Você está na página 1de 3

PETIÇÃO

Sr. Diretor,

A firma abaixo qualificada, através do seu representante legal e do seu responsável técnico, requer seja
providenciado nesta Divisão o atendimento da solicitação especificada neste documento.

IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO

RAZÃO SOCIAL: FRIRIO VALE DO PARAÍBA INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE CARNES Ltda.


CNPJ: 05.090.000/0001 - 43
CLASSIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO: MATADOURO FRIGORÍFICO DE BOVINOS E BUBALINOS.
INSCRIÇÃO ESTADUAL: 74.224.541
ENDEREÇO: Rua São José n° 990 Galpão I
BAIRRO: Triângulo CEP: 25821 - 160 MUNICÍPIO: TRÊS RIOS UF: RJ

NATUREZA SOLICITAÇÃO

SOLICITAÇÃO Data de Aprovação


1 | | Aprovação Previa 2 | | Autorização 3 | | Alteração Rótulo
de Uso
4 | | Alter. Proces. fabric. /ou 5 | | Plano de 6 | X | Registro ______/______/______
compos. Produto Marcação

IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO

MARCA: FRIRIO

CARACTERISTICAS DO RÓTULO E DA EMBALAGEM

RÓTULO
1 | | Impresso 2 | | Gravado em Relevo 3| | Litografado
4 | X | Etiqueta Rótulo 5 | | Gravado a Quente 6| | Papelão
EMBALAGEM PRIMÁRIA/SECUNDÁRIA
1 | | Lata 2 | | Papel 3| | Plástico
4 | | Embalagem Natural 5 | X | Saco ou folha de 6I I Cx.de Papelão
Polietileno

QUANTIDADE / FORMA DE INDICAÇÃO

Qtde de Produto Acondicionado/Unidade Data Fabricação ou Embalagem (local e forma de indicação)


Medida

Aproximadamente 25 Kg. IMPRESSO NA EMBALAGEM


DIA / MÊS / ANO
COMPOSIÇÃO DO PRODUTO

Tendões Congelados de Bovino


Cortes Número do Registro

Tendões Congelados de Bovino (TENDÃO) 0000/75

Tendões Congelados de Bubalino

Cortes Número do Registro

Tendões Congelados de Bubalino (TENDÃO) 0000/76

Ingredientes: NÃO CONTÉM

SISTEMA DE EMBALAGEM

DESCRIÇÃO:

O produto é embalado em saco de polietileno liso, e acondicionados em caixas de papelão (plano de


marcação), sendo estas identificadas com etiqueta testeira.

ARMAZENAMENTO

DESCRIÇÃO:

Após o processo de embalagem, seguem para túneis da congelamento que operam a uma temperatura
entre –20ºC e –25ºC onde permanecem por 48 horas ou até atingirem –12ºC. Em seguida são
transportados para câmaras de estocagem permanecendo até a sua expedição a uma temperatura média de
–20ºC.

MÉTODO DE CONTROLE DE QUALIDADE E CONSERVAÇÃO REALIZADO PELO ESTABELECIMENTO

DESCRIÇÃO:

A verificação e monitoramento dos planos de qualidade implantados (PPHO, BPF E APPCC) realizados
diariamente pelo Controle de Qualidade.
O registro de temperatura de ambientes é controlado.
Controle de água e abastecimento e controle integrado de pragas são devidamente acompanhados e
registrados.
Os produtos sofrem rigoroso controle quanto ao trabalho técnico e higiênico.

TRANSPORTE DO PRODUTO PARA O MERCADO CONSUMIDOR

DESCRIÇÃO

O produto será transportado por caminhões frigoríficos isotérmicos dotados de equipamentos de produção
de frio.

DOCUMENTOS ACOMPANHANTES

DESCRIÇÃO

Croqui da etiqueta adesiva e da caixa de papelão.

PROCESSO DE FABRICAÇÃO
TENDÕES CONGELADOS DE BOVINO/BUBALINO

Os bovinos/bubalinos após descanso regulamentar, jejum, dieta hídrica e banho de


aspersão são conduzidos para o box de atordoamento onde são insensibilizados por
intermédio de pistola pneumática. Após insensibilização são liberados para a área de
vômito de onde são guinchados e acoplados à trilhagem aérea. Em seguida, os animais
seguem para a canaleta de sangria, onde são imediatamente sangrados, permanecendo
no percurso por no mínimo 3 minutos exigidos para a operação. Os animais são então
esfolados, faz-se a oclusão e amarração do reto, oclusão e amarração do esôfago e
terminada as operações o conjunto cabeça/língua são retirados e nos ossos
atlas/occipital são feitas as marcações numéricas seqüenciais com o objetivo de se
poder localizar carcaças, vísceras e cabeça/língua correspondente quando em caso de
lesões ou doenças que requeiram que as mesmas sejam destinadas ao DIF para exame
detalhado.
A seguir os animais são eviscerados e as vísceras caem sobre a mesa de vísceras e
inspeção, para serem inspecionadas com as respectivas meias carcaça e conjunto
cabeça/língua e se liberadas as peças em questão seguem para as seções afins.
Após serem liberados pelo Serviço de Inspeção Estadual e realizada toillete ainda na
sala de matança, sendo retirado adequadamente das meia-carcaças os tendões são
conduzidos através de chutes a seção de miúdos onde cairão sobre mesas de aço
inoxidável para sofrerem refile e lavagem, estas então (as meia-carcaças), são pesadas,
lavadas e carimbadas, sendo posteriormente encaminhadas as câmaras de
resfriamento, por trilhagem aérea, onde permanecem por aproximadamente 24 horas a
uma temperatura média de câmara de -3°C, ao final desse período, quando as meia-
carcaças atingem temperatura interna entre -1°C e 1°C, são conduzidas através de
trilhos aéreos, ao tendal de embarque onde há a separação em dianteiro, traseiro e
ponta de agulha.
Após esses procedimentos, os tendões serão enviadas a seção de embalagem de
miúdos onde serão embaladas em sacos plásticos de polietileno e acondicionados em
caixas de papelão devidamente aprovadas (plano de marcação).
Depois serão enviadas para o túnel de congelamento sob temperatura de – 25°C onde
permanecerão até atingir temperatura inferior a -12°C e então serão transferidos à
câmara de estocagem até o momento de sua comercialização.
A data de validade do produto sob temperatura de -12°C, será de 12 meses a partir da
data de produção.

AUTENTICAÇÃO

DATA Carimbo e Ass. Repres. Legal do Carimbo e Ass. do Responsável Técnico


Estab.