Você está na página 1de 7

ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F.

Avelino (2019)
Aula 1
Objetivos e Metodologia 1

Objetivos
Introduzir os conceitos teóricos e práticos de projeto de circuitos digitais,
utilizando circuitos integrados com lógica padrão e dispositivos de lógica
programável. Utilizar ferramentas de projeto assistido por computador
para desenvolvimento de subsistemas digitais.
Metodologia
Aulas teóricas expositivas para aprendizado da metodologia e técnicas de
sistematização de projeto lógico de sistemas digitais.
Aulas práticas nas quais os alunos realizam projeto, implementação e
testes de sistemas digitais utilizando as técnicas propostas.

Coordenador Prof. Dr. Valter Fernandes Avelino


Teoria Prof. Dr. Danilo Hernani Perico
Laboratório Prof. MSc. Leonardo Romano
Prof. Dr. Rudolf Theoderich Bühler

ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)

Programação – Aulas de Teoria


Aula 1
2
AULA DATA CONTEÚDO REFERÊNCIA
Cap. 1 (1.1 a 1.6)
1 09/ago Introdução aos Sistemas Digitais: Representação analógica x digital
Pag. 1 a 15
Cap. 3 (3.2 e 3.10 a 3.11)
2 16/ago Álgebra Booleana - Circuitos de Chaveamento – Tabela Verdade
Pag. 50 a 51 e 67 a 72
Cap. 3/4 (3.3 a 3.9 e 4.6)
3 23/ago Introdução aos Circuitos Lógicos Combinacionais – Portas Lógicas
Pag. 51 a 67 e 121 a 127
Cap. 4 (4.1 a 4.3)
4 30/ago Expressões Booleanas - Formas Canônicas – Simplificação por Teoremas
Pag. 101 a 106
Cap. 4 (4.4)
5 06/set Processo de Projeto Lógico Combinacional – Síntese de Circuitos Lógicos
Pag. 106 a 112
Cap. 4 (4.5)
6 13/set Simplificação de Lógica Combinacional por Mapas de Veitch-Karnaugh
Pag. 112 a 121
--- 20/set Semana de Provas - Avaliação P1
Cap. 2/6 (2.1 a 2.7 e 6.1 a 6.4)
7 27/set Sistemas de Numeração, Bases Numéricas, Aritmética Binária
Pag. 23 a 36 e 252 a 263
Cap. 6 (6.9 a 6.15)
8 04/out Circuitos Aritméticos - Somadores e Subtratores
Pag. 269 a 280
Cap. 6 (6.16)
9 11/out Projeto de Unidade Lógico-Aritmética (ULA)
Pag. 280 a 283
Cap. 9 (9.6 a 9.7)
10 18/out Blocos Operacionais – Multiplexadores
Pag. 520 a 530)
Cap. 6 (9.1 a 9.3 e 9.8 a 2.11)
11 25/out Blocos Operacionais - Demultiplexadores e Decodificadores
Pag. 502 a 513 e 530 a 536
12 01/nov Projeto Lógico Combinacional – Aplicação de Decodificadores e Displays Notas de Aula
13 08/nov Projeto Lógico Combinacional - Exercícios de Aplicação Notas de Aula

As notas de aula servem como roteiro de aula para o professor, contendo os principais tópicos que serão
explorados durantes as aulas. Podem também servir como roteiro de estudo, mas não substituem o livro texto da
disciplina: TOCCI, R.J., WIDMER, N.S., MOSS, G. L. – Sistemas Digitais – princípios e aplicações (11ª Ed.) 1
ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)

Programação – Aulas de Laboratório


Aula 1
3
AULA DATA TÍTULO TIPO DE ATIVIDADE PONTOS (G/I)
1 08/ago EXPERIÊNCIA 1: REPRESENTAÇÃO ANALÓGICA VERSUS
DISCUSSÃO COM O PROFESSOR PRESENÇA
CLE 09/ago REPRESENTAÇÃO DIGITAL
2 15/ago EXPERIÊNCIA 2: IMPLEMENTAÇÃO DE CIRCUITOS
EXP. 2: RELATÓRIO NO MOODLE 1/G
CLE 16/ago DIGITAIS: PORTAS LÓGICAS PADRÃO
3 22/ago EXPERIÊNCIA 3: REPRESENTAÇÃO DE CIRCUITOS LÓGICOS
EXP. 3: RELATÓRIO NO MOODLE 1/G
CLE 23/ago COMBINACIONAIS
4 29/ago EXPERIÊNCIA 4: METODOLOGIA DE PROJETO LÓGICO DE
EXP. 4: RELATÓRIO NO MOODLE 1/G
CLE 30/ago SISTEMAS DIGITAIS
5 05/set EXPERIÊNCIA 5: AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO
EXP. 5: RELATÓRIO NO MOODLE 1/I
CGI 06/set QUARTUS II - PROJETO E SIMULAÇÃO - LUZES DE ALERTA
6 12/set PROJ.1: IMPLEMENTAÇÃO DAS
PROJETO 1: DESENVOLVIMENTO LÓGICO DO PROJETO 1/I
CGI 13/set FUNÇÕES LÓGICAS
7 26/set
PROJETO 1: SIMULAÇÃO FUNCIONAL DO PROJETO PROJ.1: SIMULAÇÃO FUNCIONAL 1/I
CGI 27/set
8 03/out PROJ.1: RELATÓRIO NO MOODLE 1/I
PROJETO 1: CONFIGURAÇÃO DO FPGA
CLE 04/out + CONFIGURAÇÃO DO FPGA +1/I
9 10/out PROJETO 2: DESENVOLVIMENTO DO SOMADOR DE PROJ.2: SIMULAÇÃO FUNCIONAL
1/I
CGI 11/out QUATRO BITS DO SOMADOR DE 4 BITS
10 24/out PROJETO 2: DESENVOLVIMENTO DA ULA - PROJETO DOS PROJ.2: DESENVOLVIMENTO
1/I
CGI 18/out EXTENSORES DOS EXTENSORES DA ULA
11 31/out PROJ.2: SIMULAÇÃO FUNCIONAL
PROJETO 2: SIMULAÇÃO FUNCIONAL DA ULA 2/I
CGI 25/out DA ULA
12 07/nov PROJ.2: RELATÓRIO NO MOODLE 1/I
PROJETO 2: CONFIGURAÇÃO DO FPGA – ULA
CLE 01/nov + CONFIGURAÇÃO DO FPGA +2/I
13 14/nov REPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS (SUBSTITUI APENAS AS RELATÓRIO NO MOODLE
(1 )
CLE 08/nov AULAS 2, 3, 4 OU 5) OU CONFIGURAÇÃO DO FPGA
---- ---- AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS ----- 2/I

ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)


Aula 1
Metodologia e Critérios de Avaliação 4

1 - Aulas expositivas (com notas de aula disponíveis no Moodle)


2 - Proposta de exercícios para serem resolvidos em sala de aula
3 - Proposta de exercícios para serem resolvidos extra sala
4 - Critério de Avaliação:
MF= MT*K*FO (média de final)
MT= (0,4*ATV1 + 0,6*ATV2) (média de teoria)
K= ( Atividades de Laboratório + AC)*1,15/ 17 (média de laboratório)
FO= (1 + 0,001*MA) (média de orientação)
Onde:
ATV1 = P1 (0 ≤ P1 ≤ 10)*0,8 + Desempenho 1 (0 ≤ DS1 ≤ 2)
ATV2 = P2 (0 ≤ P2 ≤ 10)*0,8 + Desempenho 2 (0 ≤ DS2 ≤ 2)
K = Fator de Laboratório ( 0≤ K ≤1,15 ): composto pela avaliação dos relatórios e projetos
entregues (0≤  Atividades de Laboratório ≤ 15) e pela Avaliação de Competências no
laboratório (0≤ AC ≤ 2,0), relacionada com o desempenho do aluno no laboratório.
FO = Fator de Orientação (1,0 ≤ FO ≤ 1,1): válido para as turmas de orientação (EAD).
Para as turmas regulares: FO = 1,0.

As notas de aula servem como roteiro de aula para o professor, contendo os principais tópicos que serão
explorados durantes as aulas. Podem também servir como roteiro de estudo, mas não substituem o livro texto da
disciplina: TOCCI, R.J., WIDMER, N.S., MOSS, G. L. – Sistemas Digitais – princípios e aplicações (11ª Ed.) 2
ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)
Aula 1
Referências 5
 Básica
[1] TOCCI, R. J., WIDMER, N. S., MOSS. G. L. – Sistemas Digitais – princípios e
aplicações, 11ª Edição, Pearson – Prentice Hall, 2011
[2] VAHID, F. – Sistemas Digitais – projeto, otimização e HDLs, 1ª Edição, Artmed –
Bookman, 2008
[3] ERCEGOVAC, M. D., LANG, T., MORENO, J. H. – Introduction to Digital Systems,
New York, NY – John Wiley and Sons, 1999
Complementar
[4] VAHID, F. – Digital Design: whit RTL Design, VHDL and Verilog, 2ª Edição, John Wiley
and Sons, 2011
[5] FLOYD, T. L. – Sistemas Digitais: Fundamentos e Aplicações, 9ª Edição, Bookman, 2007
[6] ERCEGOVAC, M. D., LANG, T., MORENO, J. H. – Introdução aos Sistemas Digitais,
Artmed – Bookman, 2002
[7] AVELINO, V. F. - Anotações de Aula de Sistemas Digitais I, Revisão 2019, Centro
Universitário da FEI, 2019 (disponível no Moodle)
Laboratório
[8] Roteiros experimentais e especificação dos projetos de laboratório (disponíveis no
Moodle)
[9] Tutoriais e resumo de comandos do Quartus II (disponíveis no Moodle)

ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)


Aula 1
Representação Analógica x Digital 6

Representações Analógica x Representações Digitais


 Existem basicamente duas formas de representar as grandezas existentes
na natureza: representações analógicas e representações digitais.
 Uma quantidade (grandeza) representada na forma analógica pode
variar ao longo de uma faixa contínua de valores, ou seja, pode
assumir um conjunto infinito de possíveis valores.
Exemplos: Velocidade de um veículo;
Temperatura em termômetro de mercúrio;
Amplitude sonora de um instrumento musical;
Pressão de uma tanque.
 Uma quantidade (grandeza) representada na forma digital varia em
um número limitado de valores discretos, ou seja, pode assumir um
valor de um conjunto finito de possíveis valores.
Exemplos: Número de dedos das mãos que estão esticados;
Estado de um interruptor elétrico;
Valores das faces de um dado;
Seleção de andar de um elevador.

As notas de aula servem como roteiro de aula para o professor, contendo os principais tópicos que serão
explorados durantes as aulas. Podem também servir como roteiro de estudo, mas não substituem o livro texto da
disciplina: TOCCI, R.J., WIDMER, N.S., MOSS, G. L. – Sistemas Digitais – princípios e aplicações (11ª Ed.) 3
ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)
Aula 1
Representação Analógica x Digital 7

Sistemas de Controle Analógicos x Sistemas de Controle Digitais


 Sistemas de Controle Analógicos: contém dispositivos que podem
manipular quantidades físicas que são representadas de forma analógica
(variando em um intervalo contínuo de valores).
 Sistemas de Controle Digitais: contém dispositivos que podem manipular
quantidades físicas que são representadas de forma digital, ou seja,
quantidades que só podem assumir um conjunto finito de valores.
Neste curso, o termo digital se refere a sistemas cujos valores podem ser
representados com apenas dois valores discretos, caracterizando um
valor binário. Um sinal binário simples é denominado de dígito binário ou
bit (abreviação da expressão “binary digit” em inglês).
 Conversão de grandezas analógicas em digitais: Em princípio qualquer
fenômeno analógico pode ser digitalizado (considerando certas limitações).
Para um sistema digital controlar grandezas analógicas deve-se:
i. Converter as entradas analógicas para a forma digital;
ii. Processar a informação digital;
iii. Converter as saídas digitais de volta à forma analógica.

ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)


Aula 1
Representação Analógica x Digital 8

Exemplo Controle de Temperatura Digital


Códigos Numéricos:

Fonte: R. Tocci

As notas de aula servem como roteiro de aula para o professor, contendo os principais tópicos que serão
explorados durantes as aulas. Podem também servir como roteiro de estudo, mas não substituem o livro texto da
disciplina: TOCCI, R.J., WIDMER, N.S., MOSS, G. L. – Sistemas Digitais – princípios e aplicações (11ª Ed.) 4
ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)
Aula 1
Representação Analógica x Digital 9

Vantagens dos Sistemas Digitais


 Facilidade de projeto e simulação (valores discretos);
 Facilidade de armazenamento de informação;
 Facilidade de manter a precisão e a exatidão das informações;
 Facilidade de configuração (programação por algoritmos) e operação;
 Maior imunidade a ruído;
 Componentes digitais permitem grande integração de funções no mesmo
sistema (flexibilidade operacional).
Limitações das Técnicas Digitais
 O mundo real é analógico (os sistemas digitais são uma aproximação do
mundo real), logo existe a necessidade de conversão analógico/digital;
 Tempo de processamento da informação (o desempenho do sistema é
limitado pela velocidade de tratamento discreto do sinal).

ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)


Aula 1
Sistemas de Numeração 10

Sistema Decimal
102 101 100 10-1 10-2 10-3 Valores
Posicionais

1 3 2 , 5 6 4
MSD LSD
(Most Significant Digit) (Least Significant Digit)

Contagem Decimal
(Faixa de contagem: 0 a 10N-1)
0 10 20 30 100 110 120 130 1000
1 11 21 31 101 111 121 131 1001
2 12 22 32 102 112 122 132 1002
3 13 23 . 103 113 123 . .
4 14 24 . 104 114 124 . .
5 15 25 . 105 115 125 . .
6 16 26 96 106 116 126 996
7 17 27 97 107 117 127 997
8 18 28 98 108 118 128 998
9 19 29 99 109 119 129 999

As notas de aula servem como roteiro de aula para o professor, contendo os principais tópicos que serão
explorados durantes as aulas. Podem também servir como roteiro de estudo, mas não substituem o livro texto da
disciplina: TOCCI, R.J., WIDMER, N.S., MOSS, G. L. – Sistemas Digitais – princípios e aplicações (11ª Ed.) 5
ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)
Aula 1
Sistemas de Numeração 11

Sistema Binário
Valores
22 21 20 2-1 2-2 2-3
Posicionais
Contagem Binária de Inteiros
1 1 0 . 1 0 1 Bit (Faixa de contagem: 0 a 2N-1)
MSB LSB
MSB LSB 23=8 22=4 21=2 20=1 Decimal Hexadecimal
(Most Significant Bit) (Least Significant Bit) 0 0 0 0 0 0
0 0 0 1 1 1
0 0 1 0 2 2
(110,101)2 0 0 1 1 3 3
0 1 0 0 4 4
 0 1 0 1 5 5
0 1 1 0 6 6
1 x22 +1 x21+0 x20 +1 x2-1+0 x2-2 +1 x2-3 0 1 1 1 7 7
1 0 0 0 8 8
 1 0 0 1 9 9
4 + 2 + 0 + 0,5 + 0 + 0,125 = 6,62510 1 0 1 0 10 A
1 0 1 1 11 B
1 1 0 0 12 C
1 1 0 1 13 D
1 1 1 0 14 E
1 1 1 1 15 F

ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)


Aula 1
Circuitos Digitais 12

Representações de Valores Binários

Faixa de valores de tensão (padrão TTL)

Tensão Tensão
(Volts) (Volts) Sequência binária:
11010

As notas de aula servem como roteiro de aula para o professor, contendo os principais tópicos que serão
explorados durantes as aulas. Podem também servir como roteiro de estudo, mas não substituem o livro texto da
disciplina: TOCCI, R.J., WIDMER, N.S., MOSS, G. L. – Sistemas Digitais – princípios e aplicações (11ª Ed.) 6
ELD010 - Sistemas Digitais I - Prof. Dr. Valter F. Avelino (2019)
Aula 1
Circuitos Digitais 13

Circuitos Digitais Combinacionais

Entradas Saídas
Circuito
Lógicas Lógicas
Externas
Combinacional Externas

0 1

 Importa o valor
1 0 lógico das entradas
 Não importa o valor
exato da tensão
0 1

1 0

As notas de aula servem como roteiro de aula para o professor, contendo os principais tópicos que serão
explorados durantes as aulas. Podem também servir como roteiro de estudo, mas não substituem o livro texto da
disciplina: TOCCI, R.J., WIDMER, N.S., MOSS, G. L. – Sistemas Digitais – princípios e aplicações (11ª Ed.) 7