Você está na página 1de 72
Projeto de Estruturas de Aço Prof. Pedro Sá Sede do NEXEM, Vitória/ES Cap. II Departamento
Projeto de Estruturas de Aço
Prof. Pedro Sá
Sede do
NEXEM,
Vitória/ES
Cap. II
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Cap. II

II.1.

II.2.

II.3.

Aço e Produtos de Aço

Definição e Obtenção do Aço

Produtos de Aço e Especificações Tipos de Aço

e Obtenção do Aço Produtos de Aço e Especificações Tipos de Aço Departamento de Engenharia Civil
e Obtenção do Aço Produtos de Aço e Especificações Tipos de Aço Departamento de Engenharia Civil

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

e Obtenção do Aço Produtos de Aço e Especificações Tipos de Aço Departamento de Engenharia Civil
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Definição e Obtenção do Aço

 

Definição de Aço

 

O

aço, como visto, é uma liga de ferro e carbono (até 2%) e outros

elementos residuais ou deliberadamente introduzidos na liga, em pequenas quantidades, para imprimir características especiais (maior resistência mecânica, à corrosão, ao fogo, etc.).

 

O

carbono garante resistência mecânica ao aço, porém o seu baixo

teor garante alta ductilidade e boa soldabilidade ao material.

 

Há vários tipos de aço. O chamado aço estrutural, utilizado na Construção Civil, possui teor de carbono máximo de 0,25%.

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
 

Projeto de Estruturas de Aço

 

Definição e Obtenção do Aço

 

Obtenção do Aço

O aço é obtido em usinas siderúrgicas. Essas usinas podem ser integradas (processo completo de fabricação) ou semi-integradas (fabricação a partir do ferro gusa – produto intermediário no processo de fabricação).

 

Usinas integradas:

Usinas semi-integradas:

Sinterização Coqueria Alto forno Aciaria Laminação

Aciaria

Sinterização Coqueria Alto forno Aciaria Laminação Aciaria  
 

Laminação

Alto forno da Acelor Mittal Tubarão:

Recordista mundial em tempo de operação sem reforma e sem desligamento.

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Definição e Obtenção do Aço

Obtenção do Aço Processo completo de fabricação:

Matéria Prima

Unidade Produtiva

Produto

Minério de Ferro + Calcário

Sinterização

Sínter

Carvão

Coqueria

Coque

Sínter + Coque

Alto-Forno

Ferro Gusa

Gusa + Oxigênio + Cal

Aciaria

Aço

Aço

Laminador

Produtos de Aço

Alto-Forno: Redução Aciaria: Refino Laminador: Laminação a quente e a frio

Chapas, Barras, Tubos, Perfis e Meios de Ligação

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Produtos de Aço para a
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Produtos de Aço para a

Projeto de Estruturas de Aço

Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Produtos de Aço para a Construção

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil Chapas

Produtos de Aço para a Construção Civil Chapas elementos planos de seção retangular, utilizados como
Produtos de Aço para a Construção Civil Chapas elementos planos de seção retangular, utilizados como

elementos planos de seção retangular, utilizados como

componentes

de perfis soldados

retangular, utilizados como componentes de perfis soldados elementos de ligação reforço de perfis laminados

elementos de ligação

reforço de perfis laminados

soldados elementos de ligação reforço de perfis laminados enrijecedores de seção transversal Departamento de
soldados elementos de ligação reforço de perfis laminados enrijecedores de seção transversal Departamento de

enrijecedores de seção transversal

reforço de perfis laminados enrijecedores de seção transversal Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
reforço de perfis laminados enrijecedores de seção transversal Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

reforço de perfis laminados enrijecedores de seção transversal Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Produtos de Aço para a
Projeto de Estruturas de Aço
Produtos de Aço e Especificações
Produtos de Aço para a Construção Civil
Barras
elementos reticulados de seção maciça, retangular ou circular, utilizados
normalmente como
tirantes
elementos de
contraventamento
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil Tubos

Produtos de Aço para a Construção Civil Tubos elementos reticulados de seção vazada, retangular ou
Produtos de Aço para a Construção Civil Tubos elementos reticulados de seção vazada, retangular ou

elementos reticulados de seção vazada, retangular ou circular, utilizados como

tirantes

vazada, retangular ou circular, utilizados como tirantes elementos de treliça elementos de contraventamento pilares

elementos de treliça

elementos de contraventamento

vazada, retangular ou circular, utilizados como tirantes elementos de treliça elementos de contraventamento pilares
vazada, retangular ou circular, utilizados como tirantes elementos de treliça elementos de contraventamento pilares

pilares

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

   

Produtos de Aço e Especificações

 

Produtos de Aço para a Construção Civil

 

Tubos

Tubos
Tubos

Os tubos podem ser:

   

a) sem costura: obtidos por extrusão

 

b) com costura: obtidos por conformação mecânica de chapas em calandras, prensas ou perfiladeiras especiais (produção contínua) e solda

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil Perfis

Produtos de Aço para a Construção Civil Perfis elementos reticulados ou curvos, compostos por chapas e

elementos reticulados ou curvos, compostos por chapas e utilizados como

ou curvos, compostos por chapas e utilizados como vigas elementos de treliça tirantes elementos de

vigas

elementos de treliça

tirantes

elementos de contraventamento

pilares

elementos de treliça tirantes elementos de contraventamento pilares Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

elementos de treliça tirantes elementos de contraventamento pilares Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil Perfis

Produtos de Aço para a Construção Civil Perfis Tipos de Perfis Classificação quanto à forma: a)

Tipos de Perfis

Classificação quanto à forma: a) abertos: a linha média da seção é aberta b) fechados:
Classificação quanto à forma:
a) abertos: a linha média da seção é aberta
b) fechados: a linha média da seção é fechada

Os tubos podem ser considerados perfis fechados

da seção é fechada Os tubos podem ser considerados perfis fechados Departamento de Engenharia Civil –

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

da seção é fechada Os tubos podem ser considerados perfis fechados Departamento de Engenharia Civil –

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil

Perfis

Tipos de Perfis

de Aço para a Construção Civil Perfis Tipos de Perfis Classificação quanto ao modo de fabricação

Classificação quanto ao modo de fabricação :

a) perfis laminados: obtidos por laminação a quente

b) perfis soldados: obtidos por soldagem de chapas

c) perfis formados a frio: obtidos por conformação mecânica de chapas em dobradeiras ou em perfiladeiras

conformação mecânica de chapas em dobradeiras ou em perfiladeiras Departamento de Engenharia Civil – CT –

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

conformação mecânica de chapas em dobradeiras ou em perfiladeiras Departamento de Engenharia Civil – CT –

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil

Meios de Ligação

componentes de união dos elementos da estrutura:

solda elétrica, parafusos, pinos, chumbadores, conectores de cisalhamento e rebites

, pinos , chumbadores , conectores de cisalhamento e rebites Departamento de Engenharia Civil – CT

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

, pinos , chumbadores , conectores de cisalhamento e rebites Departamento de Engenharia Civil – CT
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Produtos de Aço para a
Projeto de Estruturas de Aço
Produtos de Aço e Especificações
Produtos de Aço para a Construção Civil
Meios de Ligação: solda elétrica
utilizada na união de elementos de aço entre si
metal base
faces de fusão
metal de solda
raiz da solda
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil Meios de Ligação: parafusos e pinos

utilizados na união de elementos de aço entre si ou com outros elementos

união de elementos de aço entre si ou com outros elementos parafusos pino Departamento de Engenharia
união de elementos de aço entre si ou com outros elementos parafusos pino Departamento de Engenharia

parafusos

de elementos de aço entre si ou com outros elementos parafusos pino Departamento de Engenharia Civil
de elementos de aço entre si ou com outros elementos parafusos pino Departamento de Engenharia Civil
de elementos de aço entre si ou com outros elementos parafusos pino Departamento de Engenharia Civil

pino

de elementos de aço entre si ou com outros elementos parafusos pino Departamento de Engenharia Civil

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

de elementos de aço entre si ou com outros elementos parafusos pino Departamento de Engenharia Civil

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil Meios de Ligação: chumbadores

utilizados na união de elementos de aço com elementos de concreto

na união de elementos de aço com elementos de concreto chumbador tipo barra redonda rosqueada chumbador

chumbador tipo barra redonda rosqueada

elementos de concreto chumbador tipo barra redonda rosqueada chumbador de expansão por torque chumbador químico

chumbador de expansão por torque

barra redonda rosqueada chumbador de expansão por torque chumbador químico Departamento de Engenharia Civil – CT

chumbador químico

redonda rosqueada chumbador de expansão por torque chumbador químico Departamento de Engenharia Civil – CT –

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

redonda rosqueada chumbador de expansão por torque chumbador químico Departamento de Engenharia Civil – CT –

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil Meios de Ligação: conectores de cisalhamento

utilizados na união de elementos de aço com elementos de concreto

na união de elementos de aço com elementos de concreto conector tipo pino com cabeça conector

conector tipo pino com cabeça

com elementos de concreto conector tipo pino com cabeça conector tipo perfil flexível Departamento de Engenharia

conector tipo perfil flexível

de concreto conector tipo pino com cabeça conector tipo perfil flexível Departamento de Engenharia Civil –

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

de concreto conector tipo pino com cabeça conector tipo perfil flexível Departamento de Engenharia Civil –

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Produtos de Aço para a Construção Civil Meios de Ligação: rebites

utilizados na união de elementos de aço entre si, constituídos de chapas finas

rebites
rebites
de elementos de aço entre si, constituídos de chapas finas rebites Departamento de Engenharia Civil –

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

de elementos de aço entre si, constituídos de chapas finas rebites Departamento de Engenharia Civil –

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos

No Projeto Estrutural, os elementos estruturais, assim como os elementos e meios de ligação, precisam ser identificados, tanto no detalhamento quanto na sua documentação. Esses elementos são constituídos de produtos de aço. Portanto, a sua identificação é feita a partir das especificações desses produtos.

identificação é feita a partir das especificações desses produtos. Departamento de Engenharia Civil – CT –

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

identificação é feita a partir das especificações desses produtos. Departamento de Engenharia Civil – CT –

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Chapas:

CH t ou CH b x t ou CH L x b x t

Chapas: CH t ou CH b x t ou CH L x b x t t:

t: espessura em mm b: largura em mm L: comprimento em mm

Dimensões Padronizadas:

t

t

t = 1 ½” a 2” em P.A. de razão igual a 1/8”, acrescida da espessura t = 13/64”.

= 1/32” a 1” em P.A. de razão igual a 1/32”,

= 1” a 1 ½” em P.A. de razão igual a 1/16”,

Dimensões superiores são encontradas, mas somente são usuais nas placas de base.

Chapas Finas:

t = 1/32” (0,79 mm) a 3/16” (4,76 mm)

Chapas Grossas:

t = 13/64” (5,16 mm) a 2” (50,8 mm)

3/16” (4,76 mm) Chapas Grossas: t = 13/64” (5,16 mm) a 2” (50,8 mm) Departamento de

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

3/16” (4,76 mm) Chapas Grossas: t = 13/64” (5,16 mm) a 2” (50,8 mm) Departamento de

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Chapas:

CH t ou CH b x t ou CH L x b x t

Chapas Usuais

Bitola

Especificação

1/8”

CH 3,2

3/16”

CH 4,8

1/4”

CH 6,3

5/16”

CH 8,0

3/8”

CH 10,0

1/2”

CH 12,5

Bitola

Especificação

5/8”

CH 16

3/4”

CH 19

7/8”

CH 22

 

1”

CH 25

1

1/4”

CH 32

1

1/2”

CH 38

CH 25 1 1/4” CH 32 1 1/2” CH 38 t: espessura em mm b: largura

t: espessura em mm b: largura em mm L: comprimento em mm

Bitola

Especificação

1

5/8”

CH 40

1

3/4”

CH 45

1

7/8”

CH 48

 

2”

CH 50

2

1/4”

CH 57

2

1/2”

CH 64

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Chapas:

CH t ou CH b x t ou CH L x b x t

Chapas: CH t ou CH b x t ou CH L x b x t t:

t: espessura em mm b: largura em mm L: comprimento em mm

Bitola Americana MSG (Manufacturer’s Standard Gauge):

Bitola

t (mm)

7

4,55

8

4,18

9

3,80

10

3,42

11

3,04

12

2,66

Bitola

t (mm)

13

2,28

14

1,90

15

1,71

16

1,52

17

1,37

18

1,21

Bitola

t (mm)

19

1,06

20

0,91

21

0,84

22

0,76

23

0,68

24

0,61

Bitola

t (mm)

25

0,53

26

0,46

27

0,42

28

0,38

29

0,34

30

0,31

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Barras:

Barras Redondas: ϕ d ou red d

Barras Quadradas:

Barras: Barras Redondas: ϕ d ou red d Barras Quadradas: b ou quad b Barras Chatas

b ou quad b

Barras Chatas ou Retangulares:

Quadradas: b ou quad b Barras Chatas ou Retangulares: Especificação de Tubos: Tubos Redondos: Tubo ϕ

Especificação de Tubos:

Tubos Redondos: Tubo ϕ d x t ou Tubo red d x t

Tubos Quadrados: Tubo

Tubo ϕ d x t ou Tubo red d x t Tubos Quadrados: Tubo b x

b x t ou

Tubo quad b x t

t: espessura em mm b: largura em mm d: diâmetro em mm b x t ou ret b x t

largura em mm d: diâmetro em mm b x t ou ret b x t a:
largura em mm d: diâmetro em mm b x t ou ret b x t a:
largura em mm d: diâmetro em mm b x t ou ret b x t a:
largura em mm d: diâmetro em mm b x t ou ret b x t a:

a: altura em mm

b: largura em mm (<= a) d: diâmetro em mm t: espessura da parede em mm

Tubos Retangulares: Tubo

em mm t: espessura da parede em mm Tubos Retangulares: Tubo a x b x t

a x b x t ou

Tubo ret a x b x t

em mm Tubos Retangulares: Tubo a x b x t ou Tubo ret a x b

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

em mm Tubos Retangulares: Tubo a x b x t ou Tubo ret a x b

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Perfis:

Tipos de Perfis:

Perfis Laminados: obtidos em laminadores de perfis.

Perfis: Perfis Laminados: obtidos em laminadores de perfis. Laminador de perfis da Gerdau Açominas Departamento de
Perfis: Perfis Laminados: obtidos em laminadores de perfis. Laminador de perfis da Gerdau Açominas Departamento de

Laminador de perfis da Gerdau Açominas

obtidos em laminadores de perfis. Laminador de perfis da Gerdau Açominas Departamento de Engenharia Civil –

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

obtidos em laminadores de perfis. Laminador de perfis da Gerdau Açominas Departamento de Engenharia Civil –
   

Projeto de Estruturas de Aço

   

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Tipos de Perfis:

Perfis Laminados: obtidos em laminadores de perfis.

 
Padrão Americano:
Padrão Americano:

Padrão Americano:

perfis com mesas de faces não paralelas.

 

Padrão Europeu:

perfis com mesas de faces paralelas.

 

Padrão Americano

Padrão Europeu

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Perfis:

Tipos de Perfis:

Perfis Soldados: obtidos a partir de soldas contínuas em chapas.

Soldados: obtidos a partir de soldas contínuas em chapas. Perfis Soldados FAM Construções Metálicas Pesadas
Soldados: obtidos a partir de soldas contínuas em chapas. Perfis Soldados FAM Construções Metálicas Pesadas

Perfis Soldados FAM Construções Metálicas Pesadas

em chapas. Perfis Soldados FAM Construções Metálicas Pesadas Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

em chapas. Perfis Soldados FAM Construções Metálicas Pesadas Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

   

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Tipos de Perfis:

Perfis Formados a Frio: obtidos em perfiladeiras ou em dobradeiras a partir de chapas finas.

 
ou em dobradeiras a partir de chapas finas.   perfiladeira dobradeira Departamento de Engenharia Civil
ou em dobradeiras a partir de chapas finas.   perfiladeira dobradeira Departamento de Engenharia Civil
ou em dobradeiras a partir de chapas finas.   perfiladeira dobradeira Departamento de Engenharia Civil

perfiladeira

dobradeira

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Formas Usuais dos Perfis (seções):

Perfis Laminados:

Padrão Americano:

Padrão Americano:
 

Padrão Europeu:

Padrão Europeu:
 

perfis I ou H

perfis I ou H

perfis U ou C

perfis L ou Cantoneiras de abas iguais de abas desiguais

Obs.: Pode-se obter um perfil T por corte longitudinal do perfil I

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Especificações dos Produtos Perfis: Formas
Projeto de Estruturas de Aço
Produtos de Aço e Especificações
Especificações dos Produtos
Perfis:
Formas Usuais dos Perfis (seções):
Perfis Soldados:
perfis I ou H duplamente simétricos
perfis I monossimétricos
com mesas de mesma largura
com mesas de larguras distintas
perfis caixão
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
 

Projeto de Estruturas de Aço

   

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Formas Usuais dos Perfis (seções):

perfis Z simples

perfis Z simples

 

Perfis Formados a Frio:

perfis U simples

perfis U simples

perfis Z90 e Z45 enrijecidos

 
perfis U enrijecidos

perfis U enrijecidos

perfis U enrijecidos
perfis U enrijecidos
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Perfis:

Formas Usuais dos Perfis (seções):

Perfis Formados a Frio:

Formas Usuais dos Perfis (seções): Perfis Formados a Frio: perfis cartola cantoneiras Com os perfis U
Formas Usuais dos Perfis (seções): Perfis Formados a Frio: perfis cartola cantoneiras Com os perfis U

perfis cartola

cantoneiras

Com os perfis U simples e U enrijecidos, é possível obter os perfis compostos:

e U enrijecidos, é possível obter os perfis compostos: I simples I enrijecido caixa Obs.: Departamento
e U enrijecidos, é possível obter os perfis compostos: I simples I enrijecido caixa Obs.: Departamento
e U enrijecidos, é possível obter os perfis compostos: I simples I enrijecido caixa Obs.: Departamento

I simples

I enrijecido

caixa

Obs.:

possível obter os perfis compostos: I simples I enrijecido caixa Obs.: Departamento de Engenharia Civil –
possível obter os perfis compostos: I simples I enrijecido caixa Obs.: Departamento de Engenharia Civil –

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

possível obter os perfis compostos: I simples I enrijecido caixa Obs.: Departamento de Engenharia Civil –

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Perfis:

Especificações:

Perfis Laminados Padrão Americano:

t

w L
w
L
Especificações: Perfis Laminados Padrão Americano: t w L t f b f d Perfil I: I
t
t

f

Perfis Laminados Padrão Americano: t w L t f b f d Perfil I: I d

b

f

d

Perfil I:

I d x M ou

I d x M x L

Perfil H:

H d x M ou

H d x M x L

Perfil U:

U d x M

ou

U d x M x L

dimensões em mm M: massa em kg/m

t L
t
L
ou U d x M x L dimensões em mm M: massa em kg/m t L
ou U d x M x L dimensões em mm M: massa em kg/m t L
ou U d x M x L dimensões em mm M: massa em kg/m t L
ou U d x M x L dimensões em mm M: massa em kg/m t L

a

Cantoneira de abas iguais:

Cantoneira de abas desiguais: L a x b x t ou L a x b x t x L

L a x a x t

ou

L a x a x t x L

Cantoneira de abas desiguais: L a x b x t ou L a x b x

b

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Perfis:

Especificações:

Perfis Laminados Padrão Americano:

Dimensões Padronizadas:

t

w L
w
L
Laminados Padrão Americano: Dimensões Padronizadas: t w L t f b f d dimensões em mm
t
t

f

Padrão Americano: Dimensões Padronizadas: t w L t f b f d dimensões em mm M:

b

f

d

dimensões em mm M: massa em kg/m

Perfil I:

d = 3", 4", 5", 6", 8", 10", 12", 15", 18" e 20"

Perfil H:

d = 4", 5" e 6"

Perfil U:

d = 3", 4", 6", 8", 10", 12" e 15"

L de abas iguais:

a = 7/8" e t = 1/8" a 3/16" até

a = 8" e t = 1/2" a 1"

t L
t
L
3/16" até a = 8" e t = 1/2" a 1" t L a L de
3/16" até a = 8" e t = 1/2" a 1" t L a L de
3/16" até a = 8" e t = 1/2" a 1" t L a L de
3/16" até a = 8" e t = 1/2" a 1" t L a L de

a

até a = 8" e t = 1/2" a 1" t L a L de abas

L de abas desiguais: a = 1 ¾", b = 1 ¼" e t = 1/8" a 1/4" até

b

a = 8", b = 4" e t = 1/2" a 1"

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

   

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Especificações:

Perfis Laminados Padrão Europeu:

 

Perfis Gerdau-Açominas:

 

Dimensões em mm:

 

Série W (perfis I e H):

W d * x M

ou

W d * x M x L

Perfis I:

Série HP (perfis H):

HP d * x M ou HP d * x M x L

d * = 150, 200, 250, 310, 360, 410, 460, 530, 610

 

d * ≈ d: classe do perfil

 

Perfis H série W:

Obs. Os perfis Gerdau-Açominas são os únicos perfis padrão europeu laminados no Brasil.

d * = 150, 200, 250, 310

 

Perfis H série HP:

 

d * = 200, 250, 310, 360

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Especificações:

Perfis Laminados Padrão Europeu:

 

A ABNT padroniza as séries IP (perfis I de mesas com faces paralelas), HPL, HPM e HPP (perfis H de mesas com faces paralelas, leve, médio e pesado, respectivamente).

 

A ArcelorMittal importa perfis I das séries IPE e WF e perfis H da série HE.

 
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Especificações:

Perfis Soldados:

Existem dois tipos de perfis soldados: aqueles fabricados por deposição de metal de solda (eletrodo) e aqueles fabricados por eletrofusão (soldados por alta frequência).

 

A ABNT padroniza as séries CS (para barras comprimidas), VS (para barras fletidas), CVS (para barras flexo-comprimidas) e VSM (perfis I monossimétricos para vigas mistas), para perfis soldados por deposição de metal de solda, e as séries CE (para barras comprimidas), VE (para barras fletidas), CVE (para barras flexo-comprimidas), VEE (para estacas) e YEE (perfis I monossimétricos para vigas mistas), para perfis eletrossoldados.

A Usiminas fabricou por um período perfis eletrossoldados.

 
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Especificações dos Produtos Perfis: t
Projeto de Estruturas de Aço
Produtos de Aço e Especificações
Especificações dos Produtos
Perfis:
t
w
Especificações:
Perfis Soldados:
d
L
Perfis ABNT NBR 5884:2000 (perfis soldados por
deposição do metal de solda):
t
f
b
f
Série CS (perfis H; d/b f = 1):
CS d x M
ou CS d x M x L
Série CVS (perfis I; 1 < d/b f ≤ 1,5): CVS d x M ou CVS d x M x L
Série VS (perfis I; 1,5 < d/b f ≤ 4):
VS d x M
ou
VS d x M x L
Série VSM (perfis I; 1 < d/b f ≤ 4):
VSM d x M ou VSM d x M x L
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
 

Projeto de Estruturas de Aço

   

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

Especificações:

Perfis Soldados:

Perfis ABNT NBR 5884:2000 (perfis soldados por deposição do metal de solda):

 

As seções não tabeladas devem ser especificadas da seguinte maneira:

Série PS (perfis duplamente simétricos):

PS d x M ou PS d x M x L

Série PSM (perfis monossimétricos):

PSM d x M ou PSM d x M x L

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Perfis:

Especificações:

Perfis Soldados:

Perfis ABNT NBR 5884:2000 – Dimensões:

 

Série CS (perfis H; d/b f = 1):

d = 150 a 750mm, em P.A. de razão igual a 50

Série CVS (perfis I; 1 < d/b f ≤ 1,5): d = 150 a 1000mm, em P.A. de razão igual a 50

Série VS (perfis I; 1,5 < d/b f ≤ 4):

d = 150 a 1000mm, em P.A. de razão igual a 50 e d = 1000 a 2000mm, em P.A. de razão igual a 100

Série VSM (perfis I; 1 < d/b f ≤ 4):

d = 150 a 650mm, em P.A. de razão igual a 50

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Especificações dos Produtos Perfis: D
Projeto de Estruturas de Aço
Produtos de Aço e Especificações
Especificações dos Produtos
Perfis:
D
b
b
b
b
w
w
w
w
Especificações:
D
b
b
b
b
f
f
f
Perfis Formados a Frio:
f
b
f
D
Perfil U simples: U b w x b f x t n ou U b w x b f x t n x L
b
b
w
w
Perfil U enrijecido:
Ue b w x b f x D x t n
ou
Ue b w x b f
x D x t n x L
b
f
D
Perfil Z simples: Z b w x b f x t n ou Z b w x b f x t n x L
Perfil Z enrijecido a 90º:
Perfil Z enrijecido a 45º:
Z 90 b w x b f x D x t n ou
Z 45 b w x b f x D x t n ou
Z 90 b w x b f x D x t n x L
Z 45 b w x b f x D x t n x L
b
f
b
f
Perfil Cartola:
Cr b w x b f x D x t n
ou
Cr b w x b f x D x t n x L
Cantoneira:
L b f x t n
ou
L b f x t n x L
t n : espessura nominal
(com revestimento metálico, se houver)
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Especificações dos Produtos Perfis:
Projeto de Estruturas de Aço
Produtos de Aço e Especificações
Especificações dos Produtos
Perfis:
Especificações:
Perfis Formados a Frio:
Perfil I simples:
I b w x b f x t n
(2U b w x b f x t n ) ou
I b w x b f x t n x L (2U b w x b f x t n x L)
Perfil I enrijecido:
Ie b w x b f x D x t n (2Ue b w x b f x D x t n )
ou
b
b
Ie b w x b f x D x t n x L (2Ue b w x b f x D x t n x L)
w
w
D
Perfil Caixa: Cx b w x b f x t n (2Ue b w x b f x t n ) ou
Cx b w x b f x t n x L (2Ue b w x b f x t n x L)
b
b
f
f
D
b
w
b
f
t n : espessura nominal
(com revestimento metálico, se houver)
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Especificações:

Perfis Formados a Frio:

 

Perfis ABNT NBR 6355:2003:

A ABNT padroniza perfis U, Ue, Z 90 , Z 45 , Cartola e Cantoneira sem revestimento metálico e perfis Ue e Cartola com revestimento metálico (zincado).

 

Apesar de não previsto na norma, o mercado oferece ainda os perfis Z simples sem revestimento metálico.

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Especificações:

Perfis Formados a Frio:

 

Perfis ABNT NBR 6355:2003 - Dimensões:

Perfil U simples, U enrijecido, e Z enrijecido a 90º sem revestimento:

b w = 50, 75, 100, 125, 150, 200, 250 e 300mm

Perfil Z enrijecido a 45º sem revestimento:

b w = 100, 125, 150, 200, 250 e 300mm

Perfil Cartola sem revestimento:

b w x b f = 50 x 100, 67 x 134, 75 x 75, 75 x 100, 80 x 160 e 100 x 50 (mm x mm)

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Especificações:

Perfis Formados a Frio:

 

Perfis ABNT NBR 6355:2003 - Dimensões:

Cantoneira sem revestimento:

b f = 30, 40, 50, 60, 80, 100, 125, 150, 175 e 200mm

Perfil U enrijecido com revestimento:

b w = 75, 90, 100, 127, 140, 200, 250 e 300mm

Perfil Cartola com revestimento:

b w x b f = 20 x 30, 21 x 30 e 21 x 75 (mm x mm)

As espessuras são variadas. As mais utilizadas são 2,25mm, 2,65mm, 3mm, 3,35mm e 3,75mm.

 
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Produtos de Aço e Especificações

 

Especificações dos Produtos Perfis:

 

Especificações:

Perfis Formados a Frio:

 

Perfis Não Normalizados – Dimensões segundo Catálogo Tecnofer:

Perfil Z simples sem revestimento:

b w = 50, 75, 100, 125, 150 e 200mm

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Perfis:

Especificações:

Perfis Formados a Frio:

Perfis ABNT NBR 15253:2014

A ABNT ainda padroniza perfis U e Ue com revestimento metálico para uso em elementos que compõem o Sistema de Painéis Estruturais Leves de Aço (Light Steel Framing - LSF).

Dimensões:

Perfil U simples: b w = 92, 142 e 202; b f = 39 e 40; t = 0,80, 0,95 e 1,25mm

Perfil U enrijecido: b w = 90, 140 e 200; b f = 40; D=12mm; t = 0,80, 0,95 e 1,25mm

b w = 90, 140 e 200; b f = 40; D=12mm; t = 0,80, 0,95
b w = 90, 140 e 200; b f = 40; D=12mm; t = 0,80, 0,95

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

b w = 90, 140 e 200; b f = 40; D=12mm; t = 0,80, 0,95

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Parafusos, Pinos, Chumbadores e Rebites:

É a mesma utilizada na especificação de barras redondas: ϕ d ou red d

na especificação de barras redondas: ϕ d ou red d Emenda Parafusada Chumbadores tipo barra redonda

Emenda Parafusada

de barras redondas: ϕ d ou red d Emenda Parafusada Chumbadores tipo barra redonda rosqueada Base

Chumbadores tipo barra redonda rosqueada

d Emenda Parafusada Chumbadores tipo barra redonda rosqueada Base Rotulada com Pino Ponte Florentino Avidos rebitada

Base Rotulada com Pino

tipo barra redonda rosqueada Base Rotulada com Pino Ponte Florentino Avidos rebitada Departamento de Engenharia

Ponte Florentino Avidos rebitada

redonda rosqueada Base Rotulada com Pino Ponte Florentino Avidos rebitada Departamento de Engenharia Civil – CT

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

redonda rosqueada Base Rotulada com Pino Ponte Florentino Avidos rebitada Departamento de Engenharia Civil – CT

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Parafusos, Pinos, Chumbadores e Rebites:

Os chumbadores de expansão por torque, utilizados nas ligações de elementos de aço com elementos de concreto pré-executados, têm especificações próprias.

Um dos mais utilizados é o chumbador com parafuso OM (ômega).

mais utilizados é o chumbador com parafuso OM (ômega). Chumbador de Expansão por Torque Ex: OM12070

Chumbador de Expansão por Torque

Ex: OM12070 diâmetro da rosca = ½ " e comprimento do pino = 70mm.

Há também chumbadores de fixação à pólvora e chumbadores químicos com especificações próprias.

à pólvora e chumbadores químicos com especificações próprias. Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

à pólvora e chumbadores químicos com especificações próprias. Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Conectores de Cisalhamento:

Conector tipo pino com cabeça: ϕ d ou red d; é a mesma utilizada na especificação de barras redondas.

Conector tipo perfil flexível: é a mesma utilizada na especificação do perfil.

Existem vários tipos de conectores de cisalhamento. No entanto, a norma NBR8800:2008 prescreve apenas conectores tipo pino com cabeça e conectores do tipo perfil U laminado ou formado a frio com espessura de chapa não inferior a 3mm.

perfis U

a frio com espessura de chapa não inferior a 3mm. perfis U pino com cabeça Departamento

pino com cabeça

com espessura de chapa não inferior a 3mm. perfis U pino com cabeça Departamento de Engenharia
com espessura de chapa não inferior a 3mm. perfis U pino com cabeça Departamento de Engenharia

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

com espessura de chapa não inferior a 3mm. perfis U pino com cabeça Departamento de Engenharia
 

Projeto de Estruturas de Aço

   

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Soldas:

Tipos de Soldas:

Solda de Filete:

Solda de Entalhe:

Tipos de Chanfro:

 
b a S = t
b a S = t

b

a

b a S = t
b a S = t

S = t

S < t
S < t

S < t

b a S = t S < t
b a S = t S < t

bisel simples

bisel simples

bisel duplo

bisel duplo
 

a: garganta efetiva

de penetração total

de penetração parcial

b: perna

S: profundidade do chanfro

em J simples

em J duplo

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
 

Projeto de Estruturas de Aço

   

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Soldas:

Tipos de Soldas:

Solda de Filete:

Solda de Entalhe:

Tipos de Chanfro:

b a a: garganta efetiva S = t de penetração total
b a a: garganta efetiva S = t de penetração total

b

a

a: garganta efetiva

b a a: garganta efetiva S = t de penetração total
b a a: garganta efetiva S = t de penetração total

S = t

de penetração total

S < t de penetração parcial
S < t de penetração parcial

S < t

de penetração parcial

b a a: garganta efetiva S = t de penetração total S < t de penetração

em V simples

em V duplo em U simples

em V duplo

em V duplo em U simples

em U simples

b: perna

S: profundidade do chanfro

 
 

em U duplo

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Soldas:

Tipos de Soldas:

As soldas de topo (com chanfro nos dois elementos soldados) também podem ser executadas sem chanfro ou com "entalhe reto".

Elementos do Entalhe:

a

ou com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do

S

r

ou com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do
ou com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do
ou com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do
ou com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do
ou com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do
ou com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do
ou com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do

f

R

com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do chanfro
com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do chanfro
com "entalhe reto". Elementos do Entalhe: a S r f R a : ângulo do chanfro

a: ângulo do chanfro r: raio do chanfro S: profundidade do chanfro

f: raiz do chanfro R: abertura da raiz do chanfro

f R a : ângulo do chanfro r: raio do chanfro S: profundidade do chanfro f:
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Especificações dos Produtos Soldas: As
Projeto de Estruturas de Aço
Produtos de Aço e Especificações
Especificações dos Produtos
Soldas:
As soldas são especificadas por intermédio de um linha de referência e um
conjunto de símbolos.
linha de referência
Símbolos:
contra solda
filete
entalhe
sem chanfro
bisel
em V
em J
em U
A contra solda é um complemento de metal de solda que habitualmente se coloca no lado oposto das soldas de
entalhe, para preencher o espaço determinado pela abertura da raiz.
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Soldas:

A seta da linha de referência aponta para o local da solda.

Na região abaixo da linha são colocados os símbolos referentes ao lado apontado pela seta, acima são colocados aqueles referentes ao lado oposto.

Na outra extremidade da linha, são indicadas notas, quando necessárias.

local da solda

símbolos do lado oposto

símbolos do lado indicado

da solda símbolos do lado oposto símbolos do lado indicado n o t a s Departamento
da solda símbolos do lado oposto símbolos do lado indicado n o t a s Departamento

notas

solda símbolos do lado oposto símbolos do lado indicado n o t a s Departamento de

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

solda símbolos do lado oposto símbolos do lado indicado n o t a s Departamento de
Projeto de Estruturas de Aço Produtos de Aço e Especificações Especificações dos Produtos Soldas: Alguns
Projeto de Estruturas de Aço
Produtos de Aço e Especificações
Especificações dos Produtos
Soldas:
Alguns símbolos especiais são eventualmente necessários, como para indicar
solda de campo e solda ao redor de uma linha fechada, isto é, no contorno
apontado pela seta.
solda de campo
solda ao redor
Estes símbolos especiais são localizados na dobra da linha de referência.
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Soldas:

Exemplos:

Especificações dos Produtos Soldas: Exemplos: b b solda de filete de perna b , no lado
b b
b
b

solda de filete de perna b, no lado indicado e no lado oposto.

de filete de perna b , no lado indicado e no lado oposto. S R solda
de filete de perna b , no lado indicado e no lado oposto. S R solda
de filete de perna b , no lado indicado e no lado oposto. S R solda
de filete de perna b , no lado indicado e no lado oposto. S R solda
de filete de perna b , no lado indicado e no lado oposto. S R solda

S R

de perna b , no lado indicado e no lado oposto. S R solda de entalhe

solda de entalhe de penetração

a parcial, em bisel simples, de profundidade do chanfro S, ângulo a e abertura da raiz R.

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Soldas:

Exemplos:

Especificações dos Produtos Soldas: Exemplos: solda de filete solda de entalhe Departamento de Engenharia

solda de filete

dos Produtos Soldas: Exemplos: solda de filete solda de entalhe Departamento de Engenharia Civil – CT

solda de entalhe

dos Produtos Soldas: Exemplos: solda de filete solda de entalhe Departamento de Engenharia Civil – CT

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

dos Produtos Soldas: Exemplos: solda de filete solda de entalhe Departamento de Engenharia Civil – CT

Projeto de Estruturas de Aço

Produtos de Aço e Especificações

Especificações dos Produtos Soldas:

Exemplos:

Especificações dos Produtos Soldas: Exemplos: Solda de campo, de filete de 10 mm de perna sobre

Solda de campo, de filete de 10 mm de perna sobre solda de entalhe de penetração total, em todo o contorno da placa superior.

A nota TIP (típica) significa que a mesma solda deve ser feita em todas as ligações similares.

que a mesma solda deve ser feita em todas as ligações similares. Departamento de Engenharia Civil

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

que a mesma solda deve ser feita em todas as ligações similares. Departamento de Engenharia Civil
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Tipos de Aço

Classificações do Aço Segundo a sua composição química:

 

Aço-carbono: aço de média resistência mecânica (MR), que contém elementos de liga em teores praticamente residuais: alumínio – 0,10%, cobre –

 
 

0,35%,

cromo – 0,20%, manganês – 1,65%, níquel – 0,25% e

silício – 0,60%.

 

Aço de baixa liga: aço que contém elementos de liga em pequenas quantidades, que promovem aumento da sua resistência mecânica (AR) ou da sua resistência à corrosão atmosférica (AR COR) ou, ainda, da sua resistência ao fogo.

 

O aço AR COR é dito patinável ou aclimável.

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Tipos de Aço

Classificações do Aço Segundo a sua composição química:

Aço tratado termicamente:

aço que apresenta elevada resistência mecânica decorrente de um processo no qual é submetido a variações de temperatura (TT).

de um processo no qual é submetido a variações de temperatura (TT). Departamento de Engenharia Civil

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

de um processo no qual é submetido a variações de temperatura (TT). Departamento de Engenharia Civil
   

Projeto de Estruturas de Aço

 

Tipos de Aço

Classificações do Aço Segundo a sua utilização:

 

Aço estrutural: utilizado na fabricação de chapas, barras, tubos e perfis.

 
 

Em geral, aço-carbono (MR) e aço de baixa liga (AR).

 

Aço para meios de ligação: utilizado na fabricação de parafusos, metais de solda (eletrodos), pinos, conectores, etc.

 
 

Em geral, aço tratado termicamente (TT).

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
 

Projeto de Estruturas de Aço

   

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Ensaio de tração (gráfico tensão x deformação):

 

f

p

:

limite de proporcionalidade

f

u

f

y

f u f y f y limite de escoamento ou resistência ao escoamento : f p

f y

limite de escoamento ou resistência ao escoamento

:

f p = f y – f r

 

f

p

f

r

:

tensão residual aparente

q

f u

limite de resistência à tração ou resistência à ruptura à tração

:

E = tg q = 200000 MPa: módulo de deformação

 
 

n = 0,3: coeficiente de Poisson

 
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
 

Projeto de Estruturas de Aço

 

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Propriedades Gerais:

Módulo de Deformação Longitudinal: E = 200000 MPa

Coeficiente de Poisson: n = 0,3

Módulo de Deformação Transversal: G = E/[2(1+n)] = 78850 MPa

Coeficiente de Dilatação Térmica Linear: b = 12 x 10 -6 o C -1 Massa específica: m a = 7850 kg/m 3 Peso específico: g a = 77 kN/m 3

b = 12 x 10 - 6 o C - 1 Massa específica: m a =
 
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Propriedades Específicas:

f y : valor mínimo da resistência ao escoamento f u : valor mínimo da resistência à ruptura (resistência última)

f u : valor mínimo da resistência à ruptura (resistência última) Departamento de Engenharia Civil –
f u : valor mínimo da resistência à ruptura (resistência última) Departamento de Engenharia Civil –

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

f u : valor mínimo da resistência à ruptura (resistência última) Departamento de Engenharia Civil –

Projeto de Estruturas de Aço

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Propriedades Específicas:

Aço Estrutural para chapas, barras e perfis laminados e soldados:

série ASTM (*)

f y (MPa)

f u (MPa)

ASTM A-36 (MR)

250

400

ASTM A-572 Grau 42 (AR)

290

415

ASTM A-572 Grau 50 (AR)

345

450

ASTM A-572 Grau 60 (AR)

415

520

ASTM A-242 (AR COR)

345

480

ASTM A-588 (AR COR)

345

480

ASTM: American Society for Testing and Materials (*) produzidos pelas principais usinas brasileiras: ArcelorMittal, Usiminas – Cosipa, CSN, etc.

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Propriedades Específicas:

Aço Estrutural para perfis formados a frio:

série ASTM

f y (MPa)

f u (MPa)

ASTM A-570 Grau 33 (MR)

230

360

ASTM A-570 Grau 36 (MR)

250

365

ASTM A-570 Grau 40 (MR)

275

380

ASTM A-570 Grau 45 (MR)

310

415

ASTM A-653 Grau 40 (ZAR 280) (*)

280

-

(*) aço galvanizado MR para formas de lajes mistas

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Propriedades Específicas:

Aço Estrutural para tubos:

série ASTM

f y (MPa)

f u (MPa)

ASTM A-500 Grau A (MR) (1)

250

400

ASTM A-500 Grau B (AR) (1)

300

415

ASTM A-501 Grau A (MR) (2)

250

400

ASTM A-501 Grau B (MR) (2)

350

485

ASTM A-36(MR)

250

400

ASTM A-572 Grau 50 (AR)

345

450

(1) tubos com e sem costura (2) tubos sem costura

Os tubos também são produzidos com aços patináveis de resistência equivalente aos dos tipos de aço acima indicados.

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Propriedades Específicas:

Aço Estrutural:

A ArcelorMittal Tubarão, a Usiminas – Cosipa e a CSN produzem vários tipos de aço para a Construção Civil com denominações próprias (CST CIVIL, USI SAC, USI CIVIL, USI FIRE, COS AR, COS CIVIL, COS AR COR, CSN COR) e variadas propriedades específicas.

AR, COS CIVIL, COS AR COR, CSN COR) e variadas propriedades específicas. Departamento de Engenharia Civil

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

AR, COS CIVIL, COS AR COR, CSN COR) e variadas propriedades específicas. Departamento de Engenharia Civil

Projeto de Estruturas de Aço

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Propriedades Específicas:

Aço para parafusos:

série ASTM

f y (MPa)

f u (MPa)

ASTM A-307 (MR)

-

415

ASTM A-325 (TT) (12,7    25,4)

635

825

(25,4 <  38,1)

560

725

ASTM A-490 (TT)

895

1035

: diâmetro em mm

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Propriedades Específicas:

Aço para pinos e chumbadores (barras redondas rosqueadas):

série ASTM

f y (MPa)

f u (MPa)

ASTM A-36 (MR)

250

400

ASTM A-588 (AR-COR)

345

485

Os tipos de aço utilizados nos chumbadores de fixação à pólvora, chumbadores químicos e de expansão por torque são indicados nos catálogos dos fabricantes.

Aço para conectores de cisalhamento tipo pino com cabeça:

série ASTM

f y (MPa)

f u (MPa)

ASTM A-108 (AR)

345

415

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Projeto de Estruturas de Aço

Tipos de Aço

Propriedades Mecânicas Propriedades Específicas:

Aço para soldas (eletrodos):

série AWS (*)

E60XX ou F6X-EXXX ou E6XT-X

E70XX ou F7X-EXXX ou E7XT-X ou ER70S-X

E80XX ou F8X-EXXX

f w (MPa)

415

485

555

AWS: American Welding Society (*) A especificação do eletrodo varia com o processo de soldagem. f w : limite de resistência à tração do metal de solda

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES

Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES
Projeto de Estruturas de Aço Prof. Pedro Sá Sede do NEXEM, Vitória/ES Cap. II Departamento
Projeto de Estruturas de Aço
Prof. Pedro Sá
Sede do
NEXEM,
Vitória/ES
Cap. II
Departamento de Engenharia Civil – CT – UFES