Você está na página 1de 3

STEEL FRAMING

- O light Steel Framing é um sistema construtivo de aço galvanizado (aço revestido com
camada de zinco que protege contra a corrosão).

- É sustentável, reciclável, resistente ao fogo, resistente a corrosão, se adapta a qualquer


projeto e não tem tanto desperdiço.

- Ele é leve, e tem um certo alívio nas fundações.

STEEL FRAMING X DRY WALL

- o steel framing tem a função estrutural, com espessura de perfil de 0,8 mm a 2,3mm, e
revestido com zinco de 180 a 275g/m².

- o dry wall, tem a função de vedação, tem espessura nominal de 0,5mm, e tem revestimento
de zinco de 120g/m².

- a chapa de dry wall tem dimensões de 1200x2400mm, o perfil pode ter 90mm de alma e
2400/300mm de altura.

EXECUÇÃO

1) Na fundação, ele é apto a qualquer tipo, geralmente são dispostos em fundação radier,
são fixados com chumbadores na fundação, atuando na transferência de carga.
2) Deverão ser colocados painéis com maior número possível, para realizar a
transferência de carga, os perfis são montados a cada 600 ou 400mm. Podem ser
montados em fabricas ou no canteiro de obras.
3) São dois tipos de perfis, os montantes U (enrijecidos) e os guias U.
4) As ligações são feitas com parafusos auto perfurantes e autoatarrachantes com
proteção contra a corrosão.
5) O sistema é composto por:

6) O Contraventamento dessas estruturas, podem ser realizadas pelo sistema OSB, onde
é composto por painéis de tiras de madeiras que auxiliam na rigidez, consegue
diminuir o grau de liberdade da estrutura e recebe diversos revestimentos.
7) As lajes se dividem em úmidas e secas. As úmidas são de steel deck, que são vigas
metálicas ligadas a uma chapa trapezoidal e revestida com concreto que também irá
servir de base para o contrapiso. As lajes secas podem ser formadas por placas de OSB,
que já dita anteriormente, que recebe o contrapiso armado e o revestimento.
8) Cobertura: Ele se adapta a qualquer tipo de cobertura. Podendo ser composta por
cobertura metálica galvanizada e madeira.
9) Isolamento térmico e acústico: pode utilizar lã de vidro (resinas sintéticas).
10) Instalações elétricas: é utilizado o mesmo sistema que o convencional, porém não
precisa quebrar parede para passar as instalações, tudo é feito antes do fechamento
em drywall, economizando tempo, mão de obra e mateiral.
11) Instalações Hidráulicas: São utilizadas as mangueiras PEX, os quadros são pré
moldados, e as mangueiras flexíveis.
12) Fechamento Internos: Usa-se o dry wall ou placas de gesso acartonado. Existem placas
que apresentam maior resistência ao fogo e resistência a umidade (RU). Para esconder
as juntas que ficam aparentes entre as placas é utilizado fita microperfurada e massa
niveladora.

13) Fechamento externo

Estrutura – A estrutura é composta de aço galvanizado que recebe um tratamento


anticorrosivo especial, que lhe confere vida útil superior a 100 anos. Para construções próximas
ao mar, utilizamos uma camada mais espessa de galvanização.

Lã de vidro – Entre as faces da parede, utilizamos lã de vidro ou lã de PET como isolante, o


que garante alto desempenho termoacústico. No dia a dia dos moradores, “alto desempenho
termoacústico” é um termo que resume três benefícios básicos:

- A parede tem grande capacidade de manter a temperatura interna mais estável, ou seja, o
ambiente fica mais fresco no verão e mais aconchegante no inverno.
- Como resultado, há grande economia de energia com climatização.
- Além disso, o isolante diminui a transmissão de sons, tanto do meio externo para o interior da
edificação, quanto de um ambiente para outro.
OSB– Utilizado como contraventamento, muito resistente a furacão e terremotos.

Membrana – Toda a estrutura externa é “embalada” com uma membrana especial – a barreira
de vapor.
Essa membrana funciona como nossa pele. Impede a entrada de umidade, mas permite a
transpiração da edificação.

Placa cimentícia – Essa placa é composta por uma massa de cimento reforçada com fibra de
vidro, resultando em chapas com grande planicidade e estabilidade dimensional. (Traduzindo: a
parede vai ficar bem plana e vai sofrer menos deformação com a variação de temperatura.)

Base Coat- Esse acabamento nada mais é do que uma massa aplicada em toda a extensão da
parede, responsável por sua impermeabilização e seu aspecto monolítico. (Significa que faz
“sumir” as juntas e a parede fica toda por igual).

Revestimento-Pode receber pintura, textura ou qualquer outro tipo de revestimento, tal como
pedras, porcelanato ou madeira.

PERGUNTAS

1. No sistema LSF qual é a função principal dos chumbadores na


fundação?
R: Fazer ligação da parede na fundação, para que ocorra a distribuição das
cargas no radier. Os chumbadores proporcionam a rigidez da estrutura.
2. Cite 3 vantagens do sistema industrializado LSF.
R: Redução de peso sob a fundação, flexibilidade, custo, resistente ao fogo,
qualidade.
3. Para a fixação de objetos pesados diretamente na parede drywall, qual o
cuidado com a fixação de cargas acima de 18Kg e até 30 Kg?
R: a fixação deve ser feita com reforço estrutural de madeira ou metálico, de
preferência instalado durante a montagem da estrutura da parede.
4. Cite 5 vantagens do sistema industrializado drywall, visto que o método
está sendo muito utilizado na construção civil.
R: Flexibilidade de mudança, resistente ao fogo, redução da carga de peso
próprio na fundação, rapidez na execução, custo.