Você está na página 1de 3

DISCIPLINA: SOCIOLOGIA DOS MOVIMENTOS SOCIAIS

C. H.: 60
CRÉDITO: 04

I - EMENTA:
A Visão Positiva / Funcionalista da Sociologia no Brasil. O enfoque Estruturalista da
Sociologia Brasileira. O desenvolvimento da Sociologia no Brasil sob a perspectiva
Marxista. Perspectivas atuais e futuras da Sociologia no Brasil.

II - OBEJTIVOS:
Fornecer o instrumento teórico básico sobre a Sociologia no Brasil, com ênfase nas
contribuições dos principais teóricos da Sociologia no país.
Estudar, analisar e interpretar sociologicamente as obras dos mais expressivos escritores
brasileiros.

III - CONTEÚDO PROGRAMATICO:

UNIDADE I - “O PROCESSO HISTÓRICO DE INTRODUÇÃO DA SOCIOLOGIA NO


BRASIL”
– O contexto histórico / conjuntural da política brasileira e a influência
da obra de COMTE no Brasil;
– A obra de SPENCER e sua influência no Brasil;
– Os primeiros sociólogos brasileiros.

UNIDADE II – “A VISÃO POSITIVA / FUNCIOBNALISTA DA SOCIOLOGIA”

– Os teóricos da perspectivas positivista / Funcionalista da Sociologia


no Brasil;
– A história da sociologia no Brasil sob a perspectiva Positivista /
Funcionalista;
– O período pré-científico ou pré-Sociologico (Século XVI ao XIX): os
cronistas viajantes e os filósofos sociais brasileiros;
– O primeiro científico (Século XX em diante). Os primeiros teóricos
da Sociologia brasileira ( Euclides da CUNHA; Delgado de
CARVALHO; Carneiro LEÃO; Alceu AMOROSO LIMA; Fernando
de AZEVEDO e Gilberto FREYRE).
– A corrente aplicada da Sociologia;
– Contribuições dos pesquisadores estrangeiros à Sociologia
Brasileira (Roger BASTIDE; Donald PIERSON; Charles WAGLEY;
Jaques LAMBERT; Alain TOURAINE e Claude LEVI-STRAUSS).
– Contribuições dos pesquisadores brasileiros ( Oracy NOGUEIRA;
Caio Prado JÚNIOR; Luciano MARTINS; Florestan FERNANDES;
Antônio CANDIDO; Nelson Werneck SODRÉ e outros...)

UNIDADE III – “O ENFOQUE ESTRUTURALISTA DA SOCIOLOGIA BRASILEIRA”

– A história da Sociologia na Brasil sob a perspectiva Estruturalista


(Brandão LOPES e Florestan FERNANDES)
– Movimentos históricos de formação: As contribuições dos
historiadores, antropólogos, economistas, juristas, políticos e
literatos (nina RODRIGUES; Silvio ROMERO; Benjamim
CONSTANT e outros).
– Momentos Históricos de transição (Euclides da CUNHA; Alberto
TORRES; Florentino MENEZES; Arthur RAMOS; Silvio ROMERO
e outros).
– Momentos históricos do desenvolvimento cientifico:
– A desestruturação da sociedade colonial e as mudanças sociais no
Brasil;
– O surgimento da Sociologia como uma especialidade cientifica no
Brasil;
– Pontes de MIRANDA; Delgado de CARVALHO e Joaquim
NABUCO;
– A implantação da Pesquisa de campo na Brasil: Aberto TORRES;
Oliveira VIANNA; Gilberto FREYRE e Caio PRADO JÚNIO;
– Os teóricos da CEPAL, ISEB, CEBRAP, FLACSO e a crítica da
sociedade Latino-Americana.

UNIDADE IV – “A SOCIOLOGIA BRASILEIRA SOB A PERSPECTIVA CRÍTICA”


– A história da sociologia no Brasil sob a perspectiva crítica: a obra
de Octávio IANNI e da Profª. Maria Isaura PERREIRA DE
QUEIROZ.
– A Sociologia brasileira no contexto das relações sociais de
produção;
– Os principais eixos temáticos da Sociologia brasileira;
– A crise de transição da sociedade brasileira;
– A reinterpretação da história social do país;
– O caráter da renovação burguesa no Brasil.
– Periodização histórica de referência da Sociologia no Brasil:
– Contexto histórico / político de 1945 / 1964 e as principais obras
sociológicas segundo eixo temático.
– Contexto histórico / político de 1964 / 1974 e as principais obras
sociológicas segundo eixo temático;

UNIDADE V – “PERSPECTIVAS ATUAIS E FUTURAS DA SOCIOLOGIA NO BRASIL”


- A Sociologia na produção do conhecimento dos anos 80 e 90;
- A Sociologia na Universidade brasileira;
- A Sociologia no Ensino Médio
- A organização social e política dos profissionais da Sociologia no Brasil:
- A Associação dos Sociólogos do Brasil – ASB e seus descobrimentos
Regionais;
- O processo de sindicalização dos sociólogos brasileiros.

IV - BIBLIOGRAFIA:

AZEVEDO, Fernando. A Cultura Brasileira. Rio de Janeiro; Zahar, 1950.


AZEVEDO, Fernando. A Sociologia na Brasil. In: Dicionário de Sociologia. Porto Alegre:
Globo, 1961.p.1–6.
BRASIL, Oswaldo Vital. Contribuição para a História no Brasil. São Paulo, 1988.
FERNANDES, Florestan. A etnologia e a Sociologia no Brasil. São Paulo: Anhembi.1958.
p. 17 – 78 e 179 – 244.
FERNANDES, Florestan. A Sociologia no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1977.
IANNI, Octávio. Florestan Fernandes e a Formação da Sociologia Brasileira. In: Sociologia
da Sociologia. São Paulo: Ática, 1989, p. 84 – 124.
IANNI, Octávio. Noticia da Sociologia Brasileira. In: Sociologia da Sociologia. São Paulo:
Ática, 1989, p. 6 – 83.
PEREIRA DE QUEIROZ, Maria Isaura. A Sociologia Brasileira na Década de 40 e a
Contribuição de Roger Bastide. In: Ciência e Cultura. São Paulo: Revista da S. B. P. C.
29. P. 1353 – 1361.
PEREIRA DE QUEIROZ, Maria Isaura. A Sociologia no Brasil. In. Ciência e Cultura. São
Paulo: Revista da S. B. P. C. 1991.
SILVA, Maria Beatriz Nizza. O pensamento Cientifico no Brasil na Segunda Metade do
Século XVIII. In: Ciência e Cultura. São Paulo: Revista da S. B. P. C. 40 (9). Setembro /
1988. P.859 – 867.