Você está na página 1de 18

Hidrologia Aplicada

Prof° Msc Jorge Paixão

profpaixao@outlook.com

1. Importância e aplicação da hidrologia

Hidrologia é a ciência que trata do estudo da água

na natureza. Sua importância é facilmente percebida

quando se observa o papel da água na vida humana.

“Ocorrência, circulação e distribuição”

percebida quando se observa o papel da água na vida humana.  “Ocorrência, circulação e distribuição”
percebida quando se observa o papel da água na vida humana.  “Ocorrência, circulação e distribuição”

1. Importância e aplicação da hidrologia

É

comportamento físico da ocorrência e o aproveitamento da água na bacia hidrográfica

(BH), quantificando os recursos hídricos (RH) no

tempo e espaço e avaliando o impacto da

modificação da BH sobre o comportamento dos

o

área

do

conhecimento

estuda

a

que

RH. Exemplos de aproveitamento dos RH: produção de

energia elétrica, abastecimento de água, navegação,

controle de enchentes e impacto ambiental.

1. Importância e aplicação da hidrologia

Principais áreas:

Planejamento e gerenciamento da BH;

Drenagem urbana;

Energia;

Uso do solo agrícola;

Qualidade da água

Irrigação e navegação

2. Ciclo hidrológico e Bacia hidrográfica

O ciclo hidrológico é o

fenômeno global de circulação fechada da

água entre a superfície terrestre e na atmosfera,

impulsionada fundamentalmente pela

energia solar associada a

gravidade e a rotação terrestre.

e na atmosfera , impulsionada fundamentalmente pela energia solar associada a gravidade e a rotação terrestre.

2. Ciclo hidrológico e Bacia hidrográfica

A superfície terrestre abrange os continentes e os oceanos, participando do ciclo hidrológico a

camada porosa que recobre os continentes (solos e

rochas) e o reservatório formado pelos oceanos.

do ciclo hidrológico a camada porosa que recobre os continentes (solos e rochas) e o reservatório

2. Ciclo hidrológico e Bacia hidrográfica

Atmosfera: Pode ser dividida em quatro

troposfera, estratosfera,

camadas:

mesosfera, ionosfera.

A maioria dos fenômenos meteorológicos acontecem na fina camada (8 a 16 km) da troposfera e onde está contida 90% da umidade. Estratosfera: importante por causa da camada de ozônio (O 3 ).

2. Ciclo hidrológico e Bacia hidrográfica

2. Ciclo hidrológico e Bacia hidrográfica

2. Ciclo hidrológico e Bacia hidrográfica

A grande variabilidade nas manifestações do ciclo hidrológico nos diferentes pontos do globo é devido.

Desuniformidade superfície terrestre;

Diferente comportamento térmico dos oceanos em relação ao continente.

Quantidade de vapor de água, CO 2 e O 3 na atmosfera;

Cobertura vegetal;

Rotação e inclinação do eixo da terra (estações do ano)

atinge a

energia

solar

na

que

3.Descrição geral do ciclo hidrológico (CH)

3.Descrição geral do ciclo hidrológico (CH)

3.Descrição geral do ciclo hidrológico (CH)

A chuva é o modo principal de precipitação. Esse

fenômeno ocorre pela aglutinação e crescimento de

microgotículas de umidade (vapor de água) e

núcleos de condensação (poeira, gelo, NaCl) formam assim uma grande quantidade de gotas

com tamanho e peso suficiente para que a força da

gravidade supere a turbulência e assim ocorre a precipitação.

3.Descrição geral do ciclo hidrológico (CH)

Quando o vapor de água transforma-se diretamente em cristais de gelo e estes atingem tamanho e

peso suficientes, a precipitação pode ocorrer na

forma de neve ou granizo. Quando as

microgotículas são formadas próximas ao solo

forma-se um nevoeiro ou nuvem.

No

trajeto

em

direção

a

superfície

terrestre

a

precipitação sofre evaporação.

3.Descrição geral do ciclo hidrológico (CH)

Parte

do

volume

precipitado

pode

sofrer

a

interceptação em folhas e caules dos vegetais, de

onde podem ser evaporado.

A água no solo tem diversos caminhos, um deles é a infiltração. Como o solo é poroso, a água

infiltra até um certo limite. Depois desse

momento a precipitação que cai no solo gera o

escoamento superficial.

3.Descrição geral do ciclo hidrológico (CH)

3.Descrição geral do ciclo hidrológico (CH)

3.Descrição geral do ciclo hidrológico (CH)

A água infiltrada no solo é aproveitada pelas raízes

dos vegetais e depois é devolvida a atmosfera por transpiração. A água que não é aproveitada

pelos vegetais percola até o lençol freático. Normalmente o lençol freático contribui para o

escoamento base dos rios.

pela

gravidade para as cotas mais baixas.

Escoamento

superficial:

é

impulsionado

4. Quantificação geral dos afluxos de água

Local

Volume (10 15 m 3 )

Oceanos

1350

Geleiras

25

Águas subterrâneas

8,4

Rios e lagos

0,2

Biosfera

0,0006

Atmosfera

0,0130

5. Dados hidrológicos básicos

O estudo da hidrologia compreende a coleta de

dados básicos como: a quantidade de água

precipitada ou evaporada, a vazão dos rios,

análise de dados relacionados a fatores diversos e

por fim a aplicação do conhecimento na resolução dos problemas. A hidrologia baseia-se essencialmente em elementos observados e medidos no campo. 1 posto pluviométrico (Brasil 4000 km 2 ; EUA 1000 km 2 ; Israel 200 km 2 )

Zuffo (2015)