Você está na página 1de 2

Anos atrás eu preguei em uma das conferências chamada “Engajar”.

O
evento era voltado para jovens profissionais no ambiente de trabalho. Me
perguntaram em uma entrevista se eu achava que esse foco era uma boa
ideia.

Eu disse que sim, por que 1 Coríntios 10:31 diz: “Portanto, quer comais,
quer bebais ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para a glória de
Deus”.

Então eles me perguntaram: “Como os jovens trabalhadores podem


glorificar a Deus no trabalho?”.

Esses foram os pontos principais da minha resposta.

Dependência. Vá para o trabalho totalmente dependente de Deus


(Provérbios 3:5-6; João 15:5). Sem Ele você não consegue respirar, se
mover, pensar, sentir ou falar. E muito menos ser espiritualmente
influente. Levante de manhã e deixe Deus saber do seu desespero em estar
com Ele o tempo todo. Ore pedindo ajuda.

Integridade. Seja absolutamente e meticulosamente honesto e confiável no


trabalho. Seja pontual. Trabalhe todo o horário estabelecido, pois “Não
roubarás”. Mais pessoas roubam seus empregadores sendo preguiçosas do
que tirando trocados dos caixas.

Habilidade. Seja bom naquilo que você faz. Deus te deu não apenas a graça
da integridade, mas também o presente da habilidade. Aprecie esse
presente e seja um bom “mordomo” dessas habilidades. Esse crescimento
nas habilidades é construído com a dependência e integridade.

Molde a empresa. Conforme você conquista mais influência e


oportunidades, molde o caráter do seu local de trabalho para que as
estruturas, as regras internas, as expectativas e o foco fiquem de acordo
com o que Cristo ensinou.

Impacto. Foque em ajudar sua empresa a causar um impacto que melhore a


vida das pessoas, sem destruir a alma delas. Algumas indústrias geram um
impacto destrutivo (promovendo, por exemplo pornografia, jogatina,
aborto, mentiras etc.). Porém, muitas podem ser ajudadas a causar um
impacto que gere vida sem arruinar almas. Caso você tenha essa
oportunidade, trabalhe nesse sentido.
Comunicação. Ambientes de trabalho são baseados em relacionamentos.
Esses relacionamentos se constroem através da comunicação. Demonstra
sua maneira cristã de ver as coisas durante as conversas normais do dia-a-
dia. Não esconda sua luz, mas exponha-a de forma cativante, natural e
alegre. “Que aqueles que amam sua salvação digam continuamente, Grande
é o Senhor! (Salmo 40:16)

Amor. Sirva aos outros. Seja aquele que se oferece primeiro para ajudar,
mesmo que nas pequenas coisas. Demonstre interesse pelos outros no
trabalho. Que todos o conheçam como aquela pessoa que se importa não só
como as coisas vão no trabalho, mas também com os sufocos enfrentados
pelos colegas fora dali. Ame seus colegas de trabalho e ensine-os sobre o
Espírito Santo, nosso grande ajudador.

Dinheiro. Seu trabalho não deveria ser visto apenas como o lugar onde
você vai para ganhar dinheiro. Tudo pertence a Deus, não a você. Você é
um administrador. Transforme seus ganhos em uma fonte de generosidade
ao administrar o dinheiro que Deus colocou na sua mão. Não trabalhe
apenas para aumentar sua conta bancária. Trabalhe para ganhar, guardar,
dar e investir em empreendimentos que exaltem a Cristo. Use seu dinheiro
para honrar a Cristo como seu tesouro supremo.

Gratidão. Sempre agradeça a Deus pela sua vida, sua saúde, seu trabalho e
salvação em Jesus. Seja uma pessoa grata no trabalho. Não seja um dos que
só reclamam. Deixe sua gratidão a Deus transbordar em espírito de
humildade e gratidão aos outros. Seja conhecido como alguém cheio de
esperança, humildade e gratidão no trabalho.

Há muito mais a ser dito sobre como glorificar a Deus no local de trabalho,
mas esse é um começo. Você pode aumentar essa lista conforme Deus lhe
mostre como fazer isso. O ponto principal é: Não importa o que você faça,
o que você come ou bebe, ou o que faz no trabalho, use tudo para exaltar a
Deus, mostrando aos outros o quanto Ele realmente está presente na sua
vida.

Artigo de John Piper traduzido por Gospel Prime, disponível


em www.desiringgod.org/articles/how-to-glorify-god-at-work