Você está na página 1de 2

2a lista de exerccios MTM 813

1. Sejam X Rn , K Rn compacto e f : X K Rn contnua. Suponha


que, para cada x R, exista um unico y K tal que f (x, y) = 0. Prove que
y depende continuamente de x.
2. Seja X Rm . Uma aplicacao limitada f : X Rn e contnua se, e somente
se, seu grafico e um conjunto fechado em X Rn .
3. Seja K Rn compacto. Prove que a projecao : Rm Rn Rm , definida
por (x, y) = x, transforma todo subconjunto fechado F Rm K num
conjunto fechado (F ) Rm . De exemplo de F Rm Rn fechado tal que
(F ) Rm nao seja fechado.
1 p
4. Seja f : R R onde f (x) = 1 + q
se x = q
Q e f (x) = 1 se x 6 Q.
Mostre que f e contnua em R\Q e descontnua em Q.
Sugestao: se x 6 Q, existe ( pqkk ) Q onde pk
qk
x com qk .
5. Se a aplicacao linear T : Rm Rn e injetora entao existe c > 0 tal que
kT (x)k ckxk para todo x Rm .
6. Sejam F, G Rn fechados, disjuntos e nao-vazios. A funcao contnua
d(x,F )
f : Rn [0, 1], definida por f (x) = d(x,F )+d(x,G)
cumpre f (x) = 0 para todo
x F e f (x) = 1 para todo x G. Ela se chama a funcao de Urysohn do par
(F, G). Prove que se ela e uniformemente contnua, entao d(F, G) > 0.
7. Seja Y X Rm com Y denso em X. Caso a aplicacao contnua
f : X Rn e tal que sua restricao f |Y e uniformemente contnua, prove
que f e uniformemente contnua.
8. Seja X Rm um conjunto limitado. Se f : X Rn e uniformemente
contnua, prove que f (X) Rn tambem e limitado.
9. Seja f, g : X R uniformemente contnuas no conjunto X Rm . Prove
que a soma f + g : X R e uniformemente contnua e o mesmo se da com o
produto f.g : X R, caso f e g sejam limitadas.
10. Considerando as sequencias zk = (k, k1 ) e wk = (k, 0) em R2 , prove que a
aplicacao : R2 R onde (x, y) = xy nao e uniformemente contnua.
2

11. O cone C = {(x, y, z) R3 : z 0, x2 + y 2 z = 0} e homeomorfo a R2 .


12. Estabeleca um homeomorfismo entre Rn \{0} e o conjunto S n1 R Rn+1 .
13. Uma semi-reta de origem 0 em Rn e um conjunto do tipo v = {tv; t 0},
onde v Rn \{0}. Seja X Rn \{0} um conjunto compacto que tem um
unico ponto em comum com cada semi-reta com origem 0. Prove que X e
homeomorfo a esfera S n1 .
14. Seja h : X Y um homeomorfismo. Um conjunto A X e aberto em X
se, e somente se, h(A) e aberto em Y .
15. De exemplo de conjuntos X, Y Rn e pontos a X e b Y tais que
X\{a} e Y \{b} sao homeomorfos mas X nao e homeomorfo a Y .
16. Sejam X Rm , Y Rn compactos, a X, b Y . Se X\{a} e homeo-
morfo a Y \{b}, prove que X e Y sao homeomorfos.
17. Prove que S 1 e S 2 nao sao homeomorfos.
18. Prove que S 1 nao e homeomorfo a um subconjunto de R.
19. Quantas componentes conexas possui X = {(x, y) R2 ; x2 y 2 = xy}?
Especifique-as.
20. Se f : X Rn e uniformemente contnua no conjunto X Rm , prove que,
para todo a, ponto de acumulacao de X, existe lim f (x).
x
m
21. Seja Y X R , com Y denso em X. Para toda aplicacao uni-
formemente contnua f : Y Rn , prove que existe uma unica aplicacao
F : X Rn , uniformemente contnua, tal que F (y) = f (y) para todo y Y .
22. Seja X = {x = (x1 , ..., xn ) Rn ; xi 6= 0}. Defina f : X R pondo
sen(x1 x2 xn )
f (x) = x1 x2 xn
. Prove que lim f (x) = 1.
x0