Pistas da Francisco

da Cruz Nunes
foram liberadas ao
ANO 38 • Nº 1.473 • R$ 1,00 • 2a QUINZENA DE JULHO • 2017
tráfego de veículos
Luciana Carneiro

O Prefeito Rodrigo Neves
vistoriando as obras das pistas
sentido Itaipu da Estrada

Divulgação: Luciana Carneiro
Francisco da Cruz Nunes,
no trecho 8 da TransOceânica.
Pág. 3

OAB/Niterói Detran não Agora é Lei: Servidores
e Ifec poderá exigir que participaram
promovem pagamento de protestos
campanha Pág. 6
do IPVA Pág. 6
são anistiados Pág. 6
2 SANTA ROSA 2a QUINZENA DE JULHO • 2017

V
ivia imersa em so-
Correspondente da nhos. Decerto, neles

GUERRA existiam as cores, os
sons e os sabores,

URBANA que, há muito, havi-
am sido subtraídos de sua
vida, sem que soubesse a ra-
zão. Era enternecedora a sua-
Hilário Francisconi
vidade em seu semblante
quando adormecia se acon- Uma vida em sonho
Divulgação

chegando entre travesseiros e
edredons. A vida ao vivo já
perdera a graça. Acordada,
não sabia quem era filho, neto,
bisneto, sempre trocando seus
nomes e falando sobre fatos
remotos como se fossem atu-
ais. O ontem parecia o hoje de
forma fragmentada.
Afagando seu rosto, a cha-
mávamos pelo nome, suave-
mente, para que não despertas-
se assustada: "- Marta, Marta..."
Ela entreabria os olhos, e
sorríamos, ao perceber que ain-
da se reconhecia. Esperávamos
suas palavras, a interação no

U
nosso dia a dia, mas logo bus- gem do santo de sua devoção, são, ali, onde ela, de fato, sem-
m carro moderno de cor azul é estacionado ao cava o ontem, proferindo fra- juntamente com o vaso de mar- pre fora feliz. De mãos dadas,
longo de uma via pública, em Icaraí, numa
ses desconexas, com o olhar garidas, espatifando-se ambos. atravessaram o grande portal.
vaga da prefeitura. O motorista abre a porta e
sai do veículo, ao mesmo tempo em que se apro- vago, constantemente a mur- O amanhecer, no entanto, che- Do outro lado da margem,
xima um funcionário municipal, de jaqueta murar: "- Pedro... Pedro...." gou pleno de azul, e Marta pa- enternecida, ainda ouvia vozes
amarela, que extrai um cupom depois de anotar os da- Os dias se passavam e mais recia sorrir, como se abrisse os que a chamavam:
dos da placa do automóvel. Marta se isolava da vida fora dos braços para o mundo. Os olhos " - Marta... Marta... "
Em seguida, o motorista paga ao funcionário o valor sonhos, cujo enredo só ela sabia. já não miravam o vazio. Seguindo o caminho, não
cobrado, deposita o comprovante sobre o painel de seu Eram paragens que sequer ima- Pedro conseguira, enfim, olhou para trás.
carro, fecha a porta e sai a andar pela calçada. ginávamos como seriam. transpor a barreira do tempo e
Por volta de vinte minutos depois, um indivíduo apro- Naquela madrugada, talvez do espaço e, delicadamente, a Belvedere Bruno é escritora
xima-se do veículo estacionado, olha atentamente para pela força do vento, caiu a ima- conduzia para outra dimen- belvederebruno14@gmail.com
um lado e outro, retira do bolso um instrumento não iden-
tificável, abre a porta do automóvel, entra, leva os braços
para baixo do painel, o motor é acionado e o carro deixa Jornal Santa Rosa
o local em velocidade.
Após isto e cerca de trinta minutos depois, o proprie-
tário do veículo retorna ao local de sua vaga e, perplexo,
(21)
nota que no lugar de seu carro há outro, de cor e marca
diferentes. Ele leva as mãos à cabeça e acena ao funcio-
3619-2915/
nário municipal que se encontra à distância.
O funcionário municipal aproxima-se do motorista:
99751-2915
- Pois não, senhor? - diz, com tom displicente.
- Levaram o meu carro!
O funcionário municipal, mantendo o seu tédio:
- Eu estava ali... anotando uma placa, não vi, não, ANÚNCIOS
senhor...
- E agora?
Como faço pra ser indenizado? O boleto do pagamen-
to foi junto!
O funcionário municipal, coçando a cabeça com a
caneta: NOSSO GRUPO PUBLICIDADE E EDITORA LTDA.
- Não sei explicar, senhor... Não recebi instrução pra isso... CNPJ: 06.091.234/0001-78
Rua Matoso Maia, 46 • Bairro de Fátima • Niterói
- Me deixa ver os canhotos no bloco aí em sua mão – CEP: 24.070-020
diz o motorista. Editora Chefe:
- Tá aqui, senhor... Maria Sílvia de Souza Tani (15428 MT) Tels.: (21) 3619-2915/ 99751-2915
- Ué, mas está tudo em branco? Nenhuma anotação Assessoria Jurídica:
Ennio Figueiredo Júnior e-mail: santarosajornal@gmail.com
do meu carro?
Diagramação:
- Não sei explicar, senhor... É assim que mandam a Matérias assinadas são de inteira
Renato Figueiredo (freelancer: 98467-3273)
gente fazer... Distribuição: Ernesto Guadelupe responsabilidade de seus autores
Hilário Francisconi é escritor e jornalista
francisprov@hotmail.com CIRCULAÇÃO: Bairro de Fátima • Boa Viagem • Centro • Charitas • Cubango • Fonseca • Ingá • Icaraí • Jardim Icaraí • Jurujuba
• Pendotiba • Santa Rosa • São Domingos • São Francisco • Região Oceânica • Vital Brazil etc...
2a QUINZENA DE JULHO • 2017 SANTA ROSA 3

Pistas da Francisco da Cruz Nunes
foram liberadas ao tráfego de veículos Luciana Carneiro
As pistas sentido Itaipu da nagem e pavimentação em lo-
Estrada Francisco da Cruz cais como o Bairro Peixoto,
Nunes, no trecho 8 da TransO- Cafubá, Fazendinha e Mara-
ceânica (que vai da rótula da vista, está em andamento a
Avenida Central até a entrada obra da Avenida Professora
do Engenho do Mato), já foram Romanda Gonçalves, paralela
liberadas ao tráfego de veícu- à Avenida Central, que é espe-
los. Com a construção da pon- rada há décadas.
te sobre o Rio da Vala foi pos- "Durante décadas a RO fi-
sível o alargamento das pistas cou esquecida. Estamos im-
nesta área, além de beneficiar plantando galerias bem estru-
os moradores do bairro Boa turadas para resolver o proble-
Vista. A próxima etapa para a ma de alagamento da Estrada
conclusão deste trecho da Francisco da Cruz em trechos
TransOceânica será a obra nas como o Trevo de Piratininga.
pistas sentido Centro. Foram mais de 50 desafios que
Em nova vistoria às obras estamos vencendo para a exe-
que estão em andamento na cução da TransOceânica, que
Região Oceânica, o prefeito conta com projeto de urbani-
de Niterói, Rodrigo Neves, zação, iluminação e também a
Trabalhadores na Estrada
enfatizou que a liberação das questão da sustentabilidade.
pistas neste trecho acontece- sar da grave crise financeira dade de vida de seus e a cons- mou Neves. Em três anos, foram plantadas
ram antes do prazo previsto, do Estado, estamos conseguin- trução do corredor viário vai De acordo com o prefeito, a mais de três mil árvores na ci-
e que no segundo semestre, a do tirar do papel obras impor- mudar definitivamente a ques- Região Oceânica é uma das dade. Vamos continuar apos-
obra da TransOceânica entra tantes como a TransOceânica, tão da mobilidade urbana de áreas de Niterói que vem rece- tando em novos projetos e,
na reta final. que hoje já é uma realidade. A Niterói, com transporte públi- bendo mais investimentos da também, preservando as bele-
"Fizemos um plano estraté- abertura do túnel contribuiu co de qualidade e redução do gestão municipal nos últimos zas naturais da nossa cidade",
gico para a nossa cidade e ape- muito para melhorar a quali- tempo de deslocamento", afir- anos. Além das obras de dre- finalizou.

TÚNEL NOVO: OBRA NECESSÁRIA?
André Santa Rosa ção, ainda que tal obra não be- Por outro lado, as ruas se mento. Se o prefeito tivesse se Este mal, que os assola,
neficie os cidadãos de outras tornaram um canteiro de obras, limitado a construir o túnel, a não é defeito só do atual

A
construção do tú- áreas da cidade. A Região Oce- o trânsito caótico, comerciantes região lhe seria grata eterna- prefeito. Todos caem nes-
nel Cafubá-Cha- ânica estava bastante carente simplesmente ‘quebraram’, vez mente, mas desandou a que- ta armadilha, pois fazem
ritas, em Niterói, de uma atenção das autorida- que se tornaram inacessíveis brar tudo e tornou a vida de da política uma carreira,
trouxe, inegavel- des municipais que pudesse fisicamente aos seus clientes. quem reside na RO um inferno. da qual não saem mais.
mente, melhorias resolver este problema viário. Calçadas para estacionar foram Não bastassem estes fa- Em política, portanto,
no transporte coletivo para Os moradores chegavam a le- suprimidas, erros grosseiros tos, a questão da segurança dependendo do grupo que
a Região Oceânica. Alguns var entre uma e duas horas no cometidos por engenheiros que na cidade é caótica, os hos- foi alçado ao poder, os ca-
reclamam, ao dizer que este trânsito para chegar ao centro. parece não terem pensado na pitais estão em estado de pe- minhos escolhidos podem
túnel só terá utilidade para O governo de Rodrigo Neves hipótese de que um defeito me- núria e as escolas munici- ser diferentes, mas todos
os moradores daquela área. solucionou esta pendência. cânico em um veículo irá pa- pais são uma vergonha na- seguem a lógica da
Outros entendem que tal Porém, em que pese a realiza- rar, literalmente, o fluxo. Da cional. O montante de di- manutenção do seu par-
obra é mesmo um marco na ção de tamanha construção, o mesma forma, cidadãos contrá- nheiro que foi gasto para a tido no comando daquela
história da cidade e, por prefeito incorreu em erros que rios ao gasto com esta hercúlea construção deste projeto da- gestão, fazendo seu suces-
isso, valeu a pena seu cus- acabaram por lhe custar a cre- obra, entendem, e estão no seu ria para solucionar alguns sor, tudo para não perde-
to, orçado em mais de 400 dibilidade. direito, como pagadores de im- outros problemas em caráter rem a boquinha na gestão
milhões de reais. Ambas as Inúmeras vezes, no afã de postos, de discordar do alto definitivo. Contudo, também daquela cidade. O tempo
correntes estão certas, em mostrar seu feito, e alcançar custo que terão de pagar pelas é certo que não apareceriam dirá se a obra como um todo
parte. Ocorre que boa par- dividendos políticos, o prefei- modificações. Dizem que os com a pujança que esta obra era mesmo necessária, ou
cela dos niteroienses, cerca to inaugurava um curto trecho próximos prefeitos sofrerão do túnel aparecerá para o bastava a construção do
de 40%, reside na região das da obra ainda inacabada. Os para honrar esta dívida e que é resto da história da cidade. esperado túnel.
praias oceânicas e, uma adversários alardearam aos sobre eles que recairá tal co- E político vive disto, de dei-
administração que se pre- quatro cantos da cidade estes brança. Na verdade, Neves fez xar sua marca, ser lembrado, André Santa Rosa é jorna-
ze, tem mesmo que atender, fatos. Provavelmente, Rodrigo a despesa e deixará para os afinal, é sua sobrevivência lista e advogado 
às vezes, parte da popula- foi mal assessorado nesta área. próximos o ônus de seu paga- política que está em jogo. santarosa.ator@gmail.com
4 SANTA ROSA 2a QUINZENA DE JULHO • 2017
2a QUINZENA DE JULHO • 2017 SANTA ROSA 5
6 SANTA ROSA 2a QUINZENA DE JULHO • 2017

OAB/Niterói e Ifec Agora é Lei: Servidores que Exposição
promovem campanha homenageia
participaram de protestos centenário da AFL
são anistiados
A Comissão de Proteção e feitas a partir desta terça-fei-
Defesa dos Animais da OAB/ ra 25 de julho, no andar tér- Até o dia 31 de agosto pode
Niterói, Alessandra Sharon de reo da sede. O material será Divulgação ser vista a exposição em home-
nagem ao centenário da Acade-
Morais, firmou parceria com o entregue na colônia de ani-
mia Fluminense de Letras (AFL),
Instituto Interamericano de mais no Hospital Ary Parrei- organizada pela Sociedade Flu-
Fomento à Educação, Cultura ras, no Barreto; em outra, de minense de Fotografia (SFF). São
e Ciência (Ifec) para promover Itaipu, e ainda na que existe 35 imagens de fotógrafos de di-
campanha com o objetivo de na Praça Renascença, no ferentes cidades sobre a arqui-
arrecadar ração, medicamen- Centro. É o primeiro passo de Deputado tetura histórica do estado do
Paulo
to e alimentos enlatados para outras campanhas que deve- Ramos Rio de Janeiro que participaram
serem doados às colônias de remos promover em prol dos de um concurso promovido pe-
animais da cidade. animais", declara Alessandra las duas instituições. A abertu-
As doações poderão ser Sharon de Morais. ra aconteceu na última terça-fei-
ra e serviu para premiar as me-
lhores imagens escolhidas por
Os servidores públicos es- las foram depredados. Com a um júri composto de historiado-
CARTAS...
Deputado Wanderson Nogueira  CARTAS.... taduais, civis e militares, que lei, os servidores que tiveram res, fotógrafos e arquitetos e que
CARTAS... CARTAS... participaram de protestos rea- conduta desproporcional du- teve como vencedor o niteroi-
lizados entre outubro e dezem- rante os protestos não poderão ense Wander Rocha, como uma
bro de 2016 terão anistia ad- sofrer punições administrati- foto em preto e branco da Praça
Sucesso, Sílvia! - Uma ço para a bandidagem sem ministrativa. É o que determi- vas, sem prejuízo de eventuais
das mais gratas experiênci- XV no Centro do Rio de Janeiro.
que nada ocorra para prote- na a Lei 7.656/2017 sanciona- responsabilizações penais.
as foi escrever no seu jornal e “Essa exposição e o concur-
gê-lo. da pelo governador em exercí- O deputado Paulo Ramos
conviver com pessoas singu- so só se tornaram possíveis gra-
Ronaldo Souza Santos cio Francisco Dornelles e pu- (PSol), um dos 41 deputados que
lares que fizeram de nossas ças a uma parceria entre a AFL e
Ingá blicada no Diário Oficial do são autores da lei, comentou a
vidas um lugar melhor por- a SFF. Tudo foi coordenado pelo
Executivo desta sexta-feira 21. medida. "Eu sei o que é ser pu- acadêmico Antonio Machado,
que seu 'staff' tinha o seu to- E, aí? O que aconteceu com As manifestações foram nido lutando por direitos para
que, a sua escolha; todos que membro da Classe de Belas Ar-
os jornais de bairro? Antes, to- motivadas por conta dos pro- sua categoria, então trabalhei
participaram do JORNAL tes da AFL e que também presi-
dos os sábados era uma festa jetos de ajuste fiscal enviadas muito por esse projeto. Espera-
SANTA ROSA e seus proje- de a Sociedade Fluminense de
de cores para os niteroienses, pelo Governo do Estado à Alerj, mos a compreensão de coman-
tos tinham muito a oferecer - Fotografia. Ele colocou todo o seu
com vários periódicos nos in- quando o plenário da Casa dantes, chefes e diretores. A
muito mais que Niterói sou- entusiasmo, amor e competência
formando sobre a cidade. Ago- chegou a ser invadido por ser- anistia é a forma mais elevada
be agradecer... para alcançar o melhor resulta-
ra dificilmente encontramos vidores e alguns móveis e sa- de entendimento e superação".
Luiz Zatar Carneiro Taba- do”, destaca Waldenir de Bra-
um exemplar desses. A quem
jara Icaraí gança, presidente da AFL.
responsabilizar pela perda
Para Antonio Machado, o
dessa tradição? É triste só ter-
Detran não poderá exigir
O Quê? - Com a crise que concurso cumpriu seu objetivo
mos motivos para lamentar
atravessamos é impressionan- de retratar pontos históricos do
nessa cidade esquecida.
Estado, além de celebrar os 100
te observar o mau atendimen-
to dos funcionários do Super-
Maurício Souto Vieira
Santa Rosa pagamento do IPVA anos da AFL. “Ficamos satis-
feitos com o resultado e com a
mercado Prix, situado à Rua O pagamento integral do pela Alerj. Segundo o texto, a
Gavião Peixoto. Passei por possibilidade de integrar à SFF
Em alta! - Ultimamente te- Imposto sobre Propriedade de medida não será válida para
constrangimentos ao pedir a nas comemorações desse im-
mos na cidade a alegria da Veículos Automotores (IPVA) veículos com dívidas anterio-
uma funcionária que pegasse portante centenário”, afirma.
programação do Cine UFF. não poderá ser uma exigência res do IPVA. "O projeto corrige
caixas de mercadorias no bal- A exposição, em cartaz até
Nos finais de semana, duran- do Detran para realizar a uma distorção, pois hoje o De-
cão e a mesma me retrucou, o final do mês de agosto, na
te a tarde, saímos para assis- transferência da propriedade tran exige que o novo proprie-
dizendo que eu as pegasse, Galeria Jayme Moreira de
tir películas excelentes, sho- do veículo. Os proprietários tário pague integralmente o
não era obrigação dela. O que Luna, da SFF e a visitação é
ws, debates. Parabéns a todos poderão fazer a troca até a data IPVA, até mesmo quando o
é isso? A concorrência é a alma gratuita, de segunda a sexta-
que conseguiram revigorar ri- do vencimento do imposto. É imposto não venceu para ou-
do negócio e se assim conti- feira de 9h às 19h; sábados de
camente esse espaço para a o que determina o projeto de tros veículos de mesma nume-
nuar, a evasão de clientes 9h às 13h. Vale conferir!
alegria dos niteroienses. lei 1.241/12, do deputado ração final, isso é injusto", ar-
acontece. Olho vivo! Rua Dr Celestino 115, Cen-
Anna Rosa Moura Luiz Martins (PDT), aprovada gumentou Martins.
Elizabeth Alves - Icaraí tro/Niterói.
Icaraí

Segurança, já! - Quando Sumiram? - A população Jornal Santa Rosa
as autoridades tomarão pro- da cidade pergunta sobre os
vidências para o clima de
terror e insegurança que se
jornais de bairro, que sumi-
ram de circulação. Seria falta
(21)
instalou na cidade? Agem
como se nada ocorresse,
de apoio de anunciantes ou
as autoridades se omitem di-
3619-2915/
como se tudo estivesse às mil
maravilhas. Estabelecimen-
ante do fim de algo tão tradi-
cional? Gostaríamos imensa-
99751-2915
tos fechando por perda da mente que reavaliassem a im-
clientela, que, acuada, não portância dos jornais e que
sai mais à noite. Acabou a voltássemos aos bons tempos.
alegria. Ruas desertas e silen- Anna Lúcia Siqueira Santos ANÚNCIOS
ciosas. O cidadão cede espa- Itaipu
2a QUINZENA DE JULHO • 2017 SANTA ROSA 7

CULTURA ALBERTO ARAÚJO
a.alberto.sousa@bol.com.br

Teatro Municipal de Niterói Cena Festiva
recebe o “Per Itália” de Lua Barbosa Fotos: Leo Zulluh/FAN
Divulgação/Sergio di Paula

Magda Belloti, Mariano Malti e Talitha Peres Lua Barbosa
Nesta quinta-feira 27, às 19h, o Teatro repertório, cujo objetivo é interpretar e divul-
Municipal de Niterói recebe o espetáculo “Per gar diversos estilos musicais, dando especi-
Itália”, realizado pelo duo Magda Belloti e al destaque à música brasileira. O duo já se
Talitha Peres, com participação especial do apresentou em vários teatros e salas de con-
tenor argentino Mariano Malti. Os músicos certo do país e lançou o seu primeiro CD, in-
irão interpretar um repertório de músicas ita- titulado Paisagens Musicais, em 2005, apre-
lianas, indo desde a tradicional ópera e elo- sentando-o no Teatro Municipal de Niterói,
quentes canções napolitanas até canções po- no Museu da Imagem e do Som na capital
pulares do gênero. O duo formado pelo pia- paulista e na Sala Juvenal Dias em Belo Ho-
no de Talitha Peres e a voz de Magda Belloti rizonte, entre outras cidades.
vem atuando há vinte e um anos com vasto Rua XV de Novembro 35, Centro/Niterói

Exposição Hilário lança a
Visitantes da Sala de Cultura Lei-
la Diniz poderão conhecer uma visão “A Ponta do Novelo”
sobre o Universo, até o dia 25 de agos- Prestigiadíssimo, o escritor e jornalista H. Fran-
to, onde a artista Lucia Lyra expõe cisconi, colunista do Jornal Santa Rosa, lançou seu
“Asterismos”, com um conjunto de 50 mais recente livro “A Ponta do Novelo”, na Bibliote-
obras que fazem o espectador olhar ca Popular Municipal Anísio Teixeira. Membro titu- Desirée Monjardim e Lua Barbosa
para o céu. A artista utiliza formas lar da Academia Niteroiense de Letras, ocupante da
orgânicas para explorar os mistérios A artista plástica Lua Barbosa traz sua mostra Cena Fes-
Cadeira nº 2, H. Francisconi conta em seu currículo
do cosmo, seus astros e constelações, com mais de vinte livros escritos, cuja produção com- tiva para a Sala José Cândido de Carvalho, no Ingá. Com
procurando se comunicar com o pú- preende crônicas, contos, poemas, ensaios, teatro, curadoria da gravadora Desirée Monjardim, a exposição
blico através das diferentes intensida- humor, histórias infantojuvenis e argumentos com fica em cartaz até 07 de agosto e pode ser visitada, gratuita-
des de luz, da multiplicidade de cores roteiros para curtas metragens. Vale conferir! mente, de segunda a sexta, das 09h às 17h. A pesquisa pic-
e formas, sobretudo de elementos tórica apresentada por Lua Barbosa apresenta um forte viés
azuis circulares. contemporâneo, produzindo conexões com o mundo na re-
- Sempre retratei a natureza, agora CONCURSO - As inscrições gratuitas para o lação com o espaço e o tempo. O pretexto são as festas con-
é hora de olhar para cima - resume a XXVII Concurso de Contos José Cândido de Carva- sideradas alternativas, encontros onde identidades ideoló-
artista. A curadora Ana Schieck des- lho, promovido pela Fundação Cultural Jornalista
taca que “Asterismos” traz ainda his- gicas são confrontadas em uma experiência coletiva, um
Oswaldo Lima (FCJOL) já começaram e seguem até
tórias, numa narrativa não linear, não 11 de agosto. Os interessados devem entregar, em recorte cultural de sua geração. As festas, assim, são vitri-
previsível”. Entrada franca. envelope A4 lacrado, três cópias do conto nes para a investigação social e pictórica da artista.
Rua Professor Heitor Carrilho 81, identificado com pseudônimo e ficha de inscrição, Rua Presidente Pedreira 98, Ingá/Niterói
Centro/Niterói cujo modelo foi publicado no DO.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful