Você está na página 1de 15
SERVICO PUBLICO FEDERAL MJC~ POLICIA FEDERAL SUPERINTENDENCIA REGIONAL NO PIAUI SETOR TECNICO CIENTIFICO 4 LAUDO N° 108/2018 — SETEC/SR/PF/PI fe Rie % LAUDO DE PERICIA CRIMINAL FEDERAL (REGISTROS DE AUDIO E IMAGENS) Em 21 de margo de 2018, no SETOR TECNICO CIENTIFICO da Superintendéncia Regional de Policia Federal do Estado do Piaui, designado pelo chefe do Setor, Perito Criminal Federal ROBERTO LEOPOLDO NOGUEIRA BRILHANTE, 0 Perito Criminal Federal RENATO DE NORONHA FERNANDES elaborou o presente Laudo de Pericia Criminal Federal no interesse dg RE 0055/2017-4~ SR/PF/PI, a fim de atender 4 solicitagao do Delegado de Policia Federal ALEX RANIERY DE FREITAS SANTOS, contida no memorando 1663/2017 — RE 0055/2017-4- SR/PF/PI, de 17/08/2017, recebido e registrado no sistema de Criminalistica sob 0 mimero 495/2017 — SETEC/SR/PF/PI em 17/08/2017. Trata- se de solicitagio de EXAMES DE COMPARAGAO DE LOCUTOR conforme o transcrito: “05) Na oportunidade formula como tinico quesito 0 seguinte: pode 0 senhor Perito indicar se as vozes constantes na midia submetida & Pericia sao do impugnado GUTEMBERG MOURA DE ARAUJO e da senhora MARIA JEANE DE SOUSA?” I-HISTORICO Em 29 de agosto de 2017, foi elaborada neste Setor a Informagdo Técnica n° 061/2017 - SETEC/SR/PF/PI que apresentou a metodologia de trabalho relacionada aos exames de Comparago de Locutor, explicitou que este tipo de exame é complexo, nfo sendo possivel ser realizado por meios automiticos e que exigiria a intimagdo e comparecimento das pessoas cujas vozes sao questionadas para o procedimento de coleta de padrao sonoro, Para a maior celeridade processual, nesta informagao, ainda, sugeriu-se que os exames de comparagio de locutor fossem restritos apenas as falas atribuidas a GUTEMBERG MOURA DE ARAUJO, decistio que fora acatada pelo Juizo competente. Em 10 de novembro de 2017, na Superintendéncia de Policia Federal do Piaui, foi realizada a colheita de padrio sonoro de Gutemberg Moura de Araijo, que serviu como material padro no cotejo empreendido nos exames de Comparagiio de Locutor. | aan pe [Lauco 406/18-SETEC/PL LAUDO NY 108/2018 - SETEC/SR/PF/PI I1- MATERIAL 11.1 —Suporte Foi encaminhado, junto com o memorando de requisigao de péricia, uma (01) midia éptica do tipo DVD-R, marca BEST WAY, com as seguintes inscrigSes manuseritas Audio Jeane / RE-55/2017 ITEM-02, cor predominante branca, além de um cartio de meméria Micro-SD, marca KINGSTON, contendo 2 GB de armazenamento, conforme Figura 1. Referidos materiais estavam acondicionados em envelope de papel e encontram-se cadastrados no Sistema de Criminalistica sob os mimeros 392/2017 — SETEC/SR/PF/PI ¢ 393/2017 — SETEC/SR/PEIPI. Figura 1 = Midia encaminhada para exames, 11.2 - Material Sonoro Questionado Ao analisar as referidas midias DVD-R e Carto de meméria Micro-SD, foi localizado na mfdia DVD-R um (01) arquivo de dudio no formato 3GPP, arquivo “record20160330174055.3GPP”, de 4 minutos ¢ 36 segundos de duragio, cujo Hash’, gerado com ° algoritmo SHA-256, corresponde 2532444e27a810570£a23581dd4adfc1571¢5658598062a0dscf0ada891 60499. No cartiio de meméria Micro-SD foram encontrados diversos arquivos dispostos cm pastas de forma compativel 4 cartio de meméria utilizado em telefone celular, dentre os quais foi encontrado uma pia idéntica do supracitado arquivo “record20160330174055.3GPD”. O Perito signatdrio entendeu, portanto, ser este o arquivo de interesse para a investiga¢o, em concordancia com 0 documento de Declaragdo assinado por MARIA JEANE DE SOUSA FILGUEIRA, que informa que a referida gravagio estd armazenada no arquivo com nome “record20160330174055". Um hash & uma sequéncia de bits geradas por um algoritmo de disperséo, em geral representada em base hexadecimal, que busca identificar um arquivo ou informagio univocamente. LAUDO N° 108/2018 ~ SETEC/SR/PE/PI ‘ox A oy ‘Ao ouvir atentamente o arquivo de audio “record20160336774055.3GPP”, constatou-se que um dos interlocutores ¢ identificado no didlogo como "Gutim", sendo, entao, considerado como o interlocutor de interesse para a consecugio do exame de Comparacdo de Locutor, IL3 - Material Sonoro Padrao Em 10 de novembro de 2017, na Superintendéncia de Policia Federal do Piaui, foi realizada a colheita de padrdo sonoro de GUTEMBERG MOURA DE ARAUJO, que servi como material padrao nos cotejos empreendidos nos exames de Comparago de Locutor. Ao todo, foram produzidos dois arquivos de dudio contendo o material sonoro padrio, os quais foram posteriormente gravados em midia éptica do tipo DVD-R, doravante denominado DVDI. A referida midia éptica segue em anexo ao laudo, acompanhada do Auto de Colheita de Material Sonoro, devidamente assinado pelo fomecedor. As caracteristicas téenicas dos arquivos de Audio padro sto apresentadas a seguir: © Nome: “Voz_GUTEMBERG_1.wav”: 0 Duracao: 24 min 58 seg (Medialnfo 0.7.68); © Formato: PCM; © Taxa de amostragem: 44.100 Hz: © Bits por amostra: 16; © Numero de canais: um; © Hash SHA-256: “4d57ba550848b453cfb3 1f46e000359373d3a6c2beeeOM85S2dce028304b0108"; * Nome: “Voz_GUTEMBERG_2.wav”: © Duragiio: 20 min 25 seg (Medialnfo 0.7.68); o Formato: PCM; © Taxa de amostragem: 44.100 Hz; © Bits por amostra: 16; © Nimero de canais: um; 0 Hash SHA-256: *33d54b28539d861367 (88819 leb6cb771b4 Sal fiab4bdd735477ddb7 16583”. A fim de facilitar a referéncia aos arquivos de dudio utilizados como padrao sonoro de Gutemberg Moura De Araijo, estes serio referenciados como Padriol, correspondendo ao arquivo “Voz GUTEMBERG_l.wav” ¢ Padrio2, corespondendo ao arquivo “Voz_GUTEMBERG_2.wav