UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ COLEGIADO DE ENGENHARIA FLORESTAL QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA EXPERIMENTAL

ELETROQUÍMICA
VASCONCELOS, Caroline da Cruz. (1); BACELAR, Heidelanna Cilibelly da Silva. (1); FREITAS, Marciane Furtado. (1) (1) Universidade do Estado do Amapá cc_vasconcelos@hotmail.com

Resumo
Nesta prática observamos três experimentos relacionados à eletroquímica, isto é, o ramo da físico-química que estuda as transformações recíprocas das energias elétrica e química. Com a utilização de materiais alternativos, os experimentos constituíram na construção de uma Pilha de Daniell, na demonstração da ocorrência de eletrólise e galvanoplastia como processo eletrolítico para recobrimento metálico de objetos, sendo todos demonstrados pelo professor. O objetivo desta prática é estudar e entender a eletroquímica como resultado da tendência das substâncias em receber ou doar elétrons, formando íons e culminando na criação de corrente e outros fenômenos elétricos.

1. Introdução
A Eletroquímica é um ramo da química que estuda reações químicas que ocorrem em uma solução envolvendo um condutor (um metal ou um semicondutor) e um condutor iônico (o eletrólito), envolvendo trocas de elétrons entre o eletrodo e o eletrólito. [1] Este campo científico abrange todos os processos químicos que envolvam transferência de elétrons entre substâncias, logo, a transformação de energia química em energia elétrica. Quando tal processo ocorre, produzindo transferência de elétrons, produzindo espontaneamente corrente elétrica quando ligado a um circuito elétrico, ou produzindo diferença de potencial entre dois polos, é chamado de pilha ou bateria (que muitas vezes é formada de diversas células). Quando tal processo é proporcionado, induzido, pela ação de uma corrente elétrica de uma fonte externa, este processo é denominado de eletrólise.[1]

Figura 1 - http://www.scribd.com/doc/3395687/QuimicaAula-18-Eletroquimica

A galvanoplastia é um tratamento cujo nome homenageia o físico e químico italiano Luigi Galvani (1737-1798). O processo da galvanoplastia consiste na transferência

primeiramente. foi realizado separadamente o mesmo processo em solução de ZnSO4. faz-se necessário um pré-tratamento químico à peça que se deseja galvanizar [3]. 3. isto é.  Em seguida foi mergulhada a chapa de zinco na solução de sulfato de zinco e a chapa de cobre na solução de sulfato de cobre. Experimento 2 (Eletrólise) 2. através da eletrólise. e o carregador foi ligado à tomada.de íons a partir de um metal imerso em um substrato para outra superfície (metálica ou não).  Após isto. 2 béqueres de 25. o eletrodo de zinco é o pólo – (negativo) chamado .  As extremidades do canudo foram mergulhadas.1 Materiais Os materiais trabalho foram:               usados neste  Em cada extremidade dos fios de um carregador de celular foi conectada uma grafite. uma em cada solução.  Primeiramente a peça desengordurada foi banhada em ácido (solução de Ácido Sulfúrico).  A chave foi conectada ao pólo negativo do fio do carregador de celular e mergulhada. foi feita a lavagem da peça com água destilada para remover resíduos da operação realizada evitando a contaminação em outros processos. Experimento 3 (Galvanoplastia)  Antes de iniciar este processo. em solução de sulfato de cobre.0 mL Estilete Pisseta Pinça Chapa de Zinco e Cobre Fios elétricos (eletrodos) Algodão Multímetro Água destilada Ponte Salina Carregador de celular Grafite Chave Solução de Sulfato de Cobre (CuSO4)  Solução de Sulfato de Zinco (ZnSO4)  Solução de Ácido Sulfúrico 2.  Em seguida.  Uma extremidade do canudo foi tampada com o algodão e colocada a solução saturada de NaCl.[2]  Depois foi conectado o fio positivo do multímetro na chapa de cobre e o fio negativo na chapa de zinco. depois a extremidade aberta foi tampada com o algodão.2 Métodos a) Identificação das amostras Experimento 1 (Pilha de Daniell)  Em um béquer foi adicionado à solução de CuSO4 e no outro béquer adicionado a solução de ZnSO4.  O mesmo procedimento foi feito em solução de sulfato zinco. Análise resultados e discussão de Experimento 1 Na pilha de Daniell.  Em seguida.  Em seguida o carregador foi ligado à tomada. constituindo assim a ponte salina. em seguida anotamos o valor mostrado no visor do multímetro. foram mergulhadas em solução de CuSO4. recobrir com um metal através da eletrólise. Materiais e Métodos 2.

com/doc/3395687/QuimicaAula-18-Eletroquimica Quanto à ponte salina. O eletrodo de cobre é o pólo + (positivo) chamado de cátodo. eletrodo que sofre a oxidação.[4] Abaixo as reações que ocorreram na pilha quando ligada: Experimento 2 Quando os eletrodos de grafite foram mergulhados em solução de CuSO4. eletrodeposição. e o carregador ligado à tomada. quando a pilha começou a funcionar. o funcionamento da eletrólise e da galvanoplastia. enquanto que o eletrodo de cobre está com muitas cargas negativas. os cátions da ponte migram para lá [4]. os íons fluem para equilibrar os eletrodos. Disponível em: <http://pt. havendo desprendimento de gás (evidência de reação) e o zinco na forma iônica.scribd.scribd.http://www. O eletrodo de zinco teve sua massa diminuída enquanto que o eletrodo de cobre teve sua massa aumentada. ou do ânodo para o cátodo. Vale ressaltar também que os experimentos descritos neste relatório visam reforçar conceitos fundamentais de Química Geral. havendo consumo do Cobre. Conclusão A prática realizada foi de suma importância acadêmica. à exemplo da pilha de Daniell.de ânodo. um dos eletrodos formou uma capa avermelhada. Representação da pilha Zn / Zn2+ // Cu2+ / Cu Neste experimento. portanto. no eletrodo de zinco o sistema está com muitas cargas positivas então os ânions migram para lá. isto é.http://www. Referências [1] Eletroquímica. 5. eletrodo que sofre redução. visto que compreendemos melhor o funcionamento das pilhas. ocorreu desprendimento de gás e escurecimento da mesma. Experimento 3 Ao colocar a chave em solução de CuSO4. Quando em solução de ZnSO4. foi se depositando ao eletrodo na forma metálica. Wikipédia: a enciclopédia livre. Quando colocada em solução de ZnSO4. Acesso em 08 de novembro de 2010. . havendo formação de bolhas. o zinco formou uma camada sobre a chave. os elétrons passaram a migrar e o visor do multímetro mostrava aproximadamente 550 mV. Figura 3 . observamos que os íons de cobre da solução foram se depositando no eletrodo da grafite. constituindo assim a pilha de Daniell. Observamos também que a solução se tornava mais clara. Figura 2 . processos muito utilizados hoje. Os elétrons sempre fluem pelo circuito externo de quem oxida para quem reduz.org/wiki/Eletroqu% C3%ADmica>.com/doc/3395687/QuimicaAula-18-Eletroquimica 4.wikipedia.

Acesso em 08 de novembro de 2010.com/doc/3395687/Qu imica-Aula-18-Eletroquimica >. Wikipédia: a enciclopédia livre.wikipedia.[2] Galvanoplastia. Universidade Presbiteriana Mackenzie.mackenzie.pdf >. [4] Eletroquímica. Disponível em: < http://pt. [3] SILVA. Disponível em: < http://www.br/fileadmin/Gr aduacao/EE/Revista_on_line/Galvaniza cao_a_Quente. . FALDINI. Sonia Braunstein.org/wiki/Galvanopla stia>. Acesso em 08 de novembro de 2010. Disponível em: <http://www.scribd. Acesso em 08 de novembro de 2010. Fernanda Cristina da. Galvanização a quente. Scribd.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful