Você está na página 1de 5

692418-8

Política Cambial e Comercial
Consiste no controle sobre a taxa de câmbio (câmbio fixo, flutuante) e incentivo dado pelo
governo às exportações ou estímulo/desestímulo de importações.
Taxa de câmbio nominal (E)
- É a quantidade de moeda _______________ necessária para adquirir 1 unidade de moeda
___________________.
E=

R$_
US$

- É a taxa que aparece nas páginas de economia dos jornais.
- Quando a taxa de câmbio aumenta, ocorre a _____________________________ da moeda
nacional (preciso de mais reais para comprar 1 unidade de moeda estrangeira). Essa situação
estimula as ________________________.
- Quando a taxa de câmbio diminui, ocorre a _____________________________ da moeda
nacional (preciso de menos reais para comprar 1 unidade de moeda estrangeira). Essa situação
estimula as ____________________________.
Taxa de câmbio real (e)
- Reflete a _________________________ doméstica em relação ao resto do mundo.
e = E. P*
P
E – Taxa de câmbio nominal
P* - Índice de preços externo
P – Índice de preços doméstico
Quanto _________ o valor da taxa de câmbio real, maior a competitividade do produto nacional.
- Um exemplo dessa taxa é o índice Big Mac, que reflete os diferentes custos de produção do
produto em cada país.
Regimes Cambiais
- Regime de taxas de câmbio fixas
- A taxa de câmbio do País (ou o valor da moeda do País em relação às outras divisas) é fixa. O
governo, por meio do ______________________, intervém no mercado cambial, de modo a
equilibrar a oferta e a demanda de divisas no nível da taxa de câmbio estabelecida.

isto é. Nesse sentido. uma vez que faltariam os recursos materiais. passar a trabalhar apenas nas coisas que faz melhor. . Na realidade. formando uma banda de variação a partir da qual interviria. gostaria que você se imaginasse como uma pessoa totalmente autosuficiente. ainda.As oscilações de demanda e oferta de divisas não repercutem sobre a taxa de câmbio. . A partir desta reflexão. e a moeda nacional se _________________________. Com certeza. cada um procura tirar vantagens especializando-se naquilo que faz melhor e ganhando o suficiente para poder comprar os bens e serviços que não produz. um professor.. o mercado cambial não afeta diretamente o nível de _________________________ de divisas possuídas pelo País. habilidade e tempo para você fazer muitas dessas coisas. poderia produzir uma quantidade maior do que o necessário ao seu autoabastecimento e vender ou trocar o excedente por outras coisas que porventura desejasse. a essa taxa. construir sua própria casa. Uma possibilidade seria você se especializar. senão não negociam. ou seja.A taxa de câmbio deve ajustar-se de modo a equilibrar o mercado de divisas. mas o governo permite a oscilação do em torno da taxa de referência até certos limites (superiores e inferiores).As alterações na oferta e na demanda de divisas tem efeito sobre a taxa de câmbio. Enquanto alguns países são mais bem dotados de terra. Dessa . você teria de fazer suas próprias roupas. O Banco Central não intervém na taxa de câmbio. alguém que produz tudo que irá consumir. Lembrar – Princípio 5 de Economia: o comércio pode ser bom para todos. Nesse regime. produzir seus próprios alimentos.Quando há excesso de ___________________ de divisas: o governo entra no mercado adquirindo divisas pela taxa de câmbio fixada. um economista. divisas que possui em reserva. O fenômeno da especialização também ocorre entre países. teria de ter condições sozinho para tentar satisfazer todas as suas necessidades e desejos. Os dois lados lucram. Para começar esta aula. porém. Quando há excesso de _____________________ por divisas: o governo entra vendendo. Flutuação suja: o governo intervém pontualmente no mercado de câmbio. Assim. . são mais bem dotados de capital. O comércio é mutuamente benéfico – Duas pessoas não trocam bens e serviços a não ser que ambas esperem benefício. isso não significa necessariamente que a outra perde.Regime de taxas de câmbio flutuantes . enfim. isto é o que a maioria das pessoas procuram fazer.Quando há Excesso de demanda por moeda estrangeira: a moeda estrangeira terá seu preço elevado. que deverá valorizar-se ou desvalorizar-se em função de tais alterações. outros. podemos perceber que um fato é certo: nós não participamos diretamente da produção de tudo aquilo que consumimos. . uma vez que os recursos existentes são distribuídos desigualmente. Quando há excesso de oferta de moeda estrangeira: o preço da moeda estrangeira cairá e a moeda nacional se ________________________. o seu padrão de vida cairia muito. Sistema de __________________________: flexibilização do regime de taxa de câmbio fixa. um pedreiro. outros são mais bem dotados de mão-de-obra especializada. mas apenas sobre o volume de _________________________________ do País e sobre e também sobre a oferta de moeda primária nesse País. Um médico. há uma taxa de referência. evitando grandes variações. Se uma pessoa lucra com o comércio.

As principais medidas protecionistas – Baseado no acima exposto. algumas mercadorias podem ser obtidas a custos menores do que se fossem produzidas internamente. os custos de produção variam de país para país._____________________________________________________________ 2 . E. é um pagamento que as autoridades econômicas exigem para a importação de produtos de outros países. Por causa dessas diferenças. para limitar a entrada de determinados produtos em um país. novas indústrias que não poderiam competir com as de outros países onde essas indústrias já estão desenvolvidas.  Tornar possível o desenvolvimento das “_____________________________”. vamos resumir os principais tipos de intervenção:  Impostos de importação ou tarifas aduaneiras (ou alfandegárias)– Uma tarifa aduaneira ou imposto de importação. por meio do comércio internacional._____________________________________________________________ 4 . conseqüentemente. e . em certos casos._____________________________________________________________ 5 . tendem a ser ricos ou pobres com relação a determinado fator de produção.  Fomentar a industrialização e a criação de empregos.forma. Teorias de Comércio Internacional 1 . que aconselham ou justificam. com o objetivo de elevar o seu preço no mercado interno. mediante um processo de substituição de _______________________._____________________________________________________________ 6 . (produzir no próprio país os produtos anteriormente importados). Este seria o caso das indústrias relacionadas com a defesa. Estas medidas protecionistas são justificadas pelos seguintes argumentos:  Proteger uma indústria considerada _______________________ para a segurança nacional._____________________________________________________________ 3 .  Procurar combater os _______________________ que se apresentam entre as exportações e as importações. ou seja. algum grau de protecionismo ou intervencionismo._____________________________________________________________ Obstáculos ao livre comércio entre países – Existe uma série de fatos.

e o recurso a normas administrativas de qualidade e sanitárias muito estritas. . É freqüente os países mais desenvolvidos estabelecerem regulamentações sanitárias e de defesa do consumidor muito mais minuciosas para os produtos estrangeiros do que para os produtos nacionais. criando um processo burocrático e facilitando a corrupção (superfaturamento da importação e subfaturamento das exportações. qualquer que seja seu preço. que genericamente. Por exemplo.  Licenças de importação e exportação – Há o controle da importação ou exportação mediante emissão de licenças. são chamadas barreiras não tarifárias.  Subsídios à exportação – O subsídio à exportação é uma ajuda ao fabricante nacional de determinados bens para que possa exportá-los a preços menores e mais competitivos. nacionais para que não sofram  Contingenciamento ou quotas à importação – Sem prejuízo da medida anterior. tais como: o estabelecimento de procedimentos aduaneiros complexos e custosos. As barreiras _____________________ são regulamentações administrativas que discriminam os produtos estrangeiros e favorecem os nacionais. As tarifas e os subsídios alteram as vantagens comparativas dos diferentes países e seu efeito é reduzir o comércio (no caso de tarifas) ou aumentá-lo (no caso de subsídios). limitam a quantidade que se pode importar desses bens. existem outras maneiras de colocar obstáculos ao livre comércio. Mercadorias não essenciais possuem taxas de câmbio elevadas.assim “proteger” os produtos concorrência de bens baratos. Exemplo: Instrução 70 da SUMOC no Governo Getúlio Vargas. às vezes. Além das tarifas e das quotas.  Taxas múltiplas de câmbio – mercadorias consideradas essenciais são beneficiadas com taxas favorecidas. ou seja. Esse sistema engessa a economia. os países europeus estabelecem limites quantitativos à importação de automóveis japoneses. os governos impõem contingenciamento ou restrições para determinados produtos estrangeiros.