Você está na página 1de 35

A CASA

PROFª Acaeni
A VARANDA/A SACADA
A ESCADA

O CORRIMÃO
A COBERTURA
O PRÉDIO

O TÉRRIO
O PRIMEIRO ANDAR
O ELEVADOR
O INTERFONE
A CAMPAINHA
PARTES DA CASA
O HALL DE ENTRADA
O CORREDOR
A SALA DE ESTAR
A SALA DE JANTAR
O QUARTO DO CASAL
O QUARTO
O GUARDA-ROUPA EMBUTIDO
O ESCRITÓRIO
O BANHEIRO
A COZINHA
A DESPENSA
A LAVANDERIA
A LAREIRA
A CHAMINÉ
O CHÃO
A GARAGEM
O JARDIM
O QUINTAL
O PORÃO
O SÓTÃO
A MAÇANETA

A FECHADURA
A PORTA
A JANELA
O TELHADO
A CASA É SUA A casa é sua
ARNALDO ANTUNES Por que não chega logo?
Nem o prego aguenta mais
O peso desse relógio

Não me falta cadeira Não me falta banheiro, quarto A casa é sua


Não me falta sofá Abajur, sala de jantar Por que não chega logo?
Só falta você sentada na sala Não me falta cozinha Nem o prego aguenta mais
Só falta você estar Só falta a campainha tocar O peso desse relógio

Não me falta parede Não me falta cachorro A casa é sua


E nela uma porta pra você entrar Uivando só porque você não está Por que você não chega agora?
Não me falta tapete Parece até que está pedindo socorro Até o teto 'tá de ponta-cabeça
Só falta o seu pé descalço pra pisar Como tudo aqui nesse lugar Porque você demora

Não me falta cama Não me falta casa A casa é sua


Só falta você deitar Só falta ela ser um lar Por que não chega, não chega
Não me falta o sol da manhã Não me falta o tempo que passa logo?
Só falta você acordar Só não dá mais para tanto esperar É que nem o prego aguenta mais
O peso desse relógio
Pras janelas se abrirem pra mim Para os pássaros voltarem a cantar
E o vento brincar no quintal E a nuvem desenhar um coração flechado
Embalando as flores do jardim Para o chão voltar a se deitar
Balançando as cores no varal E a chuva batucar no telhado

A casa é sua A casa é sua


Por que não chega agora? Por que não chega agora?
Até o teto 'tá de ponta-cabeça Até o teto 'tá de ponta-cabeça
Porque você demora Porque você demora

Interesses relacionados