Você está na página 1de 3
thantes: ALUNO - aterito { Nome e adjetivo siio duas classes de palavras com caracteristicas m 1. Variam em género, mimero e grau: to seme- -witere: | [varia em: nome l ‘adjetivo cassidy) || gma | Msn com | emigre | Maclin teviso | Fens atv ~pontual qlimero | Singular, gavoto | Plural garotos | Singular: atrevido Plural: atev Romal: ated = Normal: garoto [Comparative de \gualdade: tio atrevido como {Comparativa de superioidade: mais atrevido do dus 4 Comparatvo de interondade: menos atrevido do que as pein ee Supetatvo absolut analiticn: muito atrevido Supertatvo absolutosinttico:atrevidssimo Aumentatbior gael [suet evo de superna o mas tei Supedativo reltvo de inferred: 9 nos tev 2. Ha nomes e adjetivos: utr com duas formas, uma para o masculino e outra para o feminino ~ & revida. Ou uma para o singular e outra para o plural ~ yaroto revido J 1 yar ‘biformes uniformes ular e plural ~ (um) ‘com uma $6 forma para fertinino e masculino Nee een ee ed 3. As regras da flexdo em género € mimero sao iguais para nomes ¢ adjetivos. Deveras estudi-las numa gramatica, o OU a estudlante Jovem, ou para a sin- ‘A uns) hips re 1. Ha adjetivos que fem a variagio em grau de forma irregular (os mat, grand 2. Recorda 0 que apreadest no ano @ £20 poema “Papagaio” Papagaio, papagaio feito de cana e papel, tu é um sonho que voa preso a mao por um cordel. Podes ter forma de estrela de gaivota ou de dragio, parecer a lua cheia on fingie de foguetio. Nasceste filho do vento, irmao dos brancos veleiross 0s surfistas eos moinhos sio teus grandes companheitos. Masa terra nao te basta nem o longo azul do mar. Teu reino chama-se céu, a tua estrada é 0 ar. eee Netase anterior sabre as subclasses do nom 4.1. Da primeira quadra, transcreve: a. um nome que sé se usa no masculino. b. um nome que muda de significado quando muda de género. c. uma palavra que pode ser nome ou verbo, dependendo da sua posi¢ao na frase. 1.2. Faz 0 enriquecimento dos versos 2 ¢ 4, acres centando um adjetivo para qualificar os quatro nomes ai presentes. plural as expressées que obtiveste MNtecWA colattcll cy. 43, Da terceira quadia, transcreve: 4. um adjetivo biforme, quanto 20 género e quanto ao nimero. b. um adietivo uniforme, quanto ao género. 414, Sublinha os nomes terminados em -do que encontrares no poema da pagina anterior e escreve-os nas casas adequadas do quadro: a formagio do plural dos nomes terminados em -o i 40 / 60s fo /ies l 40/05 4.4.4. Completa a casa que ficou vazia com um nome ou adjetivo & tua escolha 45. Volta a escrever a expresso "...irmao dos brancos veleiros”, passando o adjetivo para os graus: . superlativo absoluto sintético b, superlative absoluto analitico 4.6. Considera 0 verso “nem 0 longo azul do mar” e compara-o com “nem 0 longo mar azul" Indica a que classe gramatical pertence a palavra “azul” a. na primeira expresso b. na segunda expressio. 47. Na terceira estrofe, lé-se que os surfistas e os moinhos sio os “grandes companheiras” dos papagaios. ‘Completa, entao, a frase com o adjetivo grande no grau superiativo relativo de superioridade: Os surfistas ¢05 moinhos sao companheiros dos papagaios. © 1 com atencao este texto sobre a camuflagem da orca 2.1. Recolhe exemplos do texto para preencheres Camuflagem quadro (algumas casas ficarao vazias): Atacar de surpresa é uma das maneiras mais eficazes [ual ‘de um predador ter sucesso! Por isso, conseguir ver a de igualade Presa sem ser visto por ela é o ideal. Para tal, a | panto /desponoue camuflagem é muito importante. fa : 1 ‘Repara nas cores da orca... or ia tal como a grande maioria dos animais marinhos, 3 [sntco = 2 sua barriga € mais clara do que o dorso, Ela esta |B penintade amuflada, pois quando visto de cima o dorso escuro ‘eto [cetera 8 E cecesidn dp Agu: 2.2. Identifica 0 nome que é qualificado por cada um dos adjetivos que transcreveste. 2.3, Completa 0 quadro, preenchendo as casas vazias com 0 adjetivo negro Pix acastumadins ae ‘Atelier dos Oceanos ~ Programa Educativo do Oceanario de andar nao podem paar) Lisboa, in Terra do Nunca, n." 295, de 27 de outubro de 2002 7 oepois de resolveres esta ficha consulta as solugBes na pag: 116. Lingua Portuguesa FICHAT > 6 ta [Sib Sic Cid Cre Cif C| 1.6. a, na 1.texpressao “azul” ¢ um nome bina 2expressioé um adietivo, 41.7. Dots ce moras loc toes comparhroe dos pagan 2. 24.023. apace suger ceeds ord 3.1, a. Candido Females peecou una engua gganta. ra arte do da .Orapa capture um ivgar animal nama Se €Lmeans 90 nosso came trou.as medidas 2 ete ro exemplar 4.Atistora scabou coma nada no ida, ne tavatomada en cide ate: Como vou pasearo domingoa casa a Ana, portwvor ravarmeo Planets Azi"nocanal 9, ‘omeic-a emela hoa. No te esspegast Beijos Marca (ox eq) 4. 2.20 mdo-dise mei hora b.nocoral 1. {ev eqivaente, dependent de sponta noon FICHA2 > i & 4 1.4. a pape, sonho, cordel a cana / ocano, «sono (eu sonho) / (0) sonho. 41.2. foto decana ina papel olrdexpresa a mao hm Ye ovate. 112.1. felts de canas fnas © papeis colors; pesos as mios firmes por cordeisresistentes(dependendo da resposta anterin, porumcorde 13. a.brancoe; grandes, 14.0144. uissenos veliros” mao dos veleios muito brances” 6 Te penta | ace ewer [ors 12.2, maneiras (fieazeshcamuflagem (importante): bbaiga (lara; dono (escuro) ou maioia (grande), animals, (marinhos), orca carmufiada), dave FICHA 3 > Vy % oy 19 [artorvaee noe z 2.1, Determinantes: urs os; da; minhe; tod as: do; algun ws 4 A.quadra 2 attigasdefiidos - os, 8 1 artigo indefinido ~ uns 1 et. possessivo - minha 41 det. indeinido ~ tora + 24 quadra ~1 artigo definido — as 1 det, possessivo teu +1 numeral cardinal- vis nas; dj teu; das; +14 quadra1 argo indefnido~ uy 1 det. possessvo~minhs 1 numeral cardinal = 1 det. indefinite ~ agus +5 cator de determinantecombinado com outrs alias 1, a 1 quadra—da; 3, na2* quadra nas do, do; 1, na 3* quae tra~ 23. todos ~ determinant indi; atigo defi; des — numeral carina dae teint inde: 2 atign defini: ‘0 atigodefind; sundo ~rumeral ordinal um ~artigo inde ido, artigo defo; vosscs~ determinate possessio; Qu rents © ume cardinal; oi ~ numeral earl ~ nume- tal cardinal olunas~ detemirantendefrido; nites ~ deter rminane indefrdo; un —arig indetnido s~ artigo definido; nese ~em + determinants dewonstavo, un numeral cardinal,