Você está na página 1de 4

A paz, a Palavra, e a adoração de Cristo (Cl 3.

15-17)
15
Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes
chamados em um só corpo; e sede agradecidos.
16
Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos
mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos
espirituais, com gratidão, em vosso coração.
17
E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do
Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.
(ARC Cl 3.15-17)

15
Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes
chamados em um só corpo; e sede agradecidos.
16
Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instrui-vos e aconselhai-vos
mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos
espirituais, com gratidão, em vosso coração.
17
E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do
Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.
(MacArthur Cl 3.15-17)

15
E que a paz que Cristo dá dirija vocês nas suas decisões, pois foi para essa paz
que Deus os chamou a fim de formarem um só corpo. E sejam agradecidos.
16
Que a mensagem de Cristo, com toda a sua riqueza, viva no coração de vocês!
Ensinem e instruam uns aos outros com toda a sabedoria. Cantem salmos, hinos e
canções espirituais; louvem a Deus, com gratidão no coração.
17
E tudo o que vocês fizerem ou disserem, façam em nome do Senhor Jesus e por
meio dele agradeçam a Deus, o Pai.
(NTLH Cl 3.15-17)

15
E a paz de Deus domine em vossos corações (Santificador Paz), para a qual
também fostes chamados em um só corpo (a Igreja; e sede agradecidos (mostrar a si
mesmo grato).
16
A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria (o
significado da Nova Aliança como dado a Paulo, que é o significado da Cruz);
ensino e admoestando uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais
(nossos cânticos de adoração deve proclamar a Palavra de Deus, ensinando-nos
assim), cantando com graça em vosso coração ao Senhor. (Isto representa o
verdadeiro propósito do Espírito Ungido Música , que conta como a música e o
canto são importantes, uma vez que refere-se a adorar.)
17
E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazer tudo em Nome do
Senhor Jesus (tudo está a ser feito em nome de nosso Senhor, independentemente do
que é), dando graças a Deus, o Pai, por Ele. (Se devidamente obedecidas, tudo vai
assumir uma aparência totalmente nova.)
(Expositor Cl 3.15-17)

15
Que a paz do coração que vem de Cristo esteja sempre presente no coração e na
vida de vocês, pois isto é a responsabilidade e o privilégio que vocês têm como
membros do seu corpo. E sejam sempre agradecidos.
16
Lembrem-se do que Cristo ensinou e que as suas palavras enriqueçam a vida de
vocês e os tornem sábios; ensinem essas palavras uns aos outros e cantem-nas em
salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com corações agradecidos.
17
E tudo quanto fizerem ou disserem, seja como se vocês fossem representantes
do Senhor Jesus, e vão com Ele à presença de Deus o Pai para dar-Lhe graças.
(Viva Cl 3.15-17)

15
Reine em vossa mente a paz de Cristo, para a qual fostes chamados a fim de
formar um corpo. Sede agradecidos.
16
A palavra de Cristo habite entre vós com toda a sua riqueza; com toda a destreza
ensinai-vos mutuamente. De coração agradecido cantai a Deus salmos, hinos e cantos
inspirados.
17
Tudo o que fizerdes com palavras ou obras, fazei-o invocando o Senhor Jesus,
dando graças a Deus Pai por meio dele.
(Peregrino Cl 3.15-17)

3.15 a paz de Cristo. Na sua prática de amor, perdão e graça, a comunidade


cristã é ser uma vitrine da reconciliação e da paz Cristo trouxe entre o céu e a terra
(1.20,22; 2.14,15), e dentro de uma humanidade fraturada (vv. 11,13). Muitos
manuscritos ler "a paz de Deus" neste versículo.
3.16 habite em vós abundantemente. Porque o crente está unido com Cristo (3.3
nota), não só a "palavra de Cristo", mas o próprio Cristo vive nos corações dos fiéis
(Gl 2.20; Ef 3.17; cf. Rm 8.9). Com sabedoria presente de Deus desta forma (3.3., cf.
1 Coríntios 1.30), as exigências éticas do amor cristão podem ser vívidas em todas as
partes da vida, incluindo as responsabilidades diárias que são revisadas em 3.18 –
4.6).
ensinar e admoestar. A primeira metade deste versículo é que lembra muito 1.28
. No ministério do Colossenses um ao outro, a palavra de Cristo vai ser tão eficaz
quanto a presença do próprio apóstolo.
Salmos, hinos e cânticos espirituais. Na tradução grega do Antigo Testamento,
os três nomes usados nesta frase muitas vezes são sinônimos. Não é provável que em
Colossenses quer designar três tipos diferentes de música (Ef 5.19). Veja nota
teológica "Música na Igreja" na próxima página.
3.17 fazer tudo em nome do Senhor Jesus. Consulte "Padrão de Deus para o
Culto" no 1 Cr 16.29 .
(Genebra Cl 3.15-17)

15
E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em
vossos corações; e sede agradecidos.
16
A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria,
ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos
espirituais; cantando ao Senhor com graça em vosso coração.
17
E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor
Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.
(Plenitude Cl 3.15-17)

15
Que a paz de Cristo seja o juiz em seu coração, visto que vocês foram chamados
para viver em paz, como membros de um só corpo. E sejam agradecidos.
16
Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns
aos outros com toda a sabedoria e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com
gratidão a Deus em seu coração.
17
Tudo o que fizerem, seja em palavra seja em ação, façam-no em nome do
Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai.
(Arqueológica Cl 3.15-17)

15
Seja a paz de Cristo o juiz em vossos corações, tendo em vista que fostes
convocados para viver em paz, como membros de um só Corpo. E sede agradecidos.
16
Habite ricamente em vós a Palavra de Cristo; ensinai e aconselhai uns aos
outros com toda a sabedoria, e cantai salmos, hinos e cânticos espirituais, louvando a
Deus com gratidão no coração.
17
E tudo quanto fizerdes, seja por meio de palavras ou ações, fazei em o Nome do
Senhor Jesus, oferecendo por intermédio dele graças a Deus Pai.
(King James 3.15-17)
15
E a paz de Cristo, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine
em vossos corações; e sede agradecidos.
16
A palavra de Cristo habite em vós ricamente, em toda a sabedoria; ensinai-vos e
admoestai-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, louvando a
Deus com gratidão em vossos corações.
17
E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em nome do Senhor
Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.
(ARA Cl 3.15-17)

15
Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes
chamados em um só corpo; e sede agradecidos.
16
Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos
mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos
espirituais, com gratidão, em vosso coração.
17
E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do
Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.
(Shedd Cl 3.15-17)

15
E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em
vossos corações; e sede agradecidos.
16
A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria,
ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos
espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração.
17
E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor
Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.
(ACF Cl 3.15-17)

E que a paz de Cristo, para a qual vocês foram chamados em um corpo, governe
o seu coração.

A paz de Cristo é o estado de descanso e contentamento no coração daqueles


que sabem que o seu Redentor vive. É a convicção de que os pecados do passado
foram perdoados, que o presente está sendo dirigido para o bem, e que o futuro
não pode trazer separação entre Cristo e os seus. É moldada, segundo a paz que
habita no próprio coração do Salvador.