Você está na página 1de 3

PROJUDI - Processo: 0010112-77.2012.8.16.0069 - Ref. mov. 14.

1 - Assinado digitalmente por Joao Alexandre Cavalcanti Zarpellon,


06/06/2013: PEDIDO NÃO CONCEDIDO . Arq: Decisão

Documento assinado digitalmente, conforme MP nº 2.200-2/2001, Lei nº 11.419/2006, resolução do Projudi, do TJPR/OE
Validação deste em http://portal.tjpr.jus.br/projudi - Identificador: PJV9E FE3WV D7BT5 4HQLY
Autos n.

Nos termos do artigo 5º, da Lei 1.060/50, indefiro o pedido de


assistência judiciária gratuita.

A despeito de militar em favor da parte presunção de pobreza


decorrente da declaração firmada, registre-se que tal presunção é
iuris tantum.

“É admitido ao juiz, quando tiver fundadas razões, indeferir pedido de


assistência judiciária gratuita, não obstante declaração da parte de
que a situação econômica não lhe possibilita pagar as custas do
processo e os honorários de advogado, sem prejuízo do sustento
próprio ou da família – Lei 1.060/50.” (STJ – Ac. unân. da 4º T., publ.
em 16-4-2007 – REsp. 785.043-SP - Rel. Min. Hélio Quaglia
Barbosa) ADVCOAD 121809

A par da declaração, a suficiência ou não de recursos é também


verificada pela renda, pelo patrimônio e pela dimensão dos gastos da
pessoa.

“Descabe concessão de assistência judiciária gratuita quando o


patrimônio é suficiente para atender as despesas do processo.” (TJRS
– AI 70049223084 - Relator Des. Sérgio Fernando de Vasconcellos
Chaves – j. 30.7.2012)

“JUSTIÇA GRATUITA - INDEFERIMENTO - INCOMPATIBILIDADE


DOS GASTOS COM A AFIRMAÇÃO DE HIPOSSUFICIÊNCIA” (TJRJ
PROJUDI - Processo: 0010112-77.2012.8.16.0069 - Ref. mov. 14.1 - Assinado digitalmente por Joao Alexandre Cavalcanti Zarpellon,
06/06/2013: PEDIDO NÃO CONCEDIDO . Arq: Decisão

Documento assinado digitalmente, conforme MP nº 2.200-2/2001, Lei nº 11.419/2006, resolução do Projudi, do TJPR/OE
Validação deste em http://portal.tjpr.jus.br/projudi - Identificador: PJV9E FE3WV D7BT5 4HQLY
- AI 2008.002.25561 - Relª Desª Leila Albuquerque - Dec. Monoc. da
18ª Câm. Cív., de 21-8-2008 – ADVCOAD 126377)

Nesse compasso, e para efetivo cotejo da miserabilidade alegada, o


Juízo determinou a juntada de documentos esclarecedores da
alegada situação de pobreza.

O(a)(s) interessado(a)(s) contudo, portou(ram)-se de maneira


recalcitrante, seja por deixar(em) decorrer o prazo concedido, seja por
expressa afirmação de que a declaração por si só seria suficiente,
seja ainda e por qualquer motivo por não ter(em) apresentado os
documentos exigidos.

Tal atitude por si só já é ensejadora do indeferimento, que ora


exponho.

Sobre o tema:

“AGRAVO - AÇÃO DE CONHECIMENTO - PEDIDO DE JUSTIÇA


GRATUITA INDEFERIDO EM 1º GRAU - DECLARAÇÃO DE
HIPOSSUFICIÊNCIA ECONÔMICA - PRESUNÇÃO "IURIS TANTUM"
- POSSIBILIDADE DE O JUIZ SOLICITAR DOCUMENTOS
COMPROBATÓRIOS - NÃO ATENDIMENTO PELO AUTOR,
GERANDO O INDEFERIMENTO DO PEDIDO DE GRATUIDADE -
DECISÃO AGRAVADA CORRETA - AGRAVO IMPROCEDENTE E
CONTRÁRIO À JURISPRUDÊNCIA DOMINANTE NESTA CORTE E
NO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA. DECISÃO CORRETA -
RECURSO NÃO PROVIDO.” (TJPR - 6ª C. Cív. – AI 1026431-6/01 -
rel. Prestes Mattar - j. 14.05.2013) (destaque inexiste no original)
PROJUDI - Processo: 0010112-77.2012.8.16.0069 - Ref. mov. 14.1 - Assinado digitalmente por Joao Alexandre Cavalcanti Zarpellon,
06/06/2013: PEDIDO NÃO CONCEDIDO . Arq: Decisão

Documento assinado digitalmente, conforme MP nº 2.200-2/2001, Lei nº 11.419/2006, resolução do Projudi, do TJPR/OE
Validação deste em http://portal.tjpr.jus.br/projudi - Identificador: PJV9E FE3WV D7BT5 4HQLY
Isto posto, intime-se a parte interessada para adimplemento das
custas (em improrrogáveis trinta dias), sob pena de arquivamento,
seja mediante cancelamento da distribuição e/ou extinção do feito.

“NÃO EXIBIÇÃO DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS PELO JUÍZO,


PARA FINS DE VERIFICAÇÃO DA ALEGADA NECESSIDADE AO
BENEFÍCIO - NOVA INTIMAÇÃO DO AUTOR PARA CUMPRIR A
DETERMINAÇÃO, SOB PENA DE INDEFERIMENTO - INÉRCIA DA
PARTE CANCELAMENTO DA DISTRIBUIÇÃO (CPC, ART. 257)”.
(TJSP - APL: 992080539504 SP, Relator: Mendes Gomes, Data de
Julgamento: 05/07/2010, 35ª Câmara de Direito Privado, Data de
Publicação: 12/07/2010)

“DETERMINAÇÃO PARA COMPROVAR A ALEGADA


HIPOSSUFICIÊNCIA - AUSÊNCIA DE DOCUMENTOS
COMPROBATÓRIOS - INDEFERIMENTO DOS BENEFÍCIOS DA
JUSTIÇA GRATUITA - INTIMAÇÃO DA PARTE AUTORA PARA
EMENDAR A INICIAL - DOCUMENTOS INDISPENSÁVEIS E
FUNDAMENTAIS - NÃO-CUMPRIMENTO - INDEFERIMENTO DA
INICIAL - SENTENÇA MANTIDA - RECURSO IMPROVIDO.” (TJ-MS -
AC: 2268 MS 2008.002268-4, Relator: Des. Rêmolo Letteriello, Data
de Julgamento: 18/03/2008, 4ª Turma Cível, Data de Publicação:
11/04/2008)

Cianorte, .

João Alexandre Cavalcanti Zarpellon


Juiz de Direito