Você está na página 1de 15

I Colóquio Cearense de Semiótica: uma homenagem a Edward Lopes

Nos dias 10 e 11 de novembro de 2011, o grupo Semioce realizará, em Fortaleza, o


Colóquio de Semiótica em Homenagem a Edward Lopes, eminente linguista e
semioticista brasileiro de significativa atuação acadêmica nas três últimas décadas do
século XX e com expressivo legado para a construção do saber sobre a linguagem.
Prestarão a homenagem pesquisadores brasileiros de diferentes instituições de ensino e
pesquisa, que abordarão aspectos específicos da obra do homenageado. Na ocasião,
Edward Lopes falará do pensamento linguístico e semiótico dominantes no cenário
acadêmico de sua época e do que espera sejam os rumos deste pensamento na década
atual.

Inscrições

De segunda a sexta, no hall do Departamento de Letras vernáculas


(1° andar) do Curso de Letras.

Horários: das 9h às 9h30; 11h às 11h30 e 15h30 às 16h.

Valores:
Alunos da graduação: R$25,00
Alunos da pós-graduação: R$35,00
Professores: R$45,00

Presenças confirmadas:

Edward Lopes (USP; Unesp);


Diana Luz Pessoa de Barros (USP; Mackenzie);
Paulo Mosânio Teixeira Duarte (UFC);
Maria Elias Soares (UFC/Unilab);
José Américo Bezerra Saraiva (UFC)
Ricardo Lopes Leite (UFC)
Ler mais: https://semio-ce.webnode.pt/coloquio-de-semiotica-em-homenagem-a-
edward-lopes/

II COLÓQUIO

O grupo SEMIOCE realizará o II Colóquio Cearense de Semiótica nos dias 17 e 18 de


setembro de 2012 na Universidade Federal do Ceará, em Fortaleza. O evento contará com
a presença do professor Sémir Badir, da Universidade de Liège (Bélgica), um dos maiores
expoentes da semiótica greimasiana, e com a participação de nomes representativos da
semiótica brasileira. O colóquio tem por objetivo reunir semioticistas de diversos grupos
de pesquisa para promover o intercâmbio de ideias e divulgar os trabalhos realizados em
alguns centros de estudo cuja orientação teórica está vinculada à semiótica de linha
francesa.

CONVIDADOS

SÉMIR BADIR (Universidade de Liège)

O professor Sémir Badir é pesquisador do FNRS belga, Fonds National de la Recherche


Scientifique, atuando na Universidade de Liège. Seus trabalhos incidem sobre a história,
a epistemologia e a metodologia das ciências da linguagem, com especial atenção aos
campos da semiótica, da semiologia e da linguística geral. Autor de vários livros, dentre
os quais se destacam Hjelmslev e Saussure, la langue et sa représentation, e organizador
de outros, como Analytiques du sensible. Pour Claude Zilberberg.

IVÃ CARLOS LOPES (USP)

Graduou-se em Letras pela Universidade de São Paulo e realizou posteriormente o


mestrado em Artes (1992) e o doutorado em Semiótica e Linguística Geral pela mesma
instituição (1998), com estágio-sanduíche na Universidade de Paris X - Nanterre (Michel
Arrivé, co-orientador). No ano letivo 2008-2009, realizou pesquisa de pós-doutoramento
em semiótica na Universidade de Limoges, França (Jacques Fontanille, supervisor).
Professor assistente doutor da FFLCH-USP, leciona na Graduação em Letras e na Pós-
Graduação em Semiótica e Linguística Geral. Suas pesquisas e publicações estão voltadas
sobretudo para a semiótica e os domínios conexos. Integra o corpo editorial de diferentes
periódicos, entre os quais Letras & Letras (UFU), CASA - Cadernos de Semiótica
Aplicada (UNESP), Estudos Semióticos (USP), Nouveaux Actes Sémiotiques (Université
de Limoges), Signata (Université de Liège). Faz parte do corpo internacional de
assessores científicos do Fonds National de la Recherche Scientifique (FRS/FNRS, BE).
Atua na área de semiótica e arredores, interessando-se, especialmente, pela epistemologia
das ciências da linguagem, pela poética e pela linguística geral. É coautor dos livros: Elos
de Melodia e Letra (com Luiz Tatit) e Semiótica da Poesia (com Dayane Celestino de
Almeida).

WALDIR BEIVIDAS (USP)

Possui graduação em Línguas Neo Latinas Português e Francês pelo Centro Universitário
Fundação Santo André (1973), mestrado em Letras: Lingüística, pela Universidade de
São Paulo (1983) e doutorado em Semiótica e Lingüística Geral pela Universidade de São
Paulo (1992). Obteve Pós-doutoramento na EHESS -Ecole des Hautes Etudes en Sciences
Sociales (Paris-França) em 1999. Foi Professor Adjunto da UFRJ no Programa de Pós-
Graduação em Teoria Psicanalítica de 1993 a 2003. Deste ano até 2006 foi Professor
Colaborador do mesmo Programa. Atualmente é Professor Doutor concursado no
Departamento de Lingüística da USP (Graduação e Pós-Graduação). Sua pesquisa se situa
na interface entre Lingüística, Semiótica e Psicanálise. Principais publicações: (a)
Inconsciente et verbum. Psicanálise, semiótica, ciência, estrutura. e Inconsciente e
Sentido. Ensaios de Interface. Psicanálise, Linguística, Semiótica.

JEAN CRISTTUS PORTELA (UNESP)

Doutor em Linguística e Língua Portuguesa pela Unesp de Araraquara, com estágio anual
na Universidade de Limoges (França), Mestre em Letras pela Universidade Estadual de
Londrina e Bacharel em Comunicação Social (Jornalismo) pela Unesp de Bauru (SP). É
Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua
Portuguesa da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp, câmpus de Araraquara (SP).
Lidera o Grupo de Estudos Semióticos em Comunicação (FAAC/Unesp), é membro-
pesquisador dos Grupos CASA e GELE (FCLAr/Unesp) e consultor do LESIC -
Laboratório de Estudos Semióticos das Interações de Cuidado (EEnf/UFRGS); e membro
do corpo editorial dos periódicos Cadernos de Semiótica Aplicada, Estudos Semióticos e
Texto Livre: Linguagem e Tecnologia.

ANTONIO VICENTE SERAPHIM PIETROFORTE (USP)

Possui graduação pela Universidade de São Paulo (1989), mestrado em Linguística pela
Universidade de São Paulo (1997) e doutorado em Linguística pela Universidade de São
Paulo (2001) . Atualmente é professor da Universidade de São Paulo. Tem experiência
na área de Linguística, com ênfase em Teoria e Análise Linguística. Atuando
principalmente nos seguintes temas: Análise do Discurso, Enunciação, linguística,
semiótica, teoria do discurso, Literatura, Literatura Brasileira. Publicou vários livros entre
literatura e semiótica. Neste último campo, lançou Semiótica Visual e O Discurso da
Poesia Concreta: uma abordagem semiótica.

IARA ROSA FARIAS (UNIFESP)

Graduada em Letras pela Universidade Católica de Santos - UNISANTOS (1990),


Mestrado em Letras: Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual
Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP-CAr (1997) e Doutorado em Linguística pela
Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (2005). Atualmente é professor adjunto
na Universidade Federal de São Paulo, Campus Guarulhos, curso de Letras, na área de
Linguística. Tem pesquisa em Linguística e em Educação. Na primeira, a partir da
semiótica francesa, aborda os seguintes temas: linguagem, percepção/figuratividade,
enunciação da canção. Na segunda, a partir da Linguística saussuriana, aborda questões
da aquisição da língua esrita e do seu ensino-aprendizagem.

JOSÉ AMÉRICO BEZERRA SARAIVA (UFC)

Graduou-se em Letras (Português-Francês) pela Universidade Federal do Ceará, onde


também concluiu os cursos de Mestrado e Doutorado em Linguística. Hoje é Professor
Adjunto III desta instituição de ensino, lecionando na Graduação em Letras e na Pós-
Graduação em Linguística. Tem experiência nas áreas de Linguística e Semiótica, com
ênfase em Teorias Linguísticas, Semiótica Discursiva, Semiótica da Canção e Análise do
Discurso. Atua principalmente nos seguintes temas: sujeito, identidade, discurso e
interdiscurso. Coordena o Grupo de Estudos Semióticos da Universidade Federal do
Ceará (SEMIOCE) e integra a comissão editorial das revistas Estudos Semióticos
(FFLCH-USP), CASA-Cadernos de Semiótica Aplicada (Unesp-Araraquara) e
Entrepalavras (UFC).

RICARDO LOPES LEITE (UFC)

Professor Adjunto II do Departamento de Letras Vernáculas e do Programa de Pós-


Graduação em Linguística da Universidade Federal do Ceará (UFC). Coordenador do
Grupo de Estudos Semióticos da Universidade Federal do Ceará - SEMIOCE. Doutor e
Mestre em Linguística pela Universidade Federal do Ceará. Áreas de interesse: semiótica
e enunciação, semiótica tensiva, sincretismo de linguagens e abordagens discursivas da
Metáfora.

TÉRCIA MONTENEGRO LEMOS (UFC)

Tércia é graduada em Letras pela Universidade Federal do Ceará (1999), mestra em


Letras (2002) e doutora em Lingüística (2008), também pela Universidade Federal do
Ceará. É professora adjunta desta instituição, junto ao Departamento de Letras
Vernáculas, desde 2009. Escritora premiada, publicou vários livros de contos. É membro
do grupo SEMIOCE e desenvolve pesquisa em semiótica plástica.

JOSÉ LEITE DE OLIVEIRA JÚNIOR (UFC)

Graduado em Letras pela Universidade Estadual do Ceará (1983), Mestrado em Letras


pela Universidade Federal do Ceará (1992) e Doutorado pela Universidade Federal da
Paraíba. É docente da Universidade Federal do Ceará e membro do grupo SEMIOCE.
Áreas de atuação: Semiótica, Literatura e Pintura. Publicou o livro O pictórico na poesia
cabo-verdiana: dos Claridosos a Kiki Lima.

YVANOWIK DANTAS VALÉRIO (UFC)

Mestre em Linguística pela UFC (2000). Professor Assistente da Universidade Federal


do Ceará, do Departamento de Letras Vernáculas, e coordenador pedagógico do curso de
Licenciatura em Letras-Português da UFC Virtual. É membro do grupo SEMIOCE e tem
o interesse voltado para a aplicação da Semiótica na organização de sistemas semânticos.

PROGRAMAÇÃO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

DIA 17/09/2012 – Segunda-feira


HORÁRIO EVENTO PALESTRANTE LOCAL

Credenciamento e
8h
entrega de material

Mediador:
ABERTURA
Américo Saraiva (UFC/SEMIOCE)

Debatedores: Auditório
10h – 12h Mesa-redonda:
José Albano
Ivã Carlos Lopes (USP/GESUSP)
O método Waldir Beividas (USP/GESUSP)
semiótico: domínio Iara Farias (UNIFESP)
e aplicações. Jean Cristtus Portela
(UNESP/GESCOM)

Intervalo

Mediador:

Yvanowik Dantas Valério


Mesa-redonda: (UFC/SEMIOCE)

Debatedores: Auditório
14h – 16h A Semiótica no
José Albano
Ceará
Américo Saraiva (UFC/SEMIOCE)
Ricardo Leite (UFC/SEMIOCE)
Tércia Montenegro
(UFC/SEMIOCE)
José Leite Jr. (UFC/SEMIOCE

Conferência: Conferencista:

A Semiótica Antônio Pietroforte (USP/GESUSP) Auditório


16h aplicada às José Albano
linguagens não
verbais
DIA 18/09/2012 – Terça-feira
HORÁRIO EVENTO PALESTRANTE LOCAL

Conferência:
Conferencista:
Metalinguagem Auditório
8h semiótica: Jean Cristtus Portela José Albano
exclusões e (UNESP/GESCOM)
assimilações

Conferência: Conferencista:

Semiótica e Auditório
10h Waldir Beividas (USP/GESUSP)
Psicanálise: o José Albano
corpo que enuncia

Intervalo

Conferência:

Assimetrias de
tempo e espaço:
servidões- Conferencista:
Auditório
14h transposições- José Albano
passagens. Ivã Carlos Lopes (USP/GESUSP)
Epistemologia
semiótica

Conferência de Conferencista:
encerramento
Auditório
16h
Sémir Badir José Albano
Sémiotique de
l'exemple (Université de Liège/Groupe µ)

III Colóquio Cearense de Semiótica: uma homenagem a José Luiz Fiorin

O linguista e semioticista José Luiz Fiorin será o homenageado do III Colóquio Cearense
de Semiótica. A ideia é promover a homenagem do professor Fiorin a partir da análise de
sua obra. Assim como se procedeu na homenagem a Edward Lopes, realizada em 2011,
os convidados para o Colóquio devem assumir um dos livros do homenageado para
comentá-lo, destacando sua contribuição (autor e livro) para os estudos da linguística e
da semiótica brasileiras. Confiram a Programação do Colóquio.
O SEMIOCE – Grupo de Estudos Semióticos da Universidade Federal do Ceará – realiza
desde 2011, em Fortaleza, colóquios para promover o intercâmbio entre pesquisadores da
área e criar a oportunidade para os alunos da Graduação em Letras e da Pós-Graduação
em Linguística da UFC conhecerem a obra de eminentes semiolinguistas brasileiros. Está
entre os seus propósitos prestar homenagem à produção dos pesquisadores que laboraram
para manter e difundir os estudos semióticos de inspiração saussuriana no Brasil, durante
os anos 1970, 1980 e 1990, responsáveis diretos pela formação de uma nova geração de
semioticistas e pelo papel que hoje o país vem ocupando no cenário internacional. Firme
nesses propósitos, o SEMIOCE já realizou dois colóquios. O primeiro, em 2011, em
homenagem a Edward Lopes, renomado semiolinguista brasileiro de significativa atuação
acadêmica nas três últimas décadas do século passado e com expressivo legado para a
construção do saber sobre a linguagem no nosso país. O segundo, em 2012, com a
presença do pesquisador Sémir Badir, da Universidade de Liège (Bélgica), um dos
maiores expoentes da semiótica hjelmsleviana, e com a participação de nomes
representativos da semiótica brasileira. Em 2013, com auxílio do Programa de Pós-
Graduação em Linguística da UFC, que comemorava vinte anos de existência na ocasião,
o Grupo trouxe a Fortaleza o pensador francês Claude Zilberberg, criador da Semiótica
Tensiva. Neste ano, o homenageado no III Colóquio Cearense de Semiótica será o
semiolinguista José Luiz Fiorin, cuja obra será visitada pelos pesquisadores que constam
da programação.

HOMENAGEADO

José Luiz Fiorin (USP / GESUSP)

É licenciado em Letras pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Penápolis (1970),


tem mestrado em Linguística pela Universidade de São Paulo (1980) e doutorado em
Linguística pela Universidade de São Paulo (1983). Fez pós-doutorado na Ecole des
Hautes Etudes en Sciences Sociales (Paris) (1983-1984) e na Universidade de Bucareste
(1991-1992). Fez livre-docência em Teoria e Análise do Texto na Universidade de São
Paulo (1994). Atualmente é Professor Associado do Departamento de Linguística da
FFLCH da Universidade de São Paulo. Foi membro do Conselho Deliberativo do CNPq
(2000-2004) e Representante da Área de Letras e Linguística na CAPES (1995-1999).
Além de muitos artigos em revistas especializadas e capítulos de livros, publicou diversos
livros.

CONVIDADOS-CONFERENCISTAS

Elisabeth Brait (USP / PUC)

Elisabeth Brait, assinatura Beth Brait, é crítica, ensaísta, professor associado da Pontifícia
Universidade Católica de São Paulo e professor associado aposentado da Universidade
de São Paulo. Fez Graduação em Letras, doutorado em Linguística, Livre-Docência em
Linguística na USP; pós-doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales -
Paris/França. É pesquisadora nível 1 do CNPq; Assessora da CAPES, do CNPq e da
FAPESP; líder do GP/CNPq/PUC-SP Linguagem, Identidade e Memória. Atua nas áreas
de Teoria e análise do texto e do discurso, Estudos Bakhtinianos, Análise dialógica do
discurso, leitura e análise da verbo-visualidade e estudos literários.

Lucia Teixeira de Siqueira e Oliveira (UFF / SeDi)

Possui mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense e doutorado em


Linguística e Semiótica pela Universidade de São Paulo (1994). Realizou estágio de pós-
doutorado em Semiótica na Universidade de Limoges, na França (2002-2003). É
professora associada da Universidade Federal Fluminense, pesquisadora 1-C do CNPq e
Cientista do Nosso Estado da FAPERJ (2010-2013). Foi coordenadora do Programa de
Pós-graduação em Letras da UFF (1999-2002) e atua em Consultorias à CAPES, ao
CNPq, FAPERJ. Coordena o Grupo de Pesquisa Semiótica e Discurso - SeDi -
http://www.sedi.uff.br/. Em semiótica, seus campos de atuação mais frequentes são a
semiótica plástica e a semiótica sincrética.

João Batista Costa Gonçalves (UECE / POSLA)


Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Ceará (1994), mestrado em
Linguística pela Universidade Federal do Ceará (1998) e doutorado em Linguística pela
Universidade Federal do Ceará (2006). Atualmente é adjunto IX da Universidade
Estadual do Ceará. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa,
atuando principalmente nos seguintes temas: análise do discurso, ethos, gênero
discursivo.

Oriana de Nadai Fulaneti (UFPB / GESUSP)

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (2002), mestrado em


Linguística pela Universidade de São Paulo (2005), e doutorado em Linguística pela
Universidade de São Paulo (2010). Atualmente é pós-doutoranda no Departamento de
Ciências da Linguagem da Universidade Federal Fluminense.

Tércia Montenegro Lemos (UFC / SEMIOCE)

Tércia é graduada em Letras pela Universidade Federal do Ceará (1999), mestra em


Letras (2002) e doutora em Linguística (2008), também pela Universidade Federal do
Ceará. É professora adjunta desta instituição, junto ao Departamento de Letras
Vernáculas, desde 2009. Escritora premiada, publicou vários livros de contos. É membro
do grupo SEMIOCE e desenvolve pesquisa em semiótica plástica.

Jean Cristtus Portela (Unesp-Bauru / Gescom)

Doutor em Linguística e Língua Portuguesa pela Unesp de Araraquara, com estágio anual
na Universidade de Limoges (França), Mestre em Letras pela Universidade Estadual de
Londrina e Bacharel em Comunicação Social (Jornalismo) pela Unesp de Bauru (SP). É
Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua
Portuguesa da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp, câmpus de Araraquara (SP).
Lidera o Grupo de Estudos Semióticos em Comunicação (FAAC/Unesp), é membro-
pesquisador dos Grupos CASA e GELE (FCLAr/Unesp) e consultor do LESIC -
Laboratório de Estudos Semióticos das Interações de Cuidado (EEnf/UFRGS); e membro
do corpo editorial dos periódicos Cadernos de Semiótica Aplicada, Estudos Semióticos e
Texto Livre: Linguagem e Tecnologia.

Arnaldo Cortina (Unesp - Araraquara / CASA)

Doutor pela Universidade de São Paulo (1994), Pós-doutorado na Universidade de


Limoges, na França (2001 2002), Livre-docente pela Universidade Estadual Paulista Júlio
de Mesquita Filho (2006) e Pós-doutorado na Universidade Paris VIII - Vincennes - Saint-
Denis, na França (2012). Atualmente é professor do Departamento de Lingüística, do
Programa de Pós-graduação em Lingüística e Língua Portuguesa e Diretor da Faculdade
de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho , campus
de Araraquara. Coordenador do GPS-UNESP Grupo de Pesquisa em Semiótica da
UNESP e membro pesquisador do Grupo CASA Cadernos de Semiótica Aplicada.
Desenvolve pesquisa na área de semiótica e análise do discurso, com enfoque específico
na questão da leitura.

José Leite de Oliveira Junior (UFC / SEMIOCE)

Graduado em Letras pela Universidade Estadual do Ceará (1983), Mestrado em Letras


pela Universidade Federal do Ceará (1992) e Doutorado pela Universidade Federal da
Paraíba. É docente da Universidade Federal do Ceará e membro do grupo SEMIOCE.
Áreas de atuação: Semiótica, Literatura e Pintura. Publicou o livro O pictórico na poesia
cabo-verdiana: dos Claridosos a Kiki Lima.

CONVIDADOS PARA ABERTURA

Maria Elias Soares (UFC / Fundadora do PPGL)


Maria Elias Soares é licenciada em Letras e Pedagogia pela Universidade Estadual do
Ceará, e concluiu o bacharelado em Comunicação Social e em Direito, pela Universidade
Federal do Ceará. Obteve o doutorado em Letras na Pontifícia Universidade Católica do
Rio de Janeiro (PUC/RJ), com a tese intitulada A constituição do discurso coeso: um
estudo evolutivo da produção oral e escrita. Professora Associada 4, do Departamento de
Letras Vernáculas (Centro de Humanidades) da Universidade Federal do Ceará, com
atuação, desde 1993, no Programa de Pós-Graduação em Linguística.

Vládia Maria Cabral Borges (UFC / Diretora do Centro de Humanidades)

Graduou-se em Letras pela Universidade Federal do Ceará (1979). Possui mestrado em


Língua Inglesa pela Universidade Estadual do Ceará (1996); tema da dissertação:
processamento de textos em inglês como língua estrangeira. Ph.D. em Educação com área
de concentração em Ensino de Inglês como Segunda Língua pela Universidade de Rhode
Island, EUA (2206); tema da tese: Ensino-aprendizagem de línguas mediado pelo
computador. É professora adjunta do Departamento de Letras Estrangeiras da
Universidade Federal do Ceará desde 1994. Atualmente ocupa o cargo de Diretora do
Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará, pelo quadriênio 2011-2015.

Antônio Duarte Fernandes Távora (UFC / Chefe do DLV)

Doutor e Mestre em Linguística pela UFC de onde é professor no Departamento de Letras


Vernáculas. Possui graduação em Letras Português Literatura pela UECE (2000). Tem
experiência na área de Linguística, com ênfase em Linguística Textual, atuando
principalmente nos seguintes temas de pesquisa: Análise de gêneros e seus suportes.

ORGANIZADORES

José Américo Bezerra Saraiva (UFC / Coordenador do SEMIOCE)


Graduou-se em Letras (Português-Francês) pela Universidade Federal do Ceará, onde
também concluiu os cursos de Mestrado e Doutorado em Linguística. Hoje é Professor
Adjunto desta instituição de ensino, lecionando na Graduação em Letras e na Pós-
Graduação em Linguística. Tem experiência nas áreas de Linguística e Semiótica, com
ênfase em Teorias Linguísticas, Semiótica Discursiva, Semiótica da Canção e Análise do
Discurso. Atua principalmente nos seguintes temas: sujeito, identidade, discurso e
interdiscurso. Coordena o Grupo de Estudos Semióticos da Universidade Federal do
Ceará (SEMIOCE) e integra a comissão editorial das revistas Estudos Semióticos
(FFLCH-USP), CASA-Cadernos de Semiótica Aplicada (Unesp-Araraquara) e
Entrepalavras (UFC).

Ricardo Lopes Leite (UFC / Coordenador do SEMIOCE)

Professor Adjunto do Departamento de Letras Vernáculas e do Programa de Pós-


Graduação em Linguística da Universidade Federal do Ceará (UFC). Coordenador do
Grupo de Estudos Semióticos da Universidade Federal do Ceará - SEMIOCE. Doutor e
Mestre em Lingüística pela Universidade Federal do Ceará. Graduado em Fonoaudiologia
pela Universidade de Fortaleza. Áreas de interesse: Semiótica Discursiva, Teoria e
Epistemologia Linguística e abordagens discursivas da metáfora.

Dia 11 de setembro (quinta-feira)

HORÁRIO EVENTO CONVIDADOS LOCAL

8 horas Credenciamento - Sala de apoio.

Vládia Maria Cabral Borges


UFC / Diretora do Centro de
Humanidades
Auditório José
9 horas Abertura
Albano
Maria Elias Soares
UFC / Fundadora do PPGL
Antônio Duarte Fernandes
Távora
UFC / Chefe do DLV

José Américo Bezerra


Saraiva
UFC / Coordenador do
SEMIOCE

Ricardo Lopes Leite


UFC / Coordenador do
SEMIOCE

José Américo Bezerra


Saraiva
José Luiz Fiorin e a UFC / SEMIOCE Auditório José
10 horas
Semiótica no Ceará Albano
Ricardo Lopes Leite
UFC / SEMIOCE

INTERVALO PARA ALMOÇO

Tércia Montenegro
Lemos
14 Convergências entre Linguística e UFC / SEMIOCE Auditório José
horas Literatura Albano
José Leite Júnior
UFC / SEMIOCE

Oriana de Nadai
15 Astúcias do “As Astúcias da Auditório José
Fulaneti
horas Enunciação” Albano
UFPB / GESUSP

INTERVALO PARA CAFÉ

Lúcia Teixeira de Siqueira


16 horas e Retórica e estudos do Auditório José
e Oliveira
30 min discurso Albano
UFF / SeDi

Dia 12 de setembro (sexta-feira)


HORÁRIO EVENTO CONVIDADOS LOCAL

João Batista Costa


“Em busca do sentido”: a noção Auditório José
9 horas Gonçalves
de ethos discursivo Albano
UECE / POSLA

Beth Brait Auditório José


10 horas Entre o semiótico e o ideológico.
USP / PUC Albano

Arnaldo Cortina
“Para entender o texto: leitura Auditório José
11 horas Unesp-Araraquara /
e redação”. Albano
CASA

INTERVALO PARA ALMOÇO

Jean Cristtus
14 Manual de manuais: “Elementos de Portela Auditório José
horas Análise do Discurso”. Unesp-Bauru / Albano
Gescom

Conferência de encerramento:
15 José Luiz Fiorin Auditório José
Relações entre linguagem e história na
horas USP / GESUSP Albano
Semiótica.

INTERVALO PARA CAFÉ

Palavra facultada aos conferencistas e aos


16 horas Cerimônia de Auditório
participantes da homenagem a José Luiz
e 30 min homenagem. José Albano
Fiorin e outorga de placa.