Você está na página 1de 2

PEÇA

Pai - Seria, grosso com a família, na igreja é muito legal. (Raimundo);


Mãe - Briguenta, fofoqueira (Maria das dores);
Filha - Está tentando se firmar na fé a pesar de toda sua situação familiar (Sara);
Filho - Rebelde, sai a noite, viciado no free fire; (Genésio)

Cenário: Sala/quarto de uma casa

Narrador: Analiana Efesios 6. 1-3

Mãe chega da feira falando mal de uma irmã ao telefone, a filha vai estar no sofá
estudando.

Mãe: Sara tu ainda não lavou essa louça?


Filha: Mãe, foi a única coisa que eu ainda não fiz, já fiz todo o resto.
Mãe: Mas essa menina não faz nada mesmo, tudo sou eu dentro dessa casa, não
me ajuda em nada.
Filha: Mas mãe, eu preciso estudar, tenho prova daqui a pouco.
Mãe: Eu não quero saber. Cadê o Genésio?
Filha: Ele saiu, não disse pra onde.
Mãe: (fala enquanto liga pra alguem) O meu filho, será que comeu antes de sair?
(Volta a fofocar no telefone).

(Família se arrumando pra ir pra o culto. Pai entra em cena)

Pai: Das dores, mulher, cadê minha gravata? Já quero deixar minhas coisas
arrumadas para hora do culto. Tenho que estar sempre bem arrumado, você
sabe.
Mãe: Procure na gaveta Raimundo está lá.
Pai: Tá não, que eu não tô vendo.
Mãe: Tá vou procurar, mas enquanto isso por favor, tente convencer Genésio a ir
ao culto conosco!
Pai: Levar pro culto? Tem que levar ele é pra arrumar um emprego. Esse menino
não quer fazer nada da vida. Passa o dia inteiro no celular com negócio de jogo.
Qualquer dia desse eu levo ele é pra fora de casa!
(Genésio entra em cena olhando para o celular, com os fones de ouvidos)
Mãe: Meu filho, onde você estava? Tá com fome?
Filho: Eu tava ali com os meninos - ei, ei, ei tem bolsa nv. 3 aqui no galpão, corre.
Pai: Tu tava aonde Genésio? Eu deveria era te dar uma surra. Tamanho macho
desse que não quer nada com a vida, não procura um emprego, não quer estudar,
não que nada com Deus...
Filho: Falou o "Santão"! Tu é um hipócrita sio, paga de crente na igreja, mas em
casa de crente não tem nada. Só pensa em se aparecer para os irmãos da igreja.
Se for pra ser como tu eu prefiro não piso mais em igreja nenhuma.
Pai: Tu procura me respeitar, tu mora debaixo do meu teto, come da minha
comida e acha que pode me dar lição de moral?
Filho: Muito hipócrita mesmo...
(Filho sai de cena, pais ficam discutindo, a filha sai de cena em prantos para o
seu quarto).

Filha: Senhor... Eu não aguento mais essa situação... É tão difícil ver a minha
família nesse estado, é tão difícil me manter firme assim... A minha mãe não vê
nada que eu faço de bom, só sabe brigar e falar mal dos irmão da igreja... É tão
difícil me manter obediente a ela dessa forma, sendo que a todo tempo eu só
me entristeço e me iro, me sinto desprezada dentro do meu próprio lar! Meu pai,
Senhor... Só pensa em agradar os de fora, não liga pra nós... é tão difícil isso...
Meu irmão, está desviado a tanto tempo, acha que te servir é algo falso por conta
de papai... Não acredita mais na salvação, as vezes eu mesma duvido da minha...
Senhor, me ajuda! Senhor, o que eu devo fazer? Senhor, eu preciso da tua ajuda,
da tua luz, me responde, Senhor!!! Olha para mim nesse momento de angústia,
me responde, espírito Santo! (Sara fica em prantos e Deus responde sua oração
por meio de Efesios 6. 10-20.)

Espírito Santo: Filha minha, não temas, eu estou contigo, lembra-te tão somente
da minha palavra e te revesti da minha armadura para poderes permanecer firme
contra as ciladas do diabo. Estais pois firmes e revestida da couraça da justiça,
lembra-te de calçar os teus pés, com a preparação do evangelho da paz, e seja
minha imitadora para a salvação do teu lar. Sobretudo, te arma com o escudo da
fé para apagar os dardos inflamados do maligno, e deleita-te na minha palavra
que é a espada do Espírito.

Narrador: Após esse momento, a jovem Sara perseverou orando fervorosamente


ao Pai, em Espírito, em todas as ocasiões. Não desanimando, trabalhando com
dedicação e alegria na obra do Senhor. Por meio de orações e súplicas, o seu
bom testemunho dentro de casa, como filha obediente, foi usado pelo Espírito
Santo para transformar o coração de sua mãe e o relacionamento entre ambas.
De igual modo, o seu bom testemunho dentro e fora de casa foi usado para
transformar o coração de seu pai. Ao calçar as sandálias da preparação do
evangelho da paz, a vida do seu irmão foi resgatada. Sua vida foi utilizada por
Deus como porta para a transformação do seu lar, e finalmente aquela jovem
pode falar "Eu e minha casa, servimos ao Senhor!"

Última modificação: 00:01