Você está na página 1de 3

Catedral de Notre-Dame estava caindo aos

pedaços (literalmente) antes de incêndio


Vento, chuva e poluição danificaram as paredes formadas de pedras de calcário por
séculos.

Por BBC
17/04/2019 08h01 · Atualizado há 7 horas

Peças de alvenaria que se desprendiam eram armazenadas em um jardim especial chamado de 'cemitério'. — Foto:
BBC

Antes de ser atingida por um incêndio, a Catedral Notre-Dame de Paris estava em


condições críticas. A construção, de 850 anos, estava começando a desmoronar.
(Clique aqui para ver o vídeo).

Por séculos, vento, chuva e poluição castigaram e danificaram as paredes formadas


de pedras de calcário. As famosas gárgulas — imagens "protetoras" da catedral —
também estavam se desintegrando.

As famosas gárgulas — imagens "protetoras" da catedral — também estavam se desintegrando. — Foto: BBC

O pináculo, que desabou durante o incêndio, já havia sido reforçado.

Peças de alvenaria que se desprendiam eram armazenadas em um jardim especial


chamado de 'cemitério'. Antes mesmo do incêndio, o custo de reforma da Notre-
Dame era estimado em US$ 170 milhões (R$ 664 milhões).
Antes mesmo do incêndio, o custo de reforma da Notre-Dame era estimado em US$ 170 milhões (R$ 664 milhões). —
Foto: BBC

Agora, a restauração será muito mais cara.

Mas bilionários e doadores privados se mobilizaram para financiar a reconstrução


da famosa catedral. Juntos, eles prometeram doar 600 milhões de euros (ou
quase R$ 3 bilhões).