Ano letivo 2012/2013

Teste de Compreensão da obra

Falar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett
Nome:____________________________________________________ Nº:____ Classificação: __________________________________ Duração: 50 m Professor: _______________________________ E. de Educação: ________________________________________

Questionário de Leitura Global da Obra
Depois da leitura e análise da obra de Almeida Garrett, responde às questões que te são colocadas: A – Seleciona com um a opção correta. 7.1. Esta expressão encerra uma: a. b. c. metáfora; hipérbole; comparação;

1. A frase "Isto são umas madrugadas!” pronunciada por Joaquina, na cena I, sugere que: a. b. c. ainda é muito cedo; já é bastante tarde; é hora imprópria para visitas .

8. Dizer que os patrões "têm dinheiro como milho" quer sugerir que têm: a. b. c. pouco dinheiro; dinheiro guardado em caixas de milho; muito dinheiro .

2. Há, no contexto, contínua referência a dois espaços: a. b. c. o campo e a província; o campo e a cidade; a província e a cidade.

3. "Recolhe o teu espírito," (I. 13) pretende significar: a. b. c. acalme-se; guarde os seus pensamentos para si ; vá consultar um espírita.

9. O "dia em que se assinassem as escrituras" é o dia do: a. b. c. casamento; noivado; divórcio .

4. "(. ..) onze meses de eternas saudades." (I. 16) é uma : a. b. c. metáfora; hipérbole; enumeração.

10. Ao saber que Joaquina terá dote, José Félix fica: a. b. c. apreensivo; radiante; confuso.

5. Com a frase "Se te eu entendo (...)" (I. 27) Joaquina pretende afirmar que: a. b. c. - entende perfeitamente o que José diz; - não entende o que José diz; - estranha as suas palavras.

11. Essa notícia faz com que ele: a. b. c. seja ainda mais hipócrita; seja sincero nos sentimentos; se revele indiferente ao dinheiro.

12. Verifica-se, então, uma mudança de atitude. José Félix assume-se: a. b. c. socialmente inferior seu igual socialmente superior

6. "Silfo, anjo, sopro, mulher!" (I. 35) apresenta uma: a. b. c. – metáfora; – hipérbole; – enumeração.

7. Com "(. ..) o meu coração está em brasa (. ..)" José quer sugerir que: a. b. c. está desinteressado; está apaixonado; está doente do coração.

13. A partir de então, ele e Joaquina tudo farão para: a. b. c. prejudicar o casamento de Amália ajudar a concretização do casamento de Amália se colocarem à margem desse casamento

Data: 10/jan/2013

1

sem dote não há marido. embora reconhecesse ter sido enganado. Joaquina é criada de Amália. um comerciante inglês. 24. c. criados de uma família ilustre e amigos de longa data. Brás Ferreira é amigo do pai de Duarte. Brás Ferreira é primo de Duarte. José Félix e Joaquina são noivos. ao José Félix. b. ajudarem Amália a casar com o amado. A relação entre Joaquina e Amália é: a. Amália estava desesperada. o General Lemos não revelou a identidade de José Félix. José Félix assume várias personalidades a. O fez cair abaixo de uma varanda. criados do General Lemos. José Félix e Joaquina são a. José Félix e Joaquina são namorados. O escaldou com café. o importante é o amor. c. Duarte era um jovem a. com o objetivo de dar uma lição a Duarte. O almoço requintado a que Duarte se refere na cena VII é mais uma das suas mentiras que se torna realidade devido a. amigos de José Félix. poderem receber o dote de Joaquina. b. b. b. mas pobre. 22. b. c. criados e namorados. Brás Ferreira duvida da palavra de Duarte a. Na cena VII. b. é um ricaço que veio casar a sua única filha. revela a sua indignação por Duarte ter faltado aos compromissos. pôr fim ao seu noivado com Duarte se o apanhasse a mentir. 26. c. afastá-la de Duarte e casá-la com um noivo rico. um comerciante imobiliário. c. b. personagens que habitam Lisboa. c. b. c. 21. José Félix e Joaquina são casados. evitar problemas com o pai de Amália. personagens fictícias. 30. afastá-la de Duarte por ser pobre. embora a. porque o seu pai queria a. Brás Ferreira é tio de Duarte. c. A relação entre Brás Ferreira e Duarte é a seguinte: a. a Amália. a Joaquina. algumas histórias possam parecer estranhas. c. Data: 10/jan/2013 2 . a. Brás Ferreira teve de cumprir a sua promessa. c. e torna realidade as mentiras de Duarte. com juízo e bom coração. c. lamenta o rompimento do noivado. c. lamenta ter causado o rompimento do noivado entre Duarte e Amália. mas acha que a mentira tem de ser punida. é a. mas infiel. c. c. Brás Ferreira nunca chegou a descobrir as mentiras de Duarte. Duarte jura que tudo o que diz é verdade. cheio de qualidades. A relação existente entre José Félix e Joaquina é: a. c. Duarte pode casar com Amália porque a. b. as pessoas não acreditem nas suas histórias. o General Lemos a. invente detalhes para embelezar a realidade. mentiroso nato. b. c. Após conversa com Brás Ferreira. b. 25. 31. o seu amo Brás Ferreira a. Tomás José Marques. 27. Duarte conta uma história sobre um inglês que viria desafiá-lo para um duelo porque Duarte: a. 15. mesmo sem dote. porque só diz asneiras. Amália é criada de Joaquina Amália e Joaquina são amigas 18. Uma das personagens inventadas por Duarte. 23. b. para salvar Duarte dos maus negócios em que se tinha metido. é um negociante rico em viagem de negócios. 17. Empurrou um sujeito que lhe caiu em cima. c. Tomás José Marques e Lord Cookimbrook são a. é um negociante arruinado do Porto. b. 20. b. 16. um brasileiro que possui uma fazenda no Brasil. 19. b. b. 29. b. O seu objetivo é: a. b. casa com Joaquina em qualquer circunstância. porque diz mentiras mesmo sem dar por ela. As últimas palavras de José Félix pretendem sugerir que: a. Segundo Joaquina. porque só sabe falar da filha de Brás Ferreira 28.Ano letivo 2012/2013 14.

Ano letivo 2012/2013 32. Repulsa em relação ao dinheiro. 7. «Conto contigo Duarte pois és meu amigo». outra?” Quanto à subclasse. 6. Sujeito: «Duarte» Predicado: «tu estás» Predicativo de sujeito: «a mentir» B – Identifica a veracidade ou falsidade das afirmações: Afirmações 1. 2 Actos e 17 cenas. Só então José Félix passa a falar dos seus interesses materiais. Quanto à subclasse. c. dezassete cenas. a rivalidade entre Lisboa e Porto. 5. c. José Félix afirma que a verdade é o dinheiro que ele e Joaquina receberão. Com o diálogo inicial de Joaquina e José Félix pretende -se criticar. José Félix não via Joaquina há 12 meses. b. um ato e dezassete cenas. V/F Data: 10/jan/2013 3 . Assim. b. Faz a análise sintática da frase: « Duarte. José Félix. Interesse apenas nos sentimentos. o amor verdadeiro não conta os pintos do objecto amado… Não… e é em dinheiro de contado. declara o seu sentimento. 35. por parte da personagem: a. Na didascália inicial estão informações relativas à divisão externa do texto dramático. Duplicidade de intenções. Joaquina?” revela. Ajudante. esta peça divide -se em: a. Brás Ferreira acaba por consentir no casamento de Duarte com a sua filha devido à preciosa ajuda de: a. c. b. 37. b. 40. c. mas não forma com ele um par amoroso . A linguagem utilizada por Joaquina em nada denuncia a sua origem social. em relação às mentiras de Duarte. Cúmplice. É uma conjunção coordenada copulativa. por exemplo. sonante. 36. Mente quem tem necessidade de dinheiro. 3. Na última fala da peça. c. Neste caso. podemos dizer que o General Lemos. A Fala de José Félix “… o amor. c. É um adjectivo. 1 Acto e 17 cenas. b. outra é: a. b. Joaquina dialoga com José Félix. Se preocupa com a mentira quem precisa de dinheiro. Joaquina. c. 1 Acto e 12 cenas. o resto é mentira. O pretendente de Joaquina. General Lemos. 2. é: a. Joaquina comunica a José Félix que no dia do casamento de Amália e Duarte receberá um dote de cem moedas. b. O dinheiro é que conta. c. c. Finalmente. É uma conjunção subordinada causal. 38. “Oh Duarte. a. É um verbo. 39. É uma interjeição de espanto. pois é: a. b. primeiro. Isto demonstra que só: a. b. 34. Crítico. 33. 4. É uma adjectivo. três atos divididos em várias cenas. Esta peça de teatro possui a. tu estás a mentir! ».

13. 11. 29. 27. 23. Duarte afirma ser director do museu do Chiado. 19. o comprador da casa de Duarte. Esta peça de Almeida Garrett retrata a sociedade lisboeta do século XX. Brás Ferreira surge na obra como um homem de palavra. Duarte conta a Brás Ferreira a triste história de uma marquesa brasileira. José Félix finge ser Tomás José Marques. Carlos.A aquisição e venda da casa em Lisboa constituem uma mentira bem enredada . Duarte revela cedo a sua propensão para a mentira fácil. 26. 15. 18. A linguagem utilizada por Joaquina em nada denuncia a sua origem social. porque está à espera do adversário francês . 28. A Amália é uma personagem que pode retirar-se da acção sem prejuízo da mesma . O pai de Joaquina vem a Lisboa com o sentido de pôr à prova o namorado da filha. o General Lemos desfaz muitas mentiras que Duarte havia proferido a seu respeito. O General Lemos contribui decisivamente para um "final feliz". O General Lemos nunca se deixa sugestionar pelas lisonjas que Duarte lhe dirige. 30. Tomás José Marques confirma a amizade do General Lemos por Duarte . 12. 17. 22. Para José Félix. Para José Félix. O namorado de Amália relata a aventura com uma prima no teatro de S. Duarte chega a ser ultrapassado pelas próprias mentiras. Em conversa com Brás Ferreira. Amália diz a José Félix e a Joaquina que Duarte não tem qualquer defeito . 25. 24. José Félix personifica a tradicional figura do "desenrascado". a verdade segura está no dinheiro que ele e Joaquina recebem .Ano letivo 2012/2013 8. José Félix personifica a tradicional figura do "desenrascado". 20. 9. 21. 14. Quem pretende o dote de Joaquina é Duarte. Bom trabalho! Data: 10/jan/2013 4 . 16. a permanência em Lisboa também foi frutuosa. Duarte diz a Brás Ferreira que não pode sair de casa. 10.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful