Você está na página 1de 2
Relatório de Observação Turma: 2º TAL Triénio: 2009/2012 Ano lectivo: 2010/2011 Disciplina: QSA

Relatório de Observação

Turma: 2º TAL Triénio: 2009/2012 Ano lectivo: 2010/2011 Disciplina: QSA

Relatório de Observação de rios

Observação do Rio Tejo, Almansor (Braço do Tejo) e Rio Maior e dos factores envolventes

Nome: Ana Elisabete Serra Pires

2º T.A.L.

N.º 2

Grupo de Trabalho: Ana Fonseca, Emanuel Mata, Gabriela Costa, Marcelina Ferreira, Marina Ferreira, Rodrigo Santos.

Material:

Máquina Fotográfica;

Papel (ficha de observação);

Caneta.

Procedimento:

Observou-se o rio visitado;

Seguiu-se os parâmetros pedidos na ficha de observação pedida em aula e analisou-se a partir de observação directa os diversos parâmetros (cheiro, cor, qualidade, existência de barcos, edificações e vegetação, detritos nas margens, tipo de corrente, animais existentes, sons e sinais de poluição existentes na área abrangida pelo rio e no rio);

Retirou-se os dados necessários ao preenchimento da ficha;

Registou-se alterações com antecedentes conhecidos do rio.

Resultados:

Perante as observações feitas aos rios, elaborou-se as fichas de observação anexadas a este relatório.

Conclusão:

Perante os resultados obtidos, pôde-se concluir que a situação mais crítica analisada em grupo foi a analisada no rio Almansor em Samora Correia em que existe uma má qualidade da água, bastantes sinais de poluição tanto nas margens como no próprio leito do rio (perante consulta de comentários de elementos da população, constatou-se o facto de que, alguns dias antes da visita ao rio, existia um colchão de cama a boiar no rio que entretanto foi retirado por autoridades competentes) tanto nas margens do rio (bastante lixo proveniente da actividade nocturna de um bar nas proximidades como de actividade piscatória da zona que deixou resíduos da sua actividade nas margens). Também se conclui por observação de duas zonas distintas do rio Tejo [Tejo na zona de Valada (montante) e o braço do Tejo em Samora Correia

Relatório de Observação Turma: 2º TAL Triénio: 2009/2012 Ano lectivo: 2010/2011 Disciplina: QSA

Relatório de Observação

Turma: 2º TAL Triénio: 2009/2012 Ano lectivo: 2010/2011 Disciplina: QSA

(jusante)], que o rio vai arrastando consigo os detritos desde montante a jusante sendo que os diversos braços ainda conseguem acumular ainda mais resíduos e acabando por contaminar uma bacia hidrográfica inteira.

Já no caso de Rio Maior, é um caso da qual não se tem comparação com outras análises na mesma bacia hidrográfica mas, comparando com os resultados dos rios anteriormente referido é o que se encontra em melhor estado de conservação. Perante relatos de alguns dos alunos residentes na região, nesse rio existiu um grave problema de poluição proveniente da indústria alimentar mas, pelos resultados obtidos, esta região conseguiu resolver e atenuar as consequências do problema ambiental criado anteriormente sendo que neste momento a qualidade da água está límpida e sem cheiro, de cor clara e onde já e possível passar sem ser incomodativo tanto o cheiro como animais que são sinal de poluição passando a existir animais dentro do rio, tal como patos e vegetação nas margens, que conseguem estar no rio e manter a sua sobrevivência já que deixaram de existir grandes riscos para o ambiente envolvente.

Quanto a avaliação do grupo, numa visão geral todos tentaram elaborar algo a excepção do elemento Emanuel Mata que não demonstrou esforço nem interesse no assunto trabalhado. Quanto aos trabalhos anteriores todos os elementos sem excepção envolveram-se com empenho e interesse nas actividades estabelecidas. De uma forma individual só os elementos Emanuel Mata, Marcelina Ferreira, Rodrigo Santos teriam uma avaliação de 13, 15 e 15 valores respectivamente (a elemento Marcelina Ferreira está prejudicada devido as faltas ocorridas durante a realização de algumas das actividades). Os restantes elementos podem ser avaliados em 17 valores em empenho, interesse e trabalho desenvolvido. Em auto-avaliação incluo-me nos restantes com 17 valores devido ao empenho, interesse e trabalhos desenvolvidos em aula.