Você está na página 1de 7

  

 
FACULDADE DE MEDICINA DO CARIRI
2ª PROVA DE NEFROLOGIA / UROLOGIA
11 / abril / 2013
 
 

ALUNO:
______________________________________________________________

QUESTÕES:

1) Paciente de 32 anos com DM1 há 20 anos com controle irregular da glicemia capilar e uso
errático da insulina. Nos últimos meses vem com diminuição da acuidade visual e parestesias
nas mãos e pés (padrão em luvas e botas). Notou também que a urina começou a ficar
bastante espumosa. Há 2 meses da consulta referiu edema progressivo de MMII, ascendente e
aumento do volume abdominal, associado ao desenvolvimento de HAS. Exames solicitados
evidenciaram os seguintes resultados: U-85; Cr-2,2; HT-29; HB-10; SU- PT+++, HB negativo;
PT24h- 6,5g; alb-2,1; Colesterol total- 450; TG- 670. Baseado nos exames e na história clínica,
marque a CORRETA:
a) Podemos afirmar que é um caso de Síndrome Nefrótico por nefropatia diabética​.
b) Trata-se de um caso clássico de Síndrome Nefrótico por Doença de Lesões Mínimas
c) Com o controle adequado da glicemia e da PA podemos normalizar a função renal, uma vez
que a nefropatia diabética é reversível independente do estágio de evolução.
d) A sugestão de lesão retiniana (baixa acuidade visual) e neuropatia diabética diminui a
probabilidade da causa da lesão renal ser pelo DM1.
e) A HAS neste caso é do tipo primária ou essencial.

2) Sobre o tratamento/prevenção da nefropatia diabética é ​correto​ afirmar que:


a) O uso de IECAs é indicado apenas quando temos macroalbuminúria.
b) A dose de insulina no paciente em fase dialítica geralmente é maior que em pacientes com
função renal normal.
c) A metiformina é uma excelente droga usada no controle glicêmico, mesmo em
estágios avançados da DRC.
d) As sulfonilureias de primeira geração como a clorpropamida são drogas
eficientes e seguras para controle glicêmico em DM2 e disfunção renal.
e) O uso de IECAs isoladamente ou associados à ARAII são fundamentais para
redução da proteinúria e retardo na progressão disfunção renal, pois induzem um
bloqueio mais completo do SRAA.

3) Todos abaixo são considerados fatores de risco para nefropatia diabética,


exceto​:
a) HAS
b) Controle glicêmico rigoroso
c) Tempo de doença
d) ITU de repetição
e) Fatores genéticos

4) Paciente do sexo feminino de 28 anos refere que há 1 semana apresentou hematúria


macroscópica franca após início de quadro gripal com febre baixa + mialgias e artralgias +
odinofagia. Nega episódios anteriores, assim como história familiar de nefropatias. Seu exames
físico era normal, PA- 120x80. Exames trazidos: U-23; Cr-0,9; SU- HB++++, incontáveis
hemáceas, cilindros hemáticos. Marque a correta:
a) A paciente tem um quadro clássico de Síndrome Nefrítico Agudo por GNDA.
b) O tratamento de escolha é de pulsoterapia com metilprednisolona em altas doses.
c) O diagnóstico de nefrite lúpica deve ser o mais provável.
d) O diagnóstico mais provável é de uma nefropatia de Berger.
e) A biópsia renal é fundamental para o diagnóstico e dever ser feita de urgência.

5) Assinale o item ​correto​:


a) A causa mais comum de síndrome nefrótico em adultos é a Doença de Lesões Mínimas.
b) A GNDA é uma entidade que ocorre apenas em crianças.
c) A dosagem do complemento sérico (C3, C4 e CH50) é fundamental no diagnóstico diferencial
das glomerulopatias.
d) O uso de IECA ou ARAIII para tentar reduzir a proteinúria é uma das principais medidas a
serem instituídas para tentar retardar a progressão da doença renal, porém está contra-indicado
quando a creatinina sérica está > 2,0mg/dl.
e) A GNDA em adultos tem o mesmo prognóstico que em crianças.
6) Paciente do sexo feminino de 16 anos com quadro de edema de MMII + HAS + urina escura há
2 semanas. Referindo também que há 6 meses apresentou quadro de dores em pequenas
articulações das mãos, punhos e tornozelos com hiperemia + calor + dor associada à febre por 2
semanas, além de rash malar e dor torácica tipo pleurítica, sendo diagnosticado uma pleurite à
direita com derrame pleural. A mesma trazia alguns exames: Ht-25 / Hb-8 / Leuco-2100 / PLT –
80.000 / U- 80 / Cr – 2,2 (dois dias antes era 1,4) / SU – Hb+++ / Pt ++ / cilindros granulosos e
hemáticos / hemáceas – 40 / leuco-80 / bactérias – numerosas. Baseado nos dados acima,
marque a correta:
a) Trata-se de um quadro de síndrome nefrítica aguda por uma provável glomerulopatia primária.
b) O diagnóstico mais provável é de Lupus Eritematoso Sistêmico com Nefrite Lúpica e padrão
rapidamente progressivo, sendo necessário imunossupressão com corticóide em altas doses na
forma de pulsoterapia.
c) É uma síndrome nefrótica, sendo a provável etiologia é Nefrite Lúpica.
d) A dosagem do complemento sérico tem pouco valor neste caso clínico.
e) O tratamento de escolha deve ser a base apenas de medidas inespecíficas como dieta, uso de
IECAs, e hipolipemiantes com boa evolução e recuperação da função renal.

7) Paciente idoso de 88 anos foi admitido na urgência do HMSA trazido por familiares com história
de 2 episódios de vômitos + diarréia aquosa (4x) abundante. Na admissão encontrava-se
bastante largado, sem resposta aos estímulos verbais. Familiares negam HAS ou DM2. Nos
exames o mesmo encontrava-se hipotenso (PA-90x60), turgor e elasticidade diminuídos e
mucosas secas. Não havia sinais neurológicos focais. Exames lab eram: Na+-165; K+-2,9;
U-100; Cr-1,6. Marque a correta:
a) Diagnóstico de HiperNa+ por déficit puro de água (diabetes insipidus).
b) A hiperNa+ raramente leva à déficits neurológicos graves.
c) Trata-se de uma hiperNa+ por déficit de fluídos hipotônicos e como o paciente apresenta
sintomas neurológicos severos, deve-se baixar rapidamente o Na+ até níveis seguros ou até
melhora neurlógica.
d) A hiperNa+ é o distúrbio hidroeletrolítico mais comum em pacientes hospitalizados.
e) O uso de diuréticos tiazídicos em altas doses predispõe ao desenvolvimento de HiperNa+.
8) Nefrologista é chamado para avaliar paciente na enfermaria de oncologia. O mesmo tem um
tumor de pâncreas avançado e nos seus exames detectou-se um Na+ - 108mEq/L. Na ocasião,
estava assintomático e ao exame físico não havia sinais de edema e/ou hipervolemia. Sua função
renal era normal. Baseado no quadro descrito marque a ​correta​:
a) Trata-se de uma hiponatremia hipervolêmica
b) O uso de drogas que podem aumentar a secreção ou a ação do ADH como ocitocina, AINHs
pode aumentar o sódio.
c) Neste caso, o déficit de sódio (pela perda urinária) é mais importante que o excesso de água.
d) A melhor opção terapêutica é a administração de NaCl a 3%.
e) O tratamento baseia-se apenas restrição de líquidos para uma lenta elevação no Na+, pois o
paciente encontra-se assintomático.

9) Paciente com hiperpotassemia (K+-7,5mEq/L) com alteração no ECG (alargamento do QRS) e


quadriparesia. Qual a medida de emergência de escolha para o caso?
a) Bicarbonato de sódio.
b) Solução polarizante de insulina + glicose.
c) Diálise peritoneal.
d) Gluconato de cálcio IV.
e) Poliestireno sulfato de cálcio (SORCAL).

10) Todas abaixo são indicações de diálise de urgência, ​exceto​:


a) Pericardite/pleurite
b) Acidose metabólica com pH <7,20
c) Coma urêmico
d) Anorexia
e) Hiperpotassemia com repercussão no ECG e anúria
Prova de Urologia
Abril/2013
1-Qual é o exame que pode ser mais demonstrativo no diagnóstico diferencial de angiomiolipoma
renal?
a- Urografia excretora
b- Ultrasonografia renal
c- Tomografia computadorizada
d- Arteriografia renal
e- Cavografia

2- De onde vem o adenocarcinoma renal ou tumor de Grawitz?


a- Do epitélio do túbulo contorcido proximal
b- Das inclusões de tecido supra- renal no rim
c- Das células justaglomerulares
d- Do epitélio da cápsula de Bowman
e- Das células epiteliais da mácula densa

3- Assinale qual é a tríade sintomática clássica do carcinoma do rim, geralmente de aparecimento


tardio:
a- Febre, dor e hematúria
b- Febre, tumor e varicocele
c- Tumor, dor e hematúria
d- Varicocele, piúria e febre
e- Hematúria, dor e varicocele

4- Qual é o lugar mais freqüente de metástase sanguíneas no carcinoma renal:


a- Pulmão
b- Tireóide
c- Sistema nervoso central
d- Ossos
e- Fígado

5- Um carcinoma renal no estágio II, segundo a classificação de Robson, é um tumor que:


a- Está limitado ao rim porém é múltiplo
b- Infiltra a gordura peri-renal, por dentro da fascia de Gerota
c- Invade a veia renal, sem invadir a veia cava
d- Invade órgãos adjacentes
e- Invade gânglios regionais

6- Qual dos seguintes tumores do rim tem geralmente um comportamento benigno?


a- Sarcoma
b- Tumor de células claras
c- Nefroblastoma
d- Oncocitoma
e- Cistoadenocarcinoma

7- Entre os fatores que facilitam o aparecimento de um câncer da bexiga estão:


a- O tabaco
b- As nitrosaminas
c- O abuso de fenacetina
d- Todas as anteriores
e- Nenhuma das anteriores

8- Assinale o sintoma inicial mais freqüente dos carcinomas de bexiga:


a- Retenção urinária
b- Cólica renoureteral
c- Hematúria
d- Infecção urinária
e- Disuria

9- Num paciente de 85 anos, com hematúria indolor há três meses, no qual se visualiza
endoscopicamente um tumor vesical pequeno de aspecto papilar, com franjas finas e longas, qual
o tratamento será o mais adequado?
a- Radioterapia
b- Quimioterapia intravesical
c- Ressecção transuretral e quimioterapia intravesical
d- Resecção transuretral e radioterapia
e- Retirada por cistostomia e radioterapia

10- Qual o agente quimioterápico pode ser utilizado localmente, por instilações intravesicais, no
tratamento dos carcinomas vesicais superficiais?
a- Tiotepa
b- Mitomicina C
c- Adriamicina
d- BCG
e- Todas as anteriores

11- Uma condição que favorece o aparecimento de um carcinoma de células escamoassa na


bexiga é:
a- Litíase vesical
b- Sonda vesical permanente
c- Infecção urinária crônica
d- Esquistossomose vesical
e- Estão todas corretas

12- A nefropatia dos Bálcãs é uma inflamação do interstício renal que afetam os habitantes dos
paises Balcânicos. Nos portadores desta nefropatia, é muito freqüente o aparecimento de um
carcinoma. Qual?
a- Adenocarcinoma renal
b- Hemangiopericitoma renal
c- Carcinoma da pélvis renal
d- Adenocarcinoma da bexiga
e- Carcinoma escamoso da bexiga
13- Qual percentagem de pacientes com um carcinoma de células transicionais da pélvis renal
desenvolve um carcinoma vesical?
a- 2 a 3 %
b- 10 a 15%
c- 20 a 30%
d- 30 a 70%
e- mais de 75%

14- Que exame é útil para avaliar a função e a capacidade da bexiga?


a- Cistometria
b- Uretrocistografia
c- Fluxometria
d- Uretrocistoscopia
e- As respostas A e B estão certas

15- A instabilidade vesical sem causa obsrutiva pode ser inicialmente tratada como:
a- Cloreto de oxibutinina (anticolonérgico)
b- Fentolamina
c- Antagonista do cálcio
d- Nefrostomia percutânea anticolonergicos
e – Cistostomia definitiva

16-Qual é a complicação mais freqüente nos pacientes com disfunção vesical depois de uma lesão
medular completa?
a- Hematúria
b-Infecção urinária
c-Litíase renal
d-litíase vesical
e-As respostas C e D estão corretas

17-Num paciente com neuropatia diabética, que complicação vesical e´a mais freqüente?
a-Perda da atividade reflexa
b-Aumento da atividade contrátil do detrusor
c-Diminuição da pressão uretral
d-Incontinência urinária
e-As respostas B e C estão certas

18-A incontinência urinária no homem é devido a:


a-Uma incapacidade de armazenar urina
b-Um incapacidade de esvaziar a bexiga
c-Uma incapacidade de armazenar a urina e de esvaziar a bexiga
d-A presença de uma cistocele inguino-escrotal bilateral
e-As respostas A, B e C estão certas.

19-Qual é a causa mais freqüente de perda urinária involuntária na mulher?


a-Incontinência urinária de esforço
b-Fistula vesico-vaginal
c-Ureterocele ectópica
d-Ureter ectópico
e-Epispádia

20-Os receptores alfa-adrenérgicos exercem a seguinte ação sobre a bexiga:


a-Contração do colo da bexiga e da uretra proximal
b-Contração do detrusor
c-Relaxamento do colo da bexiga e contração da uretra proximal
d-Relaxamento da uretra proximal
e-As resposta B e D estão certas
​ Boa Sorte!