-se à distância do município em relação à capital da UF.1. da sede do município em referência até a sede da capital da UF. IPC TARGET 2010 1 Itaguaí passou a fazer parte da Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro em razão da Lei Complementar nº 130 de 21 de outubro de 2009. calculada em linha reta. SEBRAE/RJ 6 .

691 48.018 7.474 205.192 Volta Redonda Barra Mansa Resende Barra do Piraí Valença Itatiaia Piraí Pinheiral Rio Claro Porto Real Quatis Rio das Flores Região Centro-Sul Fluminense 242.456 759.418 138.204 15.854 6.261 459.003 15.095 10.461 49.695 Campos dos Goytacazes Macaé São Francisco de Itabapoana São Fidélis São João da Barra Conceição de Macabu Quissamã Cardoso Moreira Carapebus 406.2 – Demografia 1.682 18.338 153.515 QUANT.064 23.901 Fundação CEPERJ.789 27.549 88.265 18.157 12.621 8.655 27. 297.402 4.289 14.886 637.476 434.1 – População por Região e Municípios do Estado do Rio de Janeiro TABELA 4 .739 22.710.451 449.931 23.089 255.038 8.692 33.666 Angra dos Reis Parati Mangaratiba 119.260 82.475 37.595 8.952 15.828 96.651 19.924 698.391.119 775.670 12.103 Petrópolis Nova Friburgo Teresópolis Bom Jardim Cantagalo São José do Vale do Rio Preto Cordeiro Carmo Sumidouro Santa Maria Madalena Duas Barras Trajano de Morais São Sebastião do Alto Macuco Região das Baixadas Litorâneas 286.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1.278 65.164 9.002 Itaperuna Santo Antônio de Pádua Bom Jesus do Itabapoana Miracema Itaocara Porciúncula Natividade Cambuci Italva Aperibé Laje do Muriaé Varre-Sai São José do Ubá Região Médio Paraíba 86.835 19.625 254.601 15.410 31.783 Cabo Frio Rio das Ostras Araruama Marica São Pedro da Aldeia Saquarema Rio Bonito Cachoeiras de Macacu Arraial do Cabo Casimiro de Abreu Silva Jardim Armação dos Búzios Iguaba Grande Região da Costa Verde 126.544 24.476 10.334 10.989 132.282 LOCALIDADE Região Noroeste Fluminense QUANT.419 82.976 37.227 52.247 29.503 66.451 24.730 7.145 36.479 161. a seguir.118 19.902 17.POPULAÇÃO POR REGIÃO E MUNICÍPIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Estado LOCALIDADE Região Metropolitana Rio de Janeiro São Gonçalo Duque de Caxias Nova Iguaçu Niterói São João de Meriti Belford Roxo Magé Itaboraí Mesquita Nilópolis Queimados Japeri Seropédica Itaguaí Paracambi Guapimirim Tanguá Região Serrana 14.152 21.537 173.803 76.461 41. Anuário Estatístico 2009 Observa-se na tabela anterior e no gráfico.081 22.909 7.278 18.877 22.063 170.057 752. 10.712 121.857.904 891.289 17.737 63.003 40.125 14.228 12.782 13. SEBRAE/RJ 7 .543 23.308 24.753 104.830 187.899 7.674 12.993 83.952 26.481 16.696 5.296 Três Rios Paraíba do Sul Vassouras Paty do Alferes Miguel Pereira Mendes Sapucaia Engenheiro Paulo de Frontin Areal Comendador Levy Gasparian Região Norte Fluminense 71.176 10.413 785.720 38. que a Região Metropolitana concentra o maior número de municípios com alto número demográfico do Estado.2.

Municípios mais populosos do Estado do Rio de Janeiro TABELA 5 – MUNICÍPIOS MAIS POPULOSOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (%) Municípios Estado Rio de Janeiro São Gonçalo Duque de Caxias Nova Iguaçu Niterói São João do Meriti Belford Roxo Campos dos Goytacazes Petropólis Volta Redonda População 14.População por Situação de Sexo.Mulheres Faixa Etária 0 – 4 anos 5 – 9 anos 10 – 14 anos 15 – 19 anos 20 .29 anos 30 – 49 anos 50 + anos Quant.335 7.7 3.821.138 4.0% 3.063 % * 40.319 2. 6.2. seguida pela faixa de 50 ou mais anos.7% Rio de Janeiro Duque de Caxias Niterói Belford Roxo Petrópolis São Gonçalo Nova Iguaçu São João de Meriti Campos dos Goytacazes Volta Redonda Figura 3 Fundação CEPERJ.0% 1.4 5. é onde se encontram os municípios com maior concentração populacional.372 Quant.Homens Urbana .3% 5.2% 40.391.857.900. Na Região Metropolitana.603.0 1.POPULAÇÃO POR SITUAÇÃO DE SEXO.Mulheres Rural . dos dez mais populosos.466 6.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1.537 242.7 6.816 296.2 3.391.292 2. 1.451 449.195.1 3.7% 2.Total Urbana .807.0 2.181.466. Observa-se que a população é predominantemente urbana e apresenta uma participação masculina equivalente à feminina em uma proporção de 92 homens para cada 100 mulheres.891 7.894 Fundação CEPERJ.947 Quant. representando 74.42% da população estadual.119 775.229 1.Total Rural – Homens Rural .Total Homens Mulheres Por Situação de Domicílio e Sexo Urbana .989 286.575 569. 1. Anuário Estatístico 2009 O Estado do Rio de Janeiro tem uma população de 14.476 434.2 .3 3. sendo que.2 5.221.8 2. sete são desta região.2% 5. A maioria da população encontra-se na faixa etária entre 30 e 49 anos.8% 2.3 . 13.2.217.456 754.4% 6. DOMICÍLIO E FAIXA ETÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Por Sexo . SEBRAE/RJ 8 .282 habitantes.262 1.148 1.444 273.203.316. Anuário Estatístico 2009 Este gráfico permite a visualização dos municípios mais populosos do Estado.474 406.282 5.1% 3.904 891.519 459. Domicílio e Faixa Etária TABELA 6 .490.

38 1.66 78.31 7.68 1.2.52 3.80 3.24 15.33 108.48 4.46 1.2000-2007 TABELA 8 .89 4.95 0.87 107.02 0.99 1.16 26.29 0.58 1.38 0.12 DEMOGRÁFICA (2000/2007 (%)) Estado Região Metropolitana Rio de Janeiro Belford Roxo Duque de Caxias Guapimirim Itaboraí Japeri Magé Mesquita Nilópolis Niterói Nova Iguaçu Paracambi Queimados São Gonçalo São João de Meriti Tanguá Seropédica Região Serrana Bom Jardim Cantagalo Carmo Cordeiro Duas Barras Macuco Nova Friburgo Petrópolis Santa Maria Madalena São José do Vale do Rio Preto São Sebastião do Alto Sumidouro Teresópolis Trajano de Morais Região das Baixadas Litorâneas Araruama Armação dos Búzios Arraial do Cabo Cabo Frio Cachoeiras de Macacu Casimiro de Abreu Iguaba Grande Maricá Rio Bonito Rio das Ostras São Pedro da Aldeia Saquarema Silva Jardim Região da Costa Verde Angra dos Reis Mangaratiba Parati 55.953.36 22.04 311.22 -0.44 1.60 216.30 85.66 3.06 0.37 0.77 56.78 148.655.03 1.583.07 71.65 1.12 179.19 2.72 52.65 178.47 12.023.78 0.01 0.98 -0.74 1.13 42.62 1.53 0.14 1.34 27.67 165.81 53.19 1.11 -0.08 2.36 1.26 0.330.992.52 253.449.90 50. Regiões e Municípios .70 145.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1.89 151.27 1.47 1.07 187.65 16.11 12.40 0.64 2.81 1.17 0.59 309.59 3.48 81.73 50.00 1.71 26.10 -0.76 1.36 2.28 86.285.20 -0./km²) Crescimento anual (2000/2007 (%)) ************ 0.20 182.62 37.49 41.14 3.84 210.40 43.47 38.53 0.56 1.67 0.54 100.11 5.16 31.48 0.27 2.67 Fundação CEPERJ.91 3.83 31.34 1.16 31.30 3.30 47.33 1.09 0.46 0.15 35.28 2.81 1.57 152.60 3.62 0.12 0./km²) 328.08 0.90 0.03 19.590.52 DEMOGRÁFICA (hab.81 0.63 10.04 0.45 0.923.65 1.90 104.30 1.67 89.63 1.36 95.22 59.32 0.0 63.78 1.47 243.37 0. Anuário Estatístico 2009 SEBRAE/RJ 9 .97 -0.03 0.69 0.45 -0.63 106.19 126.36 0.TAXA MÉDIA GEOMÉTRICA DE CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO E DENSIDADE DEMOGRÁFICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.96 184.Taxa Média Geométrica de Crescimento Demográfico e Densidade Demográfica do Estado do Rio de Janeiro.67 1.46 62.07 532.25 0.12 -0.4 .45 1.41 129.93 117.33 2.415.51 0.18 2.80 359.77 19.64 Região Noroeste Fluminense Aperibé Bom Jesus do Itabapoana Cambuci Italva Itaocara Itaperuna Laje do Muriaé Miracema Natividade Porciúncula Santo Antônio de Pádua São José do Ubá Varre-Sai Região Médio Paraíba Barra do Piraí Barra Mansa Itatiaia Pinheiral Piraí Porto Real Quatis Resende Rio Claro Rio das Flores Valença Volta Redonda Região Centro-Sul Fluminense Areal Comendador Levy Gasparian Engenheiro Paulo de Frontin Mendes Miguel Pereira Paraíba do Sul Paty do Alferes Sapucaia Três Rios Vassouras Região Norte Fluminense Campos dos Goytacazes Carapebus Cardoso Moreira Conceição de Macabu Macaé Quissamã São Fidélis São Francisco de Itabapoana DENSIDADE LOCALIDADE Geométrica de Taxa média DENSIDADE (hab.59 102.07 107.82 2.52 3.04 58.84 224.07 2.27 21.33 0.50 308.51 68.03 1.82 0.87 436.858.48 3.53 84.99 0.30 158.38 3. REGIÕES E MUNICÍPIOS Taxa média LOCALIDADE Geométrica de Crescimento anual 0.20 1.45 1.27 250.43 89.21 0.58 72.70 0.05 1.499.16 35.83 87.36 25.91 63.25 -0.46 24.52 36.36 -0.34 1.59 0.73 34.83 237.49 4.73 48.44 -0.35 47.03 -0.02 83.

que integra a Região Serrana. A densidade demográfica é calculada./km²./km². que apresentou uma taxa média de 10. SEBRAE/RJ 10 .82%. é o que concentra o maior número de pessoas por quilômetro quadrado. apresentando 12.20 hab. dividindo-se o número da população residente pela área terrestre do Estado. O município que obteve o maior crescimento médio neste período foi Rio das Ostras. entre os anos de 2000 a 2007. o Município de São João de Meriti. Verifica-se uma concentração de 328.08 habitantes por quilômetro quadrado.83 hab. pertencente à Região das Baixadas Litorâneas. enquanto Santa Maria Madalena. A população do Estado cresceu em média 0.953. pertencente à Região Metropolitana.99% ao ano. superior ao percentual apresentado pela sua região e pelo Estado. no Estado do Rio de Janeiro.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO A taxa média geométrica de crescimento demográfico permite identificar o crescimento da população em uma determinada localidade em um período de tempo específico. é o que apresenta menor densidade demográfica. Constata-se que. com um número correspondente a 12.

792 0.762 0.786 0.Índice de Desenvolvimento Humano – IDH 2000.800 0.766 0.732 0.769 0.763 0. desmembrado de Nova Iguaçu e instalado em 1º de janeiro de 2001” e. foi criado o Município de Mesquita.712 0.787 0.732 0. pela Lei Estadual n.756 0.688 3 / Alto 5 / Médio-Alto 6 / Médio-Alto 8 / Médio-Alto 10 / Médio 13 / Médio 25 / Médio 31 / Médio 32 / Médio 58 / Médio 64 / Médio 66 / Médio 22 / Médio 26 / Médio 29 / Médio 33 / Médio 40 / Médio 43 / Médio 51 / Médio 53 / Médio 59 / Médio 84 / Médio 17 / Médio 54 / Médio 61 / Médio 62 / Médio 65 / Médio 74 / Médio 81 / Médio 89 / Médio 90 / Médio Região Centro-Sul Fluminense Fundação CEPERJ.736 0.733 0.815 0.731 Região da Costa Verde 0.753 0.771 0.774 0. Em 25/09/99.806 0.781 0.734 0.775 0.739 0.782 0.782 0.789 0. 10 foram criados em 1995.753 0.2.741 0. e foram instalados em janeiro de 1997.º 3.754 0.743 0.777 0. quando tomaram posse seus primeiros prefeitos e vereadores.718 Região Norte Fluminense 0. Anuário Estatístico 2009 2 De acordo com a Fundação CEPERJ. Regiões e Municípios. TABELA 9 .Alto Região Metropolitana LOCALIDADE IDH Região Noroeste Fluminense LOCALIDADE IDH Classificação de Índice Ranking Estadual / Classificação de Índice Ranking Estadual / Niterói Rio de Janeiro Nilópolis São Gonçalo São João de Meriti Paracambi Nova Iguaçu Seropédica Duque de Caxias Magé Belford Roxo Guapimirim Itaboraí Itaguaí Queimados Japeri Tanguá Mesquita2 Nova Friburgo Petrópolis Teresópolis Cordeiro Cantagalo Macuco Carmo Santa Maria Madalena Bom Jardim Trajano de Morais São Sebastião do Alto São José do Vale do Rio Preto Duas Barras Sumidouro Iguaba Grande Cabo Frio Armação dos Búzios Arraial do Cabo Marica Casimiro de Abreu São Pedro da Aldeia Rio das Ostras Rio Bonito Saquarema Araruama Cachoeiras de Macacu Silva Jardim Mangaratiba Parati Angra dos Reis 0.753 0.710 0.788 0.723 0.768 0.742 0.722 -xRegião Serrana 0.807 .804 0.781 0.772 1 / Alto 2 / Alto 19 / Médio 23 / Médio 35 / Médio 39 / Médio 45 / Médio 47 / Médio 52 / Médio 57 / Médio 60 / Médio 63 / Médio 67 / Médio 42 / Médio 73 / Médio 77 / Médio 82 / Médio -x4 / Alto 7 / Médio-Alto 16 / Médio 18 / Médio 28 / Médio 41 / Médio 44 / Médio 69 / Médio 70 / Médio 79 / Médio 80 / Médio 83 / Médio 86 / Médio 87 / Médio 9 / Médio 11 / Médio 12 / Médio 14 / Médio 21 / Médio 24 / Médio 27 / Médio 34 / Médio 37 / Médio 46 / Médio 49 / Médio 55 / Médio 75 / Médio 15 / Médio 30 / Médio 36 / Médio Itaperuna Itaocara Aperibé Santo Antônio de Pádua Bom Jesus do Itabapoana Natividade Cambuci Miracema Porciúncula Italva São José do Ubá Laje do Muriaé Varre-Sai 0.762 0.791 0.724 0.747 0. destes. Levy Gasparian Sapucaia Paty do Alferes Macaé Campos dos Goytacazes São Fidélis Carapebus Conceição de Macabu Quissamã São João da Barra Cardoso Moreira S. “27 municípios foram criados entre 1986 e 1995.780 0.777 0.771 0.796 0.733 0.775 0.739 0.5 .ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO – IDH 2000 DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.720 0.752 0.752 0.842 0.791 0.732 0.718 0.706 0.730 0.724 0. REGIÕES E MUNICÍPIOS Estado 0.779 0.809 0.790 0.790 0.790 0.742 0.772 0.679 Região Médio Paraíba 20 / Médio 38 / Médio 48 / Médio 50 / Médio 56 / Médio 68 / Médio 71 / Médio 72 / Médio 76 / Médio 78 / Médio 85 / Médio 88 / Médio 91 / Médio Volta Redonda Resende Barra Mansa Itatiaia Pinheiral Quatis Barra do Piraí Piraí Valença Porto Real Rio das Flores Rio Claro Três Rios Vassouras Miguel Pereira Mendes Paraíba do Sul Areal Engº Paulo de Frontin Comend.759 0.741 0.253.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1.738 0.756 0.737 0.723 0.712 Região das Baixadas Litorâneas 0. SEBRAE/RJ 11 . do Estado do Rio de Janeiro.770 0.790 0.775 0.723 0.796 0. por este motivo.747 0.810 0.777 0.781 0. não constam dados de IDH do Município de Mesquita.886 0.Francisco de Itabapoana 0.737 0.

É calculado com base na: renda familiar per capita (soma dos rendimentos divididos pelo número de habitantes). SEBRAE/RJ 12 . taxa de alfabetização de maiores de 15 anos (número médio de anos de estudos da população local). assim como das condições de atendimento às necessidades básicas da população local. conforme dados oficiais do Relatório Anual de Informações Sociais 2008. localidades com médio desenvolvimento humano (IDH entre 0. seguido do Município do Rio de Janeiro. 1.TURISMO E CULTURA Estabelecimentos Hoteleiros Cinema (Filmes e Vídeos) Teatro. atividades artísticas Museus e Conservação do Patrimônio Histórico Biblioteca e Arquivos NÚMERO DE ESTABELECIMENTOS 2.8) e localidades com alto desenvolvimento humano (IDH acima de 0. Niterói ocupa a primeira posição.807.2. expectativa de vida dos moradores (esperança de vida ao nascer).6 . No ranking estadual. Variando de zero a um. o IDH classifica os municípios segundo três níveis de desenvolvimento humano: localidades com baixo desenvolvimento humano (IDH até 0.Infraestrutura do Estado do Rio de Janeiro TABELA 10 .INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO O IDH permite medir o desenvolvimento de uma população além da dimensão econômica.334 12.FINANCEIRO E COMUNICAÇÃO Agências dos Correios Agências Bancárias NÚMERO DE ESTABELECIMENTOS 611 1.823 MTE/RAIS 2008 A leitura das tabelas anteriores permite identificar a estrutura básica do Estado.843 MTE/RAIS 2008 Hospitais Gerais Postos de Saúde TABELA 12.8). apresentando um índice de 0. Quanto mais próximo de um.842. mais alto é o desenvolvimento humano. A infraestrutura é um dos aspectos que devem ser considerados na análise das condições básicas favoráveis à implantação e à operação de empresas.121 1.5).EDUCAÇÃO Ensino Pré-escolar Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior (graduação) NÚMERO DE ESTABELECIMENTOS 1.841 4. com um índice de 0.5 e 0.SAÚDE TP QUANTIDADE OFERECIDA 1. O Estado do Rio de janeiro está classificado como de alto desenvolvimento humano.003 217 MTE/RAIS 2008 TABELA 11.886. com o índice de 0.203 149 109 49 51 MTE/RAIS 2008 TABELA 13. músicas.

920 4.02 ******* ******* ******* ******* Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística .498 6.705 84.06 0.296 322.978 1.354 28.230 1.664 56.359 345.107.04 0.834 456.493.1 .233 2. EM VALORES CORRENTES E PARTICIPAÇÃO (%) EM RELAÇÃO AO PIB TOTAL DO ESTADO.05 0.757 1.1 – Produto Interno Bruto 2.845 139.737.02 0.957.30 0.167.068 7.05 0.11 0.51 0. em Localidade valores correntes (R$ mil) – 2007 296.40 1.06 Estado Região Serrana Petrópolis Nova Friburgo Teresópolis Cantagalo Bom Jardim Carmo Cordeiro São José do Vale do Rio Preto Sumidouro Duas Barras Santa Maria Madalena Trajano de Morais São Sebastião do Alto Macuco ******** ******** ******** ******** PIB .187.185 82.1.51 2.639 69.498.697 904.764 10.326 1.12 0.693 185.05 0.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2 .929 3.893 Participação (%) em Relação ao PIB Total 100. DAS REGIÕES E DOS MUNICÍPIOS DO RIO DE JANEIRO.07 1.810.867 138.962 3. Região Metropolitana e Serrana TABELA 14.767. em valores correntes e Participação (%) em relação ao PIB Total do Estado.40 0.03 0.870.00 2.901 2.873 ******* ******* ******* ******* Participação (%) em Relação ao PIB Total 100.485 362.871.50 0.764 207.PIB – 2007.0 3.IBGE SEBRAE/RJ 13 .805 154.0 70.Perfil Econômico do Estado do Rio de Janeiro 2.204 61.503.34 1.330 176. em Localidade valores correntes (R$ mil) – 2007 Estado Região Metropolitana Rio de Janeiro Duque de Caxias Niterói São Gonçalo Nova Iguaçu São João de Meriti Belford Roxo Itaguaí Magé Itaboraí Nilópolis Mesquita Queimados Seropédica Japeri Guapimirim Paracambi Tanguá 296.62 0.198. das Regiões e dos Municípios do Rio de Janeiro.02 0.15 0.40 0.642 1.111.17 0.PIB – 2007. PIB .559.59 0.48 3.06 0.70 0.663 190.12 0.007 124.143.067.03 9.828 504.04 47.457.02 0.767.84 0.860 8.

425 129.597 614.048 144.500 101.IBGE SEBRAE/RJ 14 .540.406 357.188 6.PIB – 2007.34 0.767.892 305.256 4.386 1.92 0.0 0.03 0.05 0.09 0.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Região das Baixadas Litorâneas e Noroeste Fluminense TABELA 15. PIB .006.200 869.347 503.802 162.767.864 100.420 146.87 1.188 3.220 ******* ******* 100.28 0.585 2.142 746.0 6.20 0. EM VALORES CORRENTES E PARTICIPAÇÃO (%) EM RELAÇÃO AO PIB TOTAL DO ESTADO.186.08 0.767. em Participação (%) em Relação ao PIB Total valores Localidade correntes (R$ mil) – 2007 296.08 0.08 0.764 17.454 2.217.228.560 272.40 0.561 598.01 Itaperuna Santo Antônio de Pádua Bom Jesus do Itabapoana Itaocara Miracema Porciúncula Natividade Cambuci Italva Varre-Sai Laje do Muriaé Aperibé São José de Ubá Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística .330 184.764.10 0.444 Participação (%) em Relação ao PIB Total 100.98 1.04 1.471 283.770 231.22 0.897 1.04 Estado Região Noroeste Fluminense PIB .04 0. PIB . em Localidade Estado Região das Baixadas Litorâneas Cabo Frio Rio das Ostras Casimiro de Abreu Armação de Búzios Rio Bonito Araruama Maricá Saquarema Cachoeiras de Macacu São Pedro da Aldeia Arraial do Cabo Iguaba Grande Silva Jardim valores correntes (R$ mil) – 2007 296.834 59.7941.03 2.055.27 Estado Região Centro-Sul Fluminense Três Rios Paraíba do Sul Vassouras Miguel Pereira Sapucaia Paty do Alferes Areal Mendes Comendador Levy Gasparian Engenheiro Paulo de Frontin ******** ******** PIB.733.133 112.536 54.06 0. DAS REGIÕES E DOS MUNICÍPIOS DO RIO DE JANEIRO.111 152.74 0.606 5.318.684 842.74 0.277 386.764 3.115 657.767.641 95.06 0.04 0.083 103.732 973.961 129.02 0.510 208.04 0.581 1.05 0.20 0.771 248.046 120.06 0.29 0.058 142.055 194.33 ******* ******* Participação (%) em Relação ao PIB Total Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística .PIB – 2007.02 0.926 185.0 1.0 5.59 0.984 59.154 72.764 1. em valores Localidade correntes (R$ mil) – 2007 Estado Região Médio Paraíba Volta Redonda Resende Porto Real Barra Mansa Barra do Piraí Pirai Valença Itatiaia Rio das Flores Pinheiral Rio Claro Quatis 296.IBGE Região do Médio Paraíba e Centro-Sul Fluminense TABELA 16. em Localidade valores correntes (R$ mil) – 2007 296.04 0.17 0.764 2.12 0.07 0.542 Participação (%) em Relação ao PIB Total 100.02 0.020 1.23 0.10 0.05 0.44 0. EM VALORES CORRENTES E PARTICIPAÇÃO (%) EM RELAÇÃO AO PIB TOTAL DO ESTADO.280 1.165. DAS REGIÕES E DOS MUNICÍPIOS DO RIO DE JANEIRO.749.03 0.41 0.989 127.07 0.030 698.04 0.699.03 0.13 0.35 0.215.187.25 0.

Bacia d Campos e Região da Costa Verde.982 827. a mação. e Indústria que engloba Extrativa Mineral.0 10.123 2.7 767.01 2.9 925 6.07 5. Tra .Produ Interno Bru é um indica uto uto ador que mede a produção de um país.008.0 2. do estad da região o do municíp 2. Transform Serviços.39 95. Serviço Industriais d Utilidade Pú os de ública e Construção Civil.IBGE uto E O PIB . ansporte.764 5. O PIB identific a capacidad de geração de riqueza do país.767.11 ******* ******* ******* ******* ******* Institu Brasileiro de Geografia e Estatística .181 2.326 329 9.14 0.183 3 100.04 4 1.Pa articipação das Regiõ no PIB do Estado do Rio de Janeiro – 2 o ões 2007 (%) Região Me etropolitana 3.92 70.57 Relação ao PIB Total Participa ação (%) em PIB .742.13 0 0. que incluem Comércio.10 0 0.P – 2007. O. lev e d vando em conta três grupos principais: s Agropecuária. rte de a TABELA 17.385.98 0.78 Região do o Médio Paraíb ba Região Centro Sul Flum minense 2. Extrativa V Vegetal e Pecuária.24 41 132.78 7. ica ca de do.5 57 Região No orte Fluminense Região da Costa Verde Instituto Brasileiro de G Geografia e Est tatística – IBGE E Região Serrana Região das Baixadas Litorâneas Região No oroeste SEBRAE/RJ 15 5 .118 4. em valores m Localidade e corren ntes (R$ mil) – 2007 Pa articipação (%) em Relação ao PIB Total Campos dos Goytacazes Macaé Quissamã São João da B Barra Carapebus São Francisco do Itabapoan o na São Fidélis Conceição de Macabu e Cardoso More eira Angra dos Reis Mangaratiba Itaguaí Parati ******* 1.558 *** ***** *** ***** *** ***** *** ***** *** ***** ******* ******* ******* ******* 100.04 10. EM VALORES COR PIB RRENTES E PAR RTICIPAÇÃO (% EM RELAÇÃO AO PIB TOTA %) O AL DO ESTADO DAS REGIÕES E DOS MUNICÍPIOS DO RIO DE JANEIRO.03 0 Estado Região Costa V Verde 296. Comunicação.77 74 380.50 03.764 32.0 098 20. formada por Agricultu a ura.15 0.11 0 0.28 0 0.04 0 0.92 0 0.INFORMAÇÕ SOCIOECON ÕES NÔMICAS DO E ESTADO DO RI DE JANEIRO IO O Região Nor Fluminense.132. em m valores Localidade correntes (R$ mil) – ) 2007 7 Estado Região Norte F Fluminense 296.2 .85 54 330.379 407 7.45 53 304.56 62 88. O PIB .40 6.1.48 0.84 0.815. a. Serv viços da Admin nistração Públi e outros se erviços. ou pio.

consumo per capita ou consumo médio é o resultado da divisão entre o 3 Registra-se que o atual salário mínimo nacional é de R$510.400.2 .000 400.519 domicílios.00 (*) classe D = 600.00 O Estado do Rio de Janeiro apresenta o universo de 4.00 (*) classe B1 = 4.CONSUMO PER CAPITA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (R$/ANO) Urbano Rural 16.259 1.328.23%.324 4.191.014. Este indicador está desdobrado para as áreas urbana e rural e é expresso em R$/ano.00 (*) classe C2 = 950.000.975. De acordo com o estudo Brasil em Foco 2009.65 IPC TARGET 2010 potencial de consumo esperado pelo total da população residente.00 (*) classe E = 400.2.519 1 .INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2.941 750.00 (*) classe B2 = 2.300.NÚMERO DE DOMICÍLIOS URBANOS/CLASSES ECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Econômicas A1 A2 B1 B2 C1 C2 D E Total Número de Domicílios Urbanos Classes Número de Domicílios Urbanos 28.200.061.290.685 244. maior que o da área rural do Estado.003 1.Número de Domicílios Urbanos / Classes Econômicas do Estado do Rio de Janeiro TABELA 18 .Consumo Per Capita do Estado do Rio de Janeiro (R$) TABELA 19 .600.000 1 .975.000 600.000 1 . SEBRAE/RJ 16 .1 .033 540. Observa-se que o consumo per capita urbano é 75.00.400.304 45.400.9% deles são de famílias pertencentes à Classe Econômica “C1” que possuem renda familiar mensal em torno de R$ 1.000 0 A1 A2 B1 B2 C1 C2 D E Classes econôm icas Figura 5 IPC TARGET 2010 T Classes econômicas (Renda Média Familiar Mensal – em R$)3 (*) classe A1 = 14.100.43 5.00 (*) classe A2 = 8.00.400. sendo que 25. (*) classe C1 = 1.2 – Potencial de Consumo 2.000 200.000 800.970 1.00 2.2.

593.em TABELA 20 .829.216.782.023.585 1.533.581. sapateiros.070.403 122.878 4.705.945 6.273.464.298 4.950 145.295.603 130.075.244.630.501 170.404 D 2.CONSUMO FAMILIAR DO ESTADO POR CLASSE ECONÔMICA.980.486 129. alfaiates.276.590.368 538.881.282 257. SEGUNDO CATEGORIAS DE CONSUMO EM R$/ANO.596 404.187.812 2.005 5.243.088.238 75.337.698.604 531.785.281 1.382 622.414.438 2.312.470 407.264 97. tarifas bancárias.260.748.899 A2 3.047.687.176 2.655.521.614. pedicuros.498.176 3.269.014.690.264 322.207.492.762.925.058 792.586.587 498.111.179.824. imposto sobre serviços.895 3.051. costureiras.087 5.674 B1 6.420.877 748.336 881.441 473.073.991 12.174 129.014.918.557 77.201.482.652 191.633. cerimônias familiares e práticas religiosas.450.398 238.286 1.027 4.815 59.423.413 1.574 64.983.492 252.119 38.388 1.839 5.813.506.697 2.001.518.397 502.268 11.474.360 1.417.927 1. justiça do trabalho e seguro de vida.232 2.397.527.196 7.552.329 145.087 161.940.007.150 18.482 869.690.305 14.404.704 225.650.170 1.357.269 240.746 1.422.205.248.524 1.631 59.682.362.176.419.283.366 B2 7.929.617 5.309 362.510.515.119 1.116.587 2.551 5.097 1.688 596.610 332.925. por classe econômica.728.646.608.322.046.141.942 133.398.533 487.047.659.830.744.246.435.474 257.207.142 3.675.365.830 13.267.2.824.528 1.571 2.620 4.529. segundo categorias de consumo .168.234.184.492.725 259.410.007 2.647.335.139.916 19.570.067 621.802.502 6.460.770.020 803.221 1.569.147.648.122.654 2.672 13.098 774.340 231. imposto de renda.226.651 C2 3.307.302 47.492 295.469 18.406 11.074 3.474.410.145 1.403.241.262.446.333 3.538.832 300.464.397.943.155.049 11.916 13. pensão alimentícia.900.453 901.456.437 402.489 425.257 1.907 2.454.973.122.105.468.272 2.591.245.062.851 483. serviços de cartório e profissionais (advogados.541 1.253 388. empréstimos e carnês e outros investimentos.171.281 777.775 2.536.362. imóveis.472 164.102 194.977.187.649.719 21.297.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO R$/ano 2.834 mensalidades Despesas com recreação e cultura Despesas com viagens Fumo Outras despesas4 Total do consumo urbano 201.762 20.069.3 .906.340.395.204 860.929.491.456 648.304.260 2.707 414.616.235.025.229 Gastos com medicamentos Outras despesas com saúde Livros e material escolar Matrículas e 137.493 1.289 48.604.089 39.970. reforma e manutenção de jazigos.954.112 298.619 2.267.313.951 164.338 C1 5.599 3.393.557 96.916 2.983.352. flores.736 1.Consumo familiar do Estado.045.780 35. empregados domésticos.033.276 139.869.137.779.816 371.864.785.955.802.859.977.530.208.750 2.952.596.464 118. construção.449 93.600.245.271 146.038.378.188 2.097.994.671. relojoeiros.253.581 Total 29.627.738.253 515. jogos de azar e apostas.544 1.367.098 IPC TARGET 2010 4 Outras Despesas refere-se aos gastos com cabeleireiros.857 40.174.945. Categoria de consumo/classe econômica domicílio Alimentação no Alimentação fora do domicílio Bebidas Manutenção do lar Artigos de limpeza Mobiliários e artigos do lar Eletrodomésticos e equipamentos Vestuário Calçados Outras despesas com vestuário Transportes urbanos Gastos com Higiene e cuidados pessoais veículo próprio confeccionado A1 468.177.198 4.386 284.521.697 730.540 266.559.641.047. alimentos e outros produtos para animais.604.009.898 20.901 26.984 932.291 462. reformas de imóveis. tinturarias.578.567 10.052. contadores).657 2.989.087 26.276.442.960.745.510.554. Compreende ainda aumento do ativo e diminuição do passivo referente a pagamento de prestações para aquisição de veículos.361.572. barbeiros.515.284.620.837 277.303 5.337.121.003.034. aluguel de aparelhos e utilidades de uso doméstico.420 712.929.303.257 7.600 72.870 29.785.607.093 101.725.859.930 3.944.802 1.784.046. SEBRAE/RJ 17 . contribuições trabalhistas à previdência social e associações de classe.350 E 85. despachantes.417.862.455 10.717 1.343.161.436. fotografias para documentação.624 120.969.655.221.631.875. lavanderias.816 2.790 7.889.033.908 354.507.713.383 20.061 9.215 926.431 464.161.370.835.806 10.622 720.833 414.076.943 1.874.702.716.080.222 237.539.188.662.520 607. manicuras.170.416.871 888.479.068.400.344.741.640.448 938.399 318.767 37.528 98.579.636.227.254 168.090 730.203 15.168 1. despesas de mudança.287.656.018.799.063.607.059.028 455.314.417.395 148.353.536.034.

312 63.556 34.3 – Estabelecimentos e Empregos 2. Grande Empresa – I) para Indústria – acima de 500 vínculos. Pequena Empresa – I) para Indústria – de 20 a 99 vínculos.317.1 . que é um questionário anual. bem como com outras despesas. II) para Comércio.252 492.717. Com esses dados. BRASIL / ESTADO DO RIO DE JANEIRO – 2005/2008 Porte5 TP PT 2005 Brasil 6.102 Brasil 6.210 3.256 6. II) para Comércio.107 2007 RJ 470.769 6.188.914 3.812 427. Serviços e Agropecuário – acima de 100 vínculos.889 332.68% do total de empresas formais no Brasil.283 32. Serviços e Agropecuário – até 9 vínculos.749 6.299 4.337 MPE Micro Pequena MGE Média Grande TOTAL MPE + MGE MTE/RAIS 2008 Os dados dessa tabela foram extraídos da Relação Anual de Informações Sociais – RAIS. Na leitura dos dados do consumo familiar dos grupos de famílias pertencentes à classe “C1”.803 434.463.108 420.816. pode-se analisar a participação dos estabelecimentos segmentados por porte em relação ao total do Estado.627 7.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Os resultados apresentados na tabela permitem aprofundar o conhecimento sobre as diferenças do padrão de consumo entre as diversas classes de renda.708 6.3. SEBRAE/RJ 18 .849 7.504.183 6.143. predominante no Estado.825 6.089 478. as microempresas representavam 90.775 40.175 67. TABELA 21 .574 376.887.437 318.043 37.691.776 30.756 2.NÚMERO DE ESTABELECIMENTOS POR PORTE.605 3.999 6.195 75.958 2008 RJ 485.795 27. preenchido obrigatoriamente por todas as firmas registradas no País.641 352.064 6.179 447.849 459. considera-se: Microempresa – I) para Indústria – até 19 vínculos.542 71.791 29.938 468. Serviços e Agropecuário – de 50 a 99 vínculos.503 35. Média Empresa – I) para Indústria – de 100 a 499 vínculos.670 4. II) para Comércio.418 3. Serviços e Agropecuário – de 10 a 49 vínculos.252 32. transportes urbanos.568 43.995 7.808 35. 5 TP PT Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.568.726 Brasil 6. Brasil / Estado do Rio de Janeiro – 2005/2008. Observa-se que em 2008.976 2.252 6. 2.067.252 RJ 453.316 7. manutenção do lar. do Ministério do Trabalho e Emprego.81% do total dos estabelecimentos formais existentes no Estado do Rio de Janeiro e 93. observa-se a representativa participação dos gastos nas categorias de consumo: alimentação no domicílio.Número de Estabelecimentos por porte. II) para Comércio.650.713 Brasil 2006 RJ 461.552 37.

% RJ TOTAL Figura 6 MTE/ RAIS 2008 A partir de informações extraídas da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).7 8. NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO .6% Média 827 1. no período de pequena vantagem com relação ao Estado do Rio de Janeiro.7% Total 50.8 7.418 0.3% 36.8 16.9% Grande 181 698 2.7 19.2005/2008 Porte MPE Var. percebe-se uma 2.1 6. (16. Já quando se verifica o crescimento dos estabelecimentos instalados no Brasil. respectivamente.1%) quanto para as médias e grandes verificou-se que.151 447.552 90. uma vez que as MPE e as MGE apresentaram variações positivas de 8.3.333 19.BRASIL E RJ . 2005 a 2008.6 16.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2.239 2.TOTAL DE ESTABELECIMENTOS.5 14.0 20.2 Média Grande TOTAL MPE MGE Var.009 8.0%.3 .7% e 19.8% 100% *** MTE/RAIS2008 SEBRAE/RJ 19 .1%).1 8.365 8 3. por setor econômico e porte.8% Pequena 3.9% 1. no Estado do Rio de Janeiro – 2008.2 19.1 Micro Pequena MGE 16.2 20 15 %10 5 0 8.525 492.% Brasil Var.Total de Estabelecimentos.VARIAÇÃO PERCENTUAL DO NÚMERO DE ESTABELECIMENTOS .6 8. TABELA 23 .627 7.3. POR SETOR ECONÔMICO E PORTE.191 352 37. apresentadas no gráfico.323 256.0 7. foi positivo. no Estado do Rio de Janeiro.6 14.751 14.1 17.849 100% Setor 10. % Brasil 8.8 RJ 7.Variação percentual do número de estabelecimentos – Brasil e Rio de Janeiro – 2005/2008 TABELA 22 .252 0.992 177.115 8. tanto para as micro e pequenas empresas (7. o crescimento do número de estabelecimentos.233 161.2 .338 14 4.0% 51.053 232.1 7.2008 Setor Econômico Indústria Comércio Serviços Agronegócios Total Porte Micro 46.1 18.

buição dos es stabelecimento por setor mostra a predominância dos serviços e os entre as micro oempresas do o A distrib Estado. PARTICIP PAÇÃO DAS EM MPRESAS.A.Mo ovimentação de Empres no Estad do Rio de Janeiro – 2009/2010 o sas do 0 TABELA 24 .MOVIME ENTAÇÃO DE EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – 2009/20106 E O Constituição de Em mpresas Mês/ /Ano Janeiro a Ju ulho/2009 Janeiro a Ju ulho/2010 Total 20.5 . Apenas s microem 0. e m e onstituição de e Comparandoempresas e u decréscimo de 1.INFORMAÇÕ SOCIOECON ÕES NÔMICAS DO E ESTADO DO RI DE JANEIRO IO O 2. 492 mil esta abelecimentos formais.4 .8% e o conjunto de micro e pequenas empresas. 2. NA EC CONOMIA NO ESTADO DO RIO DE JANE EIRO – 2008 (% %) 100 90 80 70 60 50 40 30 20 10 0 90. aproxim madamente. o -se os dados dos anos de 2009 e 2010 observa-se em 2010 um aumento de 8.9 0.7% dos estabelecime s entos formais d Rio de Jane do eiro são de gra ande porte. Cooperativas.210 Junta Comercial d Estado do R de Janeiro . omia no Esta ado do Rio de Janeiro – 2008 (%). na econo as. Incorporações. consid derando: Reque erimento de E Empresário. (limitadas).115 estabelecimentos).23% na extinção do nú um o úmero de emp presas no Estad do Rio de Ja do aneiro.Par rticipação das empresa por porte.04% na co 0.9% (23 32.969 22. 98.804 Extinção de Empre esas Mês/Ano Janeiro a Julho/2009 Janeiro a Julho/2010 Total 5.275 5.7 7 Micro Pequena Média Grande Figura 7 M MTE/ RAIS2008 8 O Estado do Rio de Janeiro reg e gistrou.4% d total flumin % o p do nense.JUCERJA do Rio A Junta Come ercial do Estad do Rio de J do Janeiro – JUCERJA divulga an nualmente as estatísticas de constituição e extinção de e e empresas no Estado do Rio de Janeiro. POR PORTE. em 2 2008.3.6 0. S. Ltd da. Consórcios e . a apresentando um percentual de 51. Os dados reg gistrados nesta t tabela contemplam apenas a mo ovimentação de empresas registradas na Junta Comercial do Estado do Rio de e SEBRAE/RJ 20 0 .3. 6 P PT Janeiro. As s mpresas representaram 90.8 8 7. (Sociedad des Anônimas).

628 6.370 1.591 7.6 RJ 76.9 120 100 80 95.077.BRASIL E RJ .011 984.784 Brasil 2006 RJ 1.NÚMERO DE EMPREGOS. Verificou-se o mesmo crescimento dos empregos (em 31 de dezembro) no Brasil.074 2.7%) quanto para as médias e grandes (58.518.709 2.588 775.459 380.238.438 4.2 79..3.530 2.9 Micro Pequena MGE % 60 40 20 0 Média Grande TOTAL MPE Var.836.335.187. do Brasil e do Rio de Janeiro – 2005/2008.422 18.7 79.VARIAÇÃO PERCENTUAL DO NÚMERO DE EMPREGOS .224 19.295 33.130 3.567 59.297 571.358.024 25.422 1.404 7.138 5.296.2005/2008 Porte MPE Var.430 26.9%).8 103.846 Brasil 2008 RJ 2.549 396. percebeu-se uma vantagem nas MPE’s e MGE’s com relação ao Estado do Rio de Janeiro.294.893 7. EM 31 DEZ.627 Brasil 2007 RJ 1.455.811 6.500 352.441.860.2 54.397 1.204.663 16.191.816 3.8 76.493 1.291 Micro Pequena MGE Média Grande TOTAL MTE /RAIS2008 2.804 33.740.919.249 14.056 3.246.195.168 562.466.6 . por porte.7 68.8% e 68.0 68.775 35.069.9 77.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2.0 63.Número de Empregos.247.9 79.6 65. no Estado do Rio de Janeiro.706.% RJ TOTAL Figura 8 MTE/RAIS 2008.696.373. POR PORTE.679 MPE 14.347.028 4.5 58.614 3.852.694 15.764 7.607. uma vez que as MPE e as MGE apresentaram variações positivas de 95.5 90.159.541. Brasil 95.936.700 13. – BRASIL E RJ – 2005/2008 Porte7 TP PT 2005 Brasil 13.982.155.3 89.047 20.4 74.284 548.862 698.840. SEBRAE/RJ 21 .696.118.9 65.665.7 .094 734.592.989 3.959.617 RJ 1.Variação percentual do número de Empregos – Brasil e Rio de Janeiro – 2005/2008 TABELA 26 .688.509 22.% Brasil MGE Var. Verificou-se que.643 1. TABELA 25 .922.944.090.3.6 58.402 6.5% respectivamente.318.896 13.668 624. tanto para as micro e pequenas empresas (76. o crescimento do número de empregos (em 31 de dezembro) no período de 2005 a 2008 foi positivo. 7 TP PT Idem à nota 7.472.219.606 37. em 31 dez.

407 18.00 00 3.292.00 00 6.89% no mesmo período. NO ES O.7%% no ano de 20 u % 010.00 00 5.277.039.988. A publicação As MPE’s na Ex xportação Brasile eira considera c como microempr resas aquelas qu possuem me ue enos de 20 pess soas ocupadas e SEBRAE/RJ 22 2 .078 Micro Pequena Média Grande Total ( (Empresas e V Valor Exportado o) 255. STADO DO RIO DE O JANEIRO . temos os seguintes resultados: 8 que exportam até US$ 120 mil l/ano. 2008/2009 9. no primeiro semestres de 2009 e de 20 010. Indústria e Comércio Exterior a EX E De acordo co o estudo A Micro e Pequ om As uenas Empresas na Exportação Brasileira .142.7 709 13.297 61.323.2008/2 2009 Porte8 e TP PT Núme de Empresa ero as 2008 8 331 342 305 341 1319 9 200 09 335 227 399 332 129 93 2008 10.363 13.172.00 00 2.4 – Exportação e Im mportação no Estado do Rio de Janeiro – 2009 o o 9/2010 Exp portação e I Importação no Estado do Rio de J o Janeiro ‐ 200 09/2010 10.00 00 7. Já a opera ação de Import tação cresceu 31.000.000.000.000.495 Secretaria de Comércio Exterior .00 00 0 2009(1 1º Semestre) 2010(1º Semestre) Expo ortação(US$) Impo ortação(US$) Secretaria de C Comércio Exter rior .000.000.000.00 00 9. no Estado do Rio de Janeiro – .000.00 00 1.527. segun ndo o porte.INFORMAÇÕ SOCIOECON ÕES NÔMICAS DO E ESTADO DO RI DE JANEIRO IO O 2. realiza ado pelo do SE EBRAE Naciona em parceria com a Fundaç al ção Centro de Estudos do Comércio Exter rior . 2.2 milhões.854 Valor (US$) 2009 8.SECEX .517.000.M Ministério do De esenvolvimento Indústria e Co o omércio Exterior ma o n O gráfico acim compara a evolução das operações de Exportação e Importação no Estado do Rio de Janeiro.85 58 31.270.Estados – 19 998-2008 e 1º Semestre de e 2009.00 00 4. Observa-s um crescim se mento das duas operações no dois semest s os tres.SECE .2 .Número de Em mpresas e V Valor Export tado. .NÚM MERO DE EMPR RESAS E VALOR EXPORTADO SEGUNDO O PORTE.632. como peq quenas empresa aquelas com menos de 100 p as m pessoas ocupada e exportações anuais até US$ as s $ 1.714.4.14 48 305.937 18. TA ABELA 28 .38 86.230.000.FUNCEX.Ministério do Desenvolvimento. com destaque para a Exportação que apresentou um crescimento de 95.00 00 8.

Os ramos de atividade de destaque entre as microempresas do estado no primeiro semestre de 2009 foram comércio e indústria. que registraram participação de 86. revistas. o total de 274 firmas representa uma retração de 9.7% em comparação com o mesmo semestre de 2008. Entre os principais produtos exportados.3% do total). onde 210 firmas (91. revistas. com vendas de US$ 3.3% do valor exportado. o número de microempresas fluminenses diminuiu cerca de 3. O mesmo se deu com o valor exportado.9%) e “obras de mármore e granito” (0.8 milhões representa uma queda significativa de 40. os valores médios exportados por firma nos seis primeiros meses de 2009 de US$ 12.1%). Entre as pequenas empresas. superando largamente o percentual de 37.6 milhões.3% do total.6%) vendeu menos de US$ 20 mil no primeiro semestre de 2009. representam. 13. respectivamente.5% do total) e exportações montante de US$ 2. Outros produtos de destaque foram “peixes congelados.6%). o principal item de destaque também foi “vestuário feminino”.7% do total). Os 85. fazendo com que o valor exportado de US$ 27 milhões no semestre represente uma redução de 12.6 milhões em exportações (90. A maior parte das microempresas do estado (57. jornais e impressos semelhantes” (2. não engastadas” (2.6% nas vendas. jornais e impressos semelhantes” (1.7 bilhões em 2008. em bruto. retrações de 37. o principal destaque nas vendas externas das microempresas fluminenses no primeiro semestre de 2009 foi “vestuário feminino”. Entre as pequenas empresas.7% restantes foram realizados pelas microempresas que venderam acima da faixa de US$ 20 mil no período janeiro/junho de 2009.7% do total) realizaram conjuntamente US$ 2. de toucador e preparações cosméticas” (1. com 248 firmas (90.2% em relação ao mesmo semestre de 2008. respondendo por apenas 14.4 milhões no período janeiro-junho de 2009 (90.1% das exportações no semestre).7% que esses produtos têm nas vendas totais do estado. “produtos de perfumaria. ou seja.7% na mesma comparação.1% das vendas. ou seja.8% em relação ao resultado do primeiro semestre de 2008. Entre as pequenas empresas.9% do total). As exportações das MPEs fluminenses no primeiro semestre de 2009 apresentaram uma forte concentração nos produtos manufaturados. “pedras preciosas ou semipreciosas.3 mil para as microempresas e US$ 98. com vendas de US$ 18. com o montante de US$ 710 mil em vendas.4% do total) e “livros.39%).6% do total exportado pelo país neste mesmo ano.3% do total. No primeiro semestre de 2009. de US$ 24. representando uma participação de 9. “artigos de joalheria de metais preciosos e suas partes” (1.5 mil para as pequenas empresas. frescos ou refrigerados” (3. verifica-se que a maior parte (62%) exportou mais de US$ 120 mil no ano passado. o comércio e a indústria também se destacam. “livros. passando para um total de 229 firmas. 25. Deve-se destacar que as exportações do Rio de Janeiro são fortemente concentradas em produtos básicos (56.5% no semestre.9% e 3. Outros produtos de destaque foram “obras de mármore e granito” (3.9%). Entre SEBRAE/RJ 23 .INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO O Rio de Janeiro é o terceiro maior exportador do Brasil. onde o as pequenas empresas.8%). Como resultado. respondendo por 94.

34% do valor total do Estado.2 . PRESTADORES DE SERVIÇOS E PROFISSIONAIS DA ÁREA DE TURISMO CADASTRADOS NO MINISTÉRIO DO TURISMO Especificação Agências de turismo 9 BRASIL E ESTADO DO RIO DE JANEIRO .2008 TABELA 29 .637 369 4. com um total de 4.450 70 1 0 0 0 0 0 1 72 Agências de Viagem Operadores turísticos Serviço de Reserva 107 2 1 0 0 6 2 3 121 Transporte Aéreo de Passageiros 1403 0 0 0 0 0 0 0 1.349 Outros tipos de alojamento 438 3 140 72 10 186 266 230 1.765 5.EQUIPAMENTOS.5.785 2.Anuário Estatístico do Turismo 2008 2.637.348 3.45% 2. 9 Inclui agência de viagem e agência de viagem e turismo 10 Referente a todos os tipos de Meios de Hospedagem. representando um percentual de 5.987 1.895 96 1. incluindo flat.131 1 102 32 0 50 29 105 2.Número de empregados. no turismo. apresentando um número de 70.744 1.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2. o que corresponde a 76.613 744 946 12.950 empregos.950 3.1 .046 1.328 74.404 427 5.811 2. prestadores de serviços e profissionais da Área de Turismo cadastrados no Ministério do Turismo .96% 17.459 3.2008 Brasil 8.183 3. É seguida pela Região Baixada Litorânea.34% 38.Turismo 2.095 2. por atividade econômica.556 3. segundo as Regiões do Estado do Rio de Janeiro – 2008. NÚMERO DE EMPREGADOS POR ATIVIDADE ECONÔMICA NO TURISMO SEGUNDO AS REGIÕES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO .793 Rio de Janeiro 915 657 131 57 2.613 92.551 Total MTE/CAGED 2008 Observa-se na tabela anterior que a Região Metropolitana é a que mais emprega no setor de turismo no Estado do Rio de Janeiro.345 estabelecimentos de bebidas com serviço completo Metropolitana Noroeste Serrana Médio Paraíba Centro Sul Baixada Litorânea Norte Costa Verde Total 59. apart-hotel e condohotel.222 Rio de Janeiro (%) 10.42% 13.033 837 185 1.751 4.32% dos empregos neste setor no Estado. SEBRAE/RJ 24 .403 70.593 266 3.5 .2008 Restaurantes e outros Regiões Hotéis e Similares 6.35% Meios de hospedagem10 Transportadoras turísticas Organizadora de eventos Guias de Turismo Ministério do Turismo .Equipamentos.5.

853 MTE/RAIS 2008 Transporte Aéreo de Passageiros Total Metropolitana Noroeste Serrana Médio Paraíba Centro Sul Baixada Litorânea Norte Costa Verde Total 671 60 249 251 89 515 146 222 2.Número de estabelecimentos.004 1.873 10 92 64 18 113 37 66 2.187 701 2. cerca de 62.238 27.376 344 1.542 432 2.542. que apresenta um número de 2. por atividade econômica.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2.2008 Restaurantes e Regiões Hotéis e Similares Outros tipos de alojamento 303 13 81 71 28 163 44 196 899 outros estabelecimentos serviço completo 14.98% do Estado.708 1. com 17.273 Operadores turísticos Serviços de Reserva e outros serviços de turismo não especificados 94 1 5 3 2 11 1 6 123 113 4 7 0 4 14 1 4 147 112 0 1 1 0 3 4 0 121 17.787 771 744 22.087 de bebidas com Agências de Viagem 1. correspondendo a 9. A região que concentra maior número de estabelecimentos é a Metropolitana.3 .5. no Turismo. segundo as Regiões do Estado do Rio de Janeiro . seguida pela Região das Baixadas Litorâneas.797 560 1.203 Observa-se que o Estado do Rio de Janeiro possui um equipamento turístico de 27.143 2. SEBRAE/RJ 25 .606.2008 NÚMERO DE ESTABELECIMENTOS POR ATIVIDADE ECONÔMICA NO TURISMO SEGUNDO AS REGIÕES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO .606 1.853 estabelecimentos.35% do total estadual.

A exploração de vagões-leitos por terceiros. os serviços de aeroclubes com fins de instrução ou recreação. (Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAEweb / Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . os restaurantes self-service ou de comida a quilo. com venda ou não de bebidas. eventos de esportes e para todas as demais (Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAEweb / Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . (Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAEweb / Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . em estabelecimentos que não oferecem serviço completo.IBGE ) T T viagens para o público em geral e para clientes comerciais. dormitórios. com direito a uso por tempo determinado. de hotéis e outros alojamentos turísticos (time-share). Os serviços de informação e assistência a visitantes e organizações para a contratação de acomodação. As excursões podem incluir uma ou todas dentre as seguintes atividades: transporte. com ou sem entretenimento. curta duração. lugares históricos e culturais. As atividades de reserva de hotel e de venda de passagens de empresas de transportes. As atividades de venda de bilhetes de viagens para ► Operadores Turísticos A atividade de organizar e reunir pacotes turísticos e excursões que são vendidas em agências de viagens ou diretamente ao público cliente. albergues (exceto assistenciais). com serviço completo. (Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAEweb / Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . As atividades de outros locais de alojamento de ► Restaurantes e outros Estabelecimentos de Serviços de Alimentação e Bebidas As atividades de vender e servir comida preparada. o fretamento de aeronaves com tripulação para o transporte de passageiros para qualquer finalidade. fast-food. de fabricação própria ou não. O aluguel de imóveis residenciais por curta temporada. atividades dos guias turísticos. as atividades de restaurantes e bares em embarcações exploradas por terceiros.IBGE ) T T pensionato e similares. ao público em geral. As atividades dos hotéis. shows. inclusive dos órgãos de turismo nos níveis municipal. campings (acampamentos). não especificados anteriormente. (Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAEweb / Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . entretenimento e esportes). com serviço completo. pousadas. Compreende os serviços de táxi aéreo. aluguel de carros. visitas a museus.. música. combinadas ou não com o serviço de alimentação. excursões. tais como choperias. botequins e similares. o serviço de alimentação para consumo no local. assessoramento e planejamento de qualquer finalidade. hotéis. Os alojamentos coletivos não-turísticos tipo casa de estudante. whiskerias e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas. com ou sem bebidas alcoólicas.IBGE ) T T ► Outros Tipos de Alojamento não especificados anteriormente As atividades das pensões (alojamento). T alojamento. de entretenimento e de locais para convenções. motéis. com consumo no local. A venda de títulos.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Glossário Atividades Econômicas: U ► Hotéis e Similares. cinema. etc. as sorveterias. alimentação. Os serviços de reservas relacionados a viagens (para transporte. tais como: lanchonetes. As atividades de promoção do turismo local. restaurantes. casas de sucos. T atividades de reserva e de venda de ingressos para teatro.IBGE ) T T ► Serviços de reservas e outros serviços de turismo não especificados anteriormente. ao público em geral. As atividades dos apart-hotéis usados como hotéis. com ou sem serviço de alimentação. as atividades de servir bebidas alcoólicas. pastelarias.IBGE) T SEBRAE/RJ 26 .IBGE ) T ► Transporte aéreo de passageiros não-regular. eventos esportivos e as (Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAEweb / Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística .IBGE ) T T ► Agências de Viagens As atividades de organização e venda de viagens. As atividades de venda de passagens aéreas por companhias estrangeiras. (Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAEweb / Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . O fornecimento de informação. pacotes turísticos.. estadual e federal. As atividades de recreação e lazer. teatro. As atividades de assistência a turistas. transporte em aeronaves para fins de passeios turísticos.

(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . em contraposição aos que residem as áreas rurais. enfatiza sua função de estimar o poder de compra das pessoas e famílias urbanas. na localidade em questão. (Target Marketing – IPC Target) “Consumo per capita ou consumo médio é o resultado da divisão entre o potencial de consumo esperado pelo total da Marketing – IPC Target) Consumo per capita população residente. favorecendo-se da infra-estrutura de urbanização.ABA.CEPERJ Distritos Industriais São espaços urbanos. Este indicador está desdobrado para as áreas urbana e rural e é expresso em US$/ano. fluvial ou lacustre)”.CODIN – RJ) Domicílios Urbanos São aqueles que situam-se em área urbana do Estado. quando todas as despesas passam a correr por conta do comprador. que possuem incentivos fiscais.” ((Target Densidade Demográfica A densidade demográfica é calculada. Fundação Centro Estadual de Estatísticas. por grupos de despesa. (Target Marketing – IPC Target) São os diversos grupos de despesas médias mensais das famílias (em salários mínimos). no total e por área pesquisada.ABIPEME.ANEP e Associação Brasileira de Pesquisas de Mercado . Alguns distritos chegam a ter o tamanho de uma regional ou de uma região administrativa. considerando os diferentes períodos. itens como telefone celular e TV a cabo. Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro . verifica-se a concentração de habitantes por quilômetro quadrado. Dessa não foram considerados por não oferecer índice discriminador real na base total da população. representar modernidade. exclusivamente. de tamanho semelhante ao de um ou mais bairros. de classes econômicas. Dessa forma. considerando classe econômica e categoria de consumo. o comprador assume todas as responsabilidades quanto a perdas e danos. Significa “livre a bordo” (free on board) – “o vendedor encerra suas obrigações quando a mercadoria transpõe a SEBRAE/RJ 27 . Indústria e Comércio Exterior – Aprendendo a Exportar. Este novo sistema. o vendedor é o responsável pelo desembaraço da mercadoria para exportação. (Target Marketing – IPC Target) FOB amurada do navio (ship's rail) no porto de embarque indicado e. abandonando a pretensão de classificar a população em termos de classes sociais. por exemplo. simbolicamente. como é o caso da Zona Franca de Manaus. batizado de CRITÉRIO DE CLASSIFICAÇÃO ECONÔMICA BRASIL. dividindo-se o número da população residente pela área terrestre do município. Esta nova divisão de mercado é. a partir daquele momento. classificadas segundo o desembolso global. este termo pode ser utilizado no transporte aquaviário (marítimo. Incoterms (International Commercial Terms / Termos Internacionais de Comércio) – Ministério de Desenvolvimento. as categorias foram planejadas de forma que se aproximassem ao máximo daquelas estabelecidas pelo IBGE na pesquisa denominada PESQUISA DE ORÇAMENTOS FAMILIARES e que serviu de base para as projeções de consumo da população Brasileira. (Target Marketing – IPC Target) forma. Associação Nacional das Empresas de Pesquisa . (Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro . Consumo Familiar É a média de consumo das famílias. O novo critério mantém a pontuação a partir de itens de posse mais significativos.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Categorias de Consumo Extraídas do estudo IPC Target 2010 elaborado pela Target Marketing. no estudo. a entrega se consuma a bordo do navio designado pelo comprador. apesar de.IBGE) T T Classes Econômicas Elaborado pela Associação Brasileira de Anunciantes .

T T entre outras muitas. Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro . Serviços Industriais de Utilidade Pública e Construção Civil. o IDH classifica os municípios segundo três níveis de desenvolvimento humano: localidades com baixo desenvolvimento humano (IDH até 0. que apresenta o quão a população de certa localidade cresceu em determinado período. Transformação.Produto Interno Bruto é um indicador que mede a produção de um país. Fundação Centro Estadual de Estatísticas.8). renda familiar per capita (soma dos rendimentos dividido pelo número de habitantes).CEPERJ SEBRAE/RJ 28 . Comunicação. secundário e terciário. levando em conta três grupos Agropecuária.CEPERJ Produto Interno Bruto . a agricultura.PIB principais: ► ► ► O PIB . ainda que esta T T T T Setor Econômico denominação mudasse posteriormente para: agrícola. industrial e de serviços. Taxa Média Geométrica de Crescimento Demográfico É um indicador demográfico. taxa de alfabetização de maiores de 15 anos (número médio de anos de estudos da população local). Fundação Centro Estadual de Estatísticas. a silvicultura. Serviços da Administração Pública e outros serviços. que incluem Comércio. mais alto é o desenvolvimento humano.5 e 0. mecânicas. Extrativa Vegetal e Pecuária. sem a manufaturação dos mesmos e fazem parte deste setor a matérias-primas e fazem parte dele as indústrias de siderurgia. têxteis ou de bens de consumo. Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro . O primeiro contempla toda atividade mineração. que engloba Extrativa Mineral. Fundação Centro Estadual de Estatísticas. Serviços. Indústria. formada por Agricultura.IDH ► ► ► O IDH permite medir o desenvolvimento de uma população além da dimensão econômica.5).INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Índice de Desenvolvimento Humano . Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro .8) e localidades com alto desenvolvimento humano (IDH acima de 0. Quanto mais próximo de um.CEPERJ “Os setores econômicos foram classificados em três segmentos: primário. e O PIB identifica a capacidade de geração de riqueza da localidade. localidades com médio desenvolvimento humano (IDH entre 0. Transporte. a pesca e a pecuária. O segundo inclui os processos de transformação das T T T T relacionada com a exploração dos recursos naturais. É calculado com base na: expectativa de vida dos moradores (esperança de vida ao nascer). Variando de zero a um. químicas.

.br/sitio/ .br/ . 2010. 2009 Disponível em http://www.Estados – 1998-2008 e 1º Semestre de 2009. Acesso em 10 jul. Disponível em: http://www. 2010. Brasília.rj.jucerja. SEBRAE NACIONAL.gov.rj. Rio de Janeiro.desenvolvimento.br . Disponível em Balança Comercial – Rio de Janeiro. Relação Anual de Informações Sociais – RAIS 2008. Disponível em http://www.gov. Acesso http://www. Acesso em: 13 maio 2010.Secretaria de Comércio Exterior .CEPERJ. Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE.turismo. Acesso em 02 set 2010. Acesso em 16 ago. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA.ibge. 2010. Brasília. SEBRAE/RJ 29 . Acesso em: 20 ago. 2009. 2010.gov. FUNDAÇÃO CENTRO ESTADUAL DE ESTATÍSTICAS. em 20 ago. Anuário Estatístico do Estado do Rio de Janeiro 2009. JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – JUCERJA.INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Referências BRASIL.html .br/ .gov.ceperj. Disponível em http://www.dadosefatos. 2010. IPC Target 2010.br/ .br/ .br/dadosefatos/anuario/index.targetmark. 2. 2010. Disponível em: http://www. MINISTÉRIO DO TURISMO Anuário Estatístico 2009 Brasília. As Micro e Pequenas Empresas na Exportação Brasileira .sebrae. 2009. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR. TARGET Marketing. Estatística Comparativa de Movimentação de Empresas.0.gov. 2009.com.com. Disponível em: http://www. Ministério do Trabalho e Emprego. Acesso em 10 jul. PESQUISAS E FORMAÇÃO DE SERVIDORES PÚBLICOS DO RIO DE JANEIRO .cnae.SECEX. Rio de Janeiro.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful