Você está na página 1de 6

O Modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares:

metodologias de operacionalização (Parte II)


Domino D – 2

Práticas e modelos de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares


DREN – T1 – 5.ª Sessão

Breve introdução

“Uma das actividades mais importantes da aplicação do Modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares consiste (…)
em saber identificar os instrumentos de recolha de evidências adequados e extrair desses instrumentos as informações
(evidências) que melhor esclarecem o trabalho e os resultados alcançados pela Biblioteca em relação com este ou aquele
indicador ou conjunto de indicadores.”

“Mas não basta avaliar os frutos do trabalho realizado. É preciso perspectivar as acções que permitam continuar e melhorar esse
trabalho, independentemente dos resultados já alcançados, informando por esta via, os objectivos e iniciativas a integrar no
Plano de Actividades do ano seguinte”. 1

1 Texto da Sessão (2009)

Formanda: Aurora Viana 1/6


O Modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares:
metodologias de operacionalização (Parte II)
Domino D – 2

1. TABELA

Biblioteca / Centro de Recursos Educativos


de Lagares
D. Gestão da BE
D.2. Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços.

Instrumentos de Recolha de Evidências Extraídas dos


Indicadores Factores Críticos de Sucesso Evidências Instrumentos
D.2.1. Liderança da O professor bibliotecário exerce uma liderança forte Autoavaliação do/a professor/a A BE reuniu com a Direcção para definir os
professora coordenadora. e eficaz, promovendo: bibliotecário/a (CK3). objectivos da BE e identificar as condições de
-É um membro activo da comunidade educativa, funcionamento/trabalho da BE.
mobilizando a equipa e o agrupamento para o Questionário aos docentes (QD3). A professora bibliotecária reuniu para
cumprimento dos objectivos da BE e para a sua definir e apresentar o trabalho da BE a equipa.
integração na escola. Documentos normativos internos que A BE coordenou/registou com o grupo de
- Define e distribui funções e cria boas relações orientam a gestão da BE. docentes do quadro de substituição na
interpessoais com a equipa e um ambiente de aplicabilidade da actividade do PNL em sala
trabalho propício ao bom funcionamento da BE. Actas de reuniões com a de aula.
- Participa nos órgãos de decisão pedagógica e nos direcção/Conselho Pedagógico e membros A BE direccionou acções formativas (X
momentos de planificação de actividades, sugerindo da equipa. acções) a docentes/alunos no âmbito da Área
recursos e inventariando possibilidades de trabalho de projecto em contexto de sala de aula e na
com a BE. PA da BE. BE.
- Recorre à planificação estratégica e operacional, A BE actualizou toda documentação interna
de acordo com os objectivos definidos e as Registos de projectos/actividades de gestão adaptando as novas directrizes da
problemáticas identificadas. desenvolvidas pela BE. RBE.
- Operacionaliza um programa de formação para as

Formanda: Aurora Viana 2/6


O Modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares:
metodologias de operacionalização (Parte II)
Domino D – 2

literacias e articula com os docentes contribuindo Registos/análise de serviços prestados pela A BE divulgou de forma adequada e regular
para as aprendizagens dos alunos e para o sucesso BE. as suas actividades a Comunidade Escolar.
escolar.(aulas de substituição sem plano prévio, a
aplicação das actividades do PNL) A auto-avaliação da professora
- Como elemento integrante do PTE, apoia/participa bibliotecária foi avaliada de forma que %
no projecto integrando a BE nas actividades, positiva (ou negativa) e razoável no
reuniões e controle na distribuição de equipamentos. cumprimento dos objectivos elaborados no
- Aplicação da auto-avaliação dos serviços, início de ano.
introduzindo um processo de melhoria contínua
com impacto no processo de planeamento e em Resultados do questionário aos professores:
acções de promoção e marketing. X% dos professores afirmam a utilização nas
- De momento o Agrupamento dispõe apenas de actividades escolares, do apoio e recursos
uma Biblioteca (Escola sede). disponibilizados pela BE.
Desta forma classifica o serviço prestado pela
BE em.
4 – Muito bom (X %)
3 – Bom (X%)
2 – Suficiente (X%)
1 – Insuficiente (X%)

D.2.2. Adequação da A professora bibliotecária possui um nível de Currículos profissionais dos membros da A BE inventariou as suas necessidades na
equipa em número e formação e um perfil de competências que a tornam equipa. quantidade, no conteúdo e na distribuição dos
qualificações às apta a gerir a equipa e a BE. seus recursos em reunião com a Direcção no
necessidades de A equipa é pluridisciplinar, adequada em número e Horário da equipa. início do ano.
funcionamento da BE e às possui competências compatíveis com as funções
solicitações da que desempenha. Horário de ocupação da BE. A BE tem afixado o horário de ocupação dos
comunidade A equipa integra um auxiliar de acção educativa a recursos humanos a ela inerente.
educativa. tempo inteiro, com formação acrescida e PA da BE.
competências técnicas e organizacionais adequadas A BE elaborou o Plano Anual de
à gestão local da BE e à implementação do serviço Questionário aos alunos (QA3). Actividades de acordo com PEA, PAA, PCA
de referência. e atendendo também os projectos em curso na
A equipa tem uma postura proactiva que induz Percepções dos membros da equipa. escola e ao Currículo nacional.
comportamentos de acesso e uso dos recursos e Resultado dos questionário aos alunos:
garante uma mediação eficaz entre as necessidades - O horário da BE atende as tuas necessidades

Formanda: Aurora Viana 3/6


O Modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares:
metodologias de operacionalização (Parte II)
Domino D – 2

dos utilizadores e as fontes de de acesso?


informação/possibilidades da BE. X % dos alunos responderam bom
A professora bibliotecária e a equipa interagem com X % dos alunos responderam suficiente
a escola/ agrupamento, com os departamentos e X % dos alunos responderam pouco
com os professores e os restantes utilizadores. Os X % dos alunos responderam nada
alunos são acompanhados/orientados nos seus
trabalhos e recebem formação contínua para o uso - Quando utilizas a BE a equipa te dá apoio e
da BE e para as diferentes literacias. quando a solicitas nas tuas actividades?
X % dos alunos responderam bom
X % dos alunos responderam suficiente
X % dos alunos responderam pouco
X % dos alunos responderam nada

-A equipa orienta-te nas pesquisas que


efectuas na BE?
X % dos alunos responderam bom
X % dos alunos responderam suficiente
X % dos alunos responderam pouco
X % dos alunos responderam nada

D.2.3. Adequação da BE A BE reflecte e integra os normativos definidos Documentos caracterizadores da BE A BE tem afixado em expositor interno a
em termos de espaço e de pelo Ministério da Educação/ Rede de (plantas, equipamentos, etc.). planta com as áreas definidas, número de
equipamento às Bibliotecas Escolares. equipamentos, mobiliário e orientações da
necessidades A BE disponibiliza razoáveis condições de espaço Registos de observação do funcionamento. CDU.
da escola/ agrupamento. capazes de responder, no seu funcionamento, às
solicitações da comunidade escolar e a uma Estatística de ocupação da BE. A BE apresenta condições normalizadas e
utilização diversificada. adequadas no espaço e funcionamento, integra
A organização do espaço em zonas funcionais Questionário aos professores (QD3). a RBE.
permite uma utilização integrada do espaço e dos
recursos e o trabalho individual e em grupo. Questionário aos alunos (QA4). A BE organiza/dinamiza regularmente as
O mobiliário é adequado em quantidade, cor e altura zonas funcionais para atender as necessidades
à faixa etária dos alunos, proporcionando boas e às solicitações da Comunidade escolar.
condições de acomodação e o acesso livre dos
utilizadores à documentação. Resultado dos questionário aos alunos:

Formanda: Aurora Viana 4/6


O Modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares:
metodologias de operacionalização (Parte II)
Domino D – 2

Os equipamentos são suficientes para as - Achas que a área da BE é adequada para


necessidades locais e para as necessidades do circulares à vontade e realizares bem os
agrupamento. trabalhos?
Os equipamentos respondem em adequação e X % dos alunos responderam bom
funcionalidade aos desafios que o paradigma actual X % dos alunos responderam suficiente
coloca e ao trabalho e uso da documentação em X % dos alunos responderam pouco
diferentes suportes. X % dos alunos responderam nada
- Os alunos responderam quanto a sua
utilização e acesso periódico a BE?
X % dos alunos responderam todos os dias
X % dos alunos responderam algumas vezes
X % dos alunos responderam poucas vezes
X % dos alunos responderam nenhuma vez

Resultados do questionário aos professores:


- Diversidade da colecção em áreas temáticas
e em suportes, incluindo recursos organizados
on-line.
4 - Muito bom (X %)
3 – Bom (X%)
2 – Suficiente (X%)
1 – Insuficiente (X%)
- X% dos professores avaliou o espaço e
serviço da BE como muito bom.

D.2.4. Resposta dos Os equipamentos de leitura áudio/Mp3 e vídeo Inventário de material existente. A professora bibliotecária como elemento
computadores e DVD são adequados em número e condições de integrante a equipa PTE rentabilizou
equipamentos funcionamento. Questionário aos professores (QD3). condições para o aumento de comutadores (de
tecnológicos ao trabalho e O número de computadores responde à procura e às 4 para 8) e software que agiliza todo o
aos novos desafios da BE. solicitações dos utilizadores. Questionário aos alunos (QA4). funcionamento da BE.
O hardware está actualizado e o software responde
às exigências das solicitações. Resultado dos questionário aos alunos:

Formanda: Aurora Viana 5/6


O Modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares:
metodologias de operacionalização (Parte II)
Domino D – 2

A equipa articula a manutenção e uso das TIC com -Os computadores têm respondido às tuas
o coordenador das TIC, rentabilizando necessidades e têm-te permitido realizar os
equipamentos e possibilidades de trabalho. trabalhos?
A BE funciona em rede (Intranet e Internet) e X % dos alunos responderam bom
explora as potencialidades que as redes facultam na X % dos alunos responderam suficiente
escola e no agrupamento. X % dos alunos responderam pouco
A BE recorre a diferentes tipos de ferramentas web X % dos alunos responderam nada
como plataformas de e-learning, ou outros - Existe documentação variada e em suporte
dispositivos da WEB 2.0 para incentivar o diálogo e áudio ou DVD?
desenvolver processos formativos e de produção ou X % dos alunos responderam bom
criativos com os utilizadores e com o agrupamento. X % dos alunos responderam suficiente
X % dos alunos responderam pouco
X % dos alunos responderam nada

Resultados do questionário aos professores:


- É adequado em número e actualização os
equipamentos tecnológicos da BE?
4 - Muito bom (X %)
3 – Bom (X%)
2 – Suficiente (X%)
1 – Insuficiente (X%)
- A BE disponibiliza condições para o seu
trabalho?
4 - Muito bom (X %)
3 – Bom (X%)
2 – Suficiente (X%)
1 – Insuficiente (X%)
- X% de professores utilizam o ambiente da
BE como suporte para pesquisa.

Bibliografia:
Modelo de Auto-avaliação – RBE, 2009 e Texto da Sessão. (2009).

Formanda: Aurora Viana 6/6