Você está na página 1de 1

A Grow poderia criar após toda mudança de embaixadores, um processo seletivo, exclusivamente

para ex-embaixadores que se destacaram e se distinguiram com intuito de promover uma mentoria para
tirar dúvidas que normalmente ocorrem no inicio de todo programa de embaixadores, abordar erros
frequentes que pode futuramente influenciar no desenvolvimento das pessoas como embaixadoras e
ressaltar a importância da dedicação e conexão com as atividades que todo embaixador deve exercer. Os
mentores também seriam indispensáveis com a capacidade de reconhecer e reparar erros antes que essas
pequenas falhas se ampliassem. No site da Grow haveria uma parte chamada suporte online, que seria
uma espécie de “chat online” para todos os embaixadores que estivessem no networking do site
pudessem esclarecer dúvidas e ajuda-los no que for preciso. Seriam selecionados 20 mentores, desta
maneira, e seriam distribuídos 4 embaixadores para os 5 dias da semana ( segunda à sexta ) obviamente,
respeitando os compromissos que cada mentor possui sem prejudicar sua vida pessoal e profissional e
que cada um pudesse estar, pelo menos 2 horas do dia, entre às 09hrs e às 17hrs, na parte do suporte
online. Também seria um papel fundamental do mentor encorajar a independência. O envolvimento dos
embaixadores no planejamento das atividades e reuniões seria primordial, para que todos os
embaixadores possam estar presentes em todas as atividades sem problema por ter outros
compromissos, ou outras obrigações. A direção, juntamente, com os mentores iria ver atividades que já
foram efetuadas e as que estão incompletas e as que estão sendo efetuadas para que haja uma monitoria
informando sobre o tempo e perguntando se há alguma dificuldade nas tarefas, ou se as pessoas não
tiveram o tempo suficiente ainda, com o intuito de controlar e verificar aquelas pessoas que tem o tempo
mais corrido e são mais ocupadas. Mesas redondas, duas vezes por mês, com diferentes ex embaixadores
e mentores em cada uma delas, para auxiliar os atuais embaixadores com problemas e dificuldades que
eles estão enfrentando, e compartilhar histórias que lhes determinaram para continuar como
embaixadores e não optar pelo desligamento do programa. As mesas redondas também servirão para
aqueles embaixadores que estão se sentindo sobrecarregados ou com muitos compromissos e não está
sobrando tempo para as atividades ou deveres da Grow. O principal tema abordado nessa mesa redonda
seria o engajamento, a gestão e a motivação afim de que todos os embaixadores possam se sentir
inspirados, determinados e confiantes para continuar exercendo a função de
embaixador. Um grupo via WhatsApp seria necessário para dar rápidos recados, avisos urgentes ou
quando algum embaixador não poderá de modo algum, participar de alguma reunião. Quando algum
embaixador não estiver com um computador por perto, e só com um celular, e não tiver como acessar o
networking para contatar algum mentor para assuntos urgentes, o grupo do WhatsApp será de extrema
importância para que a comunicação seja rápida e prática. A Grow poderia contatar ex embaixadores e
mentores para uma grande palestra sobre organização e saúde mental em todos os inicios dos programas
de embaixadores com o objetivo de que os novos embaixadores consigam organizar-se para ter um bom
tempo para empenhar-se, concentrar-se para que todas as atividades e obrigações sejam concluídas com
sucesso. Os embaixadores seriam selecionados em 2 equipes para que todos possam ter a oportunidade
de trabalhar em equipe, e alcançar dois objetivos: um engajamento em equipe, que é muito relevante
para que todos possam se sentir satisfeitos, e realizados no exercício de suas tarefas, e um aumento na
produtividade de todos. Em todo começo de um novo programa de embaixadores haveria uma ligação
entre a direção geral da Grow e os embaixadores para que eles consigam fazer uma agenda do mês, onde
eles marcarão todas as reuniões e atividades, para que todos possam concluir sem ter a desculpa de que
teve um compromisso no dia, e se acontecer de alguém não poder participar por compromissos urgentes,
a direção seria comunicada e o embaixador poderia mudar o dia da atividade.