Você está na página 1de 5

RESISTIVIDADE DOS MATERIAIS

1. Calcular a resistência de um fio de alumínio de 200m de comprimento e 2 mm2 de área.


2. Um fio de cobre tem 2 mm de diâmetro, aplicando-se uma tensão de 20V ao fio, resulta
uma corrente de 2A. Qual o comprimento do fio?
3. Aumentando-se duas vezes o comprimento de um fio, e dobrando-se o seu raio, qual será
a relação entre as resistências do fio nos dos casos casos?
4. Comparar a massa necessária para que de dois fios, um de cobre e o outro de alumínio,
com 1 km de comprimento tenham 1Ω de resistência elétrica.
5. Um fio de cobre tem 1 km de comprimento e 20 mm2 de área. Entre as extremidades do
fio é aplicada uma tensão de 12V. Calcule a intensidade da corrente que percorre.
6. Um fio tem uma resistencia de 20 Ω. Retira-se do fio um pedaço de 2,5m de
comprimento, a resistência do fio passa a valer 12Ω. Qual era o comprimento inicial do
fio?
7. Um fio de cobre tem a mesma secção de um fio de tungstênio. Qual deverá ser a relação
entre os seus comprimentos, para que tenham a mesma resistência elétrica?
8. Um fio tem uma resistência de 100Ω. Acrescentado-se 0,5m de comprimento, a
resistência passa a ser 120 Ω. Qual era o comprimento original do fio?
9. Dois fios, um de alumínio e outro de tungstênio, tendo a mesma secção, devem ser
percorridos pela mesma corrente quando submetidos à mesma tensão. Qual deve ser a
relação entre os seus comprimentos?
10. Uma lâmpada tem as características 127V/0,8A. dipõe-se de uma fonte de 220V. Para ligar
a lâmpada na fonte, devemos dividir a tensão, e para isso ligamos um resistor em série
com lâmpada. Dimensione esse resistor.
11. No circuito da figura, a lâmpada tem as especificações 127V/1,81A. calcule o menor valor
da resistência que pode ser colocado em paralelo com a lâmpada, sem que o fusível
queime.

X 127V
IL 1,81A

IF 5A IR
R

127 V
12. Dois resistores são ligados em paralelo, sendo um o dobro do outro. Aplicando-se uma
tensão de 20V na associação, verifica-se que o de menor valor é percorrido por uma
corrente de 0,1 A. Quais os valores das resistências?
13. Determinar a intensidade da corrente em todos os resistores mostrados no seguinte
circuito elétrico.

14. Determinar a resistência equivalente entre os pontos A e B.

15. Determinar R para que a lâmpada funcione dentro de suas características.

16. Determinar o valor de R no circuito.


17. No seguinte circuito, determinar o valor da corrente I5. Aplicar o método da superposição.

9V

18. Para o circuito elétrico da figura, calcule a corrente em cada resistor.

19. Calcule as tensões em cada um dos resistores do circuito. Utilize o método das malhas.
20. Determine as correntes nos ramos B e C do seguinte circuito elétrico: USE O METODO DE
CRAMER.

B C

21. Calcule a corrente IRL sobre o resistor RL usando o teorema da superposição.

22. Determine as correntes nos ramos B e C do seguinte circuito elétrico: USE O METODO DA
MATRIZ INVERSA.

68 V 18 V

B C

23. Determine as correntes nos ramos B e C do seguinte circuito elétrico: USE O METODO DE
GAUSS JORDAN.
82 V

68 V 18 V

B C