Você está na página 1de 8

TERÇO EXORCÍSTICO DE SÃO

MIGUEL ARCANJO
(QUEM COMO DEUS?)

1°MISTÉRIO: CONTEMPLEMOS O PODER DE COMBATE DE SÃO MIGUEL ARCANJO NA


PALAVRA DE DEUS: Contra esses adversários não há ninguém que me defenda a não ser Miguel,
vosso chefe.Daniel 10,22 GLÓRIA São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso
refúgio contra as maldades e ciladas do demônio, ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e Vós,
Príncipe da Milícia Celeste, PELA VIRTUDE DIVINA precipitai no inferno a satanás, e a todos os
espíritos malignos e imundos que andam pelo mundo para perderem as almas.
Assim Seja
(10 X) NOSSA SENHORA RAINHA DOS ANJOS, ROGAI POR NÓS QUE RECORREMOS A
VÓS! AMÉM

2°MISTÉRIO: CONTEMPLEMOS O GRANDE SÃO MIGUEL ARCANJO, PROTETOR DO


POVO DE DEUS. Naquele tempo, surgirá Miguel, o grande chefe, o protetor dos filhos do seu povo.
Será uma época de tal desolação, como jamais houve igual desde que as nações existem até aquele
momento. Então, entre os filhos de teu povo, serão salvos todos aqueles que se acharem inscritos no
livro.Daniel 12,1

3°MISTÉRIO: CONTEMPLEMOS SÃO MIGUEL ARCANJO COMBATENDO O DRAGÃO


INFERNAL NO LIVRO DO APOCALIPSE Houve uma batalha no céu. Miguel e seus anjos tiveram
de combater o Dragão. O Dragão e seus anjos travaram combate,Apocalipse 12,7

4°MISTÉRIO: CONTEMPLEMOS SÃO MIGUEL ARCANJO DISPUTANDO CONTRA O


DEMÔNIO O CORPO DE MOISÉS E INVOCANDO O NOME DO SENHOR Ora, quando o arcanjo
Miguel discutia com o demônio e lhe disputava o corpo de Moisés, não ousou fulminar contra ele uma
sentença de execração, mas disse somente: Que o próprio Senhor te repreenda!São Judas 1,9

5°MISTÉRIO: CONTEMPLEMOS SÃO MIGUEL ARCANJO, UM DOS PRINCIPAIS CHEFES,


SOCORRENDO O ELEITO DE DEUS O chefe do reino persa resistiu-me durante vinte e um dias;
porém Miguel, um dos principais chefes, veio em meu socorro. Permaneci assim ao lado dos reis da
Pérsia.Daniel 10,13 Consagração aos Santos Anjos Conhecendo, por uma doce experiência, quanto é
eficaz o culto dos Santos Anjos e poderosa sua proteção, eu.... venho, religiosamente e solícito, para
me consagrar ao seu santo serviço. Na presença de DEUS, prometo solenemente honra-los com culto
especial e imitar suas virtudes, de que eles me dão o exemplo, principalmente sua pureza, sua caridade
e sua obediência perfeita. Apraza a todos os espíritos celestes e ainda mais à Maria Santíssima, sua
augusta Rainha, abençoar essa minha resolução, que ofereço-lhes do fundo do coração; e alcançar-me
da bondade de DEUS a graça de perseverar nela enquanto eu viver, para assim merecer o favor de me
associar à sua glória, durante toda a eternidade. Amém.
Fonte: Revelação Católica
Fonte:http://www.arcanjomiguel.net
☧ Clevinho Maia (Combatentes de São Miguel Arcanjo)

Ler mais:
:: Oração de Exorcismo a São Miguel Arcanjo
:: Oração para a Cura de Hábitos Compulsivos

PEQUENO EXORCISMO DE S.S. LEÃO XIII


(Publicado por sua ordem em 1884, para uso público e privado, por parte de sacerdotes e leigos)

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.


(Segurar um crucifixo até o fim do exorcismo)

ORAÇÃO A S. MIGUEL ARCANJO


(de joelhos)

Gloriosíssimo Príncipe dos Exércitos celestes, São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate contra os
principados e as potestades, contra os chefes deste mundo de trevas, contra os espíritos malignos
espalhados pelos ares (Ef. VI, 10-12).
Vinde em auxílio dos homens que Deus fez à Sua imagem e semelhança, e resgatou com grande preço
da tirania do Demônio (Sab. II, 23-24; I Cor. VI, 20).
É a vós que a Santa Igreja venera como seu guardião e patrono, vós a quem o Senhor confiou as almas
resgatadas para as introduzir na felicidade celeste. Suplicai, pois, ao Deus da Paz, que esmague Satanás
sob os nossos pés a fim de lhe tirar o poder para prejudicar a igreja. Apresentai ao Altíssimo as nossas
orações para que depressa desçam sobre nós as misericórdias do Senhor. E sujeitai a antiga serpente –
que não é outro senão o Diabo ou Satanás –para o precipitar encadeado nos Abismos, de modo que não
possa, nunca mais, seduzir as nações. (Apoc. XX, 3).

EXORCISMO
(de pé)

Em nome de Jesus Cristo, nosso Deus e Senhor, com a intercessão da Imaculada Virgem Maria, Mãe
de Deus, de São Miguel Arcanjo, dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, e de todos os santos, apoiados
na autoridade sagrada:
da Santa Igreja Católica (para os leigos)
do nosso ministério (para os sacerdotes)
nós empreendemos, com confiança, a batalha para afastar os ataques e as emboscadas do Demônio.

SALMO

Levanta-se o Senhor e sejam dispersos os seus inimigos! Fujam diante d’Ele aqueles que O odeiam!
Desvaneçam como se desvanece o fumo. E como se derrete a cera ao fogo, assim pereçam os
pecadores diante do rosto de deus (Salmo 67, 2 e 3).
V. Eis a Cruz do Senhor, fugi potências inimigas!
R. Venceu o leão da tribo de Judá, o descendente de David.
V. Que a Tua misericórdia, senhor, seja sobre nós!
R. Como nós esperamos em Ti.

Nós te exorcizamos, espírito imundo, potência satânica, invasão do inimigo infernal, legião, reunião ou
seita diabólica.

Em nome e pela virtude de Nosso Senhor Jesus Cristo, sejas desarreigado e expulso da Igreja de Deus,
das almas criadas à imagem de Deus e resgatadas pelo precioso Sangue do Divino Cordeiro.
Desde este momento, não te atrevas mais, pérfida serpente, a enganar o gênero humano, perseguir a
Igreja de Deus e sacudir e joeirar como o trigo os eleitos de Deus .
Manda-to o Deus Altíssimo , ao qual, na tua grande soberba, presumes ainda ser semelhante. Ele “que
deseja que todos os homens se salvem e conheçam a verdade”. (I Tim. II, 4).
Manda-to Deus Pai
Manda-to Deus Filho
Manda-to Deus Espírito Santo

Manda-to o Cristo, Verbo Eterno de Deus feito carne . Ele que para salvação da nossa progênie perdida
por tua inveja –se humilhou e “tornou obediente até a morte” (Fil. II, 8)
Ele que edificou a Sua Igreja sobre pedra firme e prometeu que as portas do inferno não prevaleceriam
jamais contra Ela, querendo permanecer com Ela “todos os dias até o fim do mundo” (Mat. XXVIII,
20).
Manda-to o sinal sagrado da Cruz , e a virtude de todos os mistérios da nossa Fé Cristã .
Manda-to a poderosa Mãe de Deus, a Virgem Maria , que desde o primeiro instante da sua Imaculada
Conceição, pela sua humildade esmagou a tua cabeça orgulhosa.
Manda-to a fé dos santos Apóstolos Pedro e Paulo, e dos outros apóstolos .
Manda-to o sangue dos mártires e a piedosa intercessão de todos os Santos e Santas .
Então, dragão amaldiçoado e toda a legião diabólica, nós te esconjuramos:
Pelo Deus Vivo, pelo Deus Verdadeiro,
pelo Deus Santo,

pelo Deu que tanto amou o mundo que lhe deu Seu único Filho, para que quem creia n’Ele não pereça
mas tenha a Vida Eterna (Jô, III, 14 e 15):
CESSA de enganar as criaturas humanas e de derramar sobre elas o veneno da condenação eterna:
CESSA de danificar a Igreja e de armar laços à sua liberdade. ☧
VAI-TE Satanás, inventor e mestre de enganos, inimigo da salvação dos homens.
CEDE o lugar a Cristo, em Quem não encontraste nada das tuas obras;
CEDE o lugar à Igreja –Una, Santa, católica e Apostólica –que o próprio Cristo adquiriu com o Seu
Sangue.
HUMILHA-TE sob a poderosa Mão de Deus; treme e foge à invocação, feita por nós, do Santo e
terrível nome de Jesus que faz tremer o inferno; a Quem as Virtudes dos Céus, as Potestades e as
Dominações estão submissas; e que os Querubins e os Serafins louvam sem cessar dizendo: “Santo,
Santo, é o Senhor o Deus dos Exércitos”.

Senhor ouvi a minha oração.


R. E cheque a Vós o meu clamor.
V. O Senhor esteja convosco (para os sacerdotes)
R. E contigo também.essar dizendo: “Santo, Santo, é o Senhor o Deus dos Exércitos”.

ORAÇÃO FINAL
(de joelhos)

Oremos:

Deus do Céu, Deus da Terra, Deus dos Anjos, Deus dos Arcanjos.
Deus dos Patriarcas, Deus dos Profetas, Deus dos Apóstolos.
Deus dos Mártires, Deus dos confessores, Deus das virgens. ☧
Deus que tendes o poder de dar a vida depois da morte, o repouso depois do trabalho;
Porque não há outro Deus senão Vós; e não pode haver outro a não ser Vós; o Criador de todas as
coisas visíveis e invisíveis, cujo Reino não terá fim;
Com humildade suplicamos que a Vossa Gloriosa Majestade se digne livrar-nos poderosamente, e
guardar-nos sãos e salvos de todo o poder, laço, mentira e malvadez dos espíritos infernais.
Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

Das emboscadas do Demônio,


livra-nos Senhor.
V. Dignai-vos conceder à vossa Igreja a segurança e a liberdade para Vos servir.
R. Nós Vos suplicamos, ouvi-nos Senhor.
V. Dignai-vos humilhar os inimigos da Santa Igreja.
R. Nós Vos suplicamos, escutai-nos Senhor.
(Aspergir com água benta as pessoas e o lugar).

INVOCAÇÃO DA BÊNÇÃO DE DEUS


(do Livro de Horas)

Visitai, Senhor, esta morada e afastai dela as ciladas do inimigo; habitem nela os vossos Santos Anjos
e nos guardem em paz; e a vossa bênção esteja sempre conosco. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso
Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
NOTA: O Sacerdote no lugar da faz o sinal da Cruz diante de si, sobre as pessoas ou objetos. As outras
pessoas fazem o sinal da Cruz sobre si mesmas.

3. O TERÇO DE S. MIGUEL

A IMPORTÂNCIA DOS ANJOS

Sendo os Anjos espíritos puros que derrotaram os espíritos malignos (e que Deus destinou para nosso
auxílio nos perigos da vida), é bom e salutar lembrá-los, invocá-los e tudo fazer para nos associarmos a
eles no louvor do Altíssimo e no combate espiritual. São Miguel tem um lugar destacado junto de Deus
e a sua devoção dá muito consolo e coragem.
Para lá das orações que o povo católico lhe costuma dirigir em suas tribulações, tem-se difundido um
“Terço” que consiste num conjunto de nove invocações ao Arcanjo Miguel e a cada um dos nove
Coros angélicos (Serafins, Querubins, Tronos, Dominações, Potestades, Virtudes, Principados,
Arcanjos e Anjos) pedindo graças especialíssimas.
Em cada invocação reza-se um Pai Nosso, três Ave-Marias, como está indicado na primeira invocação.
O “Terço” com estas nove invocações foi inspirado a Antonia de Astonaco e o Arcanjo prometeu a
quem o honrasse deste modo a sua ajuda e a dos santos anjos nesta vida e na outra. Na verdade, as
nove saudações rememoram as criaturas angélicas, criadas por Deus, honrando-as quando quase
ninguém se lembra de sua existência e dos seus serviços aos homens. ☧
E, na realidade, os anjos assistem com sua potência aqueles que os invocam com confiança e amor.
Mais que um “Terço de S. Miguel” está-se de fato a recitar um “Terço dos Anjos”, elevando àqueles
espíritos puros um hino que não deixarão de escutar.
Escreveu Santo Agostinho:
“O demônio quereria importunar-nos muitas vezes, mas não pode, porque o seu poder está
subordinado a outro Poder. Se o demônio pudesse prejudicar-nos tanto quanto quer, não haveria já
justos na terra”.
E a chamada Ancilla Domini, Matilde, Taller, que desfrutou de uma enorme intimidade com os anjos,
chegando a conhecê-los pelos seus nomes, anotou estas idéias:
“Honramos tão pouco os anjos! A principal razão é muito simples: nós não o conhecemos ou então
conhecemo-los muito pouco. Para honrar e amar alguém é preciso conhecê-lo primeiro.
Se conhecêssemos a grandeza sublime dos anjos, a sua perfeição, a intimidade das suas relações com
Deus, os seus privilégios e potência, punhamo-nos a honrá-los naturalmente. E se soubéssemos para
mais quanto eles nos amam em Deus, de que viva afeição rodeiam a nossa alma, pois foram
testemunhas do maior ato de amor que jamais existiu: aquela morte que, livremente, sofreu Jesus
Cristo, o Filho Único de Deus. Sabem assim qual o preço infinito que o próprio Deus pagou por cada
alma”.
O Terço dos Anjos ajuda a conhecer estes nossos grandes amigos e leva a alma a uma maior
compreensão dos Mistérios do Altíssimo.

A ORIGEM DO TERÇO

A origem da oração perde-se na história de vários séculos. Uma tradição venerável atribui o Terço a
uma manifestação do próprio Arcanjo. Uma alma piedosa, cuja vida é totalmente desconhecida.
Antonia de Astonaco teria tido uma aparição do glorioso Arcanjo e a tradição relata que ouviu estas
palavras:
- “Quero que repitas em minha honra, nove vezes um Pai Nosso e três Ave-Marias, em união com cada
um dos quatro Pai-Nossos: o primeiro em minha honra, o segundo em honra de São Gabriel, o terceiro
em honra de São Rafael e o quarto em honra de teu Anjo da Guarda”. ☧
O glorioso Arcanjo prometeu que quem o honrasse desta maneira seria acompanhada à Comunhão por
um Anjo dos nove Coros. Prometeu também a quem rezasse todos os dias estas nove saudações a sua
assistência e a dos Anjos durante a sua vida e que depois da morte o livraria do Purgatório a ele e aos
seus parentes.
Aos Pai-Nossos e Ave-Marias foram mais tarde acrescentadas algumas invocações a São Miguel e a
cada um dos nove coros angélicos, uma Antífona e uma oração final. É ao conjunto dessas fórmulas
que estão ligadas as indulgências da Igreja e exige-se ainda que se use um terço especial*. As pessoas
que não sabem ler estão dispensadas de rezar as nove saudações, a Antífona e oração, por uma
disposição de setembro de 1852. Mas tudo indica que as promessas feitas por São Miguel estão
simplesmente ligadas à simples recitação dos Pai-Nossos e das Ave-Marias em sua honra.

MODO DE REZAR O TERÇO


Deus vinde em nosso auxilio
R. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos
Pela intercessão de S. Miguel e o coro celeste dos serafins fazei-nos, Senhor, dignos de ser inflamados
por uma perfeita caridade. Amém. (1 Pai Nosso 1 Ave Maria).
Pela intercessão de S. Miguel e do coro celeste dos Querubins concedei-nos, Senhor, a graça de
abandonarmos a estrada do pecado e trilharmos a estrada da perfeição cristã. Amém. (Idem).

* Indulgências: 7 anos e 7 quarentenas cada vez que se recitar o Terço; 100 dias cada dia que se traga o
Terço ou se beije a sua medalha; indulgência plenária na festa das Aparições de S. Miguel (8 de Maio),
da Dedicação da São Miguel (29 de setembro), de S. Gabriel (24 de Outubro) e dos Santos Anjos da
Guarda (2 de Outubro), nas condições costumadas. As indulgências foram concedidas por S.S. Pio IX
em 8 de Agosto de 1851.
** Segundo o folheto do Santuário de S. Miguel “Lê Chapelet de Saint Michel”, Foggia, Itália.
. Pela intercessão de S. Miguel e do coro celeste dos Troncos derramai, Senhor, em nossos corações o
espírito de uma verdadeira e sincera humildade. Amém. (Idem).
. Pela intercessão de S. Miguel e do coro celeste das Dominações dai-nos, Senhor, a Graça de
podermos dominar os nossos sentidos e corrigir as nossas más paixões. Amém (Idem).
. Pela intercessão de S. Miguel e do coro celeste das Potestades, guardai, Senhor, as nossas almas das
emboscadas e tentações do demônio. Amém. (Idem).
. Pela intercessão de S. Miguel e do coro admirável das Virtudes celestes concedei-nos, Senhor, a
graça de não sermos vencidos no combate perigoso das tentações e livrai-nos do mal Amém. (Idem).
. Pela intercessão de S. Miguel e do coro celeste dos Principados enchei, Senhor, as nossas almas com
o espírito de uma verdadeira e sincera obediência. Amém. (Idem).
. Pela intercessão de S. Miguel e do coro celeste dos Arcanjos concedei-nos, Senhor, o dom da
perseverança na fé e boas obras, para podermos chegar à glória do Paraíso. Amém. (Idem).
. Pela intercessão de S. Miguel e do coro celeste dos Anjos concedei-nos, Senhor, que estes espíritos
bem-aventurados nos guardem durante esta vida mortal, para nos conduzirem depois à glória eterna do
Céu. Amém. (Idem).

1.Pai Nosso em hora de S. Miguel;


1 Pai Nosso em hora de S. Gabriel;
1 Pai Nosso em hora de S. Arcanjo;
1 Pai Nosso em hora do Anjo da Guarda;

Antífona:
Oh glorisísimo São Miguel, chefe e príncipe das milícias celestes, guarda fiel das almas, vencedor dos
demônios, favorito da Casa de Deus, vós que acima de todos os anjos sois admirável protetor nosso,
dotado de sobre-humana excelência e virtude, dignai-vos livrar-nos de todos os males já que a vós
recorremos com toda a confiança e alcançai-nos com a vossa incomparável proteção que avancemos
cada dia na fidelidade em servir a Deus.
V. Rogai por nós, ó bem-aventurado São Miguel, Príncipe da Igreja de Jesus Cristo.
R. Para que sejamos dignos das suas promessas.
Oremos:
Deus Todo-poderoso e Eterno, que por um prodígio de bondade e misericórdia para a salvação comum
dos homens escolhestes para defensor da Vossa Igreja o glorioso Arcanjo São Miguel, fazei, nós vos
suplicamos, que sejamos dignos de ser libertados pela sua benéfica proteção, de todos os nossos
inimigos e que nenhum deles possa inquietar na hora da nossa morte; e que nos seja concedido ser por
ele conduzidos à presença da Vossa excelsa e Divina Majestade.
Pelos méritos de Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém.
Ler mais:
:: Oração do Poderosíssimo Sangue de Jesus
:: Oração de libertação de toda a infestação diabólica

4. OUTRAS INVOCAÇÕES AOS ANJOS

INVOCAÇÃO AOS SANTOS ANJOS

Deus Onipotente e eterno, concedei-nos o auxilio dos vossos exércitos celestes, para que, por eles,
sejamos preservados dos terríveis ataques do espírito maligno. ☧
Pelo Precioso Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo e intercessão da Santíssima e Imaculada Virgem
Maria pedimo-vos que nos livreis de todo o perigo para que possamos servir-Vos em paz.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, que é Deus convosco, na unidade do Espírito Santo.
Amém.

ORAÇAO DIÁRIA DO ANJO DA GUARDA

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, pois que a ti me confiou a Piedade Divina hoje e sempre
me governa, rege, guarda, defende e ilumina. Amém.

CONSAGRAÇÃO A SÃO MIGUEL ARCANJO

Gloriosíssimo Príncipe das hierarquias, angélicas valente arauto de Deus Altíssimo, zeloso campeão da
glória do Senhor, terror dos anjos rebeldes, amor e delícia dos Anjos fiéis, meu diletíssimo Arcanjo
São Miguel, desejando pertencer ao número dos vossos devotos e servos, hoje me ofereço a vós, dou-
me e consagro-me a vós. Coloco a minha pessoa, a minha família e os meus bens sob a vossa
potentíssima proteção.
É muito pouca coisa a oferta que vos faço, sendo eu um miserável pecador, mas não duvido que
quereis aumentar o fervor no meu coração e proteger aquele que a vós recorre. Recordai aquele que
agora se coloca sob o vosso patrocínio e de hoje em diante protegei-me, assisti-me em todas as
dificuldades da minha existência terrena, alcança-me o perdão dos meus muitos e graves pecados, a
graça de amar de todo coração o meu Deus, o meu doce Salvador Jesus e a minha doce Mãe Maria, e
impetrai-me os auxílios necessários para obter a coroa da glória.
Defendei a minha alma contra todos os seus inimigos e quando chegar a hora de deixar este mundo,
vinde então, Príncipe Gloriosíssimo, assistir-me na luta final e que o vosso gládio potente afaste para
longe, para os abismos da morte e do inferno, o anjo apóstata e soberbo que derrotaste em combate no
Céu. Amém.

INVOCAÇÃO AOS ARCANJOS SÃO MIGUEL


(S.S. Leão XIII)

Miguel Arcanjo, protegei-nos no combate, cobri-nos com o vosso escudo contra os embustes e ciladas
do demônio. Que Deus lhe impere, instantemente o pedimos.
E vós, Príncipe da Milícia Celeste, pelo poder divino, precipitai no Inferno a Satanás e aos outros
espíritos malignos, que vagueiam pelo mundo para perder as almas. Assim seja.

INVOCAÇÃO AOS ANJOS GUARDIÃES


(Padre Puente SJ)
Graça a vós dou, ó espíritos bem-aventurados, pelo cuidado com que vindes em minha defesa, pois não
sereis menos vigilantes em defender-me que os demônios em perseguir-me, nem será menos profunda
a vossa caridade para o meu bem, que a sua maldade para o meu mal. E já eles como leões andam
rugindo, cercando-me por todos os lados pra me devorar, vinde também, ó espíritos de Fortaleza, fazer
um círculo à minha volta para me defender, pois vossas será a honra, se com a vossa ajuda eu alcançar
a vitória.
Fonte:http://www.arcanjomiguel.net
☧ Clevinho Maia (Combatentes de São Miguel Arcanjo)
Comunidade Leoninas