Você está na página 1de 10

PLANO DE AÇÃO DO POLO 1º Semestre de 2018

Este formulário deve ser preenchido a partir da reunião de equipe, realizada no polo com
mediação da coordenação ou equipe pedagógica do centro FCASA, tendo como apoio as equipes
de supervisão técnica educacional e de desenvolvimento social, e postado no ambiente EaD de
Gestão Musical por um dos (as) educadores (as) do polo.

O planejamento das Atividades Socioeducativas será validado pela supervisão de


Desenvolvimento Social por meio dos instrumentais específicos conforme a diretriz de Atividades
Socioeducativas.

Atenção para as datas e locais de entrega dos documentos de acordo com o


comunicado no EaD.
REGIONAL (Amigos do Guri) Araçatuba

POLO Santópolis do Aguapeí

CURSOS OFERECIDOS Coral Juvenil, Percussão e Violão.

EQUIPE DO POLO PRESENTE

Nome Cargo

Josciane Severino dos Santos Coordenador a de Polo

Educador Musical –
André de Paula Rodrigues
Percussão
Raquel Bueno Paraizo Educadora Musical –
Coral
Wilton Yoshiaki Arai Educador Musical –
Violão

1.1. Descreva informações que considere relevantes sobre o perfil de alunos

1. CONTEXTO E (as), o histórico e contexto do polo.

CARACTERÍSTICAS DO
POLO Santópolis do Aguapeí é uma cidade do interior do Estado de São Paulo
e com uma população de 4.611 habitantes.
O terreno onde se localiza o município de Santópolis do Aguapeí, foi
adquirido em fins de 1940, pelo Sr. Antônio Francisco dos Santos
Júnior, dos senhores Toledo Pizza e Rosa Galvão, numa área de 2600
alqueires.Já nesta época, nos arredores onde se localiza a cidade havia
colonos japoneses, que nelas se instalaram por volta de 1938.A região
era coberta de exuberante mata, onde havia as mais diversas madeiras.
Não havia índios na área do município, mas animais em profusão.
Em meados de 1940 começaram a ser construídas as primeiras casa da
povoação que deram origem a vila, então chamada Mil Alqueires.Não
havia estradas, e o único meio de comunicação era uma picada (estrada
rudimentar) através da mata comunicando-se com Clementina de um
lado e chegando do outro as margens do Rio Aguapeí. A terra, apesar de
muito arenosa, era fértil e dadivosa, tudo que se plantava colhia. A mata
foi sendo derrubadas, lavouras foram surgindo, novas famílias de
origem japonesa, nortistas e nordestinos, principalmente, foram aqui se
estabelecendo. O nome do vilarejo foi mudado para Santópolis em
homenagem ao Antônio Francisco dos Santos Júnior, considerando seu
fundador, recebendo sua denominação atual, Santópolis do Aguapeí, ao
ser elevado à condição de Distrito de Paz.
Em 30 de dezembro de 1959, Santópolis do Aguapeí, foi elevado á
categoria de município.O município eminentemente agrícola,
prosperava consideravelmente, mas a partir de 1963 começou a entrar
em decadência devido a queda da produção agrícola.Em virtude da
erosão do solo, e da falta de incentivos por parte do governo e de uma
política que priorizasse a agricultura, os fazendeiros foram
transformando as lavouras em pastagens e houve grande êxodo rural.
Tanto a população rural quanto a urbana diminuíram sensivelmente,
pois o município não conseguiu absorver essa população por falta de
infraestrutura e por não existir nenhuma indústria que empregasse os
trabalhadores.
Hoje, como em toda região, as terras santopolenses, além das pastagens
tem grandes áreas onde se planta cana de açúcar para sustentar as usinas
de álcool e açúcar. Por tudo isso a vida da cidade, atualmente, está
estagnada e enfrenta sérios problemas socioeconômicos e culturais. No
mês de maio em comemoração do aniversário da cidade, é realizada uma
tradicional quermesse, além de completo serviço de bar e cozinha, na
festa do Redentor tem shows todas as noites no palco da praça central.
Uma grande barraca é montada em frente à igreja matriz de Nossa
Senhora das Graças para acomodar o público local e da região. O evento
é em comemoração ao aniversário da cidade que, no dia 3 de maio. Em
algumas festas a colônia japonesa, faz sua participação com barraca para
vendas de suas comidas típicas. Em eventos culturais as crianças e
adolescentes participam dos concursos de danças da região com
participação das crianças do CCA (Centro da Criança e Adolescentes), e
participam das apresentações musicais, com os alunos do projeto Guri do
Polo de Santópolis do Aguapeí
O Polo está localizado na rua Clarinda Rosa Neto, 645, que tem como
parceiro a Prefeitura Municipal de Santópolis do Aguapeí que cedeu o
prédio para o Projeto Guri, como também oferece lanche, transporte para
eventos fora da cidade, sempre ajudando-nos para melhor
desenvolvimento das crianças e adolescentes do município. O projeto
oferece um enriquecimento cultural, que tem sido muito procurado para
inserção das crianças e adolescentes no curso de canto coral, violão e
percussão, investindo em um desenvolvimento musical.
O Polo está localizado no Centro rua Clarinda Rosa Neto nº645(entrada
lateral), de fácil acesso para todos, pois possuem vários pontos de
referência, próximo ao Clube de eventos MC Café, escola Minas
Barganian, a Cozinha Piloto, e também próximo ao Projeto CCA que
algumas crianças também estão matriculadas no Projeto Guri, fazendo-
se um vínculo e pareceria com este projeto social de crianças e
adolescentes. Construindo uma articulação com os serviços da rede,
enfatizando a proteção de crianças e adolescentes do município. Os
profissionais da rede, coordenadores dos projetos sociais, diretoras e
coordenadoras das escolas, secretária da educação, psicóloga,
conselheiros tutelares, presidente do CMDCA, secretária da educação,
entre outros que trabalham com as crianças e adolescentes. São
realizadas reuniões mensais, que tem como objetivo oferecer a proteção
necessária às crianças do município e, compreender as dificuldades
destas crianças que são atendidas pela rede e apresentam dificuldades de
desenvolvimento, que muitas vezes uma mesma criança apresenta
dificuldade tanto no projeto como na escola, sendo assim faremos
encaminhamentos necessários que ajudará e proporcionará ajuda no
desenvolvimento da criança/adolescente.
Atualmente o Projeto Guri oferece 40 vagas para o curso de canto coral,
36 vagas para ingressar no curso de violão e 27 para o curso de
percussão para crianças e adolescentes de 08 á 17 anos.

1.2. Descreva as possíveis junções de naipes, justificando brevemente as


escolhas.

Naipes B: Canto Coral. Violão e Percussão.


Camerata Canto Coral, Violão e Percussão;
Justificativa: De acordo com o nível técnico dos alunos,
desenvolvimento das aulas, e repertório para cada formação, os
educadores formaram de acordo com os horários das aulas, para melhor
desenvolvimento.

2.1. SEMANA DE INTEGRAÇÃO DE ALUNOS (AS)

Como forma de promover a autonomia de alunos (as), orientamos que os (as)


alunos (as) rematriculados (as) participem ativamente da semana de
integração com os (as) alunos (as) novos (as), planejando e executando ações
2. AÇÕES GERAIS DO POLO
como aulas, atividades de voz e movimento, gincanas, jogos, entre outras.

Data: 29/01/18 a 28/02/18

Estratégias: Elaborar dinâmica para conhecer melhor os novos alunos e


interação com os alunos rematriculados. Fazer uma acolhida para os
novos alunos apresentando-lhes o espaço físico, organização do projeto,
e direitos e deveres, seguindo o manual do aluno.
Entre os dias 19 a 28 de fevereiro faremos um concurso musical para
alunos e ex-alunos, o primeiro lugar concorrerá a gravação de sua música
no estúdio, incentivando a criação musical e, participação em concursos
como Imagine Brazil.
Participantes: do polo (Coordenadora e educadores), e alunos.

2.2. REUNIÕES DE EQUIPE

Datas: Será realizada em todas as últimas quartas-feiras do mês.


Estratégias: Ocorrerá após os ensaios gerais, para avisos importantes, e
organização do polo. Analisar os pontos positivos e negativos dentro do
trabalho desenvolvido, buscando melhoria conforme planejamento da
equipe.

2.3. REUNIÕES COM FAMÍLIAS (Somente em Polos e Polos Regionais)

OBS.: É muito importante a participação de educadores (as) nas reuniões com

famílias, principalmente na Reunião pedagógica, para propiciar um diálogo


informativo a respeito dos objetivos, das propostas pedagógicas e
desenvolvimento de alunos (as).

Data da 1ª reunião (de acolhimento para o início de cada semestre): 12/03/2018

Iniciaremos agradecendo a presença dos pais, colaboração e incentivo aos


filhos, em seguida, passando a lista de presença.
Iremos também ressaltar a importância o bom convívio familiar para
ajudar no desenvolvimento e aprendizado da criança, bem como também
o acolhimento e participação dos pais nos eventos, incentivando os filhos
inseridos no projeto Guri. Fortalecer a ideia da parceria dos pais, famílias
com equipe do polo, oferecendo através da música, princípios,
disciplinas, respeito e regras.
A equipe do polo, também irá explicar aos pais dos novos alunos toda a
organização do projeto, regras, direitos e deveres. Em seguida explicar
sobre, os projetos especiais do projeto guri, como Imagine, grupos de
referência, Move (entre outros), e guri participativo: deixar os pais
cientes dessa nova diretriz do guri.
E uma integração entre pais e filhos(alunos), sendo assim uma
apresentação musical.
Data da 2ª reunião (de cunho pedagógico): 13/06/2018
Será uma reunião de feedback com os pais/responsáveis e equipe do
polo, avaliando os pontos negativos e positivos durante o semestre, e
desempenho dos mesmos, analisando o que acrescentou no
desenvolvimento dos alunos, suas relações interpessoais, aprendizado, o
que enriqueceu na vida do aluno após sua inserção. Sendo assim,
demonstrar a importância das crianças e adolescentes estar inseridos em
atividades, projetos que ajudam em seu processo de desenvolvimento
cognitivo, enriquecendo seu aprendizado.

2.4 ATIVIDADES ESPECIAIS DE FINAL DE SEMESTRE/CICLO

Iremos fazer uma gincana pedagógica para os alunos e uma


confraternização com festa junina no dia 27/06/17, com uma recepção
com apoio de custos pela Prefeitura Municipal de Santópolis.

2.5 ATIVIDADES DE VOZ E MOVIMENTO

Datas: 07/02/17: Wilton Arai


12/03/17: Raquel
16/04/17 : Wilton Arai e Raquel
14/05/17: Wilton Arai
13/06/17:Raquel

Horários de 15 a 20 minutos
Turmas envolvidas: Equipe do Polo e alunos.
Reuniremos os alunos por horários/turma e um professor fica
responsável pelas atividades em forma de revezamento.
2.6 ATIVIDADES ESPECIAIS

É importante considerar a participação nos eventos previstos no calendário do


Guri como:

Dia da Música - 24 de junho

No dia 24/06 iremos fazer uma confraternização musical (sarau)


com os alunos, apreciação de músicas sertaneja raiz, com a
participação do musico Gean César “violeiro” ex aluno do projeto
guri.
III Concurso de Composição Musical – incentivar os alunos (as) a comporem e
a participarem do concurso desde o início das aulas. Segue o cronograma:

DATA AÇÕES

16/04 A 11/05/2018 Início das inscrições

11/05/2018 Prazo final para as inscrições

14 a 25/05/2018 Pré-Seleção

18/06/2018 Divulgação do resultado do Concurso Musical

Atividades de Desenvolvimento Social, Atividades Socioeducativas temáticas


obrigatórias (Guri Consciente); entre outras;

É importante considerar que:

Cada polo deverá fazer uma apresentação no ano para público no contexto
de vulnerabilidade.
3. APRESENTAÇÕES
Cada polo deverá participar de pelo menos 2 eventos culturais locais.
MUSICAIS
Estes itens não se aplicam para Fundação CASA.
(Previsão de Apresentações
Lembramos que todas as turmas de todos os cursos devem se apresentar, no
Pedagógicas e/ou
mínimo, uma vez, e, no máximo, três vezes, no semestre.
Artísticas)
As turmas de Fundação CASA devem se apresentar ao final de cada ciclo,
ficando desobrigadas de efetuarem mais apresentações no mesmo período.

A) Data: 28/02/2018

Audição de seleção dos candidatos do show de talentos


Repertório selecionado pelos próprios alunos

Local: Polo Santópolis do Aguapêi

Participantes: Alunos do projeto Guri, ex alunos, educadores e coordenadora.

B) Data: 09/05/2018

Apresentação do Dia das Mães

Repertório:
Obra Compositor (a) Arranjador (a) Formação

Tears in Heaven (Eric Clapton/Will Adapt. Wilton Arai Camerata de


Jennings), violões

Era Uma Vez Kell Smith Wilton Arai Tutti

Dona Maria Thiago Brava / Wilton Arai Naipe violão e


Lucas & Thiago coral

Local: Comemoração do dia das mães

Participantes: Alunos do projeto guri, educadores e coordenadora.

C) Data: 20/06/2018

Audição de encerramento do semestre

Repertório
Obra Compositor (a) Arranjador (a) Formação

Tears in Heaven (Eric Clapton/Will Adapt. Wilton Arai Camerata de


Jennings), violões

Era Uma Vez Kell Smith Wilton Arai Tuti

Dona Maria Thiago Brava / Wilton Arai Naipe violão e


Lucas & Thiago coral

Suave Alok Raquel Paraiso Tuti

AIR Henry Purcell Adaptação: Camerata de

Manoel Leite violões


Local: Clube Mc Café

Participantes: Alunos do projeto guri, educadores e coordenadora.

Importante: Incluir dados da participação criativa e ativa de alunos nas


apresentações, para posterior validação pela supervisão educacional. O
repertório das apresentações também deverá ser validado pela equipe técnica
de supervisão.
Para mais informações, consultar o Manual de Eventos, o Núcleo de Eventos
e/ou a Equipe Educacional.

O objetivo é que a equipe de Polo coloque algumas sugestões de temáticas e


datas para realização das atividades socioeducativas, incluindo as
consideradas “metas”.

É o momento de levantarem possíveis necessidades verificadas em sala de


aula e na rotina do Polo, ou assuntos que avaliem importantes a serem
discutidos com alunos(as) e suas famílias, as condições de realização, as
necessidades e desejos da equipe. No plano de ação podem vir sugestões de
temas, datas, reuniões para planejamento. Cabe ressaltar que os
planejamentos prévios, das atividades socioeducativas, podem mudar de
temas e datas conforme a necessidade do Polo, mas que as citadas abaixo
4. Atividades precisam estar alinhadas a seus temas macros. Lembrando que este
Socioeducativas documento não substitui o instrumental de Planejamento e Avaliação
específico da Atividade Socioeducativa, que deve ser enviada posteriormente
a Supervisão DS para validação.

Dia do ECA

Consciência Negra

01 Atividade Socioeducativa com famílias por polo

01 Atividade vinculada aos Objetivos Sustentáveis da ONU

Dia de Ler todo dia

Data: 19/04/2018
Tema: Cultura Indígena
Participantes: Alunos do projeto Guri, educadores e coordenadora.

Data: 05/03/2018

Tema: Uso da internet (redes sociais) – Nomofobia: uso excessivo de celular


pode levar à ansiedade, tremor e até depressão.

Participantes: Alunos do projeto Guri, educadores, coordenadora e


familiares.

Data: 13/06/2018

Tema: ECA

Participantes: Alunos do projeto Guri, educadores e coordenadora.