Ano letivo 2012/2013

Teste de Compreensão da obra

Falar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett
Nome:____________________________________________________ Nº:____ Classificação: __________________________________ Duração: 50 m Professor: _______________________________ E. de Educação: ________________________________________

Questionário de Leitura Global da Obra
Depois da leitura e análise da obra de Almeida Garrett, responde às questões que te são colocadas: A – Seleciona com um a opção correta. 7.1. Esta expressão encerra uma: a. b. c. metáfora; hipérbole; comparação;

1. A frase "Isto são umas madrugadas!” pronunciada por Joaquina, na cena I, sugere que: a. b. c. ainda é muito cedo; já é bastante tarde; é hora imprópria para visitas .

8. Dizer que os patrões "têm dinheiro como milho" quer sugerir que têm: a. b. c. pouco dinheiro; dinheiro guardado em caixas de milho; muito dinheiro .

2. Há, no contexto, contínua referência a dois espaços: a. b. c. o campo e a província; o campo e a cidade; a província e a cidade.

3. "Recolhe o teu espírito," (I. 13) pretende significar: a. b. c. acalme-se; guarde os seus pensamentos para si ; vá consultar um espírita.

9. O "dia em que se assinassem as escrituras" é o dia do: a. b. c. casamento; noivado; divórcio .

4. "(. ..) onze meses de eternas saudades." (I. 16) é uma : a. b. c. metáfora; hipérbole; enumeração.

10. Ao saber que Joaquina terá dote, José Félix fica: a. b. c. apreensivo; radiante; confuso.

5. Com a frase "Se te eu entendo (...)" (I. 27) Joaquina pretende afirmar que: a. b. c. - entende perfeitamente o que José diz; - não entende o que José diz; - estranha as suas palavras.

11. Essa notícia faz com que ele: a. b. c. seja ainda mais hipócrita; seja sincero nos sentimentos; se revele indiferente ao dinheiro.

12. Verifica-se, então, uma mudança de atitude. José Félix assume-se: a. b. c. socialmente inferior seu igual socialmente superior

6. "Silfo, anjo, sopro, mulher!" (I. 35) apresenta uma: a. b. c. – metáfora; – hipérbole; – enumeração.

7. Com "(. ..) o meu coração está em brasa (. ..)" José quer sugerir que: a. b. c. está desinteressado; está apaixonado; está doente do coração.

13. A partir de então, ele e Joaquina tudo farão para: a. b. c. prejudicar o casamento de Amália ajudar a concretização do casamento de Amália se colocarem à margem desse casamento

Data: 10/jan/2013

1

b. 27. Uma das personagens inventadas por Duarte. c. o seu amo Brás Ferreira a. Brás Ferreira teve de cumprir a sua promessa. a Joaquina. é um negociante rico em viagem de negócios. c. c. 29. Brás Ferreira é tio de Duarte. Duarte jura que tudo o que diz é verdade. b. b. cheio de qualidades. b. c. 17. é um ricaço que veio casar a sua única filha. Brás Ferreira duvida da palavra de Duarte a. c. c. Amália é criada de Joaquina Amália e Joaquina são amigas 18. porque só sabe falar da filha de Brás Ferreira 28. José Félix e Joaquina são casados. mentiroso nato. 19. O almoço requintado a que Duarte se refere na cena VII é mais uma das suas mentiras que se torna realidade devido a. criados do General Lemos. Duarte era um jovem a. c. afastá-la de Duarte por ser pobre. 20. Após conversa com Brás Ferreira. invente detalhes para embelezar a realidade. criados e namorados. amigos de José Félix. José Félix e Joaquina são a. 31. 30. afastá-la de Duarte e casá-la com um noivo rico. A relação entre Brás Ferreira e Duarte é a seguinte: a. Brás Ferreira nunca chegou a descobrir as mentiras de Duarte. b. algumas histórias possam parecer estranhas. com o objetivo de dar uma lição a Duarte. ajudarem Amália a casar com o amado. Joaquina é criada de Amália. casa com Joaquina em qualquer circunstância. um comerciante imobiliário. mas acha que a mentira tem de ser punida. Brás Ferreira é amigo do pai de Duarte. a. pôr fim ao seu noivado com Duarte se o apanhasse a mentir. b. mas infiel. embora a. Brás Ferreira é primo de Duarte. O escaldou com café. lamenta o rompimento do noivado. personagens que habitam Lisboa. evitar problemas com o pai de Amália. porque só diz asneiras. Tomás José Marques e Lord Cookimbrook são a. mesmo sem dote. Tomás José Marques. 24. José Félix e Joaquina são noivos. c. um brasileiro que possui uma fazenda no Brasil. 22. b. 23. a Amália. 15. b. é a. b. 26. 25. mas pobre. as pessoas não acreditem nas suas histórias. c. o General Lemos a.Ano letivo 2012/2013 14. embora reconhecesse ter sido enganado. o importante é o amor. revela a sua indignação por Duarte ter faltado aos compromissos. ao José Félix. b. O fez cair abaixo de uma varanda. José Félix assume várias personalidades a. b. O seu objetivo é: a. 21. com juízo e bom coração. c. 16. Duarte conta uma história sobre um inglês que viria desafiá-lo para um duelo porque Duarte: a. personagens fictícias. c. porque o seu pai queria a. criados de uma família ilustre e amigos de longa data. c. Duarte pode casar com Amália porque a. Segundo Joaquina. A relação existente entre José Félix e Joaquina é: a. b. c. b. b. para salvar Duarte dos maus negócios em que se tinha metido. Empurrou um sujeito que lhe caiu em cima. b. Amália estava desesperada. poderem receber o dote de Joaquina. c. lamenta ter causado o rompimento do noivado entre Duarte e Amália. b. o General Lemos não revelou a identidade de José Félix. é um negociante arruinado do Porto. A relação entre Joaquina e Amália é: a. b. b. c. e torna realidade as mentiras de Duarte. porque diz mentiras mesmo sem dar por ela. sem dote não há marido. As últimas palavras de José Félix pretendem sugerir que: a. José Félix e Joaquina são namorados. um comerciante inglês. c. Na cena VII. c. Data: 10/jan/2013 2 .

um ato e dezassete cenas. tu estás a mentir! ». Duplicidade de intenções. Se preocupa com a mentira quem precisa de dinheiro. 6. 38. V/F Data: 10/jan/2013 3 . por exemplo. É um adjectivo. 37. O dinheiro é que conta. a rivalidade entre Lisboa e Porto. 3. c. Interesse apenas nos sentimentos. em relação às mentiras de Duarte. Ajudante. declara o seu sentimento. O pretendente de Joaquina. c. podemos dizer que o General Lemos. a. o amor verdadeiro não conta os pintos do objecto amado… Não… e é em dinheiro de contado. c. b. c. é: a. É um verbo. José Félix afirma que a verdade é o dinheiro que ele e Joaquina receberão. b. por parte da personagem: a. Mente quem tem necessidade de dinheiro. Com o diálogo inicial de Joaquina e José Félix pretende -se criticar. 1 Acto e 17 cenas. 35. Sujeito: «Duarte» Predicado: «tu estás» Predicativo de sujeito: «a mentir» B – Identifica a veracidade ou falsidade das afirmações: Afirmações 1. 33. 7. Neste caso. Faz a análise sintática da frase: « Duarte. Joaquina. É uma conjunção subordinada causal. esta peça divide -se em: a. b. José Félix. José Félix não via Joaquina há 12 meses. Joaquina?” revela. b. primeiro. Esta peça de teatro possui a. Quanto à subclasse. 4. Repulsa em relação ao dinheiro. Na última fala da peça. b. b. 40. três atos divididos em várias cenas. sonante. A linguagem utilizada por Joaquina em nada denuncia a sua origem social. “Oh Duarte. c. Joaquina comunica a José Félix que no dia do casamento de Amália e Duarte receberá um dote de cem moedas. b. 2 Actos e 17 cenas. b. Crítico. 2. Na didascália inicial estão informações relativas à divisão externa do texto dramático. Finalmente. 5. É uma adjectivo. É uma interjeição de espanto. o resto é mentira. Brás Ferreira acaba por consentir no casamento de Duarte com a sua filha devido à preciosa ajuda de: a. c. mas não forma com ele um par amoroso . 39. Só então José Félix passa a falar dos seus interesses materiais. «Conto contigo Duarte pois és meu amigo». 36. A Fala de José Félix “… o amor. dezassete cenas.Ano letivo 2012/2013 32. outra?” Quanto à subclasse. Assim. 1 Acto e 12 cenas. pois é: a. b. É uma conjunção coordenada copulativa. outra é: a. c. 34. General Lemos. Isto demonstra que só: a. Cúmplice. c. Joaquina dialoga com José Félix. c.

O General Lemos contribui decisivamente para um "final feliz". 14. 10. 23. O pai de Joaquina vem a Lisboa com o sentido de pôr à prova o namorado da filha. 19. 18. Em conversa com Brás Ferreira. Quem pretende o dote de Joaquina é Duarte. 20. 16. O namorado de Amália relata a aventura com uma prima no teatro de S. a permanência em Lisboa também foi frutuosa. Amália diz a José Félix e a Joaquina que Duarte não tem qualquer defeito . 15. 25. 30. 13. 27. Brás Ferreira surge na obra como um homem de palavra. 28. o General Lemos desfaz muitas mentiras que Duarte havia proferido a seu respeito.A aquisição e venda da casa em Lisboa constituem uma mentira bem enredada . A linguagem utilizada por Joaquina em nada denuncia a sua origem social. 29. Duarte diz a Brás Ferreira que não pode sair de casa. Duarte revela cedo a sua propensão para a mentira fácil. 9. Duarte chega a ser ultrapassado pelas próprias mentiras. Duarte conta a Brás Ferreira a triste história de uma marquesa brasileira. 24. A Amália é uma personagem que pode retirar-se da acção sem prejuízo da mesma . José Félix personifica a tradicional figura do "desenrascado". 21. Para José Félix. O General Lemos nunca se deixa sugestionar pelas lisonjas que Duarte lhe dirige. Bom trabalho! Data: 10/jan/2013 4 . José Félix personifica a tradicional figura do "desenrascado". 12. a verdade segura está no dinheiro que ele e Joaquina recebem . Esta peça de Almeida Garrett retrata a sociedade lisboeta do século XX. Tomás José Marques confirma a amizade do General Lemos por Duarte . Para José Félix. Carlos.Ano letivo 2012/2013 8. porque está à espera do adversário francês . o comprador da casa de Duarte. José Félix finge ser Tomás José Marques. 26. 11. 22. Duarte afirma ser director do museu do Chiado. 17.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful