Você está na página 1de 5

Personalizando o Workflow

Com o Lotus Workflow Architect, o administrador pode personalizar os processos de


workflow para que se adaptem ao modelo de negócios do cliente. Para obter
informações detalhadas sobre como utilizá-lo, consulte o Lotus Workflow User's Guide.
O Web Content Publisher inclui quatro exemplos de processos de workflow:

1. Processo de Alteração Simples (aprovação inicial e final)


2. Processo de Alteração Mais Simples (sem aprovação inicial)
3. Processo de Alteração Mais Simples de Todos (sem aprovação)
4. Processo de Alteração Avançado (etapas de edição e aprovação em paralelo)

Processo de Alteração Avançado


Este processo é o exemplo de um workflow mais complexo que o administrador pode
implementar, embora será preciso personalizá-lo para que se adapte às necessidades
de negócios. Com ele, vários provedores podem fazer alterações ao mesmo tempo
(provedores em paralelo) e, em seguida, vários revisores podem verificar as
alterações ao mesmo tempo (revisores em paralelo).

Provedores e revisores em paralelo

O Especialista em Domínio seleciona quem fará as alterações na tarefa atual e a


etapa de provedores não é realizada até que cada provedor conclua seu trabalho. O
administrador pode alterar os nomes e o número de provedores em potencial
editando o processo no Lotus Workflow Architect.

Depois que todos os provedores concluíram seu trabalho, o Chefe de Projeto seleciona
quem fará a revisão das alterações. Como os Provedores em Paralelo, a etapa de
revisão não é realizada até que cada um dos revisores tenha concluído seu trabalho.
Se todos os revisores concordarem em validar a alteração, o Chefe de Projeto poderá
promover as alterações. Caso contrário, a tarefa volta para os provedores para
correção. O administrador pode alterar os nomes e o número de revisores em
potencial editando o processo no Lotus Workflow Architect.

Personalizando o Processo de Alteração Avançado

Incluindo grupos de trabalho

Antes de poder utilizar o Processo de Alteração Avançado, será necessário configurar


os grupos de trabalho para os provedores e revisores. Por padrão, este processo tem
quatro provedores e três revisores. Você pode alterar tanto o número quanto os
nomes desses grupos ao personalizar o processo. Os nomes do grupo de trabalho
padrão são os seguintes:

Provedores:

• Contribuidor de Conteúdo Gráfico


• Contribuidor de Conteúdo de Documentação
• Contribuidor de Conteúdo Jurídico
• Contribuidor de Conteúdo da Web

Revisores:

• Aprovador Jurídico
• Aprovador de Marketing
• Aprovador de Layout

Cada grupo de trabalho deve ser incluído no Catálogo de Nomes e Endereços do Lotus
Domino Administrator e no Banco de Dados do Diretório de Organização, conforme
mostrado abaixo. Observe que também será necessário incluir qualquer um dos
exemplos de grupo de trabalho que utilizar. Para incluir grupos de trabalho, conclua as
seguintes etapas:

1. Utilizando o Lotus Domino Administrator, inclua o(s) grupo(s) no Catálogo de


Nomes e Endereços do servidor.
2. Inclua os usuários em cada grupo.
3. Utilizando o Lotus Notes(R), abra o banco de dados do Diretório de Organização
do Lotus Workflow.
4. Selecione Grupos de Trabalho na estrutura Organizacional à esquerda.
5. Selecione o menu Ações e Importar Grupos do Catálogo de Nomes e Endereços.
6. Selecione o servidor Domino e OK.
7. Selecione os novos grupos na lista e clique em OK. Agora, você deve ver o(s)
novo(s) grupo(s) de trabalho na lista.

Alterando os provedores

O processo é editado com o Lotus Workflow Architect. Se você ainda não importou o
Processo de Alteração Avançado, importe-o agora. Para isso, selecione o menu
Arquivo e importe AdvancedWorkflow.lwf da localização de sua instalação.

A figura abaixo mostra as etapas em que o Especialista em Domínio seleciona os


provedores e cada provedor faz seu trabalho. Na conclusão do trabalho, o Chefe de
Projeto seleciona os revisores. Cada uma das caixas é uma atividade e cada seta é um
conector.

Para alterar os provedores, você editará cada uma das atividades em paralelo acima
(Alterar Gráfico, Alterar Documentação, Alterar Jurídico, Alterar HTML). Você pode
atualizar as propriedades de uma atividade ou de um conector dando um clique duplo
nele. A alteração envolve estas etapas:
1. Dê um clique duplo na opção de roteamento que vai para a atividade (por ex.,
"Gráfico") para abrir as propriedades e altere o nome do conector para o tipo de
alteração (por ex., alterar "Gráfico" para "Servlet"). Feche as propriedades do
conector.
2. Dê um clique duplo na atividade para abrir as propriedades da atividade e altere
o nome da atividade para algo significativo (por ex., altere "Alterar Gráfico" para
"Alterar Servlet").
3. Altere o proprietário da Atividade para o novo grupo de trabalho desta atividade
(por ex., altere "Contribuidor de Conteúdo Gráfico" para "Desenvolvedor Java").
4. Feche as propriedades da atividade.
5. Salve o processo.

Removendo um provedor

Para ter menos de quatro provedores, será necessário excluir a atividade extra do
processo. Para excluir uma atividade, é só selecionar a atividade que deseja excluir
(por ex., "Alterar HTML") e pressionar a tecla Delete. A atividade e seus conectores
associados serão excluídos. Salve o processo.

Incluindo um provedor

Para ter mais de quatro provedores, será necessário incluir uma nova atividade e seus
conectores no processo. Para incluir uma atividade, conclua as seguintes etapas:

1. Selecione uma nova atividade na barra de ferramentas à esquerda e coloque-a


próxima da lista de provedores existente. Poderá ser necessário mover alguns
dos conectores para que haja espaço para ela.
2. Abra as propriedades da atividade (dê um clique duplo na atividade) e forneça à
atividade um nome significativo (por ex., "Alterar Servlet").
3. Clique no proprietário da atividade e selecione o grupo de trabalho desta
atividade (por ex., "Desenvolvedor Java").
4. Feche as propriedades da atividade.
5. Selecione um novo conector na barra de ferramentas à esquerda e crie um
conector a partir de "Selecionar Provedores" para sua nova atividade e um
conector a partir de sua nova atividade para "Selecionar Revisores".
6. Abra as propriedades do conector que vai para sua nova atividade. Forneça ao
conector um nome descritivo (por ex., "Servlet").
7. Altere o tipo para Múltipla Escolha.
8. Feche as propriedades do conector.
9. Salve o processo.

Alterando os aprovadores

Como com os provedores, também é possível alterar a lista de aprovadores no


processo. A figura abaixo mostra o que acontece depois que todos os contribuidores
concluem sua tarefa. O Chefe de Projeto seleciona os revisores e cada um deles
aprova ou rejeita a alteração. Depois que concluem seu trabalho, o workflow
determina se é necessário mais trabalho para esta tarefa.
Você altera os aprovadores da mesma forma que altera os provedores. As etapas são
as mesmas utilizadas para alteração, inclusão ou remoção de um revisor.

Ativar o processo

Para ativar um novo processo, conclua as seguintes etapas:

1. No Lotus Workflow Architect, abra o processo e selecione o menu Arquivo e


Ativar Processo.
2. Abra o Banco de Dados de Aplicativos do Lotus Notes.
3. Selecione a exibição Administração e Cache e clique em Atualizar Cache de
Processo.
4. Feche e reabra o Banco de Dados de Aplicativos.
5. Feche o Banco de Dados de Aplicativos.

Web Content Publisher e atributos personalizados

O Web Content Publisher utiliza atributos personalizados no processo de workflow


para indicar como cada atividade é importante. Estes atributos podem controlar a
área de trabalho do Web Content Publisher assim como disparar as ações do Web
Content Publisher, tais como promover, publicar ou exportar. Segue abaixo uma
descrição completa de cada um dos atributos personalizados do Web Content
Publisher. Para obter mais informações sobre estes atributos, consulte o Lotus
Workflow Process Designer's Guide.

Como os atributos personalizados do Web Content Publisher indicam recursos


especiais sobre atividades para o Web Content Publisher, todos possuem as seguintes
características:

• Baseiam-se na atividade. Isso significa que são definidos a partir das


propriedades (avançadas) da Atividade no design do processo. O Web Content
Publisher não utiliza atributos personalizados com base no processo.
• Não são persistentes. Isso assegura que atividades subseqüentes não herdem o
mesmo atributo.

Atributos personalizados requeridos

Para que o Web Content Publisher funcione corretamente, a definição de cada


processo deve ter os seguintes atributos personalizados:

WCM.StartEdit
Inicia a sessão de edição. Quando o usuário trabalha nesta atividade, o Web
Content Publisher torna a área de trabalho gravável. A área de trabalho
permanece assim até que o usuário conclua a atividade que tenha o
WCM.EndEdit.
WCM.EndEdit
Finaliza a sessão de edição. O Web Content Publisher torna a área de trabalho
somente leitura após a conclusão desta atividade.
WCM.Promote
Promove a área de trabalho. O Web Content Publisher promoverá a área de
trabalho quando esta atividade for concluída. Observe que, geralmente, esta é a
mesma atividade que tem WCM.EndEdit. Se a atividade for uma decisão,
WCM.Decision também deverá ser definido.
WCM.Decision
O valor deste atributo especifica o resultado positivo da decisão (por ex.,
"Aceitar"). Isso será requerido se a atividade de promoção for uma decisão. Este
atributo também será utilizado com WCM.Publish e WCM.Export se estiverem
especificados em uma atividade que envolva uma decisão.

Atributos personalizados opcionais

Os seguintes atributos personalizados não são requeridos, mas podem ser úteis para
alterar o comportamento do Web Content Publisher em algumas circunstâncias:

WCM.ReviewRequest
Indica que esta é a atividade "Rever Pedido". Este atributo assegura que o
usuário do Web Content Publisher que esteja concluindo esta atividade tem a
autoridade para rever o pedido.
WCM.ReviewChange
Indica que esta é a atividade "Rever Alteração". Este atributo assegura que o
usuário do Web Content Publisher que esteja concluindo esta atividade tenha a
autoridade para rever a alteração.
WCM.Publish
Publica nos destinos de publicação especificados. O valor deste atributo é uma
lista de destinos de publicação do Web Content Publisher, separados por vírgula
ou ponto-e-vírgula. Se este atributo estiver definido, o Web Content Publisher
publicará nos destinos especificados quando a atividade for concluída. Observe
que esta é uma publicação delta de primeiro plano. A publicação não terá efeito
se o servidor de publicação não existir.
WCM.Export
Exporta para o destino especificado quando a atividade é concluída. O valor
deste atributo é o destino de uma Exportação do Web Content Publisher (um
team stream ou um diretório). Utilize o WCM.Export. Digite para especificar o
tipo de exportação. Se WCM.Export.Type não for especificado, o Web Content
Publisher exportará para o controle de versão.
WCM.Export.Type
Especifique o tipo de exportação. Este atributo é utilizado junto com
WCM.Export. Se WCM.Export.Type for o mesmo que "filesystem", o Web Content
Publisher exportará para o sistema de arquivos. Caso contrário, o Web Content
Publisher exportará para o controle de versão.