Você está na página 1de 6

Universidade Federal do Recˆoncavo da Bahia - 2015.2 Centro de Ciˆencias Exatas e Tecnol´ogicas Primeira Lista de Exerc´ıcios de F´ısica Geral e Experimental I - T06 Professora: Rogelma M. S. Ferreira

1 a Lista de Exerc´ıcios

1) Um autom´ovel viaja em uma estrada retil´ınea por 40 km a 30 km/h. Em seguida, continuando no mesmo sentido, percorre outros 40 km a 60 km/h. (a) Qual ´e a velocidade m´edia do carro durante este percurso de 80 km? (Suponha que o

carro se move no sentido positivo de x.) (b) Qual

´e a velocidade escalar m´edia? (c) Trace o gr´afico

de x em fun¸c˜ao de t e mostre como calcular a velocidade m´edia a partir do gr´afico. Respostas:

(a) 40km/h; (b) 40km/h .

2) Calcule a velocidade escalar m´edia nos seguintes casos: a) vocˆe percorre uma distˆancia de 73.2 m a uma velocidade de 1.2 m/s e, depois, corre 73.2 m a uma velocidade de 3 m/s, em uma pista retil´ınea. b) Vocˆe caminha durante 1 min

a uma velocidade de 1.2 m/s e, depois, corre 1

min a uma velocidade de 3 m/s na mesma pista. Respostas: (a) 1.7 m/s; (b) 2.1 m/s

3) Um objeto move-se em linha reta conforme

o gr´afico velocidade versus tempo. Esboce um

gr´afico da acelera¸c˜ao do objeto em rela¸c˜ao ao tempo.

da acelera¸c˜ao do objeto em rela¸c˜ao ao tempo. Figura 1: Problema 3 tempo (sim´etricos em rela¸c˜ao

Figura 1: Problema 3

tempo (sim´etricos em rela¸c˜ao a t = 3 s): a) 2 s

e 4 s; b) 2.5 s a 3.5 s; c) 2.75 s a 3.25 s; d) 2.9 s

a 3.1 s; e e) 2.95 s e 3.05 s. f) Pode-se mostrar

que, para esta part´ıcula, a velocidade instantˆanea (em cm/s) ´e dada por v = 4.5t 2 . Ent˜ao, calcule

a velocidade instantˆanea para t = 3 s. g) Agora,

considere uma part´ıcula em MRUV segundo a equa¸c˜ao x = 9.75 + 1.5t 2 , e determine a velocidade

m´edia nos intervalos de tempo 2 s e 4 s, e h) 2.5 s e 3.5 s. i) Calcule tamb´em a velocidade instantˆanea para t = 3 s. j) Calcule ainda, para este caso, a m´edia das velocidades instantˆaneas para t = 2 s

e para t = 4 s. Quais s˜ao as conclus˜oes que vocˆe pode tirar destes resultados? a) 42 cm/s; e) 40.5 cm/s; f) 40.5 cm/s; g) 9 cm/s.

5) Um corpo percorre 250 cm em linha reta, enquanto diminui sua velocidade de 1.5 m/s at´e zero. a) Quanto foi a sua acelera¸c˜ao, supondo-a constante? b) Quanto tempo levou para atingir

o repouso? c) Quanto tempo foi necess´ario para completar a primeira metade dos 250 cm? Re- spostas: 0.45m/s 2 ; 3.3 s; .98 s.

6) Uma pedra ´e atirada, com velocidade inicial de 36.6 m/s e ˆangulo de 60 com a horizontal, na

dire¸c˜ao de um rochedo de altura h. A pedra atinge

o rochedo 5.5 s ap´os o lan¸camento. Determine: a)

a altura h do rochedo; b) a velocidade da pedra no

instante do impacto no ponto A; c) a altura m´ax- ima H atingida a contar do solo e d) a distˆancia horizontal entre o ponto de lan¸camento e o ponto onde a altura ´e m´axima. e) Represente grafica- mente as componentes horizontal e vertical da ve- locidade, bem como as componentes horizontal e vertical da acelera¸c˜ao, em fun¸c˜ao do tempo.

e vertical da acelera¸c˜ao, em fun¸c˜ao do tempo. Figura 2: Problema 6   7) Suponha que

Figura 2: Problema 6

 

7)

Suponha

que

o

vetor

posi¸c˜ao

para

uma

 

4) A posi¸c˜ao de uma part´ıcula movendo-se ao

part´ıcula

seja

dado

como

fun¸c˜ao

 

do

tempo

 

ˆ

ˆ

longo do eixo dos x ´e dada por x = 9.75 + 1.5t 3

por r(t) =

x(t) i + y(t) j, com x(t)

 

=

at + b

e

onde t ´e dado em segundos e x em cm. Calcule

y(t) = ct 2 + d,

com a

=

1, 00 m/s,

b

=

1, 00 m,

a

velocidade m´edia nos seguintes intervalos de

c

=

0, 125m/s 2 ,

e

d

=

1, 00

m.

(a) Calcule a

1

velocidade m´edia durante o intervalo de tempo de

t = 2, 00s a t = 4, 00s. (b) Determine a velocidade

e a velocidade escalar em t = 2, 00s.

Respostas:

(a) (1, 00 i + 0, 75 j)m/s; (b) 1, 12m/s.

ˆ ˆ

8) Um peixe nadando em um plano horizontal

ˆ

ˆ

tem velocidade v i = (4, 00 i + 1, 00 j) m/s em um

ponto no oceano onde o deslocamento em rela¸c˜ao

 

ˆ

ˆ

a

uma certa pedra ´e r i = (10, 0 i 4, 00 j) m. Ap´os

o

peixe nadar com acelera¸c˜ao constante por 20, 0

 

ˆ

ˆ

s,

sua velocidade ´e v f

=

(20, 0 i 5, 00 j)

m/s.

(a)

Quais s˜ao as componentes da acelera¸c˜ao? (b)

Qual ´e a dire¸c˜ao da acelera¸c˜ao com rela¸c˜ao ao

vetor unit´ario

acelera¸c˜ao constante, onde ele est´a em t = 25, 0 s,

(c) Se o peixe permanece com

ˆ

i?

e em qual dire¸c˜ao est´a se deslocando? Respostas:

(a)

a x = 0, 800m/s 2 ; a y = 0, 300m/s 2 ; (b)

339 ;

(c)

x

= 360m; y = 72, 7m e 15, 2 .

9) Uma bola, lan¸cada verticalmente para cima, demora 2.25 s para chegar at´e a altura de 36.8 m. a) Qual era a sua velocidade inicial? b) Qual ´e a sua velocidade nesta altura? c) At´e que altura a bola chega? Respostas: 27.4 m/s; 5.3 m/s; 38.2 m.

10) Uma pedra ´e solta do topo de um pr´edio, um morador de um certo andar deste mesmo pr´edio nota que a pedra leva 0.25 s para cruzar a altura de sua janela de 1.5 m de altura. Determine a distˆancia da parte mais alta da janela ao topo do pr´edio. Respostas: 1.16m.

11) Um avi˜ao voa 482.7 km na dire¸c˜ao leste, da cidade A para a cidade B, em 45 minutos e, depois, 965.4 km para o sul, da cidade B para

a cidade C, em 1.5 h. a) Quais s˜ao o m´odulo,

a dire¸c˜ao e o sentido do vetor deslocamento que

representa a viagem total? Quais s˜ao: b) o vetor

velocidade m´edia e c) a velocidade escalar m´edia para a viagem? Respostas: 1079.4 km, 63.4 ,

ˆ ˆ

214.5 i 429.1 j (em km/h); 643.6 km/h.

12) Um viciado em acelera¸c˜ao centr´ıpeta executa um movimento circular uniforme de per´ıodo T = 2s

No instante t 1 sua acelera¸c˜ao ´e

Nesse instante, quais

a = (6m/s 2 ) ˆ i + (?4m/s 2 j.

e raio

r

= 3m.

ˆ

s˜ao os valores de (a) v a? e (b) r × a? Respostas:

(a) 0; (b) 0.

13) A componente x do vetor

A ´e 25, 0 m e a

2

componente y ´e +40, 0m. (a) Qual ´e o m´odulo de

A? (b) Qual ´e o ˆangulo entre a orienta¸c˜ao de A e

o semi-eixo positivo de x? Respostas: (a) 47, 2m;

(b)122 .

a defini¸c˜ao de produto escalar,

a. b = abcosθ e o fato de que a. b = a x b x +a y b y +a z b z ,

14)

Use

para

calcular

o

ˆangulo

entre

os

vetores

ˆ

ˆ

ˆ

ˆ

ˆ

ˆ

a = 3, 0 i + 3, 0 j + 3, 0 k e

b

= 2, 0 i + 1, 0 j

+ 3, 0 k.

Resposta: 22 .

15) Uma corrente de cinco elos, de 0, 100 kg cada

um, ´e levantada verticalmente com uma acelera¸c˜ao constante de 2, 50m/s 2 , conforme mostra a figura. Determine: (a) as for¸cas que atuam entre os elos adjacentes, (b) a for¸ca F exercida no elo de cima pelo agente externo que ergue a corrente, e (c) a for¸ca resultante sobre cada elo. Respostas: (a) 1, 23 N, 2, 46 N, 3, 69 N e 4, 92 N; (b) 6, 15 N; (c) 0, 25

N.

46 N, 3 , 69 N e 4 , 92 N; (b) 6 , 15 N;

Figura 3: Problema 14

16) Dois blocos de massas m 1 = 4, 6 kg e m 2 =

3,

mesa horizontal sem sofrer atrito (veja a figura). Em certo instante, a massa m 2 tem uma acelera¸c˜ao a 2 = 2, 6m/s 2 . (a) Qual ´e a for¸ca F que atua sobre m 2 ? (b) Quanto vale a tens˜ao na corda? Respostas:

(a) 21, 8 N; (b) 12, 0 N.

8 kg est˜ao ligados por uma corda leve sobre uma

12 , 0 N. 8 kg est˜ao ligados por uma corda leve sobre uma Figura 4:

Figura 4: Problema 15

17) Em um parque de divers˜oes uma mulher

passeia em uma roda-gigante com 15m de raio, completando cinco voltas em torno do eixo hori- zontal a cada minuto. Quais s˜ao (a) o per´ıodo do movimento, (b) o m´odulo e (c) o sentido de sua acelera¸c˜ao centr´ıpeta no ponto mais alto, e (d) o

m´odulo e (e) o sentido de sua acelera¸c˜ao centr´ıpeta no ponto mais baixo? Respostas: (a) 12s; (b) 4, 1m/s 2 ; (c) para baixo; (d) 4, 1m/s 2 ; (e) para cima.

18) Um sat´elite se move em uma ´orbita circular, 640km acima da superf´ıcie da Terra, com um per´ıodo de 98min. Quais s˜ao (a) a velocidade e

(b) o m´odulo da acelera¸c˜ao centr´ıpeta do sat´elite?

Respostas: (a) 7, 49km/s; (b) 8, 00m/s 2 .

19) Um engenheiro precisa manter uma massa M em suspens˜ao, utilizando uma viga presa ao

ch˜ao com um ˆangulo de 45 , como apresentado na figura (a) Qual a tens˜ao na corda A? (b) Como minimizar a tens˜ao na corda B? (c) Qual a for¸ca de compress˜ao vertical na viga C? Respostas: (a)

Mg; (b)

cosθsenθ ; (c) Mg( cosθsenθ ).

Mg

cosθ

; ( c ) M g ( cosθ − senθ ) . M g cosθ Figura

Figura 5: Problema 19

20) Duas for¸cas agem sobre uma caixa de 2, 0 kg vista de cima na figura 6, mas apenas uma ´e mostrada. Para F 1 = 20 N, a = 12m/s 2 e θ = 30 , determine a segunda for¸ca (a) em termos dos ve- tores unit´arios e como um (b) m´odulo e (c) um ˆan-

gulo em rela¸c˜ao ao semi-eixo x positivo. Respostas:

ˆ ˆ

(a) (32, 0N ) i (20, 8N ) j; (b) 38, 2N; (c) 147 .

− (20 , 8 N ) j ; (b) 38 , 2N; (c) − 147 ◦

Figura 6: Problema 20

21) Uma part´ıcula de 0, 150kg se move ao longo de um eixo x de acordo com a equa¸c˜ao x(t) = 13 + 2t + 4t 2 3t 3 com x em metros e t em segundos. Em termos dos vetores unit´arios, qual ´e

3

a for¸ca resultante a que est´a submetida a part´ıcula

ˆ

no instante t = 3, 4s? Resposta: (7, 98N ) i.

22) A figura mostra um arranjo no qual quatro discos est˜ao suspensos por cordas. A corda mais

comprida, no alto, passa por uma polia sem atrito

e exerce uma for¸ca de 98N sobre a parede `a qual

est´a presa. As tens˜oes nas cordas mais curtas s˜ao

T 1 = 58, 8N, T 2 = 49, 0N e T 3 = 9, 8N.

Quais s˜ao

as massas (a) do disco A, (b) do disco B, (c) do disco C e (d) do disco D?

do disco A, (b) do disco B, (c) do disco C e (d) do disco D?

Figura 7: Problema 22

23) Na figura abaixo a massa do bloco ´e 8, 5kg

e o ˆangulo θ ´e de 30 . Determine (a) a tens˜ao na

corda e (b) a for¸ca normal que age sobre o bloco. (c) Determine o m´odulo da acelera¸c˜ao do bloco se

a corda for cortada. (o sistema n˜ao tem atrito). Resposta: (a) 42 N; (b) 72 N; (c) 4, 9m/s 2 .

Resposta: (a) 42 N; (b) 72 N; (c) 4 , 9 m/s 2 . Figura 8:

Figura 8: Problema 23

24) Na figura 9, trˆes blocos conectados s˜ao puxados para a direita sobre uma mesa horizontal sem atrito por uma for¸ca de m´odulo T 3 = 65N. Se m 1 = 12kg, m 2 = 24kg e m 3 = 31kg calcule (a) o

m´odulo da acelera¸c˜ao do sistema, (b) a tens˜ao T 1

e (c) a tens˜ao T 2 . Respostas: (a) 0, 970m/s 2 ; (b) 11, 6 N; (c) 34, 9 N.

25) Um bloco de massa m 1 = 3, 7kg sobe um plano inclinado sem atrito, de ˆangulo θ = 30 , est´a preso por uma corda de massa desprez´ıvel, que passa por uma polia de massa e atrito desprez´ıveis,

Figura 9: Problema 24 a um outro bloco de massa m 2 = 2 ,

Figura 9: Problema 24

a um outro bloco de massa m 2 = 2, 3kg (figura

10). Quais s˜ao (a) o m´odulo da acelera¸c˜ao de cada bloco, (b) a orienta¸c˜ao da acelera¸c˜ao do bloco que est´a pendurado e (c) a tens˜ao na corda? Respostas:

(a) 0, 735m/s 2 ; (b) para baixo; (c) 20, 8N.

(a) 0 , 735 m/s 2 ; (b) para baixo; (c) 20 , 8N. Figura 12:
(a) 0 , 735 m/s 2 ; (b) para baixo; (c) 20 , 8N. Figura 12:

Figura 12: Problema 27

bloco A, para o qual o sistema ficar´a em equil´ıbrio. Resposta: 102, 7 N.

sistema ficar´a em equil´ıbrio. Resposta: 102 , 7 N. Figura 13: Problema 28 Figura 10: Problema

Figura 13: Problema 28

Figura 10: Problema 25

26) Um bloco de 3, 5 kg ´e empurrado ao longo de um piso horizontal por uma for¸ca de m´odulo F = 15 N que faz um ˆangulo θ = 40 com a horizontal (Figura 11). O coeficiente de atrito cin´etico entre

o bloco e o piso ´e 0, 25. Calcule (a) o m´odulo da

for¸ca de atrito que o piso exerce sobre o bloco e (b) o m´odulo da acelera¸c˜ao do bloco. Respostas: (a) 11 N; (b) 0, 14m/s 2 .

do bloco. Respostas: (a) 11 N; (b) 0 , 14 m/s 2 . 29) Uma pessoa

29) Uma pessoa empurra horizontalmente uma caixa de 55 kg, para movˆe-la sobre o ch˜ao, com

uma for¸ca de 220 N. O coeficiente de atrito cin´etico

´e 0, 35. (a) Qual o m´odulo da for¸ca de atrito?

(b) Qual a acelera¸c˜ao da caixa? Respostas: (a) 188, 65N, b) 0, 57m/s 2 .

30) Na figura 14, um carro (sem sustenta¸c˜ao neg-

ativa) dirigido por um dublˆe passa pelo alto de um morro cuja se¸c˜ao transversal pode ser aproximada por uma circunferˆencia de raio R = 250 m. Qual ´e

a maior velocidade para a qual o carro n˜ao perde

contato com a estrada no alto do morro? Respostas:

49, 5 m/s ou 178 km/h.

Figura 11: Problema 26

Respostas: 49 , 5 m/s ou 178 km/h. Figura 11: Problema 26 Figura 14: Problema 30

Figura 14: Problema 30

P atua sobre um bloco com 45

N de peso. O bloco est´a inicialmente em repouso

sobre um plano inclinado de ˆangulo θ = 15 com a horizontal. O sentido positivo de x ´e para cima ao longo do plano (figura 12). Os coefientes de atrito

entre o bloco e o plano s˜ao µ s = 50, 0 e µ k = 34, 0. Em termos de vetores unit´arios, qual ´e a for¸ca

27) Uma for¸ca

31) A figura 15 mostra trˆes for¸cas aplicadas a

um ba´u que se desloca 3, 00m para a esquerda

 

ˆ

de atrito quando

P

´e

igual a

(a) (0, 5N ) i,

(b)

sobre um piso sem atrito. Os m´odulos das for¸cas

ˆ

ˆ

ˆ

(0, 8) iN, (c) (0, 15) iN? Respostas: (a) (17N ) i;

ˆ ˆ

(B) (20N ) i; (C) (15N ) i.

28) O bloco B da figura 13 pesa 711 N. o coefi-

ciente de atrito est´atico entre o bloco e a superf´ıcie da mesa ´e de 0, 25; suponha que o cabo entre B e

o n´o seja horizontal. Determine o peso m´aximo do

F 1 = 5, 00N, F 2 = 9, 00N e F 3 = 3, 00N. O ˆangulo

indicado ´e θ = 60 . Nesse deslocamento, (a) Qual

´e o trabalho total realizado sobre o ba´u pelas trˆes for¸cas? b) A energia cin´etica do ba´u aumenta ou diminui? Respostas: (a) 1, 50J; (b) aumenta.

4

Figura 15: Problema 31 32) Um bloco de 5kg se move em linha reta numa

Figura 15: Problema 31

32) Um bloco de 5kg se move em linha reta numa

superf´ıcie horizontal sem atrito sob a influˆencia

de uma for¸ca que varia com a posi¸c˜ao da forma

indicada na figura 16. Qual o trabalho executado

pela for¸ca quando o bloco se desloca da origem at´e

o

ponto x = 8m? Resposta: 25J.

desloca da origem at´e o ponto x = 8m? Resposta: 25J. Figura 16: Problema 32 33)

Figura 16: Problema 32

33) Uma for¸ca de 5N age sobre um corpo de

1,

executado pela for¸ca no primeiro, segundo e terceiros segundos e (b) a potˆencia instantˆanea aplicada pela for¸ca no final do terceiro segundo. Respostas: (a) 0, 83J, 2, 5J, 4, 2J. (b) 5W.

5kg em repouso. Determine: (a) o trabalho

34) A unica´ for¸ca que age sobre um corpo de 2, 0 Kg enquanto ele se move no semi-eixo positivo de um eixo x tem uma componente F x = 6x N, com

x

em metros. A velocidade do corpo em x = 3, 0

m

´e 8, 0 m/s. (a) Qual ´e a velocidade do corpo

em x = 4, 0 m? (b) Para que valor positivo de x o

corpo tem uma velocidade de 5 m/s? Respostas:

(a) 6, 6 m/s; (b) 4, 7 m.

(c) 0 (d) 25 J.

(a) 6 , 6 m/s; (b) 4 , 7 m. (c) 0 (d) − 25 J.

Figura 17: Problema 35

part´ıcula est´a sub-

metida aponta ao longo do eixo x e ´e dada por

F = F 0 (x/x 0 1). Determine o trabalho realizado

pela for¸ca ao mover a part´ıcula de x = 0 at´e

x = 2x 0 : (a) A partir do gr´afico de F (x); (b) Por

integra¸c˜ao. Respostas: (a) 0; (b) 0.

36)

A

for¸ca

a

que

uma

37) Qual ´e a constante el´astica de uma mola que armazena 25J de energia potencial ao ser

comprimida 7, 5cm.

Respostas: 89N/cm.

38) Um caminh˜ao perdeu os freios quando estava descendo uma ladeira a 130 Km/h e o motorista dirigiu o ve´ıculo para uma rampa de emergˆencia

sem atrito com inclina¸c˜ao de 15 . A massa do caminh˜ao ´e 12000 kg. (a) Qual ´e o menor com- primento L que a rampa deve ter para que o cam- inh˜ao pare (momentaneamente) antes de chegar ao final? (suponha que o caminh˜ao pode ser tratado como uma part´ıcula e justifique essa suposi¸c˜ao.) O comprimento m´ınimo L aumenta, diminui ou per- manece o mesmo (b) se a massa do caminh˜ao for menor e (c) se a velocidade for menor? Respostas:

(a) 2, 6 × 10 2 m; (b) o mesmo; (c) diminui.

(a) 2 , 6 × 10 2 m; (b) o mesmo; (c) diminui. 35) Uma mola

35) Uma mola e um bloco s˜ao montados como na figura 17. Quando o bloco ´e puxado para o ponto x = +4, 0 cm, devemos aplicar uma for¸ca

Figura 18: Problema 38

39) Uma bola de gude de 5g ´e lan¸cada verti-

de

360 N para mantˆe-lo nessa posi¸c˜ao. Puxamos o

calmente para cima usando uma espingarda de

bloco para o ponto x = 11 cm e o liberamos. Qual

mola. A mola deve ser comprimida de exatamente

´e

o trabalho realizado pela mola sobre o bloco,

8cm para que a bola alcance um alvo colocado a

quando este se desloca de x i = +5, 0 cm para (a)

20m acima da posi¸c˜ao da bola de gude na mola

x

= +3, 0 cm, (b) x = 3, 0 cm, (c) x = 5, 0 cm

comprimida. (a) Qual ´e a varia¸c˜ao ?Ug da energia

e

(d) x = 9, 0 cm? Respostas: (a) 7, 2 J (b) 7, 2 J

potencial gravitacional do sistema bola de gude

5

- Terra durante a subida de 20m? (b) Qual ´e a varia¸c˜ao ∆U g da energia potencial el´astica da mola durante o lan¸camento da bola de gude? (c) Qual ´e a constante el´astica da mola? Respostas: (a) 0, 98J; (b) 0, 98J; (c) 3, 1 N/cm.

for¸ca conservativa F =

(6x 12) iN, onde

bre uma part´ıcula que se move ao londo de um eixo x. A energia potencial U associada a essa

for¸ca recebe o valor de 27J em x = 0. (a) Escreva uma express˜ao para U como uma fun¸c˜ao de x, com

U em joules e x em metros. (b) Qual ´e o m´aximo

valor positivo da energia potencial? Para que valor

(c) negativo e (d) positivo de x a energia potencial

´e nula? Respostas: (a) U = 27 + 12x 3x 2 ; (b) 39J; (c) 1, 6m; (d) 5, 6m.

age so-

40)

Uma

ˆ

unica´

x est´a em metros,

41) Um bloco com massa m = 2kg ´e apoiado em uma mola em um plano inclinado sem atrito de ˆangulo θ = 30 . (figura 19) (O bloco n˜ao

est´a preso `a mola.) A mola, de constante el´astica

k = 19, 6N/cm, ´e comprimida de 20cm e depois

liberada. (a) Qual ´e a energia potencial el´astica da mola comprimida? (b) Qual ´e a varia¸c˜ao da ener- gia potencial gravitacional do sistema bloco-Terra

quando o bloco se move do ponto em que foi lib- erado at´e o ponto mais alto que atinge no plano

inclinado? (c) Qual ´e a distˆancia percorrida pelo bloco ao longo do plano inclinado at´e atingir esta altura m´axima? Respostas: (a) 39, 2J; (b) 39, 2J;

(c) 4, 0m.

Respostas: (a) 39 , 2J; (b) 39 , 2J; (c) 4 , 0m. Figura 19: Problema

Figura 19: Problema 41

42) Na figura 20 um bloco desliza de A para C em uma rampa sem atrito e ent˜ao passa para uma

regi˜ao horizontal CD, onde est´a sujeito a uma for¸ca de atrito. A energia cin´etica do bloco aumenta, diminui ou permanece constante (a) na regi˜ao AB,

(b) na regi˜ao BC e (c) na regi˜ao CD? (d) a energia

mecˆanica do bloco aumenta, diminui ou permanece constante nessas regi˜oes? Respostas: (a) aumenta;

6

(b) diminui; (c) diminui; (d) constante em AB e BC, diminui em CD.

(c) diminui; (d) constante em AB e BC, diminui em CD. Figura 20: Problema 42 43)

Figura 20: Problema 42

43) Na figura 21 um carro de montanha-russa de massa 825kg atinge o cume da primeira eleva¸c˜ao com velocidade v 0 = 17m/s a uma altura h = 42m. O atrito ´e desprez´ıvel. Qual ´e o trabalho real- izado sobre o carro pela for¸ca gravitacional entre este ponto e (a) o ponto A, (b) o ponto B e (c)

o ponto C? Se a energia gravitacional do sistema

carro-Terra ´e tomada como sendo nula em C, qual

´e o seu valor quando o carro est´a (d) em B e (e)

em A? Se a massa m ´e duplicada, a varia¸c˜ao da energia potencial do sistema entre os pontos A e

B aumenta, diminui ou permanece a mesma? Re-

spostas: (a) 0; (b) 170kJ; (c) 340kJ; (d) 170kJ; (e) 340kJ; (f) aumenta.

0; (b) 170kJ; (c) 340kJ; (d) 170kJ; (e) 340kJ; (f) aumenta. Figura 21: Problema 43 “A

Figura 21: Problema 43

“A maravilhosa disposi¸c˜ao e harmonia do uni- verso s´o pode ter tido origem segundo o plano de um Ser que tudo sabe e tudo pode. Isso fica sendo a minha ultima´ e mais elevada descoberta”. Issac Newton.