Você está na página 1de 29

1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

EDITAL 2020 PROCESSO DE SELEÇÃO DOUTORADO EM MÚSICA

1. INFORMAÇÕES GERAIS

A Comissão de Pós-Graduação do Programa de Pós-Graduação em Música do Instituto de Artes

da Universidade Federal do Rio Grande do Sul torna público o Edital do Processo de Seleção para Ingresso no Curso de Doutorado em Música.

Será oferecido um total de até 16 vagas para todas as áreas de concentração.

Os interessados deverão realizar sua inscrição por e-mail (ppgmus@ufrgs.br). As inscrições estarão abertas no período entre 12 e 30 de agosto de 2019, até as 23h59. A homologação das inscrições será realizada até o dia 04 de setembro de 2019. A lista das inscrições homologadas será disponibilizada no site do Programa de Pós-Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica). Recursos deverão ser encaminhados, via e-mail (ppgmus@ufrgs.br), de 05 a 06 de setembro de 2019. Os recursos serão respondidos até 10 de setembro de 2019.

A taxa de Inscrição deve ser paga em agência do Banco do Brasil através de Guia de Recolhimento

da União disponível no endereço http://www1.ufrgs.br/guiarecolhimento/pagamentoexterno.php, preenchida com os seguintes dados:

Nome do Contribuinte: [nome do candidato] CPF do Contribuinte: [CPF do candidato] Vencimento: [data do pagamento] Valor Documento: R$ 130,00 (Cento e trinta reais) Descrição do Recolhimento: Taxa de Inscrição Concurso Público Unidade Gestora: 153325 Instituto de Artes Observações Gerais: [inscrição seleção PPG Música]

Os candidatos que desejarem solicitar isenção de pagamento da taxa de inscrição deverão preencher o formulário específico (anexo neste edital) e encaminhá-lo com toda a documentação exigida via e-mail (ppgmus@ufrgs.br) à Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Música até o dia 19 de agosto de 2019. Não serão considerados pedidos de isenção encaminhados após essa data. Os candidatos estrangeiros que encontrarem dificuldade para realizar o pagamento da taxa de inscrição devem encaminhar o formulário de isenção de pagamento junto com o restante da documentação. A lista dos candidatos considerados isentos da taxa de inscrição será

2

disponibilizada no site do Programa de Pós-Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 21 de agosto de 2019. Recursos referentes à isenção de pagamento de taxa de inscrição poderão ser encaminhados ao Programa de Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 22 e 23 de agosto de 2019. A resposta aos recursos será disponibilizada até o dia 27 de agosto de 2019.

O processo de seleção para todas as áreas de concentração constará de duas etapas, ambas

eliminatórias e com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação.

A primeira etapa do processo de seleção, especificada, a seguir, conforme cada área de

concentração, constará da análise da documentação enviada no ato da inscrição.

A lista dos candidatos aprovados na primeira etapa será disponibilizada no site do Programa de

Pós-Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 18 de setembro de 2019. Recursos referentes à primeira etapa do processo de seleção poderão ser encaminhados ao Programa de Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 23 e 26 de setembro de 2019. A resposta aos recursos será disponibilizada até o dia 02 de outubro de 2019.

O cronograma detalhado da segunda etapa será disponibilizado no site do Programa de Pós-

Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 03 de outubro de 2019. A segunda etapa do processo de seleção, especificada, a seguir, conforme cada área de concentração, será realizada no período de 18 a 21 de novembro de 2019.

A lista dos candidatos aprovados na segunda etapa será divulgada até o dia 28 de novembro de

2019, no site do Programa de Pós-Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica). Recursos poderão ser encaminhados por e-mail (ppgmus@ufrgs.br) ao Programa de Pós-Graduação em Música entre os dias 02 e 04 de dezembro de 2019, até as 23h59. A resposta aos recursos será disponibilizada até o dia 06 de dezembro de 2019.

O processo de seleção se dará de acordo com as disposições a seguir, apresentadas para cada

área de concentração.

2. DA INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E RESULTADOS

A) ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: COMPOSIÇÃO

A seleção para ingresso na Área de Concentração Composição dar-se-á de acordo com as

seguintes disposições:

DA INSCRIÇÃO

Para a inscrição, o candidato deverá enviar os seguintes documentos*:

Formulário de inscrição para Doutorado em Música, Área de Concentração: Composição

3

(disponível no site do programa);

Cópia do documento de identidade ou, no caso de candidatos estrangeiros, cópia do passaporte ou documento de identidade válido em seu país de origem;

Cópia do CPF, para candidatos brasileiros;

Cópia do diploma de graduação (ou atestado de conclusão do curso de graduação); no caso de diploma obtido em instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada*;

Cópia do histórico escolar de graduação; no caso de histórico fornecido por instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do diploma de mestrado; no caso de diploma obtido em instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do histórico escolar de mestrado; no caso de histórico fornecido por instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do trabalho final de mestrado;

Projeto para a área de composição (incluindo súmula das questões específicas que o candidato se propõe a desenvolver durante o curso de Doutorado)**;

Carta expondo os motivos para cursar o doutorado;

Portfólio de composições do candidato, incluindo partituras e gravações em áudio das composições (não serão aceitas gravações sintetizadas de composições, à exceção de peças eletroacústicas) ou Portfólio de trabalhos e publicações na área específica de investigação composicional conforme o projeto para a área de Composição (poderá ser enviado um link para acesso e download da gravação);

Curriculum Vitae (preferencialmente na Plataforma Lattes);

Comprovante de pagamento da taxa de inscrição (ver Informações Gerais).

*Não serão aceitas inscrições condicionais para posterior acréscimo de documentos, com exceção dos candidatos formandos em curso de graduação, cuja comprovação de conclusão deve ser impreterivelmente apresentada no ato da matrícula.

** O projeto deverá ser digitado em tamanho A4, com espaço 1,5 e fonte Times New Roman, tamanho 12, e conter no máximo 10 páginas, excluindo-se folha de rosto e referências bibliográficas. Deverá ser adequado à linha de pesquisa da área de concentração Composição e apresentar folha de rosto, resumo, problema de pesquisa, justificativa, objetivos, referencial teórico, metodologia e referências bibliográficas.

4

A homologação das inscrições será realizada até o dia 04 de setembro de 2019. A lista das

inscrições homologadas será disponibilizada no site do Programa de Pós-Graduação em Música

(www.ufrgs.br/ppgmusica). Recursos deverão ser encaminhados, via e-mail (ppgmus@ufrgs.br), de 05 a 06 de setembro de 2019. Os recursos serão respondidos até 10 de setembro de 2019.

DA SELEÇÃO

O processo de seleção para a área de concentração Composição constará de duas etapas, ambas

eliminatórias e com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação.

I PRIMEIRA ETAPA: ANÁLISE DO PORTFÓLIO DE COMPOSIÇÕES E DA DOCUMENTAÇÃO

A Comissão de Seleção avaliará os candidatos inscritos com base na análise do portfólio de

composições e dos demais documentos apresentados no ato da inscrição. Os candidatos serão avaliados de acordo com o seguinte conjunto de procedimentos e critérios:

Análise do mérito acadêmico/artístico do currículo e do histórico escolar da graduação e do mestrado, aferido a partir das disciplinas cursadas e do número de aprovações e seus respectivos conceitos;

Análise do mérito acadêmico do trabalho final de

apreciação da linha composicional adotada e da análise do texto do

composição;

mestrado, aferido a partir da

memorial de

Análise do mérito técnico-artístico do projeto para a área de composição, do portfólio de composições ou do portfólio de trabalhos e publicações, e do projeto para a área de composição, aferido a partir da comprovação da regularidade e da continuidade da produção intelectual, bem como da consistência do projeto em relação a essa mesma produção intelectual;

Apreciação da linha de investigação adotada pelo candidato, com vistas a avaliar a

possibilidade de orientação do trabalho doutoral proposto em relação à capacidade de orientação do Programa.

A lista dos candidatos aprovados na primeira etapa será divulgada no site do Programa de Pós-

Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 18 de setembro de 2019. Recursos referentes à primeira etapa do processo de seleção poderão ser encaminhados ao Programa de

Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 23 e 26 de setembro de 2019, até as 23h59. Os recursos serão respondidos até 02 de outubro de 2019.

II SEGUNDA ETAPA: PROVAS ESCRITAS, ENTREVISTA INDIVIDUAL E ARGUIÇÃO SOBRE O PORTIFÓLIO DE COMPOSIÇÕES

5

Na segunda etapa do processo de seleção, a ser realizada no período de 18 a 21 de novembro de 2019, os candidatos aprovados na primeira etapa realizarão as provas descritas a seguir. O cronograma detalhado da segunda etapa será disponibilizado no site do Programa de Pós- Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 03 de outubro de 2019.

1. PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTOS MUSICAIS

A prova escrita de conhecimentos musicais consistirá de quatro questões dissertativas sobre problemas composicionais, teorias analíticas e repertórios composicionais dos séculos XX e XXI, das quais o candidato será solicitado a responder duas. A prova tem caráter eliminatório, com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação. Os candidatos serão avaliados:

pela capacidade de contextualização teórico-metodológica de suas respostas no campo disciplinar;

pelas reflexões articuladas à bibliografia;

pelo pensamento autônomo e crítico;

pela consistência e clareza da redação.

Duração: 4 (quatro) horas.

2. AVALIAÇÃO DE COMPREENSÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA DE INTERESSE PARA A ÁREA

LÍNGUA INGLESA: tradução de um texto de temática musical, sendo facultado o uso de dicionário, visando a aferir a compreensão do candidato sobre texto em inglês. Essa prova é realizada para diagnóstico da compreensão do idioma, sem atribuição de nota.

Duração: 2 (duas) horas.

3. AVALIAÇÃO DE COMPREENSÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA DE INTERESSE PARA A ÁREA

LÍNGUA FRANCESA OU ALEMÃ: tradução de um texto de temática musical, sendo facultado o uso de dicionário, visando aferir a compreensão do candidato sobre texto na língua escolhida

(alemã ou francesa). Essa prova é realizada para diagnóstico da compreensão do idioma, sem atribuição de nota.

Duração: 2 (duas) horas

6

DE TRABALHOS E PUBLICAÇÕES E DEFESA DO PROJETO: a Comissão de Seleção entrevistará o candidato com o objetivo de avaliar seu perfil acadêmico. Nesta ocasião, os candidatos serão arguidos sobre o seu portfólio de composições ou sobre seu portfólio de trabalhos e publicações, a adequação do projeto doutoral ao perfil de orientação do Programa, as perspectivas de seu desenvolvimento acadêmico a partir da análise do histórico escolar e do curriculum vitae.

Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem nota mínima 7 (sete) na média ponderada das notas das provas, sendo considerados os seguintes pesos:

Prova escrita de conhecimentos musicais: peso 7;

Entrevista individual e arguição sobre o portfolio de composições ou portfolio de trabalhos e publicações e defesa do projeto: peso 3.

Em caso de desempate, se necessário, será considerado aprovado aquele candidato que tiver obtido a nota mais alta na prova escrita de conhecimentos musicais. Persistindo o empate, será utilizada como critério de desempate a nota mais alta obtida na entrevista individual e arguição sobre o portfólio de composições ou portfólio de trabalhos e publicações.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA:

BENT, Ian. Analysis. In: SADIE, S. (Ed.). The New Grove Dictionary of Music and Musicians. London:

Macmillan Publishers Limited, 2001. v. 1, p. 526-589.

GROUT, Donald Jay. A history of western music. 8. ed. New York: Norton, 2009.

KRAMER, Jonathan. The Time of Music. New York: MacMillan, 1988.

MEYER, Leonard B. Emotion and Meaning in Music. Chicago: Chicago University Press, 1961.

MEYER, Leonard B. Music, the Arts and Ideas. Chicago: Chicago University Press, 1994.

NEVES, José Maria. Música contemporânea brasileira. São Paulo: Ricordi Brasileira, 1981.

ROSS, Alex. O resto é ruído. Ouvindo o século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

Periódicos e revistas

Em Pauta (UFRGS) (disponível em: http://seer.ufrgs.br/EmPauta)

Música em Perspectiva (UFPR) (disponível em: https://revistas.ufpr.br/musica)

Música Hodie (disponível em: www.revistas.ufg.br/musica/index)

Opus (disponível em: http://www.anppom.com.br/opus)

Per Musi (disponível em: http://www.musica.ufmg.br/permusi)

Revista Claves (disponível em: http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/claves)

7

DOS RESULTADOS

A lista dos candidatos aprovados na segunda etapa será divulgada até o dia 28 de novembro de

2019, no site do Programa de Pós-Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica). Recursos poderão ser encaminhados ao Programa de Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 02 e 04 de dezembro de 2019, até as 23h59. Os recursos serão respondidos até 06 de dezembro de 2019.

B) ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: EDUCAÇÃO MUSICAL

A seleção para ingresso na Área de Concentração Educação Musical dar-se-á de acordo com as

seguintes disposições:

DA INSCRIÇÃO

Para a inscrição, o candidato deverá enviar os seguintes documentos*:

Formulário de inscrição para Doutorado em Música, Área de Concentração Educação Musical (disponível no site do Programa);

Cópia do documento de identidade ou, no caso de candidatos estrangeiros, cópia do passaporte ou documento de identidade válido em seu país de origem;

Cópia do CPF, para candidatos brasileiros;

Cópia do diploma de graduação (ou atestado de conclusão do curso de graduação); no caso de diploma obtido em instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada*;

Cópia do histórico escolar de graduação; no caso de histórico fornecido por instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do diploma de mestrado; no caso de diploma obtido em instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do histórico escolar de mestrado; no caso de histórico fornecido por instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia da dissertação de mestrado;

8

Projeto de pesquisa para a área de Educação Musical**;

Carta expondo os motivos para cursar o doutorado;

Curriculum Vitae (preferencialmente na Plataforma Lattes);

Comprovante de pagamento da taxa de inscrição (ver Informações Gerais).

*Não serão aceitas inscrições condicionais para posterior acréscimo de documentos, com exceção dos candidatos formandos em curso de graduação, cuja comprovação de conclusão deve ser impreterivelmente apresentada no ato da matrícula.

**O projeto deverá ser digitado em tamanho A4, com espaço 1,5 e fonte Times New Roman, tamanho 12, e conter no máximo 10 páginas, excluindo-se folha de rosto e referências bibliográficas. Deverá ser adequado à linha de pesquisa da área de concentração e apresentar folha de rosto, resumo, problema de pesquisa, justificativa, objetivos, referencial teórico, metodologia e referências bibliográficas.

DA SELEÇÃO

O processo de seleção para a área de concentração Educação Musical constará de duas etapas,

ambas eliminatórias e com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação.

I PRIMEIRA ETAPA: ANÁLISE DO PROJETO DE PESQUISA E DA DOCUMENTAÇÃO

A Comissão de Seleção avaliará os candidatos inscritos com base na análise do projeto de

pesquisa e dos demais documentos apresentados no ato da inscrição. Os candidatos serão

avaliados de acordo com o seguinte conjunto de procedimentos e critérios:

• Análise do currículo e do histórico escolar da graduação e do mestrado, aferido a partir das disciplinas cursadas e do número de aprovações e seus respectivos conceitos;

• Análise da pertinência da dissertação de mestrado à área de concentração Educação

Musical;

Análise do projeto de pesquisa proposto de acordo com os seguintes critérios: relevância

e

consistência teórica; revisão de literatura atualizada; pertinência à área de concentração

e

à linha de pesquisa e adequação ao tempo de realização do curso (48 meses);

Comprovação de experiência profissional continuada em Educação Musical.

A lista dos candidatos aprovados na primeira etapa será divulgada no site do Programa de Pós-

Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 18 de setembro de 2019. Recursos

9

referentes à primeira etapa do processo de seleção poderão ser encaminhados ao Programa de Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 23 e 26 de setembro de 2019, até as 23h59. Os recursos serão respondidos até 02 de outubro de 2019.

II SEGUNDA ETAPA: PROVAS ESCRITAS E ENTREVISTA INDIVIDUAL E DEFESA DO PROJETO

Na segunda etapa do processo de seleção, a ser realizada no período de 18 a 21 de novembro de 2019, os candidatos aprovados na primeira etapa realizarão as provas descritas a seguir. O cronograma detalhado da segunda etapa será disponibilizado no site do Programa de Pós- Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 03 de outubro de 2019.

1. PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTOS EM EDUCAÇÃO MUSICAL:

A prova consistirá de uma questão dissertativa que o candidato escolherá a partir de duas questões formuladas dentre tópicos relevantes da área de Educação Musical. A prova tem caráter eliminatório, com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação. Os candidatos serão avaliados:

pela capacidade de contextualização teórico-metodológica de suas respostas no campo disciplinar;

• pelas reflexões articuladas à bibliografia;

• pelo pensamento autônomo e crítico;

• pela consistência e clareza da redação.

Duração: 4 (quatro) horas.

2. AVALIAÇÃO DE COMPREENSÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA DE INTERESSE PARA A ÁREA

LÍNGUA INGLESA: tradução de um texto de temática musical, sendo facultado o uso de dicionário, visando aferir a compreensão do candidato sobre texto em inglês. Essa prova é realizada para diagnóstico da compreensão do idioma, sem atribuição de nota.

Duração: 2 (duas) horas.

3. AVALIAÇÃO DE COMPREENSÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA DE INTERESSE PARA A ÁREA

LÍNGUA ALEMÃ OU FRANCESA: tradução de um texto de temática musical, sendo facultado o uso de dicionário, visando aferir a compreensão do candidato sobre texto na língua escolhida, alemã

10

ou francesa. Essa prova é realizada para diagnóstico da compreensão do idioma, sem atribuição de nota.

Duração: 2 (duas) horas.

4. ENTREVISTA INDIVIDUAL E DEFESA DO PROJETO: a Comissão de Seleção entrevistará cada

candidato, com o objetivo de avaliar seu perfil acadêmico. Nesta ocasião, os candidatos serão arguidos sobre o seu projeto de pesquisa, a adequação do plano de estudos ao perfil do Programa, as perspectivas de seu desenvolvimento acadêmico a partir da análise do histórico escolar, do curriculum vitae e dos trabalhos publicados.

5. PRODUÇÃO INTELECTUAL: avaliação de até duas publicações, se houver, a serem entregues

no ato da inscrição, a serem avaliadadas nessa segunda etapa. A prova tem caráter eliminatório,

com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação.

Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem nota mínima 7 (sete) na média ponderada das notas das provas, sendo considerados os seguintes pesos:

Prova escrita de conhecimentos em educação musical: peso 7;

Entrevista individual e defesa do projeto: peso 2;

Produção intelectual: peso 1.

Em caso de desempate, se necessário, será considerado aprovado aquele candidato que tiver obtido a nota mais alta na prova escrita de conhecimentos em educação musical. Persistindo o empate, serão utilizadas como critério de desempate as notas mais altas obtidas, subsequentemente, (1) na entrevista individual e defesa do projeto e (2) na produção intelectual.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA:

COWELL, R. (Ed.). Handbook of research on music teaching and learning. New York: Schirmer Books, 1992.

COWELL, R.; RICHARDSON, C. (Ed.). The new handbook of research on music teaching and learning. Oxford: Oxford University Press, 2002.

DEL-BEN, L. Música, ensino e educação básica. In: SILVA, H. L; ZILLE, A. B. Música e educação. Barbacena: EdUEMG, 2015. (Série Diálogos com o Som. Ensaios, v. 2). Disponível em:

%20SERIE%20DIALOGOS%20COM%20O%20SOM%20VOL.%202.pdf>.

11

MCPHERSON, Gary E.; WELCH, Graham F. (Eds.). The Oxford Handbook of Music Education, Volume 1. Oxford University Press, 2012.

MCPHERSON, Gary E.; WELCH, Graham F. (Eds.). The Oxford Handbook of Music Education, Volume 2. Oxford University Press, 2012

OLIVEIRA, P. de S. Metodologia das ciências humanas. São Paulo: Hucitec/Unesp,

1998.

SMALL, C. Music, society, education. London: John Calder, 1980.

SMALL, C. Musicking: the meanings of performing and listening. Hanover: University Press of New England, 1998.

SOUZA, J. (Org.). Música, cotidiano e educação. Porto Alegre: Programa de Pós-Graduação em Música do Instituto de Artes da UFRGS, 2000.

SOUZA, J. (Org.). Aprender e ensinar música no cotidiano. Porto Alegre: Sulina, 2008.

Periódicos e Anais

Anais dos encontros e congressos anuais da Abem (disponíveis em:

Anais dos encontros e congressos da Anppom (disponíveis em:

Em Pauta (UFRGS) (disponível em: http://seer.ufrgs.br/EmPauta)

International Journal of Music Education (Isme) (disponível em:

Journal of Research in Music Education (disponível em: http://www.periodicos.capes.gov.br/

Música em Perspectiva (UFPR) (disponível em: https://revistas.ufpr.br/musica)

Música Hodie (disponível em: http://www.revistas.ufg.br/musica/index)

Opus (disponível em: http://www.anppom.com.br/opus)

Per Musi (disponível em: http://www.musica.ufmg.br/permusi)

Portal de Periódicos da CAPES-MEC (disponível em:

Revista Vórtex (disponível em: http://vortex.unespar.edu.br/)

SciELO - Scientific Electronic Library Online (disponível em: http://www.scielo.br/?lng=pt)

12

DOS RESULTADOS

A lista dos candidatos aprovados na segunda etapa será divulgada até o dia 28 de novembro de

2019, no site do Programa de Pós-Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica). Recursos poderão ser encaminhados ao Programa de Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 02 e 04 de dezembro de 2019, até as 23h59. Os recursos serão respondidos até 06 de dezembro de 2019.

C) ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: ETNOMUSICOLOGIA/MUSICOLOGIA

A seleção para ingresso na Área de Concentração Etnomusicologia/Musicologia dar-se-á de

acordo com as seguintes disposições:

DA INSCRIÇÃO

Para a inscrição, o candidato deverá enviar os seguintes documentos*:

Formulário de inscrição para Doutorado em Música, área de concentração Etnomusicologia/Musicologia (disponível no site do Programa);

Cópia do documento de identidade ou, no caso de candidatos estrangeiros, cópia do passaporte ou documento de identidade válido em seu país de origem;

Cópia do CPF, para candidatos brasileiros;

Cópia do diploma de graduação (ou atestado de conclusão do curso de graduação); no caso de diploma obtido em instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada*;

Cópia do histórico escolar de graduação; no caso de histórico fornecido por instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do diploma de mestrado; no caso de diploma obtido em instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do histórico escolar de mestrado; no caso de histórico fornecido por instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia da dissertação de mestrado;

Projeto de pesquisa para a área de Etnomusicologia/Musicologia **;

Exposição de motivos para cursar o doutorado na área (máximo de 2 páginas digitadas

13

em espaço 1,5);

Duas cartas de recomendação, sendo uma do orientador da dissertação de mestrado;

Curriculum Vitae (preferencialmente na Plataforma Lattes).;

Comprovante de pagamento da taxa de inscrição (ver Informações Gerais).

*Não serão aceitas inscrições condicionais para posterior acréscimo de documentos, com exceção dos candidatos formandos em curso de graduação, cuja comprovação de conclusão deve ser impreterivelmente apresentada no ato da matrícula.

** O projeto deverá ser digitado em tamanho A4, com espaço 1,5 e fonte Times New Roman, tamanho 12, e conter no máximo 12 páginas, excluindo-se folha de rosto e referências bibliográficas. Deverá ser adequado à linha de pesquisa da área de concentração Etnomusicologia/Musicologia e apresentar folha de rosto, resumo, problema de pesquisa, justificativa, objetivos, referencial teórico, metodologia e referências bibliográficas.

DA SELEÇÃO

O processo de seleção para a área de concentração Etnomusicologia/Musicologia constará de duas etapas, ambas eliminatórias e com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação.

I PRIMEIRA ETAPA: ANÁLISE DO PROJETO DE PESQUISA E DA DOCUMENTAÇÃO

A

Comissão de Seleção avaliará os candidatos inscritos com base na análise do projeto de pesquisa

e

dos demais documentos apresentados no ato da inscrição. Os candidatos serão avaliados de

acordo com o seguinte conjunto de critérios:

Análise do currículo e do histórico escolar da graduação e do mestrado, aferido a partir das disciplinas cursadas e do número de aprovações e seus respectivos conceitos;

Análise

da

pertinência

da

dissertação

de

Etnomusicologia/ Musicologia;

mestrado

à

área

de

concentração

Análise do projeto de pesquisa proposto de acordo com os seguintes critérios: relevância e consistência teórica; revisão de literatura atualizada; pertinência à área de concentração e à linha de pesquisa e adequação ao tempo de realização do curso (48 meses);

Formação pós-graduada, experiência de pesquisa.

A lista dos candidatos aprovados na primeira etapa será divulgada no site do Programa de Pós-

Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 18 de setembro de 2019. Recursos

14

referentes à primeira etapa do processo de seleção poderão ser encaminhados ao Programa de Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 23 e 26 de setembro de 2019, até as 23h59. Os recursos serão respondidos até 02 de outubro de 2019.

II SEGUNDA ETAPA: PROVAS ESCRITAS E ENTREVISTA INDIVIDUAL E DEFESA DO PROJETO

Na segunda etapa do processo de seleção, a ser realizada no período de 18 a 21 de novembro de 2019, os candidatos aprovados na primeira etapa realizarão as provas descritas a seguir. O cronograma detalhado da segunda etapa será disponibilizado no site do Programa de Pós- Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 03 de outubro de 2019.

1. PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTOS EM ETNOMUSICOLOGIA/MUSICOLOGIA:

A prova, sem consulta, consistirá em duas questões formuladas a partir dos seguintes tópicos:

produção documental (teorias, métodos, técnicas de pesquisa e interpretação de dados);

temas e problemas teóricos postulados pelos paradigmas clássicos e contemporâneos do campo disciplinar.

A prova tem caráter eliminatório, com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação. Os candidatos serão avaliados:

pela capacidade de contextualização teórico-metodológica de suas respostas no campo disciplinar;

pelas reflexões articuladas à bibliografia;

pelo pensamento autônomo e crítico;

pela consistência e clareza da redação.

Duração: 4 (quatro) horas.

2. AVALIAÇÃO DE COMPREENSÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA DE INTERESSE PARA A ÁREA

LÍNGUA INGLESA: tradução de um texto de temática musical, sendo facultado uso de dicionário,

visando aferir a compreensão do candidato sobre texto em inglês. Essa prova é realizada para diagnóstico da compreensão do idioma, sem atribuição de nota.

Duração: 2 (duas) horas.

15

3. AVALIAÇÃO DE COMPREENSÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA DE INTERESSE PARA A ÁREA

LÍNGUA ALEMÃ OU FRANCESA: tradução de um texto de temática musical, sendo facultado o uso de dicionário, visando aferir a compreensão do candidato sobre texto na língua escolhida (alemã ou francesa). Essa prova é realizada para diagnóstico da compreensão do idioma, sem atribuição de nota.

Duração: 2 (duas) horas.

4. ENTREVISTA INDIVIDUAL E DEFESA DO PROJETO: A Comissão de Seleção entrevistará cada

candidato, com o objetivo de avaliar seu perfil acadêmico. Nesta ocasição os candidatos serão arguidos sobre o seu projeto de pesquisa, a adequação do plano de estudos ao perfil de orientação do Programa, as perspectivas de seu desenvolvimento acadêmico a partir da análise do histórico escolar, do curriculum vitae e de trabalhos publicados.

5. PRODUÇÃO INTELECTUAL: avaliação de até duas publicações, se houver, a serem entregues

no ato da inscrição, a serem avaliadas nessa segunda etapa. A prova tem caráter eliminatório,

com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação.

Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem nota mínima 7 (sete) na média ponderada das notas das provas, sendo considerados os seguintes pesos:

Prova escrita de conhecimentos em etnomusicologia/musicologia: peso 7;

Entrevista e defesa do projeto: peso 2;

Produção intelectual: peso 1.

Em caso de desempate, se necessário, será considerado aprovado aquele candidato que tiver obtido a nota mais alta na prova escrita de conhecimentos em Etnomusicologia/Musicologia. Persistindo o empate, serão utilizadas como critério de desempate as notas mais altas obtidas, subsequentemente, (1) na entrevista individual e defesa do projeto e (2) na produção intelectual.

BIBLIOGRAFIA

ETNOMUSICOLOGIA/MUSICOLOGIA:

SUGERIDA

PARA

A

PROVA

DE

CONHECIMENTOS

EM

BARZ, Gregory F. & COOLEY, Timothy J. (eds.). 2 ed. Shadows in the Field: New Perspectives for Fieldwork in Ethnomusicology. Oxford: Oxford University Press, 2008.

COOK, Nicholas. Agora somos todos (etno)musicólogos. Ictus Periódico do PPGMUS UFBA 7: 7-32.

2006.

16

CRUCES, Francisco org. Las culturas musicales: Lecturas de Etnomusicología. Madrid: Trotta, 2001. FELD, Steven. Doing Anthropology in Sound. American Ethnologist, 31 (4) 461 - 474, 2004.

KOSKOFF, Ellen. A Feminist Ethnomusicology: Writings on Music and Gender (New Perspectives on Gender in Music). University of Illinois Press, 2014

LÜHNING, Angela e TUGNY, Rosângela (orgs.). Etnomusicologia no Brasil. Salvador: Edufba, 2016

O'CONNELL, John Morgan; CASTELO-BRANCO, Salwa. Music and conflict. University of Illinois Press,

2010.

TRAVASSOS, Elizabeth. Os Mandarins Milagrosos: arte e etnografia em Mário de Andrade e Bela Bartók. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 1997.

TURINO, Thomas. Introduction. In: Music as Social Life: the politics of participation. Chicago: The University of Chicago Press, 2008.

VÁRIOS AUTORES. Ethnomusicology. In: The New Grove Dictionary of Music and Musicians. London: MacMillan (online Portal periódicos CAPES)

VÁRIOS AUTORES. Musicology. In: The New Grove Dictionary of Music and Musicians. London:

MacMillan ( online Portal periódicos CAPES)

Periódicos e anais

Revista Música & Cultura //Anais do ENABET (disponíveis em www.abetmusica.org.br )

El Oído Pensante (disponível em: http://ppct.caicyt.gov.ar/index.php/oidopensante/index)

Opus (disponível em: http://www.anppom.com.br/opus)

TRANS (disponível em: www.sibetrans.com/trans/)

DOS RESULTADOS

A lista dos candidatos aprovados na segunda etapa será divulgada até o dia 28 de novembro de

2019, no site do Programa de Pós-Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica). Recursos poderão ser encaminhados ao Programa de Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 02 e 04 de dezembro de 2019, até as 23h59. Os recursos serão respondidos até 06 de dezembro de 2019.

D) ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: PRÁTICAS INTERPRETATIVAS (ÓRGÃO, PIANO, VIOLÃO, VIOLINO)

A

seleção para ingresso na Área de Concentração Práticas Interpretativas dar-se-á de acordo com

as

seguintes disposições:

17

DA INSCRIÇÃO

Para a inscrição, o candidato deverá enviar os seguintes documentos*:

Formulário de inscrição para o Doutorado, Área de Concentração Práticas Interpretativas (disponível no site do Programa);

Cópia do documento de identidade ou, no caso de candidatos estrangeiros, cópia do passaporte ou documento de identidade válido em seu país de origem;

Cópia do CPF, para candidatos brasileiros;

Cópia do diploma de graduação (ou atestado de conclusão do curso de graduação); no caso de diploma obtido em instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada*;

Cópia do histórico escolar de graduação; no caso de histórico fornecido por instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do diploma de mestrado; no caso de diploma obtido em instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do histórico escolar de mestrado; no caso de histórico fornecido por instituição estrangeira, não há necessidade de tradução ou comprovação juramentada;

Cópia do trabalho final de mestrado;

Projeto de pesquisa para a área de Práticas Interpretativas (incluindo súmula das questões específicas que o candidato se propõe a desenvolver durante o curso de doutorado)**;

Uma gravação (áudio/vídeo) de, no mínimo, 30 minutos, com peças de períodos musicais distintos e que demonstre o nível atual do desempenho do candidato no seu instrumento (poderá ser enviado um link para acesso e download da gravação);

Programa a ser executado na Prova de Instrumento (conforme repertório indicado na segunda etapa: Parte III. Prova de Recital da Prova de Execução Instrumental);

Carta expondo os motivos para cursar o doutorado;

Curriculum Vitae (preferencialmente na Plataforma Lattes);

Comprovante de pagamento da taxa de inscrição (ver Informações Gerais).

*Não serão aceitas inscrições condicionais para posterior acréscimo de documentos, com exceção dos candidatos formandos em curso de graduação, cuja comprovação de conclusão deve ser impreterivelmente apresentada no ato da matrícula.

18

**O projeto deverá ser digitado em tamanho A4, com espaço 1,5 e fonte Times New Roman, tamanho 12, e conter no máximo 12 páginas, excluindo-se folha de rosto e referências bibliográficas. Deverá ser adequado à linha de pesquisa da área de concentração Práticas Interpretativas e apresentar folha de rosto, resumo, problema de pesquisa, justificativa, objetivos, referencial teórico, metodologia e referências bibliográficas.

DA SELEÇÃO

O processo de seleção para a área de concentração Práticas Interpretativas constará de duas

etapas, ambas eliminatórias e com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação.

I PRIMEIRA ETAPA: ANÁLISE DA GRAVAÇÃO E DA DOCUMENTAÇÃO

A Comissão de Seleção avaliará os candidatos inscritos com base na análise da gravação e dos

demais documentos apresentados no ato da inscrição. Os candidatos serão avaliados de acordo

com o seguinte conjunto de procedimentos e critérios:

Análise do histórico escolar da graduação, aferido a partir das disciplinas cursadas e do número de aprovações e seus respectivos conceitos;

Análise do mérito artístico da gravação, aferido a partir da acuidade de leitura, do conhecimento estilístico e do domínio técnico;

Análise do currículo, com base nos seguintes parâmetros: mérito artístico do currículo, aferido a partir das atividades musicais realizadas quanto aos locais de realização e meios de difusão (rádio, TV, DVD, CD etc.), a participação em séries oficiais com direção artística e a relevância do repertório, sendo também consideradas as premiações e distinções artísticas obtidas; produção bibliográfica, produção técnica, experiência em iniciação científica/pesquisa, experiência profissional.

A lista dos candidatos aprovados na primeira etapa será divulgada no site do Programa de Pós-

Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 18 de setembro de 2019. Recursos referentes à primeira etapa do processo de seleção poderão ser encaminhados ao Programa de Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 23 e 26 de setembro de 2019, até as 23h59. Os recursos serão respondidos até 02 de outubro de 2019.

II SEGUNDA ETAPA: PROVAS ESCRITAS E ENTREVISTA INDIVIDUAL E DEFESA DO PROJETO

Na segunda etapa do processo de seleção, a ser realizada no período de 18 a 21 de novembro de 2019, os candidatos aprovados na primeira etapa realizarão as provas descritas a seguir. O

19

cronograma detalhado da segunda etapa será disponibilizado no site do Programa de Pós- Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica) até o dia 03 de outubro de 2019.

1. PROVA DE EXECUÇÃO INSTRUMENTAL

A prova de execução instrumental será individual, em sessão fechada ao público, e constará de três partes subsequentes:

Parte I. Execução ao instrumento, à primeira vista, de trecho de peça a ser determinado pela Banca Examinadora no ato do exame. Ao candidato será dado o prazo de 1 (um) minuto para leitura silenciosa da peça antes da execução da mesma.

Parte II. Execução de peça solo determinada pela Comissão de Seleção (a mesma peça ou trecho de peça será exigido a todos os candidatos do respectivo instrumento). Uma cópia da peça ou de trecho da mesma será disponibilizada no site do Programa (www.ufrgs.br/ppgmusica) por ocasião da divulgação dos resultados da primeira etapa, esgotado o prazo de recursos. É facultativo o uso da partitura durante a execução.

Parte III. Prova de recital:

Execução de repertório escolhido a partir da lista abaixo relacionada.

A Banca Examinadora poderá solicitar ao candidato a execução parcial ou integral do repertório escolhido.

O candidato deverá fornecer à Banca Examinadora uma cópia das partituras constantes do repertório escolhido.

É facultativo o uso de partitura na execução.

A prova tem caráter eliminatório, com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação, avaliará o desempenho técnico-interpretativo do candidato na execução de um repertório de peças, a partir dos seguintes critérios:

Na Parte I. Execução ao instrumento, à primeira vista:

Demonstração da compreensão dos significados da partitura, contemplando de modo satisfatório a execução das alturas e a relação dos valores rítmicos e de dinâmica.

Na Parte II. Execução de Peça Solo determinada pela Comissão de Seleção:

Realização do texto musical, contemplando a transposição correta dos aspectos gráficos da partitura para a execução instrumental e o contexto estilístico da peça.

20

Na Parte III. Prova de Recital

1. Precisão na leitura e fluência rítmica

2. Habilidade técnica, observando os itens:

- Articulação (todos os instrumentos)

- Destreza mecânica (todos os instrumentos)

- Uso adequado da dinâmica (todos os instrumentos)

- Uso de pedal (piano)

- Técnica de arco (violino)

- Técnica de mão direita (violino)

- Afinação (violino)

3. Adequação estilística ao período histórico-musical ao qual pertençam as peças objeto da execução instrumental.

LISTA DE REPERTÓRIO PARA A PARTE III PROVA DE RECITAL

Instrumento: ÓRGÃO

Uma das seguintes obras de J.S. Bach: BWV 525 a 530, 534 a 548, 551, 552, 564, 592 a 594 , BWV 540 (apenas a Toccata ou a Fuga);

Uma das seguintes opções: de César Franck, um dos Corais, OU Fantasie (Op. 16), OU Prière (Op. 20), OU Pièce Heroique; OU de Mendelssohn, uma Sonata; OU de Vierne OU de Widor, um movimento rápido de uma sinfonia; OU de Max Reger, Introduktion und Passacaglia;

Uma peça renascentista de Frescobaldi OU Sweelinck OU Antonio de Cabezón OU Manoel Coelho;

Uma peça de autor brasileiro para órgão (não transcrição).

Instrumento: PIANO

Um Prelúdio e Fuga do "Cravo Bem Temperado" de J.S. Bach;

Uma sonata para piano de Haydn ou Mozart ou Beethoven ou Schubert;

21

Uma peça ou grupo de peças de Chopin ou Schumann ou Liszt ou Brahms;

Uma peça ou grupo de peças do século XX;

Uma peça ou grupo de peças de autor brasileiro.

Instrumento: VIOLÃO

Uma sonata ou suíte de J. S. Bach (escolhida entre as suítes para alaúde ou transcrições das obras para violino ou violoncelo solo);

Uma obra de F. Sor ou M. Giuliani ou J. K. Mertz ou G. Regondi ou N. Paganini;

Uma obra de J. Rodrigo ou F. M. Torróba ou J. Turina ou M. Ponce ou M. Castelnuovo- Tedesco;

Uma peça ou grupo de peças do século XX;

Dois estudos de Heitor Villa-Lobos.

Instrumento: VIOLINO*

Dois movimentos contrastantes de sonata ou partita para violino solo de J.S. Bach: BWV 1001- 1006, sendo que um deles deve ser uma fuga ou a Chacone da Suíte nº 2 em ré menor;

Uma sonata com piano ou primeiro movimento (com cadência) de concerto do período clássico;

Uma sonata com piano ou primeiro movimento (com cadência) de concerto do período romântico;

Uma sonata com piano ou grupo de peças ou primeiro movimento (com cadência) de concerto de autor do século XX;

Uma sonata com piano ou uma peça ou grupo de peças ou primeiro movimento (com cadência) de concerto de autor brasileiro.

*É exigido aos candidatos apresentarem a execução de, pelo menos, uma sonata com piano e um movimento de concerto de períodos diversos. O pianista acompanhador é da responsabilidade do candidato e não serão aceitas execuções sem acompanhamento, exceto de peças para violino solo.

22

2. PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTOS MUSICAIS

A prova escrita de conhecimentos musicais consistirá de questões dissertativas escolhidas a partir

de questões propostas e formuladas dentre os seguintes tópicos:

Paradigmas analíticos: princípios teóricos de forma e análise e sua aplicação;

Paradigmas estilísticos na música a partir de J. S. Bach: repertórios, formas, estéticas e seus contextos históricos, incluindo música brasileira ou música de seu país;

Paradigmas de pesquisa em Práticas Interpretativas no Brasil: perspectivas, modelos, abordagens e procedimentos.

A prova tem caráter eliminatório, com nota 7 (sete) como nota mínima de aprovação. Os

candidatos serão avaliados:

pela capacidade de contextualização teórico-metodológica de suas respostas no campo disciplinar;

pelas reflexões articuladas à bibliografia;

pelo pensamento autônomo e crítico;

pela consistência e clareza da redação.

Duração: 4 (quatro) horas.

3. AVALIAÇÃO DE COMPREENSÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA DE INTERESSE PARA A ÁREA

LÍNGUA INGLESA: tradução de um texto de temática musical, sendo facultado o uso de dicionário, visando a aferir a compreensão do candidato sobre texto em inglês. Essa prova é realizada para

diagnóstico da compreensão do idioma, sem atribuição de nota.

Duração: 2 (duas) horas.

4. AVALIAÇÃO DE COMPREENSÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA DE INTERESSE PARA A ÁREA

LÍNGUA ALEMÃ OU FRANCESA: tradução de um texto de temática musical, sendo facultado o uso de dicionário, visando a aferir a compreensão do candidato sobre texto na língua escolhida (alemã ou francesa). Essa prova é realizada para diagnóstico da compreensão do idioma, sem atribuição de nota.

Duração: 2 (duas) horas.

23

5. ENTREVISTA INDIVIDUAL E DEFESA DO PROJETO: a Comissão de Seleção entrevistará o candidato, com o objetivo de avaliar seu perfil acadêmico. Nesta ocasião, os candidatos serão arguidos sobre o seu projeto de pesquisa, a adequação do plano de estudos ao perfil de orientação do Programa, as perspectivas de seu desenvolvimento acadêmico a partir da análise do histórico escolar, do curriculum vitae e de trabalhos publicados.

Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem nota mínima 7 (sete) na média ponderada das notas das Provas, sendo considerados os seguintes pesos:

Prova de execução instrumental: peso 5;

Prova escrita de conhecimentos musicais: peso 3;

Entrevista individual e defesa do projeto: peso 2.

Em caso de desempate, se necessário, será considerado aprovado aquele candidato que tiver obtido a nota mais alta na prova de execução instrumental. Persistindo o empate, serão utilizadas como critério de desempate as notas mais altas obtidas, subsequentemente, (1) na prova escrita de conhecimentos musicais e (2) na entrevista individual e defesa do projeto.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA:

ALDWELL, Edward; SCHACHTER, Carl. Harmony and Voice Leading. 3. ed. New Brace Jovanovich, 1978.

ANTOKOLETZ, Elliot. Twentieth-century music. Englewood Cliffs: Prentice Hall, 1992.

ARNOLD, Corliss Richard. Organ literatures: a comprehensive survey. Metuchen, NJ, 1984.

BÉHAGUE, Gerard H. Music in Latin America: an introduction. Englewood Cliffs: Prentice-Hall, 1979.

CARVALHO, Any Raquel. Contraponto tonal e fuga. 2. ed. ampliada. Porto Alegre: Evangraf, 2011.

CHIANTORE, Luca. Historia de la técnica pianística: un estudio sobre los grandes compositores y el arte de la interpretación en busca de la Ur-Technik. Madri: Alianza, 2001.

COGAN, R. e ESCOT, P. Som e Música. A natureza das estruturas sonoras. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2014.

COOK, Nicholas. A guide to musical analysis. New York: George Braziller, 1987.

GRIFFITHS, Paul. A música moderna. Rio de Janeiro: Zahar, 1987.

GROUT, Donald J. A history of western music. 7th. edition. New York: Norton, 2006.

KERMAN, Joseph. Musicologia. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

KOSTKA, Stefan. Materials and techniques of twentieth-century music. New Jersey: Prentice Hall,

1999.

MARIZ, Vasco. História da Música no Brasil. 5. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2000.

MEYER, Leonard B. Style and Music: theory, history and ideology. Chicago: Chicago University

York: Harcourt

24

Press, 1989

NEVES, José Maria. Música contemporânea brasileira. São Paulo: Ricordi Brasileira, 1981.

PESTELLI, G. The age of Mozart and Beethoven. Cambridge University Press, 1984. (também disponível em espanhol).

ROSEN, Charles. The classical style: Haydn, Mozart, Beethoven. New York: Norton, 1972. (também disponível em espanhol e português).

ROSEN, Charles. A geração romântica. São Paulo: Edusp, 2000.

STOLBA, K. Marie. The development of western music. Dubuque: W.C. Brown, 1990.

STRAUS, Joseph N. Introduction to post-tonal theory. 2nd. ed. New Jersey: Prentice-Hall, 2000.

TRAVASSOS, Elizabeth. Modernismo e música brasileira. Rio de Janeiro: Zahar, 2000.

WILLIAMS, Peter. The organ music of J. S. Bach. New York: Cambridge University Press, 1980. 2 v.

Periódicos e revistas

Claves (UFPB) (disponível em: http://www.cchla.ufpb.br/claves)

Em Pauta (UFRGS) (disponível em: http://seer.ufrgs.br/EmPauta)

Música em Perspectiva (UFPR) (disponível em: https://revistas.ufpr.br/musica)

Música Hodie (disponível em: http://www.revistas.ufg.br/musica/index)

Musical Excellence (http://www.oupcanada.com/catalog/9780198525356.html

Opus (disponível em: http://www.anppom.com.br/opus)

Per Musi (disponível em: http://www.musica.ufmg.br/permusi)

Portal de Periódicos CAPES-MEC (disponível em: http://www.periodicos.capes.gov.br/)

Revista Eletrônica de Musicologia (disponível em: http://www.rem.ufpr.br)

DOS RESULTADOS

A lista dos candidatos aprovados na segunda etapa será divulgada até o dia 28 de novembro de 2019, no site do Programa de Pós-Graduação em Música (www.ufrgs.br/ppgmusica). Recursos poderão ser encaminhados ao Programa de Pós-Graduação em Música por e-mail (ppgmus@ufrgs.br), entre os dias 02 e 04 de dezembro de 2019, até as 23h59. Os recursos serão respondidos até 06 de dezembro de 2019.

3. CRONOGRAMA DO PROCESSO DE SELEÇÃO

25

Inscrições: 12 de agosto a 30 de agosto de 2019

Pedido de isenção da taxa de inscrição: até o dia 19 de agosto de 2019

Homologação dos pedidos de isenção de taxa de inscrição: até o dia 21 de agosto de

2019

Encaminhamento de recursos (isenção): 22 e 23 de agosto de 2019

Resposta aos recursos (isenção): até 27 de agosto de 2019

Homologação das inscrições: até 04 de setembro de 2019

Encaminhamento de recursos (homologação): 05 e 06 de setembro de 2019

Resposta aos recursos (homologação): até 10 de setembro de 2019

Divulgação dos resultados da primeira etapa: até 18 de setembro de 2019

Encaminhamento de recursos (primeira etapa): 23 a 26 de setembro de 2019

Resposta aos recursos (primeira etapa): até 02 de outubro de 2019

Divulgação do cronograma detalhado da segunda etapa: até 03 de outubro de 2019

Realização da segunda etapa: 18 a 21 de novembro de 2019

Divulgação dos resultados da segunda etapa: até 28 de novembro de 2019

Encaminhamento de recursos (segunda etapa): 02 a 04 de dezembro de 2019

Resposta aos recursos (segunda etapa): até 06 de dezembro de 2019

Vigência do Edital: 06 de janeiro de 2020

26

26 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

PROCESSO DE SELEÇÃO 2020 DOUTORADO EM MÚSICA

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: COMPOSIÇÃO

1. IDENTIFICAÇÃO

Nome (completo, sem abreviaturas):

Filiação: Pai:

 

Mãe:

Natural de:

Estado:

Nacionalidade:

Data de nascimento:

Sexo:

Documento de Identidade:

Órgão Expedidor:

Passaporte:

Data de Expedição:

Estado civil:

Nº de dependentes:

Endereço residencial:

Telefone residencial:

Telefone celular:

Endereço profissional:

Telefone profissional:

E-mail:

2. FORMAÇÃO

GRADUAÇÃO:

Ano de conclusão:

Instituição:

PÓS-GRADUAÇÃO:

Área:

Ano de conclusão:

Instituição:

3. ATIVIDADES PROFISSIONAIS (indicar a atividade desenvolvida, a instituição e o período)

4. SOBRE BOLSA E VÍNCULO EMPREGATÍCIO

Pretende candidatar-se a bolsa?

(

) Sim

(

) Não

Manterá vínculo durante o curso?

(

) Sim

(

) Não

Realizará o curso com Dedicação Exclusiva? (

) Sim

(

) Não

5.

ACESSIBILIDADE

Solicita acessibilidade?

(

) Sim

(

) Não

Em caso positivo, favor descrever:

(Local), (dia) de (mês) de 2019.

Assinatura

27

27 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

PROCESSO DE SELEÇÃO 2020 DOUTORADO EM MÚSICA

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: EDUCAÇÃO MUSICAL

1. IDENTIFICAÇÃO

Nome (completo, sem abreviaturas):

Filiação: Pai:

 

Mãe:

Natural de:

Estado:

Nacionalidade:

Data de nascimento:

Sexo:

Documento de Identidade:

Órgão Expedidor:

Passaporte:

Data de Expedição:

Estado civil:

Nº de dependentes:

Endereço residencial:

Telefone residencial:

Telefone celular:

Endereço profissional:

Telefone profissional:

E-mail:

2. FORMAÇÃO

GRADUAÇÃO:

Ano de conclusão:

Instituição:

PÓS-GRADUAÇÃO:

Área:

Ano de conclusão:

Instituição:

3. ATIVIDADES PROFISSIONAIS (indicar a atividade desenvolvida, a instituição e o período)

4. SOBRE BOLSA E VÍNCULO EMPREGATÍCIO

Pretende candidatar-se a bolsa?

(

) Sim

(

) Não

Manterá vínculo durante o curso?

(

) Sim

(

) Não

Realizará o curso com Dedicação Exclusiva? (

) Sim

(

) Não

5.

ACESSIBILIDADE

Solicita acessibilidade?

(

) Sim

(

) Não

Em caso positivo, favor descrever:

(Local), (dia) de (mês) de 2019.

28

28 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

PROCESSO DE SELEÇÃO 2020 DOUTORADO EM MÚSICA

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: ETNOMUSICOLOGIA/MUSICOLOGIA

1. IDENTIFICAÇÃO

Nome (completo, sem abreviaturas):

Filiação: Pai:

 

Mãe:

Natural de:

Estado:

Nacionalidade:

Data de nascimento:

Sexo:

Documento de Identidade:

Órgão Expedidor:

Passaporte:

Data de Expedição:

Estado civil:

Nº de dependentes:

Endereço residencial:

Telefone residencial:

Telefone celular:

Endereço profissional:

Telefone profissional:

E-mail:

2. FORMAÇÃO

GRADUAÇÃO:

Ano de conclusão:

Instituição:

PÓS-GRADUAÇÃO:

Área:

Ano de conclusão:

Instituição:

3. ATIVIDADES PROFISSIONAIS (indicar a atividade desenvolvida, a instituição e o período)

4. SOBRE BOLSA E VÍNCULO EMPREGATÍCIO

Pretende candidatar-se a bolsa?

(

) Sim

(

) Não

Manterá vínculo durante o curso?

(

) Sim

(

) Não

Realizará o curso com Dedicação Exclusiva? (

) Sim

(

) Não

5.

ACESSIBILIDADE

Solicita acessibilidade?

(

) Sim

(

) Não

Em caso positivo, favor descrever:

(Local), (dia) de (mês) de 2019.

Assinatura

29

29 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

PROCESSO DE SELEÇÃO 2020 DOUTORADO EM MÚSICA

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: PRÁTICAS INTERPRETATIVAS

1. IDENTIFICAÇÃO

Nome (completo, sem abreviaturas):

Filiação: Pai:

 

Mãe:

Natural de:

Estado:

Nacionalidade:

Data de nascimento:

Sexo:

Documento de Identidade:

Órgão Expedidor:

Passaporte:

Data de Expedição:

Estado civil:

Nº de dependentes:

Endereço residencial:

Telefone residencial:

Telefone celular:

Endereço profissional:

Telefone profissional:

E-mail:

2. FORMAÇÃO

GRADUAÇÃO:

Ano de conclusão:

Instituição:

PÓS-GRADUAÇÃO:

Área:

Ano de conclusão:

Instituição:

3. ATIVIDADES PROFISSIONAIS (indicar a atividade desenvolvida, a instituição e o período)

4. SOBRE BOLSA E VÍNCULO EMPREGATÍCIO

Pretende candidatar-se a bolsa?

(

) Sim

(

) Não

Manterá vínculo durante o curso?

(

) Sim

(

) Não

Realizará o curso com Dedicação Exclusiva? (

) Sim

(

) Não

5.

ACESSIBILIDADE

Solicita acessibilidade?

(

) Sim

(

) Não

Em caso positivo, favor descrever:

(Local), (dia) de (mês) de 2019.

Assinatura