Você está na página 1de 2

Posso fabricar um produto que já tem patente requerida por outra empresa? about:reader?url=http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI1...

revistapegn.globo.com

Posso fabricar um produto que já tem


patente requerida por outra empresa?
3-4 minutos

Da redação, com informações do INPI


“Fiz o projeto de uma peça para uso em motos, mas, pesquisando
na internet, vi que outra empresa já fabrica um produto para o
mesmo fim que o meu. Esse outro fabricante tem patente
requerida. Meu projeto é um pouco diferente. Eu posso pedir
patente do produto e vendê-lo? Ou preciso pedir autorização para
a pessoa que patenteou o produto parecido?”
Jefferson Soares Costa

Caro Jefferson,

Primeiro, é preciso ressaltar que projetos não são possíveis de


patente. É necessário que os requisitos legais para o depósito de
uma patente sejam observados, ora como invenção, que são a
novidade, atividade inventiva e aplicação industrial; ora como
modelo de utilidade, onde é patenteável como modelo de utilidade o
objeto de uso prático, ou parte deste, suscetível de aplicação
industrial, que apresente nova forma ou disposição, envolvendo ato
inventivo, que resulte em melhoria funcional no seu uso ou em sua
fabricação.

Quanto ao seu produto ser um pouco diferente daquele feito por


outra empresa, que tem patente requerida, é preciso verificar qual é

1 of 2 17/03/2019 15:52
Posso fabricar um produto que já tem patente requerida por outra empresa? about:reader?url=http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI1...

essa diferença exatamente. Para saber o que já está patenteado na


sua área, você pode solicitar uma busca ao INPI. Dependendo da
diferença desses produtos em relação ao seu, ou em caso de
aperfeiçoamento de algo que já existe, você pode pedir o registro da
patente.

Quando um produto é igual a outro que tenha patente requerida, é


arriscado produzir esse item, já que, se o outro empresário obtiver a
patente, ele poderá entrar com uma ação judicial contra a empresa
que produziu um item igual ao patenteado. Uma saída é entrar em
contato com quem tem a patente requerida e propor um contrato de
licenciamento.

Tem dúvidas sobre registro de marcas, design, franquias e


softwares e concessões de patentes? Mande as suas questões para
especialistapegn@edglobo.com.br e coloque Divã do Inventor no
campo “assunto” do e-mail. As respostas serão respondidas por
profissionais do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e
publicadas aqui no site, na seção Divã do Inventor. Clique aqui e
confira as respostas já publicadas

2 of 2 17/03/2019 15:52