Você está na página 1de 2

GIT

Legenda:

Descrição com cor correspondente Explicação

1)

Comando principal Comandos padrões do GIT

2)

Comando secundário Comando que vem após comando principal, sendo mutável à preferência do usuário (pode escolher outro comando secundário para fazer outra tarefa)

3)

<Coloque oque se pede> Preencha as informações que se pedem entre os símbolos “<” e “>”, mas não inclua os símbolos.

Comandos:

1) Configuração básica

git --config global user.name <seu nome>Define nome no git

git --config global user.email <seu email> Define email no git

2) Arquivos

clear Limpa tela

ls Lista arquivos presentes no diretório

start . Abre janela no diretório atual

cd </caminho/para/o/diretorio> Navega até a pasta que deseja

Alternativa: cd selecionar e arrastar a pasta que deseja para o console

Retorna um diretório

cd

cat <arquivo> Lista informações de dentro do arquivo

mkdir <pasta> Cria pasta

touch <arquivo> Cria arquivo

touch .gitignore Cria arquivo para ignorar tracking de arquivos específicos (precisa colocar nome dos arquivos, inclusive o .gitignore dentro para os ignorar no monitoramento)

echo <arquivo> >> <arquivoAlvo> Insere texto em arquivo (se arquivo não existe, é criado novo)

notepad <arquivo> Abre arquivo no notepad

git rm <arquivo> Exclui arquivo da Working directory e Staging Area

git init Cria repositório vazio local para controle de versão (pasta ".git" invisível é criada)

git clone </caminho/para/o/repositório> cria cópia de trabalho em repositório local

git status Mostra quais arquivos precisam ser adicionads ou comitados.

git add * ou git add <arquivo>adiciona os arquivos ao Index

precisam ser adicionads ou comitados. • git add * ou git add <arquivo> → adiciona os

3) Commits

git commit -m "comentários das alterações" Confirma mudanças (faz commit) e envia para o HEAD, mas não para repositório remoto.

git commit -a -m "comentários das alterações" Adiciona arquivos e confirma mudanças

git push origin master ou git push Envia arquivos para repositório remoto (se for necessário, altere "master" para qualquer branch que deseje)

git diff Mostra oque foi alterado no arquivo do Working area

git diff --staged Mostra mudanças do arquivo na Staging Area

git commit --amend -m "comentários das alterações" Edita alterações após commit de arquivo (somente se arquivo ainda estiver no Index)

git reset HEAD <arquivo> Retira arquivo da Staging Area (Não exclui o arquivo, só desfaz o comando "commit -m")

git checkout -- <arquivo> Reverte alterações ao estado original do último commit, para arquivo que esteja ainda no Working directory (Cuidado! Use espaço depois de "--")

4) Logs

git log --pretty=oneline Mostra código de cada commit e a mensagem do commit

git log Mostra log de todos commits do projeto

git log -p Mostra log e diff de todos os commits (Mostra em formato de paginação. Pressionar "Enter" para ler até o final e para finalizar, pressionar "q")

git log -p -n Limita a quantidade de commits da paginação, onde "n" é a quantidade de commits que se quer mostrar.

gitk Abre visualizador gráfico de relatórios do GIT

5) Tags

git tag Lista todas as tags existentes no repositório

git tag -a <v1.0> -m "comentários das alterações" Cria tag anotada, guarda nome de quem criou. (A tag é sempre criada no commit atual). Obs: normalmente se escreve "versão x.x" nos comentários.

git tag -a <v1.0> <chave do commit> -m "comentários das alterações" Cria tag para commit à sua escolha

git tag -d <v1.0> Exclui uma tag

git show <v1.0> Mostra quem criou a tag e quando

git checkout <v1.0> Faz a troca dos arquivos locais para o estado da tag selecionada

git checkout master Retorna arquivos locais para o estado original

6) Branchs

git branch Lista todos os branchs existentes no repositório

git branch <nomeBranch> Cria um novo branch

git branch -d <nomeBranch> Exclui branch

git checkout <nomeBranch> Muda o working directory para os arquivos do branch

git checkout -b <nomeBranch> Cria novo branch e muda a arquivos da working directory para o branch

git merge <nomeBranch> Implementa alterações do branch que quer (utilizar esse comando no branch de destino)