Você está na página 1de 17
E P - U S P PEF2602 PEF2602 Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas

EP-USP

PEF2602 PEF2602

Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

Arcos e Cabos I

Sistemas Reticulados

(Aula 3 - 29/08/2016)

Professores

I Sistemas Reticulados (Aula 3 - 29/08/2016) Professores FAU-USP 28/08/2016 Ruy Marcelo O. Pauletti & Leila

FAU-USP

28/08/2016

Ruy Marcelo O. Pauletti & Leila Meneghetti Valverdes 2º Semestre 2016

CABOS: estruturas lineares e flexíveis, capazes de resistir

exclusivamente à forças normais de tração.

Como os cabos não desenvolvem forças cortantes nem momentos fletores, somente são capazes de equilibrar cargas transversais ajustando a sua geometria:

de equilibrar cargas transversais ajustando a sua geometria:  Uma força transversal concentrada provoca uma mudança

Uma força transversal concentrada provoca uma mudança abrupta da direção do eixo do cabo!

provoca uma mudança abrupta da direção do eixo do cabo! PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

uma mudança abrupta da direção do eixo do cabo! PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I

28/08/2016

CABOS: estruturas lineares e flexíveis, capazes de resistir exclusivamente à forças normais de tração.

Como não desenvolvem forças cortantes nem momentos fletores, somente são capazes de equilibrar cargas transversais ajustando a sua geometria:

de equilibrar cargas transversais ajustando a sua geometria:  O cabo se ajusta às forças concentradas,

O cabo se ajusta às forças concentradas, assumindo uma

geometria poligonal

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticuladosàs forças concentradas, assumindo uma geometria poligonal CABOS: estruturas lineares e flexíveis, capazes de resistir

: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados CABOS: estruturas lineares e flexíveis, capazes de

CABOS: estruturas lineares e flexíveis, capazes de resistir exclusivamente à forças normais de tração.

Como não desenvolvem forças cortantes nem momentos

fletores, somente são capazes de equilibrar cargas transversais

ajustando a sua geometria:

de equilibrar cargas transversais ajustando a sua geometria:  Forças distribuídas provocam variações contínuas

Forças distribuídas provocam variações contínuas de direção do eixo do cabo, ou seja, o cabo equilibra esforços transversais ajustando a sua CURVATURA

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticuladoscontínuas de direção do eixo do cabo, ou seja, o cabo equilibra esforços transversais ajustando a

esforços transversais ajustando a sua CURVATURA PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

Cabos sob carregamento contínuo Notação:

x

: Abscissa cartesiana

s

: Abscissa curvilínea

L

:

Vão

: comprimento do cabo

:

comprimento do cabo

y p ( x ) x A ds y ( x ) y  y
y
p ( x )
x
A
ds
y ( x )
y
 y L
(
)
s
B
B
x
Seção
Normal
L

Um ponto do eixo do cabo pode ser identificado tanto por x como por s!

ds

L

0

   dx ds   

dx

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticuladospor s ! ds   L 0    dx ds   

: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados Equilíbrio de momentos de um segmento de

Equilíbrio de momentos de um segmento de cabo:

y p () px( )  d  A s y ( x ) x
y
p ()
px( )
 d 
A
s
y
( x )
x
 x   x 
S(x)
N

Os momentos fletores são sempre nulos, ou seja:

M

x

M s x

 

0   x [0, s [0,

L

]

]
]

As forças cortantes também são

sempre nulas, pois

V x

V s x

 

dM

dx

0 ,

x

Logo o único esforço solicitante é a força normal N(x), tangente ao eixo do cabo!

28/08/2016

 M  N x    cos   y x  N
 M  N x
cos
  y x  N x
sin
  x 
 x
p   d  
(
)
0 ,
 x 
[0,
L
]
A
0

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados sin   x    x  p   d  

 ( )  0 ,  x  [0, L ]  A  0

28/08/2016

Cabo sujeito à carga vertical uniformemente distribuída:

“CABO PARABÓLICO”

y Caso geral: apoios desnivelados: p A y B B x B  L
y
Caso geral: apoios desnivelados:
p
A
y
B
B
x
B  L

x

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticuladosgeral: apoios desnivelados: p A y B B x B  L x Cabo sujeito à

Cabo sujeito à carga vertical uniformemente distribuída:

“CABO PARABÓLICO”

Caso particular: apoios nivelados

y p h A B L L Flecha do cabo 2 2
y
p
h
A
B
L
L
Flecha do cabo
2
2

x

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticuladosdistribuída: “CABO PARABÓLICO” Caso particular: apoios nivelados y p h A B L L Flecha do

28/08/2016

Cabo sujeito à carga vertical uniformemente distribuída:

“CABO PARABÓLICO”

Diagrama de corpo livre:

y p H H A B h V V A O B L L Flecha
y
p
H
H
A
B
h
V
V
A
O
B
L
L
Flecha do cabo
2
2

x

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas ReticuladosH H A B h V V A O B L L Flecha do cabo 2

Equilíbrio do cabo parabólico:

h

y p H H A B V V A B x O L L 2
y
p
H
H
A
B
V
V
A
B
x
O
L
L
2
2
H
A
“Empuxo”
 FY FX  V H A  B VB  pL  0
0
pL
2
 M  V L 
 0
Simetria, OK!
(
A
)
B
2

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados FY FX  V H A  B VB  pL  0 0 pL

28/08/2016

Cortando no ponto O, e fazendo o equilíbrio da parte da

h

p y H pL 2 O N 0 ] H x V B L 2
p y
H
pL
2
O N 0
]
H
x
V
B
L
2

esquerda:

B

Cortante para x=0:

V 00

M (O) 0

Hh

pL L pL L

4

2

2

2

0

“Fórmula do empuxo”(O)  0  Hh  pL L pL L  4 2 2 2 

FY  H N 0 0

N 0 H

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados N  0   0  N  0   H Cortando em

Cortando em uma abscissa qualquer, x>0:

y H p N  x   x  y  x  pL
y
H
p
N  x 
 x  y  x 
pL
2
N 0 H
O [
x
Equilíbrio de Momentos:
M
 0
x
 Hy  px   0
px
2
(SN x
)
 y 
2
2 H
pL
2
H 
y
x
2
Mas
8 h
 
logo
  4 L h   
Uma parábola! (CQD)
2

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados y  2 2 H pL 2 H  y x 2 Mas 8 h

Cortando em uma abscissa qualquer, x>0:

28/08/2016

y H p N  x   x  y  x  pL
y
H
p
N  x 
 x  y  x 
pL
H
2
O [
x
Equilíbrio Horizontal:

N x cosH

, constante!

A componente horizontal da força no cabo parabólico é constante e igual ao empuxo!

N x

H

cos

N(x) é máxima nos apoios, onde cos() é mínimo

N

max

2 A 2
2
A 2

H V

N

max

pL

2

2 1     4 L h   
2
1  
  4 L h   

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas ReticuladosV N max  pL 2 2 1     4 L h 

Em resumo, para o cabo parabólico (com apoios nivelados):

h

p H pL 2 H  8 h pL pL V  V  x
p
H
pL
2
H 
8 h
pL
pL
V 
V 
x
A
2
O
B
2
L
L
2
2
y
  
x
2
 4 L h   
2

Para h=L/10 (típico):

N max 1,34 pL 2,68V A

Comprimento do cabo parabólico:

Tem expressão exata, mas complicada É útil a aproximação:

8 h 2 L  3 L
8 h
2
L 
3 L

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas ReticuladosV A Comprimento do cabo parabólico: Tem expressão exata, mas complicada É útil a aproximação: 8

Cabo sujeito à pressão transversal uniforme:

“CABO CIRCULAR”

p  R sin R sin  h N  R N R  R
p
R sin
R sin
h
N
R
N
R
R
L

A simetria de qualquer

seção exige que a curvatura

seja constante!

Logo o Raio de curvatura é constante! L 2 h R   8 h
Logo o Raio de curvatura é
constante!
L
2
h
R 
8
h 2

Logo a força normal N em

qualquer seção é constante!

Equilíbrio vertical :

2 pR sin2 N sin0 ,

N  pR   cos    1 R  h R
N  pR
  cos
 1
R  h
R

Comprimento do cabo circular:

Onde:

cos   R  h R
cos
R  h
R
do cabo circular: Onde: cos   R  h R Ou seja, PEF2602 : Estruturas

Ou seja,

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticuladosdo cabo circular: Onde: cos   R  h R Ou seja, Cabo sujeito ao

Cabo sujeito ao peso próprio: CABO CATENÁRIO

L y (s)=  0 x
L
y
(s)=  0
x

h

Peso próprio por unidade de comprimento (kN/m):

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas ReticuladosL y (s)=  0 x h Peso próprio por unidade de comprimento (kN/m):   

 
 

0

 
 

28/08/2016

Cabo sujeito ao peso próprio: CABO CATENÁRIO

28/08/2016

y  w(x) = variável w x    cos   0 x
y
w(x) = variável
w x 
cos
 
0
x 
H
A
B
H
h
V A
s
V B
x
L/2
L/2
y x
cosh
0
x
1
Geometria do cabo catenário:
H  
H
  
0
(Vide artigo “Sobre Cabos e Cordas”, na página da disciplina!)
Para h<=L/10, o cabo catenário e o cabo parabólico
praticamente se confundem!
2
H
sinh
0
Comprimento do cabo catenário:
2 H L   
0
PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados
Comparação entre a catenária e a parábola:
0.2
0.2
L
L
0.15
h 
0.15
h 
5
0.1
3
0.1
0.05
0.05
-0.4
-0.2
0
0.2
0.4
x
-0.4
-0.2
0
0.2
0.4
x
1
0.5
L
h  L
h 
0.8
0.4
2
0.6
0.3
0.4
0.2
0.2
0.1
-0.4
-0.2
0
0.2
0.4
x
-0.4
-0.2
0
0.2
0.4
x

Note-se que a escala do eixo está sempre exagerada, exceto no caso h=L

Para pequenas flechas a catenária e a parábola se confundem!

pequenas flechas a catenária e a parábola se confundem! PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
pequenas flechas a catenária e a parábola se confundem! PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

28/08/2016

Exemplo (PEF2602-P1-Q1-2010): A figura mostra o prédio do ‘Federal Reserve Bank’, localizado em

Minneapolis, EUA. Cada um dos 11 pisos tem vão transversal de 18m, e a carga total dos pisos é transferida

para dois “cabos parabólicos” (constituídos, na prática, por perfis metálicos), por meio de montantes

(trabalhando à compressão, nos trechos acima dos cabos) e por tirantes (trabalhando à tração, nos trechos abaixo dos cabos). Os cabos têm vão L=84m e flecha h=30m , e são ancorados ao topo de duas torres laterais. As reações verticais das ancoragens são transferidas às torres, enquanto o empuxo é equilibrado por duas estroncas treliçadas, localizadas no topo do prédio.

Considere uma carga total, uniformemente distribuída sobre cada um dos 11 pisos, q=2,5 kN/m 2. e determine a carga w (em kN/m), uniformemente distribuída, agindo em cada um dos cabos parabólicos;

Determine o empuxo horizontal H e as reações apoios A e B de cada cabo, indicados no modelo estrutural esquematizado abaixo;

Determine a máxima tração N max em cada cabo;

Considere que a seção transversal dos cabos seja composta por três chapas de aço de espessura t=30mm e

largura b. Admitindo um coeficiente de segurança s=2 e um aço com tensão de escoamento tração e =450MPa, determine a largura de chapa necessária.

 e =450MPa, determine a largura de chapa necessária.  247,5 kN m / kN H
 e =450MPa, determine a largura de chapa necessária.  247,5 kN m / kN H

247,5

kN m

/

kN

H H V A V B
H
H
V A
V B

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

q d n 11

2,5

kN m

/

18

m

;

L

2

qd 2

2,5

18



84

m

;

h

30

m

w n

11

247,5

2

84

Reações de apoio

H A 0

V

A

V

wL

B

2

2

10.395,0

O empuxo do cabo é sustentado pela estronca, que trabalha comprimida, e vale

H

2

wL

247,5

84

2

8

h

8

30

7.276,5

kN

A máxima força normal ocorre nos apoios e vale

N

max

A

2

H

2

V

10.395

2

7.276,5

2

N

max

c

A

s

e

A bt

5

c

sN

max

e

sN

max

 

2

12.688,7

10

3

5

t

e

5

30

10

3

450

10

6

max

b

0,376

m

12.688,7

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

kN

 10 6  max b   0,376 m 12.688,7 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura

28/08/2016

28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados 11

: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I

28/08/2016

28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados 12

28/08/2016

28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados       
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados       

Reticulados          PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I
Reticulados          PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I
Reticulados          PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I
Reticulados          PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

28/08/2016

28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     
28/08/2016 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados     

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados       
: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados       
    

Sistemas Reticulados          PEF2602 : Estruturas na Arquitetura
Sistemas Reticulados          PEF2602 : Estruturas na Arquitetura
PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados
PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

28/08/2016

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados
PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados
Nota: há outras formas de resolver esta questão, por exemplo, impondo que o empuxo no
Nota: há outras formas de resolver esta
questão, por exemplo, impondo que o empuxo
no ponto C seja o mesmo, considerando o
trecho da esquerda ou da direita, ou buscando
os coeficientes da parábola que passa pelos
pontos A B e C.
coeficientes da parábola que passa pelos pontos A B e C. PEF2602 : Estruturas na Arquitetura

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

da parábola que passa pelos pontos A B e C. PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I

Exercício: A Figura 1 mostra a cobertura do Aeroporto Dulles, em Washington (Arq. Eero Saarinen, 1958), a qual consiste de uma casca de concreto protendido, obtida por meio de um engenhoso

sistema construtivo, ilustrado na Figura 2. A cobertura tem geometria cilíndrica, com uma geratriz

catenária, razoavelmente aproximada por uma parábola, funicular, portanto, a um carregamento

=6kN/m 2 . As

cargas adicionais (neve e outros carregamentos) atingem w ad =4kN/m 2 . Os cabos de protensão estão espaçados de 3m, e ancoram-se a vigas de borda que transferem as cargas para os topos de colunas inclinadas, engastadas nas bases, afastadas entre si de 12m. A cobertura tem um vão transversal de 50m, medindo 192m na direção transversal.

vertical uniformemente distribuído. O peso próprio da estrutura é da ordem de

w pp

O peso próprio da estrutura é da ordem de w pp Figura 1 Considerando o esquema

Figura 1

Considerando o esquema estrutural da Figura 3, determine a altura y C que define a menor cota da

cobertura (ponto C). Determine as reações de ancoragem dos cabos de protensão nas vigas de borda (pontos A e B). Determine as cargas resultantes nos topos das colunas, e o momento fletor nas

ancoragens das colunas maiores (ponto D), quando atuar a carga

Compare o momento fletor na base das coluna inclinada com o momento que resultaria do uso de colunas verticais (ou seja, dispostas segundo o eixo BE, e engastadas em E).

+w ad . Desconsidere o peso da coluna.

w pp

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticuladosem E). +w a d . Desconsidere o peso da coluna. w pp Figura 2 PEF2602

: Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados Figura 2 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura

Figura 2

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticuladoso peso da coluna. w pp PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

I I - Sistemas Reticulados Figura 2 PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas

28/08/2016

18m 32m B 6m A C y C D E 9m 15m p 18 m
18m 32m B 6m A C y C D E 9m
18m
32m
B
6m
A
C
y C
D
E
9m

15m

p 18 m 50 m 32 m
p
18 m
50 m
32 m

6 m

y C

Figura 3

PEF2602 : Estruturas na Arquitetura I I - Sistemas Reticulados

9m 15m p 18 m 50 m 32 m 6 m y C Figura 3 PEF2602

28/08/2016